Ocorreu um erro neste gadget

Evangelho do Dia - João 1,1-18

— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo; segundo João.
— Glória a vós, Senhor.

1No princípio era a Palavra, e a Palavra estava com Deus; e a Palavra era Deus. 2No princípio, estava ela com Deus. 3Tudo foi feito por ela e sem ela nada se fez de tudo que foi feito. 4Nela estava a vida, e a vida era a luz dos homens. 5E a luz brilha nas trevas, e as trevas não conseguiram dominá-la.
 
6Surgiu um homem enviado por Deus; seu nome era João. 7Ele veio como testemunha, para dar testemunho da luz, para que todos chegassem à fé por meio dele. 8Ele não era a luz, mas veio para dar testemunho da luz: 9daquele que era a luz de verdade, que, vindo ao mundo, ilumina todo ser humano.
 
10A Palavra estava no mundo — e o mundo foi feito por meio dela — mas o mundo não quis conhecê-la. 11Veio para o que era seu, e os seus não a acolheram. 12Mas, a todos os que a receberam, deu-lhes capacidade de se tornar filhos de Deus, isto é, aos que acreditam em seu nome, 13pois estes não nasceram do sangue, nem da vontade da carne, nem da vontade do varão, mas de Deus mesmo.
 
14E a Palavra se fez carne e habitou entre nós. E nós contemplamos a sua glória, glória que recebe do Pai como Filho unigênito, cheio de graça e de verdade. 15Dele, João dá testemunho, clamando: "Este é aquele de quem eu disse: O que vem depois de mim passou à minha frente, porque ele existia antes de mim". 16De sua plenitude todos nós recebemos graça por graça. 17Pois por meio de Moisés foi dada a Lei, mas a graça e a verdade nos chegaram através de Jesus Cristo.
 
18A Deus, ninguém jamais viu. Mas o Unigênito de Deus, que está na intimidade do Pai, ele no-lo deu a conhecer.
 

- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.
Leia Mais

Jesus: A Palavra Eterna de Deus!


Bom dia meus amigos!
O Evangelho de hoje mostra-nos Jesus como a Palavra eterna de Deus, que se fez carne e veio viver em nosso meio. Nos Evangelhos, vemos Jesus de várias formas, como por exemplo: Ele é o caminho, a verdade e a vida. Mas o de hoje é muito importante. Realça de forma especial a origem divina de Jesus.
A "Palavra" que João fala é Deus-Filho (Jesus). E é a Palavra de Deus Viva entre nós hoje. Ele é também a luz citada no Evangelho. A Luz que ilumina nossos caminhos. Afinal de contas, temos um Deus em três: Deus Pai (Criador), Deus-Filho (A Palavra), e Espírito Santo (A Luz).
"A Palavra estava no mundo, e por meio dela Deus fez o mundo, mas o mundo não a conheceu. Aquele que é a Palavra veio para o seu próprio país, mas o seu povo não o recebeu. Porém alguns creram nele e o receberam, e a estes ele deu o direito de se tornarem filhos de Deus".

Quero destacar essa parte do Evangelho, pois é muito importante. Isso aconteceu e ainda acontece nos dias de hoje. Será que estamos recebendo a Pavavra Viva que é Jesus em nosso meio? Prestemos atenção em nossas atitudes. Será que estamos sendo realmente filhos de Deus?
  
"Porque todos nós temos sido abençoados com as riquezas do seu amor, com bênçãos e mais bênçãos. A lei foi dada por meio de Moisés, mas o amor e a verdade vieram por meio de Jesus Cristo. Ninguém nunca viu Deus. Somente o Filho único, que é Deus e está ao lado do Pai, foi quem nos mostrou quem é Deus."
   Essa passagem também é muito bonita. Quão valioso é Jesus Cristo, não é mesmo? Será que sabemos reconhecer esse valor imenso de nosso Senhor? Ele que derrama tantas bênçãos sobre nós, e muitas das vezes não vemos ou não sabemos agradecer.
   
Reconheçamos, portanto, que temos em nosso alcance a fonte da Água Viva. Temos Jesus em nosso meio, que é a Palavra Viva de Deus. Saibamos, pois, fazer bom proveito; sempre servindo a Deus, nosso Pai.

Um grande abraço a todos!


Cinthya Cardoso de Araújo
Leia Mais

Evangelho do Dia - Lucas 2,36-40

— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo; segundo Lucas.
— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 36havia também uma profetisa, chamada Ana, filha de Fanuel, da tribo de Aser. Era de idade muito avançada; quando jovem, tinha sido casada e vivera sete anos com o marido.
 
37Depois ficara viúva, e agora já estava com oitenta e quatro anos. Não saía do Templo, dia e noite servindo a Deus com jejuns e orações. 38Ana chegou nesse momento e pôs-se a louvar a Deus e a falar do menino a todos os que esperavam a libertação de Jerusalém. 39Depois de cumprirem tudo, conforme a Lei do Senhor, voltaram à Galiléia, para Nazaré, sua cidade. 40O menino crescia e tornava-se forte, cheio de sabedoria; e a graça de Deus estava com ele.

- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.
Leia Mais

Evangelho do Dia - Lucas 2,22-40

Domingo, 28 de Dezembro de 2008
Sagrada Família: Jesus, Maria, José

— O Senhor esteja convosco!
— Ele está no meio de nós.
— PROCLAMAÇÃO do Evangelho de Jesus Cristo, † segundo Lucas.
— Glória a vós, Senhor!

22Quando se completaram os dias para a purificação da mãe e do filho, conforme a Lei de Moisés, Maria e José levaram Jesus a Jerusalém, a fim de apresentá-lo ao Senhor. 23Conforme está escrito na Lei do Senhor: "Todo primogênito do sexo masculino deve ser consagrado ao Senhor". 24Foram também oferecer o sacrifício — um par de rolas ou dois pombinhos — como está ordenado na Lei do Senhor.

25Em Jerusalém, havia um homem chamado Simeão, o qual era justo e piedoso, e esperava a consolação do povo de Israel. O Espírito Santo estava com ele 26e lhe havia anunciado que não morreria antes de ver o Messias que vem do Senhor.

27Movido pelo Espírito, Simeão foi ao Templo. Quando os pais trouxeram o menino Jesus para cumprir o que a Lei ordenava, 28Simeão tomou o menino nos braços e bendisse a Deus: 29"Agora, Senhor, conforme a tua promessa, podes deixar teu servo partir em paz; 30porque meus olhos viram a tua salvação, 31que preparaste diante de todos os povos: 32luz para iluminar as nações e glória do teu povo Israel".

33O pai e a mãe de Jesus estavam admirados com o que diziam a respeito dele.

34Simeão os abençoou e disse a Maria, a mãe de Jesus: "Este menino vai ser causa tanto de queda como de reerguimento para muitos em Israel. Ele será um sinal de contradição. 35Assim serão revelados os pensamentos de muitos corações. Quanto a ti, uma espada te traspassará a alma".

36Havia também uma profetisa, chamada Ana, filha de Fanuel, da tribo de Aser. Era de idade muito avançada; quando jovem, tinha sido casada e vivera sete anos com o marido. 37Depois ficara viúva, e agora já estava com oitenta e quatro anos. Não saía do Templo, dia e noite servindo a Deus com jejuns e orações. 38Ana chegou nesse momento e pôs-se a louvar a Deus e a falar do menino a todos os que esperavam a libertação de Jerusalém.

39Depois de cumprirem tudo, conforme a Lei do Senhor, voltaram à Galiléia, para Nazaré, sua cidade.
40O menino crescia e tornava-se forte, cheio de sabedoria; e a graça de Deus estava com ele.
__ Palavra da Salvação.
__ Glória a Vós, Senhor.
Leia Mais

Sagrada Família: exemplo de fé e servidão a Deus



Olá, irmãozinhos!

Primeiramente quero me desculpar pela demora na postagem de hoje... Não consegui programar a postagem durante a semana e no fim de semana a correria é tão grande que só agora tive tempo para entrar na internet. Mas desculpas à parte, quero dizer que hoje estou muito feliz por fazer esta reflexão, por ser hoje o dia da Festa da Sagrada Família.

A passagem do Evangelho de hoje nos fala sobre a apresentação do menino Jesus no Templo, para ser consagrado ao Senhor. Maria e José levaram-no a Jerusalém, conforme era o costume dos judeus.

Convido a todos a observarem a importância da família na vida de Jesus. Certamente não foi por acaso que Deus quis que Jesus crescesse inserido numa família; Ele sabia que isso seria muito importante.

Maria e José, desde a mais tenra idade de Jesus, sempre se dedicaram a passar ao filho todos os ensinamentos e costumes religiosos dos judeus. Não são raras as passagens bíblicas em que os vemos cumprindo as leis religiosas e ensinando isso a Jesus. Olhem que lindo isso! Mesmo sabendo que Jesus era o Messias, Deus feito gente, eles se sentiam responsáveis pela formação do filho e o educaram sempre com base nos ensinamentos religiosos, com base no respeito e no amor a Deus.

Aqui está a grande importância de uma família: criar um ambiente seguro e amoroso para a criação e formação dos filhos. E, mais do que isso, a grande missão da família é a educação e formação dos filhos com base nos ensinamentos religiosos, no amor a Deus e aos irmãos, a exemplo da Sagrada Família!

A família é a primeira comunidade em que a criança se vê inserida, é o primeiro lugar em que ela ouve falar de Deus e onde ela experimenta o amor de Deus, especialmente através do amor que recebe dos pais e irmãos.

Enfim, a família é um grande sinal da perfeição de Deus e do amor dEle por nós. Ela é o grande projeto de amor que Ele tem para cada um de nós, e nela devemos praticar a cada instante todos os ensinamentos de Jesus.

Agradeço muito a meus pais, que sempre fizeram questão de levar a mim e a meus irmãos à Igreja, participando todos os domingos das missas, com compromisso de fé e amor à obra de Deus. Se estou aqui hoje é porque eles nunca desistiram de nos ensinar sobre a servidão a Deus!

Que todos nós, filhos, pais, irmãos, possamos tomar como exemplo de vida a Sagrada Família, comprometendo-nos com o Reino de Deus e o cumprimento de Sua vontade.

Sejamos consagrados a Jesus, Maria e José!

Grande abraço a todos e até o ano que vem!

Anaíle Flôres
Leia Mais

Evangelho do Dia - João 20,2-8

— O Senhor esteja conosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo; segundo João.
— Glória a vós, Senhor.

No primeiro dia da semana, 2Maria Madalena saiu correndo e foi encontrar Simão Pedro e o outro discípulo, aquele que Jesus amava, e lhes disse: “Tiraram o Senhor do túmulo, e não sabemos onde o colocaram”. 3Saíram, então, Pedro e o outro discípulo e foram ao túmulo. 4Os dois corriam juntos, mas o outro discípulo correu mais depressa que Pedro e chegou primeiro ao túmulo. 5Olhando para dentro, viu as faixas de linho no chão, mas não entrou. 6Chegou também Simão Pedro, que vinha correndo atrás, e entrou no túmulo. Viu as faixas de linho deitadas no chão 7e o pano que tinha estado sobre a cabeça de Jesus, não posto com as faixas, mas enrolado num lugar à parte. 8Então entrou também o outro discípulo, que tinha chegado primeiro ao túmulo. Ele viu e acreditou.

- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.
Leia Mais

Evangelho do Dia - Mateus 10,17-22

— O Senhor esteja conosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo; segundo Mateus.
— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, disse Jesus aos seus apóstolos: 17"Cuidado com os homens, porque eles vos entregarão aos tribunais e vos açoitarão nas suas sinagogas. 18Vós sereis levados diante de governadores e reis, por minha causa, para dar testemunho diante deles e das nações. 19Quando vos entregarem, não fiqueis preocupados como falar ou o que dizer. Então naquele momento vos será indicado o que deveis dizer. 20Com efeito, não sereis vós que havereis de falar, mas sim o Espírito do vosso Pai é que falará através de vós. 21O irmão entregará à morte o próprio irmão; o pai entregará o filho; os filhos se levantarão contra seus pais, e os matarão. 22Vós sereis odiados por todos, por causa do meu nome. Mas quem perseverar até o fim, esse será salvo".


- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.
Leia Mais

Evangelho do Dia - Lucas 2,1-14

— O Senhor esteja conosco!

— Ele está no meio de nós.
— PROCLAMAÇÃO do Evangelho de Jesus Cristo, † segundo Lucas.
— Glória a vós, Senhor!
  
1Aconteceu que, naqueles dias, César Augusto publicou um decreto, ordenando o recenseamento de toda a terra.
 
2Este primeiro recenseamento foi feito quando Quirino era governador da Síria. 3Todos iam registrar-se cada um na sua cidade natal.
 
4Por ser da família e descendência de Davi, José subiu da cidade de Nazaré, na Galiléia, até a cidade de Davi, chamada Belém, na Judéia, 5para registrar-se com Maria, sua esposa, que estava grávida.
 
6Enquanto estavam em Belém, completaram-se os dias para o parto, 7e Maria deu à luz o seu filho primogênito. Ela o enfaixou e o colocou na manjedoura, pois não havia lugar para eles na hospedaria.
8Naquela região havia pastores que passavam a noite nos campos, tomando conta do seu rebanho.
 
9Um anjo do Senhor apareceu aos pastores, a glória do Senhor os envolveu em luz, e eles ficaram com muito medo. 10O anjo, porém, disse aos pastores: "Não tenhais medo! Eu vos anuncio uma grande alegria, que o será para todo o povo. 11Hoje, na cidade de Davi, nasceu para vós um Salvador, que é o Cristo Senhor. 
   
12Isto vos servirá de sinal: Encontrareis um recém-nascido envolvido em faixas e deitado numa manjedoura”.
13E, de repente, juntou-se ao anjo uma multidão da coorte celeste. Cantavam louvores a Deus, dizendo:
  
14“Glória a Deus no mais alto dos céus, e paz na terra aos homens por ele amados".
  
 
- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.
Leia Mais

Então é Natal!

 
Muito bom dia, meus amigos!
  
Já chegou a data tão sonhada... o motivo de nossa espera... Já é Natal!
Parafraseando a música "So this is X-mas", de John Lennon, em sua versão brasileira da Simone...
  
Então é Natal... e você fez alguma coisa para que Jesus realmente nascesse na vida das outras pessoas?
  
Se você parou um instante sequer para entrar nesse blog e ler esse artigo é porque existe em você uma centelha, mesmo que pequena, do cristianismo.  E mesmo se você se autodenominar ateu, não tem como você fugir: o nosso meio de viver ocidental, nossas culturas, estão repletas do legado deixado por Cristo.
  
E, como cristão, se você não tem deixado o menino Deus nascer em seu interior, se você não tem emprestado seus braços, seus olhos, sua boca, suas pernas e sua voz para o Senhor renascer diariamente em nossas vidas, de nada adiantará carregar o nome de "seguidor de cristo", se de fato muitas vezes mais atrapalhamos que ajudamos as outras pessoas terem um encontro pessoal com Deus.
  
Então é Natal, e de nada adianta celebrarmos essa data em meio às festas familiares e de amigos se deixarmos de lado a essência do doar-se pelo outro, ouvindo seus clamores, nos enveredando em glutonarias e bebedeiras sem sentido algum de reflexão de vida.
  
Há um certo tempo essa data tem sido cercada de apelos de marketing, de consumismo e, segundo meus parcos conhecimentos, é a data de alegria maior dos comerciantes. Além dos já normais presentes natalinos, as pessoas costumam aproveitar o momento das reuniões para brincarem de amigo secreto, invisível ou oculto, como desejar, o que esquenta ainda mais o teor comercial do período.
  
Sabe, sei que já disse isso outras vezes e fico chato, parecendo vitrola quebrada, mas não adianta nos dizermos cristãos se, de fato, não agimos  como tal. Que cristão é esse que na festa do aniversário  de um amigo tão importante, pra não dizer o mais, se esquece do aniversariante?
  
Gostaria até de explicar a origem da celebração do natal no dia 25 de dezembro, mas isso é assunto para outra ocasião. O lado polêmico disso apenas me faz deixar aqui a curiosidade para que você  possa pesquisar na internet ou peça aqui, através da seção dos comentários para fazermos um post a respeito.
  
No mais, meu desejo, do fundo do coração, é que todos se sintam preenchidos pelo Espírito Santo, como Maria o foi, e que, a exemplo de nossa mãezinha querida, possamos ter a graça de "levar luz", gerar luz para tantos mundos que vivem ao nosso redor...
  
FELIZ NATAL!
  

  
Márcio Gomes Pacheco
Leia Mais

Evangelho do Dia - Lucas 1,67-79

— O Senhor esteja conosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo; segundo Lucas.
— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 67Zacarias, o pai de João, repleto do Espírito Santo, profetizou, dizendo: 68“Bendito seja o Senhor, Deus de Israel, porque visitou e redimiu o seu povo. 69Fez aparecer para nós uma força de salvação na casa de seu servo Davi, 70como tinha prometido desde outrora, pela boca de seus santos profetas, 71para nos salvar dos nossos inimigos e da mão de todos os que nos odeiam.
72Ele usou de misericórdia para com nossos pais, recordando-se de sua santa aliança 73e do juramento que fez a nosso pai Abraão, para conceder-nos, 74que, sem temor e libertos das mãos dos nossos inimigos, nós o sirvamos, 75com santidade e justiça, em sua presença, todos os nossos dias.
76E tu, Menino, serás chamado profeta do Altíssimo, pois irás adiante do Senhor para preparar-lhe os caminhos, 77anunciando ao seu povo a salvação, pelo perdão dos seus pecados. 78Graças à misericordiosa compaixão do nosso Deus, o sol que nasce do alto nos visitará, 79para iluminar os que jazem nas trevas e nas sombras da morte, e dirigir nossos passos no caminho da paz".

- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.
Leia Mais

"O sol que nasce do alto" é Jesus!



Bom dia, meus amigos!
  
O Evangelho de hoje é uma verdadeira palavra de gratidão a Deus. João Batista nasce, recebe seu nome, e a língua de seu pai se solta... João vem anunciar a vinda de outro, se não a boca de Zacarias não teria se aberto; a língua dele se solta porque o nascimento de seu filho é o nascimento da própria voz, como já apresentado pela Anaíle em outra reflexão. João Batista não diz mais tarde "Eu sou a voz que clama no deserto"?
 
Quero dizer que João Batista veio para anunciar a vinda de Jesus, e é isso que Zacarias profetiza na Palavra de hoje. Ele, que emudeceu, pela sua incredulidade, empresta agora sua boca ao Espírito Santo para cantar as bênçãos que o Senhor derramou.
 
Ele anuncia seu filho, João, como "profeta do Altíssimo" porque irá à frente do Senhor, preparando-lhes os caminhos. E "o sol que nasce do alto" é Jesus!
 
E essa mensagem de Zacarias serve para todos nós. Jesus é quem guia nossos passos e nos ilumina quando nos encontramos nas trevas. É Ele a verdadeira Luz que ilumina nossas vidas. Cristo é a maior manifestação da misericórdia de Deus. Não podemos nos esquecer jamais Dele. Jesus deve ser o centro de nossa vida.
 
A história da nossa salvação, contada um pouco no Evangelho de hoje, ainda está sendo contada. Deus continua querendo falar conosco. Ele ainda usa outros homens para deixar sua mensagem. Temos esse exemplo hoje, mas se observarmos, veremos muitos outros.
 
Que possamos se instrumentos de Deus, como João Batista; deixando que Jesus ilumine nossos caminhos!
 
Grande abraço!
  
  
 
Cinthya Cardoso de Araújo
Leia Mais

Evangelho do Dia - Lucas 1,57-66

— O Senhor esteja conosco

— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo; segundo Lucas.
— Glória a vós, Senhor.

57Completou-se o tempo da gravidez de Isabel, e ela deu à luz um filho. 58Os vizinhos e parentes ouviram dizer como o Senhor tinha sido misericordioso para com Isabel, e alegraram-se com ela. 59No oitavo dia foram circuncidar o menino, e queriam dar-lhe o nome de seu pai, Zacarias. 60A mãe porém disse: “Não! Ele vai chamar-se João”. 61Os outros disseram: "Não existe nenhum parente teu com esse nome!" 62Então fizeram sinais ao pai, perguntando como ele queria que o menino se chamasse.
 
63Zacarias pediu uma tabuinha, e escreveu: “João é o seu nome”. 64No mesmo instante, a boca de Zacarias se abriu, sua língua se soltou, e ele começou a louvar a Deus. 65Todos os vizinhos ficaram com medo, e a notícia espalhou-se por toda a região montanhosa da Judéia. 66E todos os que ouviam a notícia, ficavam pensando: "O que virá a ser este menino?" De fato, a mão do Senhor estava com ele.
 
 
- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.
Leia Mais

O nascimento de João Batista


   
Bom dia, meus amigos!
  
A Igreja celebra o nascimento de João como algo sagrado, e é um dos únicos nascimentos que são festejados. Seu nascimento foi motivo de alegria para muitos.
  
Quando João Batista nasceu, a Virgem Maria estava em sua casa. Quanta alegria e doçura reinavam naquele lar. Esta alegria contagiosa, de que participavam vizinhos e parentes.
  
"Todos os vizinhos ficaram com medo, e a notícia espalhou-se por toda a região montanhosa da Judeia"
  
A Palavra de hoje, mostra, portanto, a alegria por aquela Graça que estava sendo derramada. Aquele nascimento de pais idosos, em que a mãe era estéril. Ou seja, quantas bênçãos estavam sendo ali derramadas, não é mesmo?
  
Aquilo, até mesmo incomodou as pessoas em volta, de uma certa forma. Uma interpretação que podemos ter, uma mensagem que podemos tirar é que hoje, infelizmente, muitos se enchem de inveja e de ódio, quando ficam sabendo que uma pessoa recebeu alguma graça ou que está progredindo na vida. Isso acontece muito em nossos dias.
  
Na Passagem fala também que Deus soltou a língua de Zacarias e ele começou a louvá-LO. O mesmo, acontece conosco. Quantas vezes por nossa incredulidade ficamos mudos e cegos?
  
Que São João Batista abra os nossos olhos e a nossa língua, porque muitos de nós têm estado cegos e mudos espiritualmente. Vícios que cegam, tapam nossos olhos e não nos deixam enxergar e falar da grandeza de vidas de santidade.
  
Grande abraço!

 
              
             

Cinthya Cardoso de Araújo

 
Este artigo foi baseado na homilia do Pe Bantu, da Canção Nova, para a mesma passagem do Evangelho.
Leia Mais

Evangelho do dia - Lucas 1, 46-56

— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo, segundo Lucas.
— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 46Maria disse: "A minha alma engrandece o Senhor, 47e o meu espírito se alegra em Deus, meu Salvador, 48porque olhou para a humildade de sua serva. Doravante todas as gerações me chamarão bem-aventurada, 49porque o Todo-poderoso fez grandes coisas em meu favor. O seu nome é santo, 50e sua misericórdia se estende, de geração em geração, a todos os que o temem.
51Ele mostrou a força de seu braço: dispersou os soberbos de coração. 52Derrubou do trono os poderosos e elevou os humildes. 53Encheu de bens os famintos, e despediu os ricos de mãos vazias. 54Socorreu Israel, seu servo, lembrando-se de sua misericórdia, 55conforme prometera aos nossos pais, em favor de Abraão e de sua descendência, para sempre". 56Maria ficou três meses com Isabel; depois voltou para casa.

- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.
Leia Mais

Magnificat


Olá, filhos de Deus!

Demorou um pouquinho hoje, mas está aqui a nossa reflexão desta segunda-feira...

A passagem de hoje é a continuação da de ontem, no Capítulo 1 do Evangelho de São Lucas. Ontem refletimos sobre a Anunciação e o "sim" de Maria; e hoje refletiremos sobre a visita que Maria fez a Isabel, sua prima, logo após a anunciação feita pelo anjo Gabriel.

Convido a todos a abrirem suas Bíblias para lermos alguns versículos anteriores ao 46, para entendermos bem. Vamos ler a partir do 39, ok? Observemos que Isabel, ao receber a visita de Maria, ficou cheia do Espírito Santo. Assim também somos nós, quando convidamos Maria para fazer parte do nosso dia-a-dia, Ela nos ajuda a ficarmos cheios do Espírito Santo de Deus.

E após ser preenchida do Espírito Santo, Isabel a recebeu com uma saudação especial, dizendo sobre a sua alegria em receber a Mãe do Salvador. As palavras usadas por Isabel - "Bendita és tu entre as mulheres e bendito é o fruto do teu ventre" - hoje também são usadas por cada um de nós, quando convidamos a Santa Mãe para estar conosco, através da oração da Ave Maria. Lindo isso, não é? E Ela certamente nos visita e cuida de nós, sempre que fazemos essa oração.

Então, Maria entoou o Magnificat, o belo canto de Maria. Cada palavra do Magnificat tem um significado muito forte e valioso, mostrando a alegria que Maria, serva humilde e fiel, sentia por ter sido escolhida para ser Mãe de Jesus.

Essa alegria, irmãos, é a que devemos sentir sempre que Deus confia a nós algum projeto, algum sonho! Ao invés de ficarmos duvidando e nos perguntando "por que eu?", devemos louvar a Deus por sermos o seu povo escolhido, alvo da sua misericórdia e do seu amor infinito.

A nossa alma deve engrandecer ao Senhor, com testemunhos de fé, exultando-O em todos os momentos. Grandes coisas Ele sempre faz em nosso favor, infinita é a Sua misericórdia. Ele olha para os humildes e miseráveis, como eu e você; alegra-se com um coração contrito e arrependido; levanta os humildes e fortalece os fracos.

Ele é Santo, Ele é fiel, Ele é digno de todo o louvor e adoração!!!
Adoremos, pois, com as nossas vidas...
Abraços a todos!
Anaíle Flôres de Paula
Leia Mais

4º Domingo do Advento: LUCAS 1, 26-38

— O Senhor esteja convosco!
— Ele está no meio de nós!
— PROCLAMAÇÃO do Evangelho de Jesus Cristo † segundo Lucas.
— Glória a vós, Senhor!

Naquele tempo, 26o anjo Gabriel foi enviado por Deus a uma cidade da Galiléia, chamada Nazaré, 27a uma virgem, prometida em casamento a um homem chamado José. Ele era descendente de Davi e o nome da Virgem era Maria.
28O anjo entrou onde ela estava e disse: "Alegra-te, cheia de graça, o Senhor está contigo!"
29Maria ficou perturbada com essas palavras e começou a pensar qual seria o significado da saudação.
30O anjo, então, disse-lhe: “Não tenhas medo, Maria, porque encontraste graça diante de Deus. 31Eis que conceberás e darás à luz um filho, a quem porás o nome de Jesus. 32Ele será grande, será chamado Filho do Altíssimo, e o Senhor Deus lhe dará o trono de seu pai Davi. 33Ele reinará para sempre sobre os descendentes de Jacó, e o seu reino não terá fim”.
34Maria perguntou ao anjo: “Como acontecerá isso, se eu não conheço homem algum?”
35O anjo respondeu: “O Espírito virá sobre ti, e o poder do Altíssimo te cobrirá com sua sombra. Por isso, o menino que vai nascer será chamado Santo, Filho de Deus. 36Também Isabel, tua parenta, concebeu um filho na velhice. Este já é o sexto mês daquela que era considerada estéril, 37porque para Deus nada é impossível”.
38Maria, então, disse: “Eis aqui a serva do Senhor; faça-se em mim segundo a tua palavra!” E o anjo retirou-se.

- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.
Leia Mais

A importância do SIM


Amados de Deus...

Que bom, estamos no 4º domingo do Advento! Isso significa que o Natal está chegando, faltam poucos dias... E você, como viveu esse tempo de preparação?

Hoje refletimos sobre a passagem do Evangelho de São Lucas que mostra a Anunciação a Maria, feita pelo anjo Gabriel. Interessante que no sábado passado eu fiz a pregação no Grupo de Oração Semeador e utilizei exatamente essa passagem de hoje. Ela realmente é muito importante...

Como todos nós sabemos, Maria era uma virgem muito humilde, que estava prometida a José, que era descendente de Davi. Essa descendência confirma a profecia do Antigo Testamento, em que Deus prometera que o Messias seria descendente do Rei Davi.

Percebam que, quando o anjo faz a saudação a Maria, ela fica perturbada; imagino que ela tenha ficado assustada e sem entender por que Deus escolhera uma mulher tão humilde. Ela pergunta, então, ao anjo, como aconteceria tudo aquilo que ele estava lhe falando; e ele responde que o Espírito de Deus seria derramado sobre ela, por isso seu filho seria chamado Santo, Filho do Altíssimo.

E então, Maria simplesmente confiou em Deus e disse o seu SIM! Ela permitiu, com isso, o cumprimento dos projetos de Deus, dispondo-se inteiramente a cumprir a Sua vontade.

Irmãos, essa passagem nos leva a refletir sobre a vontade de Deus nas nossas vidas. Quantas vezes o Senhor tem sonhado coisas lindas para nós, mas infelizmente nós não O escutamos com o coração e acabamos fazendo somente as nossas vontades...

Muitos são os projetos que Deus quer realizar no nosso meio, utilizando-se de cada um de nós. No entanto, se não temos intimidade com o Senhor, acabamos por não saber ouvir a Sua voz, ou se ouvimos, acabamos por não saber como realizar os projetos, achamos tudo difícil e terminamos por abortá-los, impedindo-os de nascer de verdade.

Isso é muito sério!

Hoje somos chamados a buscar definitivamente a intimidade com o Espírito Santo, para pararmos de fazer somente as nossas vontades, que geralmente nos levam ao abismo, para realizar a vontade de Deus para nós!

Deus nos fala, neste momento, assim como falou a Maria, para não temermos, pois quem nos guia é o Espírito Santo, e para Ele, nada é impossível. Basta confiarmos!

Confiemos, cada dia mais, e digamos sempre o nosso SIM!

Anaíle Flôres de Paula
Leia Mais

Evangelho do Dia - Lucas 1,26-38

— O Senhor esteja conosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo † segundo Lucas.
— Glória a vós, Senhor.
  

26No sexto mês, o anjo Gabriel foi enviado por Deus a uma cidade da Galiléia, chamada Nazaré, 27a uma virgem, prometida em casamento a um homem chamado José. Ele era descendente de Davi e o nome da Virgem era Maria. 28O anjo entrou onde ela estava e disse: “Alegra-te, cheia de graça, o Senhor está contigo!”
 
29Maria ficou perturbada com estas palavras e começou a pensar qual seria o significado da saudação. 30O anjo então disse-lhe: “Não tenhas medo, Maria, porque encontraste graça diante de Deus. 31Eis que conceberás e darás à luz um filho, a quem porás o nome de Jesus. 32Ele será grande, será chamado Filho do Altíssimo, e o Senhor Deus lhe dará o trono de seu pai Davi. 33Ele reinará para sempre sobre os descendentes de Jacó, e o seu reino não terá fim”.
 
34Maria perguntou ao anjo: “Como acontecerá isso, se eu não conheço homem algum?” 35O anjo respondeu: “O Espírito virá sobre ti, e o poder do Altíssimo te cobrirá com a sua sombra. Por isso, o menino que vai nascer será chamado Santo, Filho de Deus. 36Também Isabel, tua parenta, concebeu um filho na velhice. Este já é o sexto mês daquela que era considerada estéril, 37porque para Deus nada é impossível”. 38Maria, então, disse: “Eis aqui a serva do Senhor, faça-se em mim segundo a tua palavra!” E o anjo retirou-se.
  
 
- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.
Leia Mais

Evangelho do Dia - Lucas 1,5-25

— O Senhor esteja conosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo † segundo Lucas.
— Glória a vós, Senhor.

5Nos dias de Herodes, rei da Judéia, vivia um sacerdote chamado Zacarias, do grupo de Abia. Sua esposa era descendente de Aarão e chamava-se Isabel. 6Ambos eram justos diante de Deus e obedeciam fielmente a todos os mandamentos e ordens do Senhor. 7Não tinham filhos, porque Isabel era estéril, e os dois já eram de idade avançada.
 
8Em certa ocasião, Zacarias estava exercendo as funções sacerdotais no Templo, pois era a vez do seu grupo. 9Conforme o costume dos sacerdotes, ele foi sorteado para entrar no Santuário, e fazer a oferta do incenso. 10Toda a assembléia do povo estava do lado de fora rezando, enquanto o incenso estava sendo oferecido.
 
11Então apareceu-lhe o anjo do Senhor, de pé, à direita do altar do incenso. 12Ao vê-lo, Zacarias ficou perturbado e o temor apoderou-se dele. 13Mas o anjo disse: “Não tenhas medo, Zacarias, porque Deus ouviu tua súplica. Tua esposa, Isabel, vai ter um filho, e tu lhe darás o nome de João. 14Tu ficarás alegre e feliz, e muita gente se alegrará com o nascimento do menino, 15porque ele vai ser grande diante do Senhor. Não beberá vinho nem bebida fermentada e, desde o ventre materno, ficará repleto do Espírito Santo. 16Ele reconduzirá muitos do povo de Israel ao Senhor seu Deus. 17E há de caminhar à frente deles, com o espírito e o poder de Elias, a fim de converter os corações dos pais aos filhos, e os rebeldes à sabedoria dos justos, preparando para o Senhor um povo bem disposto”.
 
18Então Zacarias perguntou ao anjo: “Como terei certeza disto? Sou velho e minha mulher é de idade avançada”. 19O anjo respondeu-lhe: “Eu sou Gabriel. Estou sempre na presença de Deus, e fui enviado para dar-te esta boa notícia. 20Eis que ficarás mudo e não poderás falar, até o dia em que essas coisas acontecerem, porque não acreditaste nas minhas palavras, que se hão de cumprir no tempo certo”.
 
21O povo estava esperando Zacarias, e admirava-se com a demora no Santuário. 22Quando saiu, não podia falar-lhes. E compreenderam que ele tinha tido uma visão no Santuário. Zacarias falava por sinais e continuava mudo.
  
23Depois que terminou seus dias de serviço no Santuário, Zacarias voltou para casa. 24Algum tempo depois, sua esposa Isabel ficou grávida, e escondeu-se durante cinco meses. 25Ela dizia: “Eis o que o Senhor fez por mim, nos dias em que ele se dignou tirar-me da humilhação pública!”
 

- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.
Leia Mais

Se Sou Fiel no Pouco, Ele me Confiará Mais!

  
Irmãos, que Deus, em Sua infinita graça, possa abençoá-los e derramar sobre vocês a Sua alegria e paz.
 
Hoje venho tecer comentários sobre o evangelho de São Lucas, que  nos recorda a anunciação de São João Batista.
 
Para iniciar, fiquei refletindo sobre o versículo seis que diz: 
"Ambos eram justos diante de Deus e observavam irrepreensivelmente todos os mandamentos e preceitos do Senhor.” 
Que alegria saber que Deus é fiel e cumpre suas promessas!
  
Zacarias e Isabel não podiam ter filhos, mas Deus uniu a sua misericórdia e fidelidade àqueles que o temem à necessidade de um precursor para a chegada de seu filho, realizando assim o milagre na vida desse casal humilde e observador de suas leis. Imagino a alegria de Isabel ao receber essa noticia, pois não há milagre maior na vida de uma mulher do que a maternidade.
 
O anjo diz a Zacarias: “Deus ouviu sua oração”. E sabemos, Deus nos ouve, e além do imenso desejo de Zacarias em ter um filho. Ele ouviu o sofrimento de seu povo e enviou seu único filho para curar nossas dores e alimentar a nossa alma. E João foi o escolhido para preparar os corações daqueles que aguardavam ansiosos a manifestação do Senhor.
 
Esse mesmo anjo se referiu a João como grande diante do Senhor e cheio do Espírito Santo. E João o era assim, tão cheio da graça de Deus, que mais tarde, se considerava indigno de desamarrar as sandálias do Mestre Jesus. Sua grandeza estava em sua pequenez e desejo de exaltar a Deus cada vez mais, por isso mesmo espalhou o amor e preparou com eficiência a chegada do Rei, convertendo a eles muitos corações
 
O que aprendemos com tudo isso? Aprendemos que Deus não falha com quem lhe é fiel: “Se sou fiel no pouco, Ele me confiará mais”, aprendemos também que a grandeza do servo está em servir com humildade: convém que eu diminua e Ele CRESÇA. 
  
Por fim, aprendemos que o exemplo de João deve ser buscado incansavelmente pelo cristão, anunciando a Boa Nova, apresentando Jesus em toda parte e convertendo muitos filhos para o Senhor. Reforçando, confiar na fidelidade de Deus para conosco, servir com pequenez e humildade e anunciar Jesus. Essa é a ordem de Deus para cada um de nós hoje e sempre. Que Deus ilumine você e plante em seu coração esse desejo de fé e confiança .
 
Que a paz esteja contigo e toda sua família.
  
Diogo Flores de Oliveira
Leia Mais

Aprendendo a vencer os obstáculos


Bom dia, meus amigos!
  
O Evangelho de hoje narra os acontecimentos que antecederam o nascimento de João Batista. Fala também de seus pais, e quero começar falando um pouco desse casal, partindo da sua história.
  
Podemos ver na Palavra que era um casal idoso, e ainda por cima, ela era estéril. A primeira coisa que vejo e que quero refletir com vocês  é que Deus poderia escolher um casal de jovens para ser a família de João Batista, mas preferiu um casal de idosos. Ou seja, para servir a Deus, a idade não serve como desculpa.
  
Zacarias diz ainda: "Mas como isso pode acontecer? Eu sou um velho e minha mulher também...". Do mesmo modo, muitos "velhos" de hoje preferem ficar no seu cantinho, olhando o tempo passar, esperando a morte chegar. E wusndo digo "velho", não me refiro somente aos que têm idade avançada, mas àqueles que acham que já passou o seu tempo, que já "deu o que tinha que dar".
  
A idade daquele casal não os impedia de serem fiéis à Deus, de seguirem os mandamentos Dele e serem justos. E foi por isso que o casal recebera tal Graça. Eles tiveram fé  e Deus atendeu a súplica.
  
João Batista também é um grande exemplo para todos nós. Podemos ver a superação dele frente aos problemas que teve de superar desde antes de seu nascimento. Ser criado por pais idosos, a mãe que foi se esconder nas montanhas quando engravidou, a provável morte dos pais durante sua infância ou adolescência (já que eram idosos), ter que aprender a se virar sozinho, enfim.
  
Ou seja, João Batista tinha tudo para ser um "coitadinho", mas aprendeu a superar as dificuldades desde pequeno. Provavelmente, pelo fato dos pais serem idosos, ele passou a ajudá-los nos afazeres desde que começou a andar; e isso para uma criança poderia ser algo que realmente incomodasse. Porém, João Batista não se deixou abater por nada disso e se tornou "a voz que clama no deserto", pedindo que indireitassem o caminho, anunciando a chegada do tão esperado Messias.
  
Bom, podemos tirar muitas lições disso tudo, não é mesmo? Uma das mensagens que podemos ver, é de incentivo, de ânimo. Não se deixar abater pelas dificuldades e vencer os obstáculos tendo fé, como João Batista!
  
Grande abraço a todos!

 
Cinthya Cardoso de Araújo
Leia Mais

Evangelho do Dia - Mateus 1,18-24

— O Senhor esteja conosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo † segundo Mateus.
— Glória a vós, Senhor.
 

18A origem de Jesus Cristo foi assim: Maria, sua mãe, estava prometida em casamento a José, e, antes de viverem juntos, ela ficou grávida pela ação do Espírito Santo. 19José, seu marido, era justo e, não querendo denunciá-la, resolveu abandonar Maria, em segredo. 20Enquanto José pensava nisso, eis que o anjo do Senhor apareceu-lhe, em sonho, e lhe disse: “José, Filho de Davi, não tenhas medo de receber Maria como tua esposa, porque ela concebeu pela ação do Espírito Santo. 21Ela dará à luz um filho, e tu lhe darás o nome de Jesus, pois ele vai salvar o seu povo dos seus pecados”. 22Tudo isso aconteceu para se cumprir o que o Senhor havia dito pelo profeta: 23“Eis que a virgem conceberá e dará à luz um filho. Ele será chamado pelo nome de Emanuel, que significa: Deus está conosco”. 24Quando acordou, José fez conforme o anjo do Senhor havia mandado, e aceitou sua esposa.

  
 

- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.
Leia Mais

Dóceis ao Espírito, Como José

  
Muito bom dia, meus amigos!
  
Muito interessante a passagem de hoje, não acham?
Muito se fala sobre a importância do "sim" de Maria, de tudo o que aconteceu depois que ela aceitou os projetos de Deus para a sua vida. Entretanto, não podemos esquecer de uma outra pessoa muito importante no cumprimento das profecias em torno do nascimento do Messias, nosso querido José.
  
Se aquele homem não fosse uma pessoa de oração, não tivesse visão espiritual e não acreditasse em anjos, dificilmente Jesus teria nascido. Sabe-se que naquela época as mulheres adúlteras eram apedrejadas até a morte e provavelmente não teria sido diferente o destino de Maria, se seu noivo não a tivesse rejeitado em segredo, a princípio, e a aceitado em seu coração, depois da revelação do anjo em seu sonho.
  
Da mesma maneira que Deus precisava de uma mulher pura, amável e religiosa para gerar Jesus e ensiná-lo a dar seus primeiros passos, o Senhor também precisaria de alguém que, igualmente, tivesse olhos espirituais e que fosse capaz de fazer qualquer coisa para proteger o menino Deus.
  
Ao longo dos pequenos trechos que temos sobre José na Bíblia, percebemos que a maneira preferida de Deus falar com ele era através de sonhos proféticos. Foi assim que ele descobriu e aceitou que Maria não o havia traído, recebendo-a em sua casa; foi assim que ele foi avisado para fugir para o Egito, pois Herodes mandaria matar todas as crianças que tinham a idade aproximada de Jesus; e foi através de sonho que ele também foi avisado para retornar para sua terra, morando em Nazaré, após a morte do rei.
  
Da mesma maneira que Deus, constantemente, falava com São José, Ele quer falar com você e comigo. O problema é que muitas vezes permanecemos cegos e surdos espiritualmente. Quantas vezes nossa oração vira monólogo e não damos oportunidade de Deus falar conosco. 
  
Qual foi a última vez que você sentiu Deus falar com você?
  
Tem muito tempo isso? Se a resposta foi positiva, o sintoma é muito preocupante. Certamente você está doente, espiritualmente falando, pois aqueles que são fortes e saudáveis em sua vida religiosa sentem a moção de Deus constantemente. Não importa se você vive caindo em tentações, em pecados, se sua vontade de se levantar for suficientemente grande.
  
Pare um pouco a correria do seu dia a dia. Geralmente o fim de ano deixa as pessoas doidas! É tanta coisa para colocar em dia do ano que se passou, não é verdade? Porém, se você não pára para Deus, sua correria pode até te parar em outros lugares que só vão te machucar.
  
Faltam poucos dias para o ano acabar, mas ainda há tempo de você voltar para a intimidade com o Senhor.
  
O que desejo é que, a exemplo de José, todos nós consigamos ter visão espiritual suficiente para TODOS os nossos passos sejam conduzidos pela luz divina.
  
Que o Espírito Santo conduza sua reflexão nesse dia!
  
Grande abraço fraternal,


Márcio Gomes Pacheco.
Leia Mais

Carta Aos Infiéis...

Olá, amigos...
  
Vi algo muito interessante surfando pela internet hoje e gostaria de dividir com vocês... Pensei um monte de vezes se deveria ou não publicar tal conteúdo aqui no blog, mas me senti impulsionado a fazê-lo... Que essa leitura nos diga algo de valioso e nos ensine a estar cada vez mais próximos do projeto do senhor para nós...
   
Grande abraço e uma ótima leitura...

Márcio Gomes Pacheco
  
  
  
  
 
Imagine se o diabo resolvesse escrever uma carta para alguém aqui na terra.
  

Dessas pessoas folgadas, que não estão nem aí com Deus e a Igreja. Creio que seria mais ou menos assim:

“ Caro Amigo”
Saudações Infernais!

Estou tão ansioso por nosso encontro final que resolvi escrever-lhe afim de manifestar minha paixão por você. Você é tão perverso, orgulhoso, malvado, vaidoso e rancoroso!
  
A característica que mais admiro em você é esse seu desprezo por Deus. Noto que você transgride todos os mandamentos da Bíblia.
  
Particularmente estou torcendo para que você adquira logo uma doença com sua vida promíscua. Creio que isso não vai demorar. Também torço para que vc se arrebente quando dirigir bêbado. Isso o traria logo para os meus braços numa união eterna. Outro dia fiquei feliz, quando se livrou daquele chato que com a Bíblia na mão insistia que vc mudasse de vida. Nós fizemos a maior festa !Para encerrar, espero que vc permaneça firme. Fuja da Igreja. Nunca ouça ou veja aqueles programas que falam do meu maior inmigo - Jesus.
 
Atenciosamente,
 

Satanás
O Rei das Trevas
 
Leia Mais

Evangelho do Dia - Mateus 1,1-17

— O Senhor esteja conosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo † segundo Mateus.
— Glória a vós, Senhor.


1Livro da origem de Jesus Cristo, filho de Davi, filho de Abraão. 2Abraão gerou Isaac; Isaac gerou Jacó; Jacó gerou Judá e seus irmãos. 3Judá gerou Farés e Zara, cuja mãe era Tamar. Farés gerou Esrom; Esrom gerou Aram; 4Aram gerou Aminadab; Aminadab gerou Naasson; Naasson gerou Salmon; 5Salmon gerou Booz, cuja mãe era Raab. Booz gerou Obed, cuja mãe era Rute. Obed gerou Jessé. 6Jessé gerou o rei Davi.
Davi gerou Salomão, daquela que tinha sido mulher de Urias. 7Salomão gerou Roboão; Roboão gerou Abias; Abias gerou Asa; 8Asa gerou Josafá; Josafá gerou Jorão. Jorão gerou Ozias; 9Ozias gerou Jotão; Jotão gerou Acaz; Acaz gerou Ezequias; 10Ezequias gerou Manassés; Manassés gerou Amon; Amon gerou Josias. 11Josias gerou Jeconias e seus irmãos, no tempo do exílio na Babilônia.
  
12Depois do exílio na Babilônia, Jeconias gerou Salatiel; Salatiel gerou Zorobabel; 13Zorobabel gerou Abiud; Abiud gerou Eliaquim; Eliaquim gerou Azor; 14Azor gerou Sadoc; Sadoc gerou Aquim; Aquim gerou Eliud; 15Eliud gerou Eleazar; Eleazar gerou Matã; Matã gerou Jacó. 16Jacó gerou José, o esposo de Maria, da qual nasceu Jesus, que é chamado o Cristo. 17Assim, as gerações desde Abraão até Davi são catorze; de Davi até o exílio na Babilônia catorze; e do exílio na Babilônia até Cristo, catorze.


- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.
Leia Mais

Laços de Família

  
Bom dia a todos!
   
Como podemos perceber, a passagem de hoje é um tanto dificílima de ser refletida, levando-se em consideração seu texto. Trata-se apenas da genealogia de Jesus e não apresenta nada além disso.
  
Porém, é uma oportunidade fantástica para refletirmos sobre os laços que nos unem aos nossos familiares. Na maioria das vezes, filhos são bastante ingratos em relação a seus pais. Vivem em constantes conflitos, como se fosse disputa de território: uma parte lutando para continuar se sobrepondo e a outra querendo bater asas. O que não sabem é que tudo isso é muito capaz de ser levado com harmonia.
  
À luz do Evangelho, aprendemos que devemos honrar pai e mãe. Passamos a enxergá-los como vozes cheias de experiência, que já passaram por muitos dos nossos medos e aflições em versões menos high-tech. Pais aprendem a ter mais confiança em filhos que são conduzidos pelo Espírito Santo e, sob as asas do Paráclito consolador, mais famílias são estruturadas e reestruturadas.
  
Sábado passado o Senhor nos levou a orar com intensidade e qualidade por nossas famílias. Talvez você seja hoje o último combatente do Evangelho em sua casa, mas é a partir de você que Deus quer fazer um serviço de restauração na maior de Suas obras de arte, em seu maior sonho de amor: a família cristã!
  
Invoquemos a luz do Espírito Santo para que nossos atos sejam todos conduzidos pelo amor, pelo perdão, pela benevolência, pelo respeito e por tudo mais que tem sua origem no amor de Deus.
  
Certa música de Belchior, interpretada por Elis Regina em sua versão mais famosa, traduz essa zona de conflito em que filhos desmerecem pais e estes oprimem filhos. "Ainda somos os mesmos e vivemos como nossos pais". Você escolhe qual versão do seu pai ou da sua mãe você vai querer ser "quando crescer". Espero que seja a mais amorosa...
  
Grande abraço fraternal,
  
  
Márcio Gomes Pacheco
Leia Mais

Evangelho do Dia - Mateus 21,28-32

— O Senhor esteja conosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo † segundo Mateus.
— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, disse Jesus aos chefes dos sacerdotes e aos anciãos do povo: 28“Que vos parece? Um homem tinha dois filhos. Dirigindo-se ao primeiro, ele disse: ‘Filho, vai trabalhar hoje na vinha!’ 29O Filho respondeu: ‘Não quero’. Mas depois mudou de opinião e foi. 30O pai dirigiu-se ao outro filho e disse a mesma coisa. Este respondeu: ‘Sim, senhor, eu vou’. Mas não foi. 31Qual dos dois fez a vontade do pai?”
Os sumos sacerdotes e os anciãos do povo responderam: “O primeiro”. Então Jesus lhes disse: “Em verdade vos digo, que os publicanos e as prostitutas vos precedem no Reino de Deus. 32Porque João veio até vós num caminho de justiça, e vós não acreditastes nele. Ao contrário, os publicanos e as prostitutas creram nele. Vós, porém, mesmo vendo isso, não vos arrependestes para crer nele”.


- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.
Leia Mais

Atitudes Valem Mais Que Palavras

  

Bom dia! A paz de Jesus a todos!
  
Hoje a palavra de Deus vem nos mostrar a importância de nossos atos. Atitudes valem mais do que palavras, valem mais do que apenas mostrar o que se sabe. A palavra de hoje vem ainda mostrar que Deus olha o coração, a verdadeira intenção da pessoa, e mostrar mais uma vez sua infinita misericórdia.
 
Do que adianta mostrar com palavras, conhecimentos, e até mesmo orações, se nossas atitudes não condizem com o que apresentamos? Do que adianta irmos todo Domingo à Missa, mostrar que temos conhecimento da palavra de Deus, mas quando um irmão precisa de mim, eu não estou pronto a ajudar? Do que adianta conhecer todos os livros da Bíblia, mas se na minha casa eu discuto com meus pais e irmãos e não tenho um bom convívio com eles?
  
Devemos olhar nossos atos em nosso dia a dia. Não adianta erguermos nossas mãos na Igreja, dizer palavras bonitas, se meus atos são de maldade, egoísmo. Assim como tenho respeito dentro da igreja, tenho que ter respeito dentro de casa, e em todos os lugares. Não sejamos hipócritas!
  
Deus vê o coração, e as atitudes mostram verdadeiramente o que há no coração. Então é hora de começarmos por em prática tudo o que é ensinado na Missa, tudo o que Deus nos toca, tudo que Ele pede ao nosso coração. Assim, deixando de estar em uma vida só de aparências, e além de mostrar com a vida, com as atitudes que Deus vive em todos nós e está sempre conosco, devemos também ser instrumentos Dele na mudança de outras pessoas.
   
Que Deus nos dê sabedoria, nos abençoe, para que possamos com nossos atos mostrar e viver Sua vontade.
  

        

Fernando Reis Gomes
Leia Mais

Mateus 21,23-27

— O Senhor esteja conosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo † segundo Mateus.
— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 23Jesus voltou ao Templo. Enquanto ensinava, os sumos sacerdotes e os anciãos do povo aproximaram-se dele e perguntaram: “Com que autoridade fazes estas coisas? Quem te deu tal autoridade?”
24Jesus respondeu-lhes: “Também eu vos farei uma pergunta. Se vós me responderdes, também eu vos direi com que autoridade faço estas coisas. 25Donde vinha o batismo de João? Do céu ou dos homens?”
 
 
Eles refletiam entre si: “Se dissermos do céu, ele nos dirá: ‘Por que não acreditastes nele?’ 26Se dissermos: ‘Dos homens’, temos medo do povo, pois todos têm João Batista na conta de profeta”. 27Eles então responderam a Jesus: “Não sabemos”. Ao que Jesus também respondeu: “Eu também não vos direi com que autoridade faço estas coisas”.


- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.
Leia Mais

Mais que Espectadores

  
Muito bom dia, meus amigos!
  
Antes de qualquer coisa, quero desejar um ótimo início de semana a todos vocês que permanecem fiéis e firmes conosco na nossa reflexão diária da Palavra do Senhor. Não somos donos da verdade e o que fazemos aqui é dar oportunidade ao diálogo sobre o entendimento sobre o alimento de nossa alma, o maná que o Senhor nos manda diariamente para nos fortalecer em nossa jornada. Por isso gostaria de pedir que a participação com os comentários fosse maior, que realmente fizéssemos diálogos e não monólogos.
  
A passagem de hoje é um tanto complexa, não acham? Mais uma vez temos o grupo dos fariseus tentando pegar Jesus em alguma armadilha em torno da retórica do nosso Mestre. Porém, coitados deles, não sabiam que aquele homem era diferente e podia mergulhar dentro de seus pensamentos e conhecer a maldade que traziam dentro deles.
  
Constantemente Jesus se ocupava em pregações, curas e toda espécie de auxílio àqueles que traziam consigo algum tipo de necessidade. Porém, diferentemente dos que o precederam e dos mestres da lei de então, Jesus fazia tudo aquilo como quem realmente possuía autoridade, com toda propriedade de quem é Senhor de todas as coisas. Quem é senhor, quem é dono e é dono que se preza, entende daquilo que possui. E o Senhor conhecia e conhece muito bem o coração daquelas pessoas e de cada um de nós.
  
Ele sabem bem o que existe de verdadeiro em nossos corações. Ele sabe muito bem quando somos honestos, quando somos meros comerciantes espirituais ou, diria até, "trambiqueiros" espirituais.
E o que significa isso?
  
Infelizmente, meus amigos, há entre aqueles que se dão à freqüência do templo, da igreja, pessoas com os mais variados objetivos. Há pessoas que querem realmente experimentar Deus em sua plenitude e estado mais puro do amor, mas há aqueles que também querem viver de aparências...
  
Eu não sei nada a seu respeito. Jesus sabe tudo! Diferentemente de nós que vemos conforme as aparências, Jesus vê diretamente a realidade de nossos corações.
Sabe, eu procuro me policiar em meus atos, em meus pensamentos e busco identificar tudo aquilo que me afasta de Deus. Sou falho, sou humano, sou pecador e, infelizmente, sei que isso está impregnado na nossa condição humana. Sei que tal realidade não é apenas minha, é de todo um conjunto de seres humanos. Por isso, o que faço agora é levantar meu apelo para que possamos lutar, a cada dia que inicar, nossa luta contra tudo aquilo que nos afasta do Senhor.
  
Não há alegria maior em nosso coração quando conseguimos estar em plenitude ao lado do Mestre. Não há sensação mais gostosa que ter paz de espírito, de coração, concordam? Então porque ficamos tão passivos em relação à nossa vida espiritual?
  
Já não podemos mais agir como aqueles que não conhecem a Palavra de Deus. Já não podemos mais nos portarmos como meros ouvintes do Senhor. É preciso agirmos! É preciso buscarmos a radicalidade do Evangelho, agirmos como verdadeiros seguidores e não meros espectadores.
  
Não importa o que você pense, o que você faça nos seus momentos mais íntimos em que você acha que ninguém te vê ou te ouve. O Senhor é onipresente, onisciente e onipotente. Está em todos lugares, sabe todas as coisas e pode tudo, inclusive te ajudar a sair de qualquer fria que você tenha se metido... sair de qualquer vício... recomeçar sua vida...
  
O convite está lançado. Você escolhe o que fazer da sua vida... o livre arbítrio existe para isso.
  
Que o Espírito Santo nos conduza sempre ao caminho do céu!
  
Grande abraço espiritual,
  
Márcio Gomes Pacheco
Leia Mais

Vamos ler? João 1, 6-8. 19-28

— O Senhor esteja conosco!
— Ele está no meio de nós!
— PROCLAMAÇÃO do Evangelho de Jesus Cristo, † segundo João.
— Glória a vós, Senhor!

6Surgiu um homem enviado por Deus; seu nome era João. 7Ele veio como testemunha, para dar testemunho da luz, para que todos chegassem à fé por meio dele. 8Ele não era a luz, mas veio dar testemunho da luz.
19Este foi o testemunho de João, quando os judeus enviaram de Jerusalém sacerdotes e levitas para perguntar: “Quem és tu?”
20João confessou e não negou. Confessou: “Eu não sou o Messias”.
21Eles perguntaram: “Quem és então? És tu Elias?” João respondeu: “Não sou”. Eles perguntaram: “És profeta?” Ele respondeu: “Não”.
22Perguntaram então: “Quem és, afinal? Temos que levar uma resposta para aqueles que nos enviaram. O que dizes de ti mesmo?”
23João declarou: “Eu sou a voz que grita no deserto: ‘Aplainai o caminho do Senhor’” — conforme disse o profeta Isaías.
24Ora, os que tinham sido enviados pertenciam aos fariseus 25e perguntaram: “Por que então andas batizando, se não és o Messias, nem Elias, nem o Profeta?”
26João respondeu: “Eu batizo com água; mas no meio de vós está aquele que vós não conheceis, 27e que vem depois de mim. Eu não mereço desamarrar a correia de suas sandálias”.
28Isto aconteceu em Betânia, além do Jordão, onde João estava batizando.

- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.
Leia Mais

O servo é a VOZ de Deus


Bom dia, filhos do céu!

Mais uma vez, neste domingo, partilhamos sobre o anunciador São João Batista; aquele que veio para preparar os caminhos para a chegada de Jesus, pregando o batismo de conversão.

A passagem bíblica de hoje nos mostra que os judeus ficavam pensando se São João seria o Messias, tanto que o indagaram por diversas vezes; mas ele afirmou em todos os momentos que não o era, que tinha vindo apenas como precursor do grande mestre.

Aproveito, então, a reflexão que o Padre Paulo Ricardo fez sobre essa passagem: ele diz que São João Batista foi a "voz" de Deus, e Jesus foi a própria "Palavra de Deus", o verbo que se fez carne.

Queridos, essa reflexão é bastante rica e bela. São João Batista foi servo, aquele que emprestou sua voz para Deus falar, que emprestou sua vida para Deus se fazer presente. Já Jesus é o próprio Deus que veio habitar entre nós, para nos ensinar o caminho para o céu. A voz não é a Palavra!

E assim como São João, todos nós, servos, somos chamados para sermos "voz" de Deus, para que todos sejam alcançados pela "Palavra" - Jesus. Somos chamados a preparar os corações para que Jesus consiga habitar neles. Nós, servos, devemos dar testemunho da luz, ajudando as pessoas a abrir os corações para Deus.

E o mais interessante de tudo: nós somos "voz", mas não somos a "Palavra". Quem realiza todas as maravilhas que acontecem em nosso meio é Deus, o Espírito Santo. Somos nada mais que servos.

E o bom servo é aquele que diz sim à vontade de Deus e entrega a sua vida em favor da obra divina, assim como Maria, como os santos da nossa Igreja. O bom servo é aquele que renuncia a si mesmo, às suas alegrias terrenas para viver as alegrias celestes; que se alegra ao anunciar a vinda do Senhor, ao presenciar as Suas maravilhas na vida das pessoas.

E nós, temos sido bons servos? Temos sido a "voz" do Senhor na vida das pessoas que nos rodeiam? Temos ajudado as pessoas a se encontrarem com Jesus?

Reflitamos sobre isso neste dia... mas que essa reflexão possa gerar atitude de amor em todos nós, para valer a pena...

Anaíle Flores de Paula
Leia Mais

Evangelho do Dia - Mateus 17,10-13

— O Senhor esteja conosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo † segundo Mateus.
— Glória a vós, Senhor.
Ao descerem do monte, 10os discípulos perguntaram a Jesus: “Por que os mestres da Lei dizem que Elias deve vir primeiro?” 11Jesus respondeu: “Elias vem e colocará tudo em ordem. 12Ora, eu vos digo: Elias já veio, mas eles não o reconheceram. Ao contrário, fizeram com ele tudo o que quiseram. Assim também o Filho do Homem será maltratado por eles”. 13Então os discípulos compreenderam que Jesus lhes falava de João Batista.
- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor
Leia Mais

O Descaso dos Nossos Governantes!!!

Quando li este evangelho me senti meio que sem entender o mesmo. Mas nada melhor que pedir ao Pai o seu Espírito Santo sobre mim, e Deus me mostrou mas uma vez que age na suavidade na simplicidade e as vezes não bastaria escrever palavras bonitas, mas sim palavras que tocassem o coração de cada um que lesse essa reflexão.
Todo o povo de Israel, esperava a vinda do Messias que faria uma nova Israel, aonde todos seriam julgados e os povos pagãos seriam condenados por aquele “Deus Opressor”.
  
O Evangelho vem nos mostrar que Elias veio e todos os poderosos deste mundo não aceitaram o que Ele pregava e ensinava. Depois de Elias veio o grande profeta que antecedeu Jesus, que foi João Batista e mais uma vez como todos sabem os poderosos por seus anseios pessoais prenderam e mataram aquele que anunciava a Boa Nova, que anunciava o Amor que anunciava Jesus.
  
O povo de Israel esperava um Messias que viria em toda Glória Celeste, e até os dias de hoje eles pensam assim. Só que eles nunca perceberam que Deus é simples, que o seu filho nasceria de uma Mulher humilde, simples, e mais, que Ele nasceria numa manjedoura num local que abrigavam animais. E foi assim que o Nosso Senhor Jesus Cristo veio ao mundo e desde bebê já começou a ser perseguido pelos poderosos.
E Jesus mostra naquele momento aos seus discípulos que ele também sofreria nas mãos dos mesmos.
  
Meus irmãos e irmãs, não sei se consegui passar da melhor maneira possível o que este Evangelho quis nos mostrar, mas quero que compreendam que Jesus Cristo é perseguido e sofre até hoje nas mãos destes governantes que só pensam em se enriquecerem a custa do suor destes filhos de Deus que estão cada vez mais sofredores.
 
Pra encerrar algo que aconteceu com um amigo meu proprietário da empresa em que trabalho,onde mostra mas um descaso dos nossos poderosos. Ele conheceu através do Pedro Cupertino, da Pastoral da Solidariedade uma criança que morava na nossa cidade e hoje esta morando em Goianira. A criança teve câncer no cérebro, a tomografia mostra como essa doença atingiu aquela criança. Os pais pararam de trabalhar para cuidar do filho. Pelo o que os dois contam, o sofrimento tomou conta daquela casa e eu como pai sei o quanto deve ser difícil para ambos ver essa doença acabar com a vida de seu amado filho.
Eles venderam tudo o que tinham para conseguir tratar o menino. Mas o dinheiro não deu. Aí conseguiram no SUS o tratamento para ele, o diagnóstico médico foi a cirurgia. Fizeram a cirurgia na criança. Aparentemente tudo bem, mas só poderiam ter certeza após uma ressonância magnética que o SUS marcou para ser feita em fevereiro.
 
Onde pode meus irmãos uma criança com câncer na cabeça ter que esperar para poder fazer um exame mais de sessenta dias, numa situação em que bem sabemos que uma doença tão cruel como o câncer não espera! Esse é mais um descaso dos nossos poderosos.
 
Quem puder ajudar essa criança com qualquer quantia um real, cinco reais , dez reais, ou até mais procure o senhor Pedro Cupertino na Drogaria Modelo e fale que você quer ajudar a criança que tem câncer.
 
Que Deus nos abençoe!!!!
  
 
Diogo Flores de Oliveira
Leia Mais

Evangelho do Dia - Lucas 1,39-47

— O Senhor esteja conosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo † segundo Lucas.
— Glória a vós, Senhor.

39Naqueles dias Maria partiu para a região montanhosa, dirigindo-se, apressadamente, a uma cidade da Judéia. 40Entrou na casa de Zacarias e cumprimentou Isabel. 41Quando Isabel ouviu a saudação de Maria, a criança pulou em seu ventre e Isabel ficou cheia do Espírito Santo. 42Com um grande grito, exclamou: “Bendita és tu entre as mulheres e bendito é o fruto do teu ventre! 43Como posso merecer que a mãe do meu Senhor me venha visitar? 44Logo que a tua saudação chegou aos meus ouvidos, a criança pulou de alegria no meu ventre. 45Bem-aventurada aquela que acreditou, porque será cumprido o que o Senhor lhe prometeu”. 46Então Maria disse: “A minha alma engrandece o Senhor, 47e o meu espírito se alegra em Deus, meu Salvador”.


- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.
Leia Mais

Maria - Humildade de Serva

Muito bom dia, meus amigos...
  
Lendo o Evangelho de hoje, lembrei-me de uma estorinha que costuma ouvir durante meus primeiros passos na Renovação Carismática, quando escutava uma fita de um show que o, então, Mensagem 2000 (que depois veio a se chamar Missão Mensagem Brasil depois que o ano 2000 passou) havia gravado ao vivo em algum lugar desse nosso imenso país...
  
Contava-se que, em sua humildade e simplicidade, Maria tinha apenas o sonho de poder ter a graça de poder conhecer aquela que seria a mãe do salvador, o prometido de Deus. Ela, sendo muito pobre, esperava que a escolhida para ser a mãe do Rei, o Filho de Deus, fosse alguma moça de origem nobre e não imaginava que os olhos de Deus estavam sobre ela... 
  
E não é tão difícil imaginar o "vestibular" celeste que aconteceu naquela época. Deus, que tudo vê, escuta e presencia, conhecia muito bem o coração de todas as mulheres do mundo. Havia chegado a hora do cumprimento de sua promessa e era necessário escolher alguém que fosse pura, humilde e com coração servil. E entre todas as mulheres do mundo a escolhida foi nossa mãezinha querida.
  
Dói meu coração quando vejo tantas ofensas que são dirigidas para ela. E o mais triste é que dentro mesmo de nossa igreja existem pessoas que a ofendem com gestos e palavras.
  
Costumo pensar o seguinte: eu, amando demais uma pessoa, escolhendo o melhor de todos os presentes que eu poderia dar na história dessa pessoa querida, nunca iria escolher um embrulho qualquer para entregar esse presente tão valioso. Eu não consigo conceber a idéia de que o Senhor entregaria o melhor de todos os seus presentes à humanidade em um embrulho de folhas de jornal, de papel de açougue ou qualquer outro tipo de papel que não coubesse na ocasião.
  
O embrulho do presente foi Maria. O primeiro sácrario do mundo! O ventre que gerou o Salvador é local santo, como santo foi o local em que Moisés encontrou Deus na sarça ardente e teve que tirar as sandálias...
  
E é essa mulher santa quem vem nos dar hoje a mensagem de estarmos sempre prontos a servir. Não importa a ocasião, não importa o momento, nem a situação.
Ela já havia vivido a experiência do anúncio de Gabriel, já sabia bem que seria o meio pelo qual se cumpririam as profecias mais importantes feitas pelos grandes profetas que ela passara a vida estudando nas sagradas escrituras. Mesmo assim ela não deixou a soberba, o orgulho, a vaidade tomar conta de seus atos e se pôs a servir aqueles que mais necessitados, como foi o caso de sua prima Isabel.
  
Quantos são aqueles que após assumirem algum tipo de serviço, liderança comunitária, esquecem-se de suas origens e pensam ser melhores do que os outros? Quantos se deixam ser dominados pela soberba e esquecem que o exemplo dado por Maria e por Jesus é que em todos os momentos devemos servir os mais necessitados?
  
A mensagem de hoje é para que possamos refletir sobre nossos próprios atos, nosso comportamento. Somos convidados a observar, mais uma vez, o direcionamento de nossos olhos, de nossas mãos, de nossas atitudes: estão voltados para nós mesmos, para o saciar de nossas necessidades individuais, nosso prazer... ou estão apontados para o outro?
  
Sigamos o exemplo de Maria que, mesmo grávida, se pôs a serviço de outra grávida e não mediu esforços nisso...
  
Que o Espírito Santo possa sempre conduzir nossos passos!
  
Grande abraço fraternal,

Márcio Gomes Pacheco
 
Leia Mais

Evangelho do Dia - Mateus 11,11-15

— O Senhor esteja conosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo † segundo Mateus.
— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, disse Jesus à multidão: 11“Em verdade eu vos digo, de todos os homens que já nasceram, nenhum é maior do que João Batista. No entanto, o menor no Reino dos Céus é maior do que ele. 12Desde os dias de João Batista até agora, o Reino dos Céus sofre violência, e são os violentos que o conquistam. 13Com efeito, todos os Profetas e a Lei profetizaram até João. 14E se quereis aceitar, ele é o Elias que há de vir. 15Quem tem ouvidos, ouça”.


- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.
Leia Mais

Postagens mais visitadas

Ouça a Rádio Canção Nova



Seguidores

 

Sobre A Boa Semente!

A Boa Semente foi fundada em 2007. É uma criação do Grupo de Oração Semeador, da Renovação Carismática Católica da cidade de Inhumas GO. É um instrumento de evangelização sem fins lucrativos.

Sua principal missão é semear a Boa Semente através de reflexões diárias do evangelho. Você também pode fazer parte dessa família, entre em contato conosco e saiba como!

Os artigos são de responsabilidade de seus respectivos autores.

Deus te abençoe sempre!

Visite Meu Canto Secreto e descubra mais sobre o autor desse instrumento de evangelização. Mais uma criação Vocenanet.com VCN