Ocorreu um erro neste gadget

Refletindo o Evangelho do Dia - Limpos por Fora, Sujos por Dentro


Muito bom dia, meus amigos...

Prontos para mais uma reflexão? Ah... gostaria imensamente que a interação de todos fosse um pouco maior em relação às reflexões. É necessário que vocês deixem o ponto de vista de cada um para que haja uma maior interação, não acham?

Continuando...

Percebemos que Jesus hoje está um pouco nervoso, né? A passagem de hoje é a continuação do trecho de ontem, em que ele começa a "descascar o abacaxi" pro lado dos doutores da lei daquela época, denunciando que eles eram hipócritas e falsos, no mais profundo do significado de tais palavras.

É claro que entre todos acabava salvando algum, que era justo e preocupado com a verdadeira edificação do reino, como era o caso de Nicodemos (Jo 3,1), mas isso era caso de raríssima exceção.

Na passagem de hoje, entre tantas coisas pesadas ditas por Jesus, um trecho é o que me chama mais atenção:
"Ai de vós, mestres da Lei e fariseus hipócritas! Vós limpais o copo e o prato por fora, mas, por dentro, estais cheios de roubo e cobiça. Fariseu cego! Limpa primeiro o copo por dentro, para que também por fora fique limpo."

Mt 23,25-26

Bem... isso é muito sério!

E não adianta pensarmos que isso só acontecia naquela época e que foi um fato isolado daquelas pessoas. Infelizmente isso está bem presente em nossa sociedade egoista, que na maioria das vezes procura tirar proveito de tudo e de todos, visando seu próprio bem.

Quem aqui nunca ficou escandalizado ao saber que aquela pessoa "certinha", exemplo para todos, foi pego em algum caso de escândalo? Pessoas desmascaradas literalmente roubando das outras. Quando não estão roubando o material, estão roubando, sugando, minando a vida interior das pessoas.

Como apontamos ontem, isso é muito comum no ramo da política. Porém, há muitas pessoas misturadas entre nós, dentro mesmo das igrejas, que estão podres por dentro, cheias de más intenções. Existem muitos rapazes de boa lábia só pensando em tirar proveito de meninas ingênuas; existem muitas pessoas que se passam de coitadinhas falsamente; existem muitos políticos que mal sabem rezar o Pai Nosso e que só estão dentro dos templos atrás de somas nas urnas, sem se importarem a mínima para a vida espiritual.

Lembro-me de um caso que aconteceu há uns 10 anos atrás...

Tínhamos uma bandinha católica chamada Via Crucis. Realmente levávamos aquilo muito a sério, com ensaios semanais, estudos de nossos instrumentos em Goiânia e, quando havia tempo livre no meio da semana, estávamos estudando. Queríamos fazer um serviço de primeira pra Deus e investíamos naquilo.

Aconteceu que certo dia apareceu um rapaz na cidade dizendo que era da Renovação Carismática de Goiânia e que havia acabado de se mudar para Inhumas. Detalhe: dizia ser saxofonista e que já havia tocado em uma banda da capital famosa daquela época.

Quem não ficaria empolgado, né? Acolhemos aquele rapaz e procuramos dar todo o apoio necessário. Ele dizia estar passando dificuldades e, com seu discurso doce, arranjou dinheiro emprestado, bicicleta e até roupa.

Qual foi nossa surpresa (e de muita gente que chegou a conhecê-lo) quando ficamos sabendo que ele havia ido embora com tudo que havia pego emprestado sem avisar ninguém! Foi um choque! Ele realmente passava a imagem de uma pessoa muito simples, humilde e sincera. Porém, em seu interior, o que havia era algo muito escuro e podre.

Conto esse pequeno caso para que, todos, tenhamos sempre cuidado com tudo e todos que nos aparecem. Só Deus vê o coração.

Grande abraço fraternal,


Márcio Gomes Pacheco

3 Comentário(s). Clique aqui!:

Rafael Simões disse...

Achei muito importante falar sobre isso... É muito importante também parar para refletir se não estamos sendo hipócritas. Muitas vezes a hipocrisia (falsidade, segundas intenções) vai tornando-se parte do nosso comportamento até mesmo sem percebermos...
É algo que se torna normal, porque em geral começamos a ser hipócritas para não magoar outras pessoas, depois diminuímos a restrição da hipocrisia para não contrariar os outros, depois passamos a ser falsos para agradar as outras pessoas, e por fim para fazer nossas vontades.
Perdemos aos poucos a motivação para a honestidade (inclusive a honestidade com nós mesmos) e isso é visto de forma clara quando dizemos ou ouvimos dizer: "todo mundo faz isso".
Talvez esse seja o maior desafio da vida Cristã, o de se encontrar em Cristo e, assumindo nossos limites e fraquezas, não sermos hipócritas e muito menos juízes das outras pessoas.

Klêni@ disse...

Nossa, gostei demais da reflexão de hoje. Como o Rafael comentou acima, infelizmente é tão comum as vezes agirmos para não desagradar os outros, ou preocupados em passar uma boa imagem para as pessoas que nem percebemos o quanto podemos estar agindo de forma hipócrita. Que possamos avaliar nossas ações e pedir a Deus a direção necessária para permanecermos na Sua presença.

Marcio Pacheco disse...

Rafael...

é muito profundo isso tudo o que você disse... gostei mais do seu comentário do que do texto principal da reflexão...

Gostaria que você escrevesse um artigo sobre o tema para colocar ainda essa semana, abordando tudo isso que vc colocou... o que acha?

Postagens mais visitadas

Ouça a Rádio Canção Nova



Seguidores

 

Sobre A Boa Semente!

A Boa Semente foi fundada em 2007. É uma criação do Grupo de Oração Semeador, da Renovação Carismática Católica da cidade de Inhumas GO. É um instrumento de evangelização sem fins lucrativos.

Sua principal missão é semear a Boa Semente através de reflexões diárias do evangelho. Você também pode fazer parte dessa família, entre em contato conosco e saiba como!

Os artigos são de responsabilidade de seus respectivos autores.

Deus te abençoe sempre!

Visite Meu Canto Secreto e descubra mais sobre o autor desse instrumento de evangelização. Mais uma criação Vocenanet.com VCN