Ocorreu um erro neste gadget

Os Sacramentos da Igreja Católica



Os Sacramentos são os canais por onde flui a salvação de todos os homens, que Cristo conquistou com a Sua morte e ressurreição. Eles se relacionam intimamente com Cristo, com a Igreja e com toda a Liturgia. Há em todos eles um denominador comum, que é o conceito de sinal (seméion, em grego) eficiente ou sinal que realiza o que ele assinala.

A santíssima humanidade de Cristo é o grande sinal eficiente, transmissor da graça; também a Igreja, como Corpo de Cristo, prolongado na história dos homens (cf. Cl 1, 24) e a Liturgia, com seus ritos sagrados, continuam essa função. Cristo toca os cristãos pelos Sacramentos não apenas de maneira psicológica ou afetiva, mas de uma forma concreta.

O Cristianismo não é apenas uma filosofia religiosa, mas é, sobretudo, uma comunhão de vida com o próprio Deus da maneira que Ele estabeleceu, inclusive através dos Sacramentos. Não podemos ficar sem recebê-los, pois eles são os sinais comunicadores da graça divina; a Igreja - Corpo de Cristo prolongado - junto a estes, formam “o Grande Sacramento – a ordem sacramental através do qual a vida eterna do Pai flui até cada indivíduo em particular” (E. Bettencourt).

São em número de sete os Sacramentos instituídos pela Igreja (cf. DS 860;1310;1601 e Cat. §1113):
  • o Batismo;
  • a Confirmação ou Crisma;
  • a Eucaristia;
  • a Penitência;
  • a Unção dos Enfermos;
  • a Ordem;
  • e o Matrimônio.
É Cristo quem ministra todos eles, pois Ele é o único sacerdote do Novo Testamento; os demais ordenados são seus ministros, como disse S. Tomás de Aquino. Se tiverem sido validamente ordenados pela Igreja e os ministrarem com a mesma intenção que Cristo fez, então participam do único Sacerdócio de Cristo e sua ação é eficaz.

Os efeitos produzidos por todos eles são o caráter e a graça santificante.

O caráter é uma marca, um selo espiritual que é impresso na alma do cristão através do Batismo, Crisma e Ordem, e estes não podem ser repetidos. Esta marca significa uma pertença a Cristo, e não depende das disposições morais da pessoa que recebe o sacramento. Santo Agostinho comparava esta marca com aquela que era impressa nas ovelhas, no gado, e até nos escravos pelos seus donos. Mesmo desertado o escravo continuava com a marca para sempre. A graça santificante comunicada pelo Sacramento é a “participação na vida divina” de que falou S. Pedro (1Pe 1, 4), que a pessoa pode não receber se põe obstáculo a ela. Por exemplo, se alguém comunga em pecado grave, ou se não crê na Eucaristia, mesmo assim recebe o verdadeiro Corpo de Cristo, mas não recebe a graça. Por isso os seus frutos dependem do esforço de conversão da pessoa e das suas disposições interiores.

O catecismo diz que "sacramento é um sinal sensível, instituído por Nosso Senhor Jesus Cristo, para produzir a graça em nossas almas e santificá-las". Desta definição resulta que três coisas são exigidas para constituí-lo:

  1. "Um sinal sensível", representativo da natureza da graça produzida. Deve ser "sensível" porque se não pudéssemos percebê-lo, deixaria de ser um sinal. Este sinal sensível consta sempre de "matéria" e de "forma", isto é, da matéria empregada e das palavras pronunciadas pelo ministro do sacramento.
  2. Deve ser "instituído por Jesus Cristo", porque só Deus pode ligar um sinal visível à faculdade de produzir a graça. Nosso Senhor, durante a sua vida mortal, instituiu-os pessoalmente, deixando apenas à Igreja o cuidado de estabelecer ritos secundários, realçá-los com cerimônias, sem tocar-lhe na substância.
  3. "Para produzir a graça": isto é, distribuir-nos os efeitos e méritos da redenção que Jesus Cristo mereceu por nós, na cruz. Eles comunicam esta graça, "por virtude própria", independente das disposições daquele que os administra ou recebe.

Estaremos aprendendo um pouco mais sobre cada um dos sacramentos ao longo das próximas semanas.

Aguardem!!!!



Klênia Pereira Pires
Leia Mais

Refletindo o Evangelho do dia - Segue-me




Muito bom dia, pessoal!!!

Que Deus possa abençoar enormemente a semana de todos vocês que agora lêem essa reflexão...

Nossa leitura de hoje se encontra em Mt 8,18-22. Não prossiga a leitura desse artigo sem anter ter lido. Como já estão cansados de saber, prefiro que tenham contato com a própria Bíblia de vocês, mas se não puderem pegá-la agora, CLIQUEM AQUI.

Jesus hoje vem nos mostrar uma certa condição que existe para segui-lo: deixar todas as coisas que antes eram primeiro lugar em nossas vidas e colocá-lo no altar do seu coração, como verdadeiro rei de sua vida.

Uma pessoa muito influente daquela época - possuir o título de Doutor da Lei era só para pessoas com vasto conhecimento das escrituras - procura Jesus e afirma que o seguiria incondicionalmente. Porém, no primeiro obstáculo que surge, ele pede uma "folga" para o Mestre, pedindo que fosse enterrar seu progenitor.

Meus amigos, infelizmente essa é a grande realidade da grande maioria de pessoas que se dizem servos de Jesus. Agem de acordo com a conveniência e dificilmente sacrificam alguma coisa para servir a Jesus. Sempre deixam o Mestre em segundo plano... isso quando não o deixam em terceiro, quarto lugar na lista da hierarquia de coisas importantes...

Infelizmente, muitos companheiros servos costumam dar apenas a sobra para à obra de Deus. Talvez ainda não tenham refletido a verdade de que sobra só damos para porcos. Ao Rei, devem ser dadas as primícias!

Ontem cedo eu perguntava na reunião de núcleo qual era principal diferença entre as ofertas de Caim e de Abel. Por que as de um agradavam o coração do Senhor e as do outro irmão não?

A diferença, meus irmãos, é que Abel sempre dava do que tinha de melhor! Dava de suas primícias! Enquanto Caim só dava a sobra.

Deus olha com grande agrado ao coração das pessoas que oferecem o que têm de melhor. Ele sempre as abençoa e retribui tamanha oferta.

O que temos oferecido ao Senhor? A sobra ou as primícias?

Reflitamos nesse dia de hoje e que essa reflexão possa guiar nossa semana e nossa vida espiritual!

Grande abraço fraternal,


Márcio Gomes Pacheco
Leia Mais

Refletindo o Evangelho do dia - "E vós, quem dizeis que eu sou?"




Muito boa tarde, Amados do Pai!

Que bom estar aqui novamente compartilhando com vocês o Evangelho do dia... Nossa leitura se encontra em Mt 16,13-19. Prefiro que vocês façam o estudo diretamente na Bíblia de vocês, mas se preferirem podem clicar AQUI.

Hoje celebramos um dia muito importante no calendário da igreja católica, a festa em honra das nossas duas principais colunas: O discípulo Pedro e o Apóstolo Paulo. Sem a constância dessas duas pessoas, provavelmente o mundo religioso que conhecemos hoje seria completamente diferentes, pois literalmente deram o sangue pela causa de Jesus.

Vocês já devem ter escutado inúmeras homílias ontem e hoje a respeito desses dois santos. É por isso que irei explorar uma outra faceta de nossa leitura de hoje.

Jesus se encontrava em um momento particular com seus discípulos. Pergunta a estes sobre o que eles escutavam de comentários na sociedade e, em determinado momento, faz uma pergunta crucial:


"E vós, quem dizeis que eu sou?"

Mt 16,15b)

Amados, a pergunta é séria.

Sei que “da boca pra fora” todos nós temos respostas prontas para responder, principalmente aquelas que já recebemos prontas em nossas formações de Primeira Comunhão, de Crisma e de tantas outras formações que temos ao longo da vida. Porém, quero agora que você reflita a respeito de seus atos, quem verdadeiramente é Jesus para você...

Você faz tudo por Jesus? Você é capaz de ser humilhado e ainda pedir perdão? Você é capaz de oferecer a outra face quando recebe um “tapa” em seu orgulho? Você se sente incomodado com a condição dos mais necessitados e procura fazer alguma coisa para mudar a vida deles?

Quais têm sido seus atos concretos de pessoa que segue os ensinamentos de Jesus?

Se te falta resposta concreta para as perguntas feitas anteriormente, desculpe-me a franqueza, mas você tem “brincado” de ser cristão e está longe de poder ser chamado de tal.

Amigos... se Jesus é realmente alguém importante para você, o amor que existe em seu interior por Ele é traduzido por atitudes concretas! E se não há atitude alguma em sua vida, acorde enquanto é tempo e queira corrigir o que está errado. Como está sua vida de oração pessoal? As pessoas só se tornam íntimas, quando têm contato constante umas com as outras e não adianta você querer dizer que é AMIGO de Jesus, que é ÍNTIMO dEle, se você ao menos nem sequer “troca” algumas palavras com Ele diariamente.

Que tem sido Jesus para você?

Reflitamos a respeito...

Grande abraço fraternal,


Márcio Gomes Pacheco
Leia Mais

Refletindo o Evangelho do dia: Senhor eu creio, mais aumentai minha fé!


Muito bom dia povo amado de Deus!!!

Eu gosto muito do sábado! É um dos melhores dias da semana para mim. Principalmente porque é no dia de sábado que o Grupo de Oração Semeador se reúne! Que desde agora estejamos em intercessão pela reunião de hoje pois, a cada sábado, o Senhor tem uma graça especial para nós... Espero encontrar todos lá! Já estou com saudades...

Pois bem, vamos à nossa reflexão da palavra de hoje! O Evangelho do dia está no livro de São Mateus, cap. 8, vers. 5-17. Clique em LITURGIA DIÁRIA ou pegue sua Bíblia para fazermos a leitura.

Como se pôde observar, a leitura de hoje é muito rica e densa, com material suficiente para fazermos várias reflexões. Quantas curas tivemos a graça de testemunhar a partir dessa leitura! Quantas graças e provas do amor concreto de Deus vimos ser realizadas! Se fosse para resumir a leitura de hoje, a certeza que teríamos é que Jesus cura aqueles que precisam ser curados, em toda e qualquer tipo de situação, independente de qual seja a enfermidade.

Porém eu quero me atentar a um único ponto da leitura para fazermos a reflexão: a necessidade de ter fé!

O oficial se aproxima de Jesus e fala do seu empregado que estava adoentado e precisava ser curado. O empregado não estava ali presente naquele momento, pois estava na casa do oficial. Jesus respondeu-lhe, então, que iria curá-lo.

Seria lógico pensar naquele instante que o oficial levaria Jesus até a sua casa, para que assim, diante do empregado doente, Jesus o tocaria com a mão e realizaria a cura. Porém, é aí que o inesperado acontece! O oficial volta-se para Jesus e lhe diz: "Senhor, eu não sou digno de que entres em minha casa. Dize uma só palavra e o meu empregado ficará curado".

Naquele momento até Jesus ficou surpreso com tais palavras. O oficial estava dizendo para Jesus, em um gesto de grande humildade, que a casa dele não era digna de receber Jesus e que bastava Ele dizer uma palavra, mesmo não estando na presença do doente, que imediatamente o empregado ficaria curado!

Quanta fé demonstrou aquele homem! Verdadeiramente ele tinha compreendido quem realmente era Jesus... Ele não via um simples homem na pessoa de Jesus, mas enxergava um Deus verdadeiro, que tudo pode realizar e que nada é impossível aos Seus olhos. Diante disto ele simplesmente acreditou e confiou no Amor e no Poder do Senhor...

Trazendo para as nossas vidas, quantas vezes a gente não duvida da ação de Deus em nosso meio, em nossa vida, em nossa família e na vida dos que amamos, pensando que Ele não nos ouve, não atende nossos pedidos, não cuida de nós...

Quantas vezes temos duvidado da realização do milagre em nossas vidas e até culpamos a Deus pelas coisas não estarem do jeito que desejamos que estivessem...

Pois o Senhor vem nos fazer esse alerta hoje: é necessário termos fé! É necessário acreditarmos que tudo é possível para Deus. E mais ainda, que tudo é possível àquele que crê! Pois é o próprio Senhor que diz: "Vai! e seja feito como tu creste". Para que o milagre de Deus seja feito em sua vida meu irmão é preciso que você creia, é necessário ter fé e acreditar em Deus, em Sua misericórdia e no Teu amor.

É uma via de mão dupla... Como diz o Padre Fábio de Melo, "o milagre se dará por duas vias, uma é minha a outra eu deixo pra você... Se você trouxer a mim a tua água eu devolvo o vinho".

Que neste sábado peçamos ao Senhor que ele aumente a nossa fé! Mais ainda, peçamos a Ele o dom da fé, esta que é verdadeiro dom do Espírito. Que tenhamos a graça de confiar cada vez mais no Senhor e acreditar que tudo é possível para Ele. Não esquecendo de que é preciso levar até Ele a nossa água... Só nós a podemos levar.

Que Deus abençoe a cada um de nós!

Grande abraço!

Danilo Lopes

Leia Mais

Refletindo o Evangelho do dia - A cura de um leproso



Bom dia, filhos e filhas de Deus!

Que a Paz de Nosso Senhor Jesus Cristo e o amor de Maria estejam com cada um de vocês!

Para iniciarmos a nossa reflexão do Evangelho de hoje, vamos fazer a leitura da palavra clicando em LITURGIA DIÁRIA, ou então, se você preferir, pegue a sua própria Bíblia.

Como é linda e tocante a palavra de hoje!

Pela leitura, tivemos a oportunidade de testemunhar a cura de um leproso que há muito buscava a sua cura e desejava ardentemente se ver livre daquela enfermidade...

Tratava-se naquela ocasião de um senhor de meia idade que desde a sua juventude sofria com o mal da lepra. Como muitos sabem, a lepra naquele tempo era a doença que mais acometia o povo, e havia um preconceito muito grande contra as pessoas que sofriam desse mal... Eram verdadeiros excluídos e marginalizados da sociedade.

Aquele senhor, durante a vida toda procurou a cura de sua enfermidade e já se encontrava desmotivado e sem esperança de que pudesse recuperar a saúde novamente. Até que, num certo dia, ouviu falar da pessoa de Jesus e dos inúmeros prodígios e milagres que havia realizado. Chegou a se questionar se seria realmente possível que uma pessoa pudesse realizar tais feitos. Porém seu coração já se inquietava e uma voz interior lhe dizia que ele deveria ir ao encontro do tão falado Jesus.

E ele foi... Tinha ouvido dizer que Jesus estava no monte a orar. Quando chegou ao local, se deparou com uma multidão enorme e percebou que todas aquelas pessoas anseavam ardentemente estar na presença de Jesus. Estava assustado com tudo aquilo, mas ao mesmo tempo sentia um calor em seu peito, como se o seu coração estivesse em brasas. E era bom sentir aquilo...

Aconteceu então que Jesus desceu do monte e ele conseguiu se aproximar d'Ele. Estava a uns dez metros do Mestre e começou a presenciar com seus próprios olhos as curas, os prodígios, as libertações e os milagres que Jesus fazia. Na verdade ele não conseguia entender tudo aquilo que estava acontecendo, mas começou a acreditar que ele também poderia ser curado de sua enfermidade.

E o seu coração batia muito forte, como se fosse sair do peito. De repente ele se viu cheio de uma certeza muito grande de que naquele momento ele seria curado, bastava ele se aproximar de Jesus e Ele querer curá-lo. Quando então ele ficou bem próximo de Jesus, suas pernas não aguentaram e ele caiu de joelhos diante do Senhor e disse: "Senhor, se queres, tu tens o poder de me purificar".

Naquele instante Jesus olhou para ele, olhou bem no fundo dos olhos dele e sorriu de forma terna e carinhosa. O senhor leproso não aguentou e começou a chorar... Ninguém havia olhado para ele daquela forma, ninguém nunca tinha sorrido pra ele daquele jeito... E ele nunca tinha se sentido tão amado como estava sendo naquele momento.

E Jesus lhe respondeu: "Eu quero, fica limpo". Naquela hora ele foi curado, como se tivesse tirado com a mão. Parecia que um fardo muito grande havia sido tirado de suas costas e ele se sentia leve como uma pluma. As lágrimas não paravam de escorrer de sua face e ele não sabia como agradecer tudo o que acontecia. O choro parecia interminável, mas era um choro libertador... Começou a se questionar se era digno de tanto amor, de tamanha graça. E a felicidade invadiu seu coração.

Jesus então se abaixou até a altura do senhor e lhe disse: "Olha, não digas nada a ninguém, mas vai mostrar-te ao sacerdote, e faze a oferta que Moisés ordenou, para servir de testemunho para eles".

Ele então saiu dali e foi fazer o que Jesus havia lhe pedido, e sua vida nunca mais foi a mesma...

Que no dia de hoje tenhamos a graça de voltarmos ao Senhor e suplicar a Ele a cura de todos os nossos males e enfermidades. Pode ter certeza que Ele estará de braços abertos, prontinho pra te atender... É o que Ele mais quer. E Ele quer...


Que Deus te abençoe!


Um grande abraço!



Danilo Lopes
Leia Mais

Testemunho de Vida



Hoje eu estou aqui pra contar um pouquinho da graça de Deus na minha vida neste ultimo sábado.

Eu estava no Seminário I, e tudo ia muito bem. A animação foi muito boa... A oração, a pregação, tudo que foi feito e proclamado tava me tocando muito.

Quando cheguei em casa, já me deparei com alguns probleminhas que me deixaram chateada, mas nada que me atrapalhasse. Quando cheguei à missa, senti algo mais forte que uma chateação, um sentimento muito desagradável parecia mais forte que eu, e doía muito.
Quando o padre começou a celebrar, invocando a Santíssima Trindade, eu desabei a chorar.
Não podia ouvir o nome de JESUS que eu chorava mais ainda, e isso foi a celebração toda.

Quando a missa acabou, eu só queria ir embora. Não queria ficar no grupo de oração. Foi quando eu liguei pra um amigo me buscar, então preocupado ele foi logo. Todo mundo me perguntando o que tinha acontecido, por que eu tava daquele jeito e eu não falava nada.

Fui embora e, quando estávamos no meio do caminho, me lembrei da ata do grupo que estava comigo. Havia esquecido ela em casa e, então, fomos buscá-la e deixá-la no grupo. No meio do caminho ele me disse que ia me levar para um outro grupo de oração, porém eu não queria grupo de oração nenhum. Meu amigo perguntou se eu queria ir a um casamento de um amigo nosso, mas eu não queria ir para lugar algum.

Quando chegamos à porta da capela, chegaram dois amigos nossos ao mesmo tempo. Enquanto os três conversavam meu “chofer particular” e os outros dois amigos conversavam, eu entrei na capela pra deixar a ata. Foi quando Deus começou a tocar em mim.

Outro amigo dirigia uma oração maravilhosa. Nesse momento ele pediu que ajoelhassem as pessoas que quisessem receber oração e então me ajoelhei. Estava realmente precisando e Deus foi falando tão claramente comigo tudo o que tinha me acontecido durante aquela semana. Foi dito algo no microfone que me tocou muito e eu sabia que naquele momento era o próprio Deus falando comigo...

“Você esta como um carro sem gasolina, quer sair do lugar mais tem que ter combustível”

Foi quando realmente eu me coloquei nos braços do Pai. Eu era aquele carro... Quando sai do grupo pra ir embora, senti a falta do combustível no meio do caminho e tive que ser “rebocada” até a casa do Pai novamente pra ser abastecida.

Os meninos, que até então estavam conversando na porta, entraram na capela e começaram a orar por mim. Eles estavam num casamento e sentiram a necessidade de ir até lá, sem saberem bem o porquê e para quê, mas mesmo assim foram e Deus os usou pra me libertar de todo o mal naquela noite.

Sai do grupo de oração renovada, curada, libertada em nome de JESUS.
Roberta Cordeiro
Leia Mais

Refletindo o Evangelho do dia: Senhor, Senhor...


Muito bom dia, filhos de Deus!

Vamos, mais uma vez, refletir sobre o Evangelho do dia!

Primeiramente gostaria de dizer que é uma graça muito grande essa oportunidade que nós temos de fazer a reflexão do Evangelho do dia. Muitas graças estão sendo derramadas e muitos frutos estão sendo gerados a partir dessas reflexões... Louvado Seja o Nosso Senhor Jesus Cristo!

Para começarmos a nossa reflexão, façamos a leitura do Evagenlho de hoje, clicando em LITURGIA DIÁRIA, ou em sua própria Bíblia.

A palavra do Senhor tirada do livro de São Mateus, cap. 7, vers. 21-29, se inicia dizendo que "nem todo aquele que me diz: 'Senhor, Senhor', entrará no Reino dos Céus...". Logo no início, ao nos depararmos com tal revelação, nos assustamos com o que Jesus nos diz, pois está claro que não é qualquer um que entrará no Reino dos Céus.

Muitas vezes, nós que estamos dentro da igreja, que somos considerados "católicos praticantes", que de fato participamos ativamente da igreja, seja frequentando regularmente às missas, seja desempenhando algum trabalho junto às pastorais da paróquia, caímos no equívoco de pensar que estamos "garantindo" a nossa salvação e que as pessoas que não fazem parte disso ou que simplesmente não participam, já estão excluídos da graça de serem salvos...

Muitos até acreditam que, cumprindo o seu "dever" semanal de participar da Santa Missa aos domingos, já estão fazendo a sua parte e podem até mesmo serem considerados dignos de habitar o Reino dos Céus.

Porém o Senhor vem nos dizer no dia de hoje que não é bem assim... O Senhor vem falar principalmente para aqueles que de certa forma participam e fazem parte da Igreja, que não basta invocá-lo e dizer o que fez em nome d'Ele, mas que é necessário colocar em prática a vontade do Pai, que está nos céus.

É necessário procurar cumprir o que Ele nos ensina a cada dia, a cada missa, a cada leitura e reflexão da Sua Palavra, a cada toque d'Ele em nossas vidas. Seja através do próximo, de um necessitado que pede ajuda, de um sábio que aconselha, de um abraço que acolhe, ou então da natureza, de um pôr-do-sol, de um pássaro que canta, de uma flor que desabrocha...

O Senhor quer nos ver felizes!!! Ele sonha com a nossa Felicidade! E, para que isso aconteça, é necessário que façamos a vontade d'Ele, que coloquemos em prática nas nossas vidas o Seu querer. Parece engraçado, né? Mas é a mais pura verdade... E isso só é possível porque Deus é Amor, nos ama infinitamente e deseja e sonha sempre com o melhor para nós.

Não podemos mais agir como se não O conhecêssemos! Não podemos participar de uma Missa, ouvir o padre em sua homilia pregando contra o pecado, e sairmos dali com a nossa mentalidade estagnada. É necessário ação! É necessário experiência! Não podemos continuar só com a teoria, devemos partir para a prática! A prática do amor, o exercício de lutar a cada dia contra o homem velho e descobrir o homem novo que há em nós.

É como um aluno que quer aprender matemática... Ele só conseguirá aprender se fizer os exercícios que o professor passa, em casa! Não basta os momentos de explicação da sala de aula. É preciso que ele pratique! Assim é com a vivência de nossa fé... Não podemos mais continuar com os conceitos, é preciso dar respostas concretas da ação de Deus em nossa vida.


"24Portanto, quem ouve estas minhas palavras e as põe em prática, é como um homem prudente, que construiu sua casa sobre a rocha. 25Caiu a chuva, vieram as enchentes, os ventos deram contra a casa, mas a casa não caiu, porque estava construída sobre a rocha."


Que possamos refletir nesta quinta se estamos verdadeiramente colocando em prática nas nossas vidas a vontade de Deus, o que ainda falta ser posto em prática, ou se estamos simplesmente vivendo por aí dizendo: Senhor, Senhor...


Que Deus abençoe a todos!


Grande abraço!



Danilo Lopes
Leia Mais

DIFICULDADES



Olá meninos,

Recebi o texto abaixo por e-mail hoje pela manhã e gostaria de compartilhar com vocês. Sugiro apenas, que ao lerem o mesmo, na parte onde se diz: 'quando é só você e você' façam a troca para 'quando é só você e Deus', pois com Ele tudo se transforma e conseguimos superar todas as dificuldades. Abs, Paz e bem!


Dificuldades


'O destino atira-lhe um faca. Cabe a você decidir se a pegará pelo cabo e a usará a seu favor ou se a pegará pela lâmina e se cortará.'

Provérbio chinês.


Eu sei que é difícil recomeçar,
por vezes, às portas aparecem fechadas,
o mundo parece que desabou em cima da gente,
notícias ruins, separações, morte, doenças,
parece um caldeirão de dor, uma tortura,
dívidas que se transformaram em monstros,
cobranças impossíveis de suportar,
solidão de causar dor no peito,
e mesmo assim, temos que sorrir,
temos que ficar em pé, firmes,
quando a vontade é apenas de deitar e não levantar...
Tudo isso eu sei, e já vi debaixo do sol,
mas há uma força dentro de você,
que talvez você mesmo ainda não a conheça,
é um misto de determinação com esperança,
um sentimento que parece blindar o coração,
que traz a razão para tona,
e nos faz campeões.
Não se sabe ao certo, como se ativa esse sentimento,
nem se todos vão usá-lo um dia,
mas tenha certeza de uma coisa, é na dor,
é naquele momento mais terrível em que,
ninguém acredita mais em você, onde todo mundo já se foi,
onde falam pelas suas costas: coitado!
é quando o quarto fica escuro, quando é só você e você,
que nasce esse sentimento que é uma revolução,
um misto de 'querer' e amar-se sem medidas,
que a ciência não explica, e foge as raias da razão.
É quando você percebe que nada é como antes,
e se transforma em um gigante,
não olha mais para os obstáculos,
esquece o que não tem solução,
o impossível é agora apenas uma palavra,
e os seus sonhos vão se realizando um a um,
rompendo barreiras e limites, com determinação,
e chamamos essa vitória, esse sentimento de 'SUPERAÇÃO'.



Paulo Roberto Gaefke
Leia Mais

Semeador em Ação - Visita ao Lar de Sant'Ana

Leia Mais

Mensagem no Orkut - Reflexão



Olá, pessoal... quem fala é o Márcio novamente...
Ainda há pouco estava passeando pelo orkut quando encontrei uma mensagem do rapaz aí de cima, nosso amigo João Henrique... algo que vale a pena refletirmos...
Segue abaixo, o trecho da mensagem... Reflita a respeito...

"Porque será que nós dormimos na igreja,Mas ficamos acordados num filme de 2 horas ?
Porque será que é tão dificil falar sobre Deus,mas tão fácil falar sobre sexo ?
Porque será que ficamos tão intediados quando lemos uma revista Cristã,mas achamos facil ler qualquer outra revista ?
Porque será que é tão fácil ignorar uma mensagem de Deus pela internet,mas tão fácil repassar as eróticas ?
Porque será que as igrejas estão ficando cada vez menores,enquanto os bares e boates crescem como nunca ?

Pense sobre isso....você vai ignorar essa mensagem como todas as outras ou repassar?

80% de vocês não vão repassar isso.

O senhor disse:"Mas qualquer que me negar diante dos homens,eu o negarei também diante de meu Pai, que está nos céus "

Lê baixinho: 'Jesus eu te adoro e preciso de ti, vem pra dentro do meu coração agora'."




A parte final faz parte daquelas cadeias de mensagens que não curto muito...rs

Deus abençoe a noite de vocês!

Grande abraço,



Márcio Gomes Pacheco.
Leia Mais

O que estamos valorizando?



Muitas pessoas dão grande valor a roupas de grife, enquanto outras não dão a menor importância. Existem pessoas que não admitem a mentira e a hipocrisia, enquanto outras preferem valorizar a riqueza material e a aparência física. O que nós, cristãos, devemos valorizar?

Devemos valorizar aquilo que vem de Deus, as coisas que são frutos do amor dEle. Porque aquilo que vêm de Deus vale mais que qualquer bem material.

Não é para bens materiais que devemos dar valor, e sim às bênçãos e graças que o Senhor nos concede. Muitas vezes fazemos “tempestade num copo d’água” por coisa à toa, e não percebemos as bênçãos que Deus derrama sobre nós.

Precisamos rever constantemente os nossos conceitos, analisar se estamos dando mais importância ao “ter” (valores materiais) em detrimento do “ser” (valores espirituais). De certa forma, os dois são importantes, desde que saibamos reconhecer que devemos “buscar as coisas do alto sempre em primeiro lugar”(Mt 6,36). Reconhecer que os valores espirituais devem ficar acima de tudo, pois Deus é mais importante.

Então, tomemos cuidado! Devemos sempre estar alertas, pois nossa felicidade depende quase sempre das escolhas que realizamos, e essas escolhas são feitas de acordo com nossos valores. Portanto, Deus tem que estar em primeiro lugar em nossas vidas; Ele deve estar acima de todos nossos princípios e valores.



Cinthya Cardoso de Araújo
Leia Mais

Refletindo o Evangelho do dia - Sobre os Falsos Profetas


Muito bom dia, pessoal!

Depois de uma quebra na sequência para celebrarmos o nascimento de São João Batista ontem, estamos de volta ao Sermão da Montanha, já quase em seu encerramento. Você pode escolher entre clicar em LITURGIA DIÁRIA ou fazer uso de sua própria Bíblia. Acho que você já sabe qual delas eu prefiro que você utilize, né?

Jesus hoje vem nos fazer um alerta em relação aos falsos profetas, os chamados "lobos em pele de cordeiro"...

"Cuidado com os falsos profetas: Eles vêm até vós vestidos com peles de ovelha, mas por dentro são lobos ferozes."
(Mt 7,15)

Infelizmente, existem pessoas que fazem da igreja, do meio religioso um meio de se conseguir objetivos completamente fora daquele que buscamos numa verdadeira espiritualidade. Enquanto pessoas de coração "manso e humilde" buscam purificar seus corações para cada vez mais experimentarem uma verdadeira comunhão com Jesus Cristo, os falsos profetas buscam popularidade e satisfação de seus próprios egos.

Existem falsos profetas galanteadores, que querem mais é seduzir as pessoas do sexo oposto para aproveitar de carências afetivas; existem pessoas que se dizem "boazinhas" e que só se aproximam das massas religiosas em época de política para garantir sua própria eleição ou a de seus partidaristas; existem aquelas que aproveitam da amizade feita em ambientes religiosos até mesmo para praticarem pequenos furtos!

Não estou falando de coisas que ouvi falar. Ja conheci todos os casos citados aí em cima e, infelizmente, eles sempre aparecem! Apenas para citar um caso, em uma das campanhas políticas passadas, fiquei horrorizado quando escutei, em uma conversa informal, uma candidata a vereadora dizer que apenas ela e um adversário de outro partido estavam fazendo uma campanha bem ferrenha, pois só eles iam a todos os velórios da cidade! Aproveitar da dor de uma família que acabou de perder um ente querido para tentar conquistar a simpatia de alguém, apenas imaginando o resultado final do voto na urna? Desculpem-me, mas isso é um absurdo!

Como fazer para não sermos enganados por tais larápios? É o próprio Jesus quem nos indica o melhor caminho: é necessário analisarmos a vida de tais pessoas, pois "uma árvore boa não pode dar frutos maus, nem uma árvore má pode produzir frutos bons" (Mt 7, 18). Portanto, não nos deixemos enganar com palavras bonitas, se elas não condizem com os atos que tais pessoas praticam.

E, se são os seus atos que não se encontram muito em sintonia com os projetos de Deus para você, não se aflija, pois Deus está sempre disposto a perdoar seus filhos e promover um novo, e completamente diferente, recomeço. Também já presenciei tais acontecimentos.

Que Deus possa nos amadurecer e nos dar discernimento espiritual para sabermos como identificar tais enganadores e não nos deixarmos sermos influenciados ou conduzidos por tais falsos profetas.

Um grande abraço fraternal a todos,

Márcio G. Pacheco
Leia Mais

Pregação - Grupo Semeador - Sábado 21/06/08

Dê o play e confira a pregação do Danilo, no sábado passado, sobre como ser santo nos dias atuais... vale a pena conferir!!

Leia Mais

Quadrilha do Semeador - 2008

Leia Mais

Visita ao Lar de Sant'Ana



Quando em nossa reunião de núcleo decidimos visitar o Lar de Sant'Ana, o Senhor tocava forte em nossos corações que, geralmente, as pessoas se preocupam muito em doar material de limpeza, alimentos e outras coisas materiais e se esquecem de doar, também, um pouco do tempo deles.

O que experimentamos no domingo foi realmente muito enriquecedor para todos nós que lá estivemos. Serviu muito para que todos nos refletíssemos a respeito de tratar bem os idosos e, também, as amizades que possuímos...

Foi maravilhoso para refletirmos também sobre nosso futuro e os de nossos familiares...

Se você quiser conferir detalhadamente como foi, clique em FOTOS e veja como foi lindo.
Leia Mais

Refletindo o Evangelho do Dia - Chamados Ainda Crianças



Muito bom dia, povo de Deus!

Nosso evangelho de hoje se encontra em Lc 1,57-66.80. Você tem duas opções para lê-lo: basta clicar em LITURGIA DIÁRIA ou pegar sua Bíblia (acompanhada de caneta, é claro) e fazer a leitura. Vocês já sabem que prefiro que façam suas leituras diretamente no livro sagrado, para que tenham mais intimidade com ele.

O Evangelho de hoje celebra um dos santos mais populares da tradição católica: São João, o batista. Ele é tão querido pelo povo que é o único santo que tem tanto a data de nascimento, quanto a data de sua morte celebradas no calendário religioso.

O Evangelista Lucas nos relata, no início de seu Evangelho, a história do nascimento desse santo. Porém, gostaria de refletir apenas certo assunto hoje: a importância de colocarmos nossas crianças em contato com a palavra, desde pequenos ainda.

Se analisarmos a vida de grandes profetas e grandes personalidades bíblicas, veremos que desde muito crianças já mantinham certa assiduidade nos eventos religiosos. Assim foi com Samuel (o profeta que ungiu Davi como rei), com Maria (segundo alguns Evangelhos apócrifos), com João Batista e com o próprio Jesus.

Não somos obra do acaso. Deus nos trouxe ao mundo para vivermos nossa missão de servirmos a nossos irmãos e de proporcionar-lhes uma vida melhor de se viver. Entretanto, Deus nos dá o livre arbítrio de fazermos ou não a sua vontade. É essencial que, para que possamos nos aproximar o mais próximo possível dessa divina vontade, sejamos apresentados desde cedo ao ambiente religioso.

É fácil percebermos a diferença de conduta entre pessoas que tiveram uma educação religiosa e as que foram educadas (com muita dificuldade) longe da presença de Deus. O exemplo mais lindo que tenho dos dias atuais são as filhas do meu irmão. É claro que foram educadas sabiamente pelos pais, mas como é lindo vê-las quando estão em oração no grupo.

Lembro-me do primeiro dia que as vi orando num momento de consagração da hóstia. Ajoelharam, como todos e pensei que ficaria apenas no gesto da imitação. Porém, que lindo foi ver que me mexiam as boquinhas orando, conversando com Jesus, presente na comunhão. Fiquei muito emocionado, como tio e padrinho.

É verdade que algumas crianças são inquietas e, muitas vezes até mesmo atrapalham o evento religioso, mas mesmo assim é importante que elas estejam lá. Nesses casos, imagino que falte um pouco de diálogo para mostrar o que se pode e o que não se pode fazer em determinados momentos, né? Exemplo disso é meu irmão-afilhado caçula. Quem o conhece, sabe que ele é meio que hiperativo, mas fica quieto quando mostro pra ele quando pode fazer bagunça e quando não pode.

Em minha vida foi essencial a sementinha que foi lançada em minha infância, quando costumava ir à missa das crianças. E acredito ser essencial para todas as crianças que tem constância nos eventos religiosos.

Às vezes caímos no erro de pensar que o profeta já nasce adulto e esquecemos do perigo que ele corre de ser abortado em sua vida espiritual se não for bem conduzindo em sua formação, ainda criança ou adolescente.

Há um profeta em cada um de nós. É necessário sabermos despertá-lo, educá-lo e prepará-lo para a messe.

Você já despertou o profeta que existe em você?

Grande abraço fraternal,




Márcio G. Pacheco
Leia Mais

Eis-me aqui, Senhor




É comum irmos à missa e, logo no Canto de Entrada ouvirmos a música "Eis-me aqui, Senhor".


"Eis-me aqui, Senhor
Eis-me aqui, Senhor
Pra fazer Tua vontade
Pra viver do Teu amor
Pra fazer Tua vontade
Pra viver do Teu amor
Eis-me aqui, Senhor"

Neste momento, nos levantamos, cantamos, participamos de toda a missa e depois vamos embora para nossas casas, cheios do Espírito Santo. No entanto, o que geralmente acontece é que, ao voltarmos para nossos lares, os problemas ainda são os mesmos, as contas continuam vencidas, o cheque vai mesmo cair, entre tantos outros probleminhas. Neste instante, ao percebermos isso, brigamos, xingamos, elevamos a nossa voz para discutirmos com a mãe, com o pai, com o irmão, esposa, filhos, etc. Então eu pergunto a vocês... E a missa? Onde ela ficou? E a promessa que você fez a Deus??? Não se lembra???

Quando você cantou "Eis-me aqui, Senhor", você quis dizer a Deus que está para Ele na igreja? Você só serve a Deus dentro da igreja, do templo??? Meus irmãos, na igreja, o mínimo que você deve fazer é servir a Deus. Como vêm dizendo os nossos irmãos Márcio e Danilo, evangelizar na igreja é muito fácil... E, na verdade, o que a música nos leva a dizer é que "Eis-me aqui, Senhor", não "aqui" só dentro da igreja, mas aqui, de corpo e alma, para o que der e vier, para Te servir, Senhor!

Mais um pouquinho adiante na música, você também cantou "Pra fazer Tua vontade", não foi? Mas... vem cá, você tem mesmo feito a vontade de Deus, ou a sua vontade? Fazer a vontade de Deus implica em abrir mão de muitas coisas que você provavelmente quer, ou optar por algo que nem estava nos seus planos... Mas, meu amigo, a vontade de Deus é a coisa mais perfeita que pode acontecer... porque Ele sabe das necessidades do seu coração e também das necessidades do coração do próximo! Quando a vontade de Deus é feita, o bem acontece para você e para as demais pessoas com as quais você se relaciona, e isso é maravilhoso! Então, quando você faz a vontade do Senhor, você vive do amor d'Ele! Viver do amor de Deus é algo sublime, é estar a todo momento em paz, e transmitir essa paz a todos que te cercam... viver do amor de Deus é estar constantemente em Sua presença... é saber viver no mundo sem ser do mundo... e ser santo, como o Pai é santo!

Vou falar para vocês que não é fácil, não é nada fácil. O mundo traz todo o tipo de atrativos fáceis para você, a qualquer hora. No entanto, o amor que o mundo te dá é instantâneo e condicional: se você serve ao mundo, ele te abre portas, mas se, por algum instante você deixa de servi-lo, ele as fecha abruptamente para você.

Amigos, o amor do Senhor é incondicional!!! Ele te ama do jeito que você é, com todas as suas qualidades e também defeitos e Ele quer te usar assim! Por isso, sirva a Deus de todo o seu coração, com toda a sinceridade, com toda a humildade e com todo o amor. Ele te chama ao Seu encontro, Ele quer te mostrar o Seu amor e te dar vida n'Ele, assim como você mesmo cantou ("Pra viver do Teu amor")!

Bom, então vamos pensar um pouco nas atitudes que nós temos tomado no decorrer das nossas semanas e não vamos deixar que a missa fique apenas na igreja, mas que nós possamos levá-la para nossas casas, para nossos trabalhos, escolas, faculdades, enfim, onde quer que nós estivermos. E que nos lembremos sempre que Deus é Pai, é amor, Ele só quer o nosso bem e está disposto a tudo para cuidar de nós!

Um grande abraço a todos!

Samara Qualhato
Leia Mais

Amor aos Irmãos - Pregação da Anaíle no SVE I



Na tarde de sábado, oitava semana do Seminário de Vida no Espírito Santo I.
Pregação "Amor aos Irmãos", ministrada pela Anaíle.

Vale a pena conferir...
Leia Mais

Refletindo o Evangelho do dia: Não julgueis...


A paz de Jesus a todos vocês, meus irmãos!

Primeiramente eu gostaria de dizer que é com muita alegria que venho aqui hoje para fazer a reflexão do Evangelho do dia! Para aqueles que ainda não sabem, ontem foi um dos dias mais importantes em minha vida... O dia em que, após dois anos de caminhada, eu renovei o meu batismo e recebi a confirmação do Espírito Santo de Deus que já habitava em mim. Ontem tive a graça de receber o sacramento do Crisma e foi muito lindo sentir a presença do Espírito Santo no momento em que o padre me ungiu com o óleo abençoado. Mais do que nunca agora tenho plena certeza de que "sou do meu amado e Meu Amado é meu"...

Para meditarmos sobre o que o Senhor quer nos dizer através de sua palavra, façamos a leitura do Evangelho de hoje clicando em Liturgia Diária.

A palavra do Senhor tirada do Evangelho de São Mateus, cap. 7, vers. 1 a 5, vem falar a nós de um erro muito sério que acabamos cometendo no nosso dia-a-dia e muitas vezes não percebemos imediatamente o que fazemos, que é o julgar as pessoas.

Na Justiça brasileira, quando uma pessoa comete um erro contra outras pessoas e esse erro está tipificado na lei como um crime, é instaurada uma ação penal contra aquela pessoa afim de se chegar a uma conclusão se ela é culpada ou inocente em relação ao fato acontecido. Para se chegar a essa conclusão, somente uma pessoa pode dar a palavra final, condenando ou absolvendo o transgressor, que é o Juiz de Direito, investido de poder e capacidade intelectual e técnica para isso.

Trazendo para as nossas vidas, quantas vezes a gente não age como verdadeiros juízes, condenando as pessoas por algum erro que tenham praticado ou simplesmente atribuindo às mesmas um defeito, por terem falado algo ou agido de forma que no nosso entendimento esteja errado?

Quantas pessoas hoje em dia não são especialistas em enxergar os erros e defeitos dos outros e, além disso, os expõe diante outras pessoas e até as criticam por serem ou agirem assim?

Como somos peritos em ver os erros e defeitos das outras pessoas e muitas vezes não enxergamos as nossas próprias imperfeições?

Quantas vezes, por termos uma determinada qualidade em evidência, achamos que estamos "acima" de outras pessoas que talvez não a possuem e, até mesmo nos sentimos bem por isso?

Diante todas essas questões o Senhor vem nos dizer hoje: "Não julgueis, e não sereis julgados. 2Pois, vós sereis julgados com o mesmo julgamento com que julgardes; e sereis medidos, com a mesma medida com que medirdes."

É muito sério isso que a palavra de Deus nos diz hoje. Pois a mesma medida que usarmos para medir os outros, é a medida que Deus usará para nos medir... É o mesmo que dizer a Deus que queremos ser medidos e julgados da mesma forma que estamos julgando as outras pessoas, principalmente aqueles que estão próximos a nós.

Eu sei que é importante e muitas vezes necessário a gente chegar naqueles que estão próximos a nós, principalmente os que amamos, e lhes dizer o que estão fazendo de errado, para que assim a pessoa reconheça o erro e procure mudar... Mas desde que seja feito com AMOR e com o objetivo de querer o melhor para o outro.

Porém, até mesmo para agirmos assim, é necessário antes olharmos para nós mesmos e verificarmos se também não estamos cometendo aquele mesmo erro. Se não, com que autoridade chegaremos no nosso irmão para lhe indicar algo que precisa ser mudado, se em nós o mesmo erro está presente?

"...tira primeiro a trave do teu próprio olho, e então enxergarás bem para tirar o cisco do olho do teu irmão"

Que no dia de hoje possamos refletir sobre como estamos encarando os erros e defeitos dos outros, sobre quem e em quais situações não estamos sendo verdadeiros juízes, e se estamos aproveitando a oportunidade de enxergarmos os erros das outras pessoas como verdadeiro espelho para vermos os nossos.

Que JESUS nos ensine a sermos compreensivos e misericordiosos para com nossos irmãos e que nos ajude a sermos verdadeiros instrumentos de amor ao invés de perversos inquisidores.

Louvado seja o Nosso Senhor Jesus Cristo!

Grande abraço a todos!


Danilo Lopes
Leia Mais

Refletindo o Evangelho do dia - Anunciar o Evangelho



Boa tarde, pessoal!

Conforme prometido, aqui estamos para mais uma reflexão.

Antes, gostaria de partilhar o quanto tem sido enriquecedor para mim, espiritualmente falando, essas reflexões que temos compartilhado sobre o Evangelho do dia. Não é por menos, né? A palavra é alimento e arma espirituais...

O Evangelho de hoje se encontra em Mt 10,26-33. Meu conselho é que você leia diretamente em sua Bíblia. É necessário que você crie intimidade com ela.
Gostaria de concentrar minha nossa reflexão hoje nos dois últimos versículos do discurso de Jesus, presentes no nosso Evangelho:

"Portanto, todo aquele que se declarar a meu favor diante dos homens, também eu me declararei em favor dele diante do meu Pai que está nos céus. Aquele, porém, que me negar diante dos homens, também eu o negarei diante do meu Pai que está nos céus".

Ontem ainda eu dizia no grupo de oração: é muito fácil evangelizar dentro do grupo de oração, é muito fácil evangelizar pessoas que já estão dentro da igreja. E é esse o desafio que Jesus vem nos fazer hoje.

É necessário levar a Boa Palavra às pessoas que estão sem acesso a ela. Intrigante dizer isso, né? "Sem acesso" num mundo que hoje te apresenta acessos e mais acessos para sua escolha. Na realidade, nunca se teve tanto acesso à Palavra de Deus. Nunca houve tantos canais de televisão religiosos, emissoras de rádio, revistas, sites e tantas outras coisas. Porém, ao mesmo tempo, as coisas que o mundo do pecado tem ofericido também nunca foram tão sedutoras.

É justamente aqui que entra seu papel de meio de transporte de Jesus, como o burrinho que Ele usou em sua entrada triunfante em Jerusalém, pouco antes de sua paixão e morte.

O Senhor tem investido em você. Tem te dado oportunidade de crescimento espiritual, tem derramado bênçãos, feito curas e não há nada mais normal em ter um coração agradecido, que queira retribuir. E essa retribuição é algo que acontece naturalmente, pois nós mesmo não conseguimos deixar de falar das maravilhas que Deus manifesta em nossas vidas.

Porém, existem aqueles que só conseguem falar de Deus para as pessoas que já estão dentro da igreja, que já se encontram direcionadas. O desafio de hoje é darmos acesso às pessoas que não o tem buscado por iniciativa própria.

Pare um pouco e reflita sobre seus círculos de convivência. Tenho certeza de que Deus irá te mostrar a quem você deve anunciar.

Ouça a voz do seu coração e deixe-se guiar pelo Espírito Santo.

Não se esqueça de a promessa que Jesus faz hoje é dolorosa: Ele também negará, diante do Pai, aqueles que tiverem negado Ele.

Reflitamos sobre isso...

Grande abraço fraternal,

Márcio G. Pacheco

Leia Mais

É hoje!!






Hoje é dia de festa e muita alegria. Chegou o dia da nossa visita ao Lar de Sant'Ana.


Para quem não foi ao grupo ontem, vou dar uma dica para você não chegar lá meio perdido, ok?


Nossa visita será das 15h às 16h. Faremos um lanche vespertino com eles, então: mulheres levem salgadinhos e homens os refrigerantes.


Também estamos pedindo para que levem algumas lembrancinhas para nossos amigos. As residentes de lá ADORAM bijouterias e maquiagem! Os senhores gostam muito de bonés, perfumes, roupas (que estejam em condição de uso, de preferência uma das melhores que você tiver...).


Basicamente será resumido nosso passeio no lanche e no pagodinho cristão que iremos fazer lá. Ah... e também o "salão de beleza" que será dirigido por nossas "consultoras de moda" do Semeador...


Quem tiver máquina fotográfica está liberado (e convocado) a levar.


Até lá, povo de Deus!
Leia Mais

FALTA 1 UM DIA!


... para nossa visita ao Lar de Sant'Ana! Não perca o grupo de oração hoje para ficar por dentro dos detalhes...
Leia Mais

F E L I Z A N I V E R S Á R I O ! ! !

Eu não poderia deixar de compartilhar com vocês a imensa alegria de celebrar um dos dias mais lindos do ano: o dia em que Deus trouxe ao mundo o maior presente dEle para mim.


FELIZ ANIVERSÁRIO, MINHA PRINCESA!!!



(quem quiser deixar algum recadinho aqui no blog para ela, por favor, clique abaixo em "comentários"... ah... e se quiser dar um presente preciosíssimo, reze para ela agora um Pai Nosso e uma Ave Maria, pedindo a unção do Espírito Santo...)
Leia Mais

Refletindo o Evangelho do dia - Buscai em Primeiro Lugar o Reino de Deus...



Muito bom dia, minha gente querida!

Acho que você já sabe o que vou pedir, né? Clique em LITURGIA DIÁRIA ou pegue sua Bíblia e leia o evangelho de hoje (Mt6,24-34).

Como eu disse no início de nossa reflexão sobre o Sermão da Montanha, esse discurso de Jesus é algo que todo cristão devia ler e enraizar em seu coração. Cada parte é mais linda e essencial em nossas vidas...

Nossa reflexão de hoje será muito mais um testemunho de vida que uma "homília". Essa passagem de hoje foi minha "bússola" espiritual, principalmente nos momentos em que passei pelas maiores dificuldades financeiras da minha vida. Foram muitas vezes em que eu me via à beira da depressão por causa desses revezes...

Filho de pais separados, durante 10 anos de minha vida tive que fazer o papel de meu pai, na despesa doméstica. O dinheiro que ganhávamos geralmente não dava para as despesas mensais e passei por grandes apertos. Houve meses que deixei de ir à faculdade por falta de dinheiro para pagar ônibus e, quando o tinha, faltava para xeróx, livros e lanches. Houve época que não tinha nem uma bicicleta pra andar e, para aqueles que não sabem ou não imaginam, também já passei fome nessa vida.

Porém, um dia encontrei com essa passagem e tudo começou a tomar novos rumos. Jesus dizia claramente que devíamos "buscar o reino de Deus em primeior lugar", pois "tudo mais me seria dado em acréscimo" (Mt 6, 36). Foi então que fiz o seguinte propósito com Deus: eu cuidaria das coisas dEle e Ele das minhas.

Minha prioridade, então, passou a ser o serviço de evangelização. Mergulhei no estudo bíblico, fazia todos os encontros que estavam dentro de minha possibilidade e anunciava o evangelho a todos. Logo eu era coordenador do maior grupo de jovens que Inhumas já teve. Sempre colocava em minhas orações o pedido de Deus tomar conta da minha vida profissional...

Paralelamente a isso, as coisas começaram a tomar rumos diferentes em minha vida profissional. Eu era professor pro-labore do Estado. Estudava de manhã e trabalhava à tarde e à noite, cinco aulas por turno. De repente surge uma oportunidade de trabalhar numa das maiores e mais bem conceituadas escolas de idiomas do Brasil. Fiz o teste e fui aprovado para dar aula até o nível 3 (o curso tinha 13 níveis). Porém, com o crescimento das turmas e o aprofundamento do meu conhecimento, turmas com níveis superiores foram sendo confiadas a mim e cheguei a dar aula até o nível 11, nessa escola. Um detalhe é que passei a trabalhar a metade do que trabalhava no ensino público, para ganhar o dobro.

Tempos depois surge a oportunidade de fazer exame para dar aulas no Centro de Línguas da UFG. Deus abençoou mais uma vez minha empreitada e alí eu reformulei completamente minha visão como professor de língua estrangeira. Porém, como os horários não encaixavam, tive que abandonar a escola de idiomas.

Chega ano de formatura. Tinha que ajudar na despesa em Inhumas e arcar com minha despesa em Goiânia. Já estava morando em Goiânia. A despesa tinha aumentado muito, mas não tinha outro jeito.

No segundo semestre, surge a oportunidade de fazer concurso para o Banco do Brasil e só fiz minha inscrição por muita insistência da minha sogra. Eu não queria fazer inscrição, pois sabia que não teria tempo de estudar para o exame. Eu era o último da fila, no último dia de inscrição... lamentando os R$ 25,00 que iria gastar para me inscrever.

Quando peguei meu local de prova, fiquei feliz ao ver que seria numa escola religiosa de Goiânia. Chegando lá, estava acontecendo uma tarde de louvor e aproveitei daquela situação para orar, entregar nas mãos de Jesus e pedir que o Espírito Santo guiasse minha mão na marcação das respostas.

Ao sair da prova, pensei ter saído muito mal. Tinha deixado muitas questões em branco, pois a errada anulava duas certas.

No dia da divulgação do resultado nem tive interesse em saber sobre o meu. A curiosidade de um amigo veio me dar a boa nova de que eu tinha passado e muito bem colocado.

Deus me deu a oportunidade de tomar posse na maior agência de varejo do país, onde aprendi muito e hoje sou gerente de relacionamento em uma agência do interior.

Tudo o que tenho e que sou, tudo o que acumulei de conhecimento e de graça após aquela aliança, declaro a autoria de Deus em minha vida. Quantas maravilhas e verdadeiros milagres ele faz constantemente em minha história. Isso me faz sempre dizer que me sinto a pessoa mais amada por Ele desse mundo. Eu sei que não é verdade isso, pois Ele ama a todos de forma igual, mas me sinto como o evangelista João, que se auto-declarava "o discípulo mais amado de Jesus".

O convite que te faço e o desafio que Jesus te faz hoje: buscar em primeiro lugar o reino dos céus, de todo o teu coração. Tenho certeza de que inúmeras maravilhas irão acontecer. Sou prova viva disso!

É por isso que não posso calar minha boca diante de tantas bênçãos, tanta graça que Ele tem realizado em minha vida!

Que o dia de vocês seja maravilhasmente abençoado, na presença de Deus.

Grande abraço fraternal,


Leia Mais

Faltam 2 dias...

... para a nossa visita ao Lar de Santana.

Leia Mais

Refletindo o Evangelho do Dia - Nossos Olhos: Luz do Nosso Corpo...




Muito bom dia, povo de Deus!!


(que frio!)


Antes de prosseguirmos a diante, cliquem em LITURGIA DIÁRIA e faça a leitura do evangelho de hoje, em Mt 6,19-23. Particularmente falando, prefiro que você leia diretamente em sua própria bíblia, fazendo suas anotações de estudo.

Aproveitando isso, gostaria de dizer que a bíblia, se não estudada, fechada ou colocada na estante como enfeite não passa de um livro qualquer (infelizmente). Há muitas pessoas que a usam até como amuleto! Portanto, como pessso comprometida com o estudo diário do evangelho, é necessário que você faça uso diretamente em seu objeto de estudo. Faça anotações diretamente nela, e não tenha medo, que não é pecado... pelo contrário, fará com que você fique mais maduro ainda em seus conhecimentos bíblicos...

Voltando ao evangelho do dia...

É simplesmente linda a passagem de hoje! E, a exemplo de várias outras, é possível analisá-la através de diferentes facetas: primeiro Jesus nos faz uma advertência em relação à ambição e à soberba, falando que não devemos direcionar nossa vida a propósito de simplesmente ficar juntando riquezas materias, pois elas são passageiras e, como diz o dito popular, "caixão não tem gaveta"; em seguida o Mestre nos mostra a importância de darmos o valor adequado às coisas que realmente são valiosas e que, às vezes passam despercebidas em seu valor, como amigos, família, boas ações, etc; em seguida, Jesus vem nos alertar a respeito da importância de termos "olhos sadios", ou seja, tomarmos muuuito cuidado com o que colocamos para dentro de nosso interior através de nossos olhos, concluindo seu discurso com a imagem de que o olho é como o farol de nosso corpo, podendo emitir luz clara ou luz "escura" ou negra... Estranho, né? Mas realmente existe luz negra, e ela muda a cor de tudo!

Eu gostaria muito de falar a respeito de todos esses tópicos, mas como estou sem acesso, vou me abster a respeito de essa última parte do discurso...

É necessário nos atentarmos muito com todas as informações que jogamos para dentro do nosso interior. Por mais que não demos tanta atenção a isso, os nossos sentidos influenciam muito no nosso jeito de ser, de agir, de se portar.

Jesus nos afirma que nossos olhos são cruciais nesse quesito e não é à toa, pois "a boca fala do que o coração está cheio"! (Mt 12,34) Devemos, então, tomarmos muito cuidado com tudo aquilo que, inocentemente ou não, jogamos para dentro de nós.

Se nossa prioridade é termos uma vida espiritual sadia, estarmos sempre próximos ao próposito de vida que Deus tem para nós, é necessário identificarmos certos inimigos ocultos e combatê-los. Assim, devemos ter muito cuidado com certos programas de televisão, com certas revistas, com certos sites, com certos filmes porque vão completamente a uma direção oposta àquela que Jesus sonha para nós.

Você pode até pensar que não tem nada a ver, mas é inevitável a queda quando você fica se alimentando de coisas que só vão te levar ao pecado.

Contando uma experiência negativa que tive, dias atrás fui a um pit dog na cidade em que moro durante a semana para jantar um X-Tudo (hehe... tava com muita fome). A tv estava ligada e estava passando uma novela com cenas fortíssimas para rede aberta. A clientela do local ficou hipnotizada olhando uma cena em que uma jovem se entregava a um homem que tinha acabado de conhecer. Eu ainda tentei resistir à curiosidade, mas devo confessar que caí na tentação de olhar a cena. Olhava, desviava o olhar, olhava de novo... Daí tomei posicionamento de filho de Deus e evitei olhar... mas a quantidade que já tinha olhado foi suficiente para me tirar de condição de orar por aquele restante de dia e o início do outro também. Ou seja, aquele breve momento me afastou muito do plano que tinha de oração.

Já me contaminei muito em minha vida. Eu ficava parecendo porco no chiqueiro, me lambuzando em lavagens. Lavagens de revistas, lavagens de sites impróprios, lavagens de ideologias erradas de controle mental, lavagem de lugares errados... muita lavagem egoísta e edonista. Já apanhei muito para hoje chegar a nunca mais querer comer sobras. Deus tem um banquete para cada um de nós.

Tomemos cuidado!

Eu não quero nunca perder a sintonia com Deus e muito menos quero que aconteça isso com vocês. Façamos uma corrente de resistência!

Por mais que as coisas pareçam normais e naturais, são completamente opostas ao projeto lindo de amor e santidade que Deus tem para nós.

Espero poder contar com vocês nessa luta!


Grande abraço fraternal.



Márcio G. Pacheco

Leia Mais

A ORAÇÃO DO PAI NOSSO MEDITADA



CRISTÃO: Pai nosso que estais no céu...
DEUS: Sim? Estou aqui.

CRISTÃO: Por favor, não me interrompa, estou rezando!
DEUS: Mas você me chamou!

CRISTÃO: Chamei? Eu não chamei ninguém. Estou rezando. Pai nosso que estais no céu...
DEUS: Aí, você chamou de novo.

CRISTÃO: Fiz o que?
DEUS: Me chamou. Você disse: Pai nosso que estais no céu. Estou aqui. Como é que Posso ajudá-lo?

CRISTÃO: Mas eu não quis dizer isso. É que estou rezando. Rezo o Pai Nosso todos os dias, me sinto bem rezando assim. É como se fosse um dever. E não me sinto bem até cumpri-lo...
DEUS: Mas como podes dizer Pai Nosso, sem lembrar que todos são seus irmãos, como podes dizer que estais no céu, se você não sabe que o céu é a paz, que o céu é amor a todos?

CRISTÃO: É, realmente ainda não havia pensado nisso.
DEUS: Mas, prossiga sua oração.

CRISTÃO: Santificado seja o Vosso nome...
DEUS: Espere aí! O que você quer dizer com isso?

CRISTÃO: Quero dizer... quer dizer, é... sei lá o que significa. Como é que vou saber? Faz parte da oração, só isso!
DEUS: Santificado significa digno de respeito, Santo, Sagrado.

CRISTÃO: Agora entendi. Mas nunca havia pensado no sentido dessa palavra SANTIFICADO ... "Venha a nós o vosso reino, seja feita a vossa vontade, assim na terra como no céu..."
DEUS: Está falando sério?

CRISTÃO: Claro! Porque não?
DEUS: E o que você faz para que isso aconteça?

CRISTÃO: O que faço? Nada! É que faz parte da oração, além disso seria bom que o Senhor tivesse um controle de tudo o que acontecesse no céu e na terra também.
DEUS: Tenho controle sobre você?

CRISTÃO: Bem, eu freqüento a igreja!
DEUS: Não foi isso que Eu perguntei. Que tal o jeito que você trata os seus irmãos, a maneira com que você gasta o seu dinheiro, o muito tempo que você dá à televisão, as propagandas que você corre atrás, e o pouco tempo que você dedica à Mim?

CRISTÃO: Por favor. Pare de criticar!
DEUS: Desculpe. Pensei que você estava pedindo para que fosse feita a minha vontade. Se isso for acontecer tem que ser com aqueles que rezam, mas que aceitam a minha vontade, o frio, o sol, a chuva, a natureza, a comunidade.

CRISTÃO: Está certo, tens razão. Acho que nunca aceito a sua vontade, pois reclamo de tudo: se manda chuva, peço sol, se manda o sol reclamo do calor, se manda frio, continuo reclamando, se estou doente peço saúde, não cuido dela, deixo de me alimentar ou como muito...
DEUS: Ótimo reconhecer tudo isso. Vamos trabalhar juntos Eu e você, mas olha, vamos ter vitórias e derrotas. Eu estou gostando dessa nova atitude sua.

CRISTÃO: Olha Senhor, preciso terminar agora. Esta oração esta demorando muito mais do que costuma ser. Vou continuar: "o pão nosso de cada dia nos daí hoje..."
DEUS: Pare aí! Você está me pedindo pão material? Não só de pão vive o homem, mas também da minha palavra. Quando me pedires o pão, lembre-se daqueles que nem conhecem pão. Pode pedir-me o que quiser, desde que me veja como um Pai amoroso! Eu estou interessado na próxima parte de sua oração. Continue!

CRISTÃO: "Perdoai as nossas ofensas, assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido" DEUS: E o seu irmão desprezado?

CRISTÃO: Está vendo? Olhe Senhor, ele já criticou várias vezes e não era verdade o que dizia. Agora não consigo perdoar. Preciso me vingar.
DEUS: Mas, e sua oração? O que quer dizer sua oração? Você me chamou, e eu estou aqui, quero que saias daqui transfigurado, estou gostando de você ser honesto. Mas não é bom carregar o peso da ira dentro de você, não acha?

CRISTÃO: Acho que iria me sentir melhor se me vingasse!
DEUS: Não vai não! Vai se sentir pior. A vingança não é tão doce quanto parece. Pense na tristeza que me causaria, pense na sua tristeza agora. Eu posso mudar tudo para você. Basta você querer.

CRISTÃO: Pode? Mas como?
DEUS: Perdoe seu irmão, Eu perdoarei você e te aliviarei

CRISTÃO: Mas Senhor, eu não posso perdoá-lo.
DEUS: Então não me peças perdão também!

CRISTÃO: Mais uma vez está certo! Mais do que quero vingar-me, quero a paz com o Senhor. Esta bem, esta bem; eu perdôo a todos, mas ajude-me Senhor. Mostre-me o caminho certo para mim e meus inimigos.
DEUS: Isto que você pede é maravilhoso, estou muito feliz com você. E você como está se sentindo?

CRISTÃO: Bem, muito bem mesmo! Para falar a verdade, nunca havia me sentido assim! É tão bom falar com Deus.
DEUS: Ainda não terminamos a oração. Prossiga...

CRISTÃO: "E não nos deixeis cair em tentações, mas livrai-nos do mal..."
DEUS: Ótimo, vou fazer justamente isso, mas não se ponha em situações onde possa ser tentado.

CRISTÃO: O que quer dizer com isso?
DEUS: Deixe de andar na companhia de pessoas que o levam a participar de coisas sujas, intrigas, fofocas... tem que deixar, inclusive, de ficar vendo "aquelas cenas" que de vez em quando passam na tv e que você fica procurando na internet. Abandone a maldade, o ódio. Isso tudo vai levá-lo para o caminho errado. Não use tudo isso como saída de emergência!

CRISTÃO: Não estou entendendo!
DEUS: Claro que entende! Você já fez isso comigo várias vezes. Entra no erro, depois corre me pedir socorro.

CRISTÃO: Puxa, como estou envergonhado!
DEUS: Você me pede ajuda, mas logo em seguida volta a errar de novo, para mais uma vez vir fazer negócios comigo!

CRISTÃO: Estou com muita vergonha, perdoe-me Senhor!
DEUS: Claro que perdôo! Sempre perdôo a quem está disposto a perdoar também, mas não esqueça, quando me chamar, lembre-se de nossa conversa, medite cada palavra que fala! Termine sua oração.

CRISTÃO: Terminar? Há, sim, "Amém!"
DEUS: O que quer dizer amém?

CRISTÃO: Não sei. É o final da oração.
DEUS: Você só deve dizer amém quando aceita dizer tudo o que eu quero, quando concorda com minha vontade, quando segue os meus mandamentos, porque AMÉM! Quer dizer: assim seja, concordo com tudo que orei.

CRISTÃO: Senhor, obrigado por ensinar-me esta oração e agora obrigado por fazer-me entendê-la.
DEUS: Eu amo cada um dos meus filhos, amo mais ainda aqueles que querem sair do erro, quer ser livre do pecado. Abençôo-te e fica com minha paz!

CRISTÃO: Obrigado, Senhor! Estou muito feliz em saber que és meu amigo.




- Autor Desconhecido-
Leia Mais

Faltam 3 dias!


Não se esqueça de convidar seus amigos para a nossa visita...
Leia Mais

Refletindo o Evangelho do Dia - ...Assim como Perdoamos a Quem Nos Tem Ofendido...



Muito bom dia, pessoal...

Iniciando nossa reflexão, clique em LITURGIA DO DIA e leia Mt 6,7-15.

No evangelho de hoje, após receber um pedido de seus discípulos, Jesus vem nos ensinar como falar com nosso Pai Celeste. É uma passagem de significado profundo, e poderíamos elencar inúmeros estudos a partir desses oito versículos apresentados hoje. Porém, nossa reflexão se deterá em apenas em três desses. Aqueles em que o Senhor insiste em nos ensinar sobre o dom do perdão:

"Perdoa as nossas ofensas, assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido."
(Mt 6,12)

Nos versículos estudados no decorrer dessa semana, Jesus direcionou seu discurso de amor e perdão às pessoas que nos maltratam à essa conclusão da oração do Pai Nosso: perdoai-nos como perdoamos.

Muitas pessoas fazem essa oração todos os dias. Infelizmente, a forma mecânica em que geralmente é feita não levam tais pessoas a meditar sobre o que estão dizendo.

Ai daqueles que são rancorosos, que vivem alimentado o orgulho ferido no coração, que vivem pensando em vinganças e maneiras possíveis de se fazer alguém "pagar" por algum mal feito. Tais pessoas não percebem que estão dando permissão a Deus de ser tão "impiedoso" e implacável como essas próprias pessoas são.

Jesus apresenta uma condição para ganharmos o perdão de Deus: a medida que usarmos para perdoar aqueles que nos magoam será a mesma medida usada por Deus para nos perdoar.


"De fato, se vós perdoardes aos homens as faltas que eles cometeram, vosso Pai que está nos céus também vos perdoará. Mas, se vós não perdoardes aos homens, vosso Pai também não perdoará as faltas que vós cometestes".
(Mt 6, 14-15)


É necessário, então, que reflitamos nossa conduta. Infelizmente há muitas pessoas que vivem dentro da igreja, que estão de reunião em reunião, de encontro em encontro e que, porém, insistem em alimentar sentimentos negativos em seus interiores.

É hora de acordar, irmãos! É hora de darmos o primeiro passo rumo à reconciliação. Deus espera um posicionamento de quem ama, pois Deus é amor...

E o que não é amor...

Bem... acho que você sabe o que é...


Grande abraço fraternal,




Leia Mais

A presença de Deus

Deus sempre está presente em nossas vidas. Mesmo quando estamos no buraco, no fundo do poço; Ele sempre está disposto a nos ajudar. Muitas vezes, temos o péssimo hábito de nos lembrarmos de nosso Pai somente nos momentos difíceis. Ele, porém, nunca se esquece de nós.

É tão bom ter a certeza de que Deus está sempre presente. Não há nada mais confortante que isso. Pois Ele nos traz segurança, conforto, alegria, amor. Não é somente nas horas difíceis que devemos nos lembrar do Criador; Ele tem que ser lembrado sempre.

E é importante lembrar que Deus está sempre acessível. Nenhum tempo ou lugar nos separa da possibilidade de falar com o Senhor. Para encontrá-Lo não é necessário sala de espera, em que temos que passar horas angustiosas de ansiedade e incerteza. Para encontrarmos com Ele é simples, basta que nos aproximemos em plena certeza e fé, pois temos acesso livre através de nossa chave - a fé que carregamos em nós.

Mas mesmo que erremos e caiamos no buraco novamente, “Deus aí está; fiel e justo, para perdoar os pecados e para nos purificar de toda iniqüidade” (IJo 1,9). Porque ninguém consegue recomeçar sem a presença dEle. Deus é como o açúcar no alimento ja preparado; ninguém O vê, mas é Ele quem adoça nossas vidas.

Então, que tenhamos sempre esse “açúcar” em nossas vidas. E que nós não lembremos de adoçar nossa vida somente quando ela está amarga. O Deus que adoça nossas vidas deve estar sempre presente, nas horas “amargas” e também nas “doces”.




Cinthya Cardoso de Araújo
Leia Mais

VISITA AO LAR DE SANT'ANA


Faltam apenas 4 dias para a nossa visita ao Lar de Sant'Ana!!!

Você já pensou no que irá fazer para que a tarde de nossos irmãos que moram lá seja inesquecível?

Aproveito pra deixar um comentário que o Weverton fez: é necessário levarmos alimentos diversificados, pensando em quem tem diabetes e em quem tem pressão alta...

Preparem-se!

Leia Mais

Refletindo o Evangelho do Dia - Tirando as Máscaras Espirituais



Muito bom dia, povo de Deus!

Gostaria de começar esse dia manifestando a minha alegria em perceber que A Boa Semente está sendo espalhada pelo Brasil afora e também em algumas outras partes desse mundão de Deus. Acho que tudo faz parte do propósito que temos feito com Deus de "querer ser usado da maneira que agrada Ele... em qualquer hora e em qualquer lugar"...

O evangelho de hoje dá sequencia ao, tão essencial, Sermão da Montanha. Está localizado em Mt 6,1-6.16-18. Antes de prosseguir adiante, por favor, clique em LITURGIA DIÁRIA e se banqueteie nas palavras de Jesus.

Hoje Jesus nos chama atenção em relação àqueles que se preocupam com o mundo das aparências espirituais. Infelizmente, há um grande de número de pessoas que buscam se "promover espiritualmente", querendo demonstrar "qualidade" de vida espiritual, e, por dentro, se encontram completamente vazios.

Estes são os famosos "sepulcros caiados"(Mt 23, 27-28): muito bem conservados e cuidados por fora, porém cheio de ossos, de cadáveres e de toda podridão imaginável.

Portanto, irmãos, tomemos cuidado com o mundo das aparências!

No teatro clássico feito pelos gregos, eles geralmente usavam máscaras chamadas de hupokrisis (grego) ou hypocrisis (latim). Ambas palavras significam representar ou fingir. No decorrer da peça teatral, os artistas usavam máscaras para simbolizar as emoções dos personagens. É daí que vem o símbolo do teatro com duas máscaras, uma alegre e outra triste.

Pois bem, podemos então chegar facilmente à conclusão de que hipócritas são pessoas que se cobrem de máscaras e ficam querendo demonstrar o que não são. E hoje, especificamente, Jesus nos apresenta pessoas que adoram se promover nos templos, apenas para a satisfação de seus egos.

Em que momentos de nossas vidas temos feito uso de nossas hupokrisis? Segundo as palavras do Mestre, isso é bom ou ruim?

Pensemos com muito cuidado a respeito e tenhamos sempre em mente que o que verdadeiramente agrada a Deus é um coração transparente, humilde, adorador, que busca encontrar no próximo a Sua presença divina.

Tiremos, então, nossas máscaras espirituais e sejamos verdadeiramente como somos em nossa essência.

Apenas terminando nossa reflexão, pensemos a respeito de Adão, que só se cubriu diante de Deus, envergonhado, depois que caiu em tentação e se mergulhou no pecado (Gn 2,25 e Gn3,10-11 - por favor, leiam).

Grande abraço fraternal,


Leia Mais

VISITA AO LAR DE SANT'ANA


Quer viver uma experiência completamente diferente, que certamente marcará sua vida?

Então não perca no próximo domingo, dia 22, às 15h, a visita que o Grupo de Oração Semeador irá fazer ao Lar de Sant'Ana!

A convocação é direcionada a todos que sentirem o chamado no coração. Para jovens de 0 a 99 anos, acompanhados ou não dos pais...

Faremos um lanche divertido com o pessoal de lá (cada um leva refrigerante ou salgadinhos). Porém, não ficará só nos "comes e bebes"... os meninos estão prometendo "aquele pagode" cristão e as meninas irão levar bijouterias e material de maquiagem para "produzir" nossas anfitriãs.

Realmente promete!

Quer saber mais a respeito? Então não perca a reunião do próximo sábado no Grupo Semeador...

A gente se vê lá!!!

Deus nos abençoe cada vez mais!
Leia Mais

Postagens mais visitadas

Ouça a Rádio Canção Nova



Seguidores

 

Sobre A Boa Semente!

A Boa Semente foi fundada em 2007. É uma criação do Grupo de Oração Semeador, da Renovação Carismática Católica da cidade de Inhumas GO. É um instrumento de evangelização sem fins lucrativos.

Sua principal missão é semear a Boa Semente através de reflexões diárias do evangelho. Você também pode fazer parte dessa família, entre em contato conosco e saiba como!

Os artigos são de responsabilidade de seus respectivos autores.

Deus te abençoe sempre!

Visite Meu Canto Secreto e descubra mais sobre o autor desse instrumento de evangelização. Mais uma criação Vocenanet.com VCN