Ocorreu um erro neste gadget

Evangelho do Dia - Mateus 4,18-22

— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Mateus.
— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 18quando Jesus andava à beira do mar da Galiléia, viu dois irmãos: Simão, chamado Pedro, e seu irmão André. Estavam lançando a rede ao mar, pois eram pescadores. 19Jesus disse a eles: “Segui-me, e eu farei de vós pescadores de homens”.20Eles imediatamente deixaram as redes e o seguiram. 21Caminhando um pouco mais, Jesus viu outros dois irmãos: Tiago, filho de Zebedeu, e seu irmão João. Estavam na barca com seu pai Zebedeu, consertando as redes. Jesus os chamou. 22Eles imediatamente deixaram a barca e o pai, e o seguiram.


- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.
Leia Mais

Largar Tudo e Seguir Jesus





Bom dia, irmãos abençoados!

Que a paz de Nosso Senhor Jesus Cristo esteja conosco neste dia e que o amor de Maria Santíssima nos envolva transbordando o amor.

O evangelho de hoje nos remete a uma das passagens mais belas da Bíblia, e também da caminhada de Jesus aqui na terra, e deve nos servir para refletirmos sobre o chamado que Deus faz nos faz a todo momento.

Fico imaginando como aqueles pescadores: Pedro, Andre, Tiago e João foram invadidos pela segurança e amor de Jesus, tão forte a presença do Senhor na vida deles naquele momento, pois a Bíblia nos diz que eles imediatamente largaram tudo e O seguiram; ou seja, eles não pensaram ou duvidaram, ou questionaram como seria feito, o que poderia acontecer a eles, enfim, simplesmente eles largaram tudo para trás e seguiram a Jesus.

Sabemos quão difícil é para nós que somos humanos, fracos e pecadores, deixar tudo para seguir Jesus e anunciar seu evangelho. Difícil, justamente, porque esquecemos de olhar com os olhos da fé e nos preocupamos demais com o futuro. Temos apego demais às coisas, situações e pessoas que muitas vezes temos que abrir mão, para segui-lO.

Que belo exemplo de fé e amor estes pescadores nos dão, pois eles, assim como nós, tinham profissão, família, vida pessoal, passavam por tudo aquilo que nós também vivemos, mas optaram por seguir ao Senhor, quando Ele os chamou. A maior lição que podemos ter através deste evangelho irmãos é a confiança, nos abandonarmos à vontade do Senhor para segui-lO onde Ele precisa e deseja que estejamos. Peçamos ao Senhor a graça de deixarmos ser conduzidos pelo Espírito Santo de Deus, para que quando Ele nos chamar, nós possamos não somente ouvi-lO mas sobretudo, ter a atitude destes pescadores, de nos abandonarmos em Suas mãos e segui-lO.

Peçamos então ao Senhor a graça de buscarmos primeiro o Reino de Deus e, assim, todas as demais coisas nos serão acrescentadas.

"Senhor Deus, dai-nos a disposição para o teu amor, o teu poder. Que as preocupações, e os viveres deste mundo não nos atrapalhem a sentir o quão grandioso és na nossa vida. Dai-nos, Jesus, olhos de fé, para que possamos enxergar teus sinais, tuas bonanças. Dai-nos, ó Cristo, audição divina para que consigamos exercitar a escuta dos teus propósitos, da tua vontade pra nossa vida. Que nós, ó Deus, possamos deixar o teu Espírito invadir nossa alma e coração, de modo que não sejamos nós, mas tu a viver em nossa alma. Amém".


Klênia e Marcos
Leia Mais

Evangelho do Dia - Lucas 21,25-28.34-36

— O Senhor esteja conosco!
— Ele está no meio de nós!
— PROCLAMAÇÃO do Evangelho de Jesus Cristo, + segundo Lucas.
— Glória a vós, Senhor!

Naquele tempo, disse Jesus a seus discípulos: 25“Haverá sinais no sol, na lua e nas estrelas. Na terra, as nações ficarão angustiadas, com pavor do barulho do mar e das ondas. 26Os homens vão desmaiar de medo, só em pensar no que vai acontecer ao mundo, porque as forças do céu serão abaladas.
27Então eles verão o Filho do Homem, vindo numa nuvem com grande poder e glória.28Quando estas coisas começarem a acontecer, levantai-vos e erguei a cabeça, porque a vossa libertação está próxima.
34Tomai cuidado para que vossos corações não fiquem insensíveis por causa da gula, da embriaguez e das preocupações da vida, e esse dia não caia de repente sobre vós; 35pois esse dia cairá como uma armadilha sobre todos os habitantes de toda a terra.
36Portanto, ficai atentos e orai a todo momento, a fim de terdes força para escapar de tudo o que deve acontecer e para ficardes em pé diante do Filho do Homem”.


- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.
Leia Mais

Evangelho do Dia - Lucas 21,34-36

— O Senhor esteja conosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Lucas.
— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos: 34“Tomai cuidado para que vossos corações não fiquem insensíveis por causa da gula, da embriaguez e das preocupações da vida, e esse dia não caia de repente sobre vós; 35pois esse dia cairá como uma armadilha sobre todos os habitantes de toda a terra.
36Portanto, ficai atentos e orai a todo momento, a fim de terdes força para escapar a tudo o que deve acontecer e para ficardes de pé diante do Filho do Homem”.


- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.
Leia Mais

Feliz Aniversário, Monike!




"Quem encontra um amigo, encontra um tesouro!"
Ecle 6,14


O nosso tesouro ficou mais rico quando você passou a fazer parte da Família Semeador, Monike!

Que o Senhor continue te abençoando cada vez mais, abençoando seu namoro, seus estudos, sua família e, principalmente, ungindo você para ser cada vez mais um instrumento de amor eficiente nas mãos do Senhor.


FELIZ ANIVERSÁRIO!!!
Leia Mais

E Se Jesus Voltasse Hoje?



 

Há alguns dias atrás, logo pela manhã, enquanto eu pensava nas coisas de Deus e nas grandes maravilhas que Ele realiza em nossas vidas, me peguei fazendo a seguinte pergunta:

E se Jesus voltasse hoje?

De repente me vi um pouco perturbado por aquela questão que não parava de ressoar em minha mente, e logo comecei a refletir sobre a minha vida, sobre como eu estava vivendo e me preparando para a volta de Jesus.

Naquele momento então me dei conta de que muitas vezes, ou melhor, na maioria delas, nós levantamos de nossa cama, começamos a rotina do nosso dia-a-dia e não reservamos um momento para pensarmos no que vamos fazer durante o dia para estarmos mais próximos de Jesus, para estarmos nos preparando para a sua vinda definitiva. Pelo contrário, deixamo-nos tomar conta pelas preocupações com o trabalho, com os estudos, com as contas que vencem naquele dia, e deixamos para pensar em Jesus quando sobrar um tempo...

Da mesma forma como eu me questionava sobre o meu preparo para a vinda de Jesus, eu te faço a seguinte pergunta:

E você, irmão, como você tem se preparado para a volta de Jesus?

Você já parou pra pensar sobre isso? Se você ainda não pensou sobre isso, ou até mesmo não começou a se preparar para a vinda definitiva do Filho de Deus, então comece a se preparar! A hora é agora! “Pois não sabemos em que dia virá o Nosso Senhor.” (Mt. 24,42) “Se o dono da casa soubesse a que horas da noite viria o ladrão, vigiaria e não deixaria que sua casa fosse arrombada. Por isso, também vós, ficai preparados! Pois na hora em que menos pensais, virá o Filho do Homem.” (Mt. 24,43-44)

Comece então fazendo uma reflexão sobre a sua vida, sobre como anda sua intimidade com Deus e o que você tem feito para estar mais perto Dele. Não se esqueça de algo muito importante, que vai te ajudar a tomar a sua decisão: Você é filho do Céu! O seu lugar é o Céu! O seu objetivo maior deve ser o Céu! Levante seus olhos e fixe o olhar na meta que você precisa alcançar, o Céu. Só assim poderemos nos preparar para a vinda Daquele que é a fonte de vida eterna!

Que o Nosso Senhor Jesus Cristo abençoe o nosso tempo de preparo e de espera da Sua vinda gloriosa.

Louvado seja o Nosso Senhor Jesus Cristo!

Danilo Lopes Ribeiro
Leia Mais

Evangelho do dia - Lucas 21, 29-33

— O Senhor esteja conosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Lucas.
— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 29Jesus contou-lhes uma parábola: “Olhai a figueira e todas as árvores. 30Quando vedes que elas estão dando brotos, logo sabeis que o verão está perto. 31Vós também, quando virdes acontecer essas coisas, ficai sabendo que o Reino de Deus está perto. 32Em verdade, eu vos digo: tudo isso vai acontecer antes que passe esta geração. 33O céu e a terra passarão, mas as minhas palavras não hão de passar.



- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.
Leia Mais

O Reino de Deus está entre nós




Excelente dia a todos vocês, meus amigos!

E uma ótima sexta feira também, com a paz de nosso Senhor Jesus Cristo!

Mais uma vez Jesus vem nos falar através do Evangelho sobre a sua vinda, sobre o "fim dos tempos". Mais uma vez, Ele vem nos alertar para que possamos perceber que o Reino de Deus já está entre nós, e por isso devemos pensar antes de agir, devemos seguir os mandamentos de Deus.

"Vós também, quando virdes acontecer essas coisas, ficai sabendo que o Reino de Deus está perto."

Jesus fala das árvores, que quando elas dão broto é sinal de que o verão está próximo. E o mesmo acontece conosco. Nossas boas ações trazem o Reino de Deus para perto de nós. Essa é uma forma de interpretarmos essa passagem. Somos como as árvores, que quando dão brotos, significa que o Reino de Deus está entre nós.

"O céu e a terra passarão, mas as minhas palavras não hão de passar."

Esta é outra mensagem muito importante que Deus vem nos falar. Apesar das muitas tempestades em nossas vidas, a Palavra de Deus sempre está viva. Existem fases da vida, existem amigos que passam, mas os ensinamentos de Jesus não vão passar, e nós temos que saber disso e manter esses ensinamentos vivos em nosso dia-a-dia.

Então é isso pessoal. Não deixemos passar a oportunidade de viver o Reino de Deus, de seguir os ensinamentos de nosso Pai. Que possamos nos preparar para a vinda de Jesus...

Um enorme abraço!
Fiquem com Deus!

Cinthya Cardoso de Araújo
Leia Mais

Evangelho do dia - Lucas 21, 20-28

— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Lucas.
— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, disse Jesus a seus discípulos: 20“Quando virdes Jerusalém cercada de exércitos, ficai sabendo que a sua destruição está próxima. 21Então, os que estiverem na Judéia, devem fugir para as montanhas; os que estiverem no meio da cidade, devem afastar-se; os que estiverem no campo, não entrem na cidade. 22Pois esses dias são de vingança, para que se cumpra tudo o que dizem as Escrituras.
23Infelizes das mulheres grávidas e daquelas que estiverem amamentando naqueles dias, pois haverá uma grande calamidade na terra e ira contra este povo. 24Serão mortos pela espada e levados presos para todas as nações, e Jerusalém será pisada pelos infiéis, até que o tempo dos pagãos se complete. 25Haverá sinais no sol, na lua e nas estrelas. Na terra, as nações ficarão angustiadas, com pavor do barulho do mar e das ondas. 26Os homens vão desmaiar de medo, só em pensar no que vai acontecer ao mundo, porque as forças do céu serão abaladas. 27Então eles verão o Filho do Homem, vindo numa nuvem com grande poder e glória. 28Quando estas coisas começarem a acontecer, levantai-vos e erguei a cabeça, porque a vossa libertação está próxima”.


- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.
Leia Mais

Não Há o que Temer... Confie e Testemunhe!



Bom dia, queridos amigos!

Inicio esta reflexão desejando a todos uma bela quinta-feira, repleta do amor e da alegria de Deus. Que nossos ouvidos estejam bem atentos à palavra Divina.

Muito se tem discutido a respeito do fim do mundo, dos sinais, dos fenômenos que antecederão a nova vinda de Jesus e o que acontecerá com as pessoas. Antes de entendermos qualquer mensagem de Jesus, é preciso analisarmos a percepção que temos das palavras do Evangelho. Tendo nós esta percepção, perceberemos e compreenderemos que as palavras de Jesus não vêm para nos causar medo e pânico, mas sim, para nos edificarmos na fé e adquirirmos cada vez mais esperança e perseverança na busca pela libertação.

Quando vemos pessoas se preocupando, se apavorando com esses presságios do Evangelho, é sinal claro de que estas não estão verdadeiramente conscientes das vontades de Jesus e atentas com suas atitudes no dia a dia. O verdadeiro discípulo de Jesus se instala na situação presente do mundo e procura intimidade com o Senhor.

Como disse em um comentário e acho pertinente citar novamente aqui, não nos convém ficarmos preocupados com o fim do mundo. Devemos sim, é nos preocuparmos com o dia de hoje, procurando amar Jesus como se fosse a última oportunidade para amá-lo. Jesus está sempre perto de nós, e nos criou para partilharmos do Teu amor grandioso.

Nosso papel é nos assumirmos filhos de Deus, procurando fazer inteiramente a Sua vontade e não medindo esforços para servi- Lo. Só assim teremos a salvação.

Diante de todos esses prognósticos, é importantíssimo destacar também que, primeiro é preciso que Jesus tenha sua nova vinda dentro dos nossos corações. Ele já veio como homem, nasceu da virgem Maria e morreu por nós. Agora, Sua ressurreição deve acontecer dentro de nós, dia após dia. É desta vinda que devemos nos preocupar. Nossa vida precisa estar no Espírito Santo de Deus, assim, nossa dignidade e identidade estará sempre com o selo do Céu!

Paz de Jesus a todos!


Monike Stival Martins
Leia Mais

Evangelho do Dia - Lucas 21,12-19

— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Lucas.
— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos: 12“Antes que estas coisas aconteçam, sereis presos e perseguidos; sereis entregues às sinagogas e postos na prisão; sereis levados diante de reis e governadores por causa do meu nome. 13Esta será a ocasião em que testemunhareis a vossa fé. 14Fazei o firme propósito de não planejar com antecedência a própria defesa; 15porque eu vos darei palavras tão acertadas, que nenhum dos inimigos vos poderá resistir ou rebater. 16Sereis entregues até mesmo pelos próprios pais, irmãos, parentes e amigos. E eles matarão alguns de vós. 17Todos vos odiarão por causa do meu nome. 18Mas vós não perdereis um só fio de cabelo da vossa cabeça. 19É permanecendo firmes que ireis ganhar a vida!


- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.
Leia Mais

Contra a Teologia da Prosperidade




Muito bom dia, meus amigos!

O evangelho de hoje é um daqueles que fazem com que nós questionemos a constante onda da chamada teologia da prosperidade. São muitos os segmentos cristãos que vivem prometendo algo como prêmios para aqueles que passarem a frequentar suas reuniões. São inúmeras divulgações de testemunhos de pessoas que se encontravam quebradas, falidas ou que simplesmente eram assalariadas e que passaram a ter um patamar de vida bem superior ao que antes era vivido.

Meus amigos, não quero dizer aqui que tais coisas sejam impossíveis de acontecer. Até mesmo porque há uma mudança de atitude drástica na vida daqueles que tinham a vida completamente bagunçada, resumida em momentos de bebedeiras diárias, compras compulsivas sem mesmo terem condição de acumularem as parcelas de preço reduzido que bombardeiam os comerciais diariamente e que apelam para que as pessoas sejam cada vez mais consumistas, além daquelas pessoas que vivem um mundo de fantasia, querendo ser aquilo que estão longe de ser, porque o orgulho as sufoca a ponto de chegarem a gastar o salário de um mês inteiro na compra de uma calça jeans ou qualquer outro item de vestuário.

Tais pessoas passam por um verdadeiro processo de revisão de vida, que muitas vezes é refletida em vícios que as acompanhavam a vida inteira. Porém, o que Jesus vive nos alertando na santa palavra é que, da mesma maneira que Ele foi perseguido, também o serão aqueles que decidirem segui-lo.

Isso significa que nossas vidas passarão a ser semelhantes aos mistérios do terço, que são baseados na vida de Jesus. Primeiro temos os mistérios gozosos, que refletem o nascimento de Jesus e sua infância; numa sequência lógica, temos em seguida os mistérios luminosos, que nos levam a refletir a vida pública de Jesus; então, temos os mistérios dolorosos, que nos fazem mergulhar nos momentos da agonia e morte do Senhor; e, por fim, temos a reflexão dos mistérios gloriosos, que nos prometem a vitória sobre quaisquer coisas.

A exemplo do que viveu Jesus, assim também é a promessa que Ele nos faz. Nesse evangelho de hoje, o Senhor fala com claridade que momentos difíceis aguardam aqueles que o seguirem. As pessoas facilmente são taxadas de fanáticas, muitas vezes são excluídas de grupinhos (na realidade a própria pessoa percebe que já não encaixa mais na ideologia do grupo e passa por um processo de querer resgatar os outros).

“Antes que estas coisas aconteçam, sereis presos e perseguidos; sereis entregues às sinagogas e postos na prisão; sereis levados diante de reis e governadores por causa do meu nome. 13Esta será a ocasião em que testemunhareis a vossa fé."

Entretanto, o próprio Senhor nos promete que seremos sempre acessorados pelo Espírito Santo, o que nos faz sermos sempre confiantes nesses momentos de aflição.

A sensação que se tem é a da criança que, quando segura na mão de seu pai, não tem medo de nada nem de ninguém. Ao lado do pai ele se torna guerreiro, de coragem e fé inabaláveis.

Assim também acontecem com aqueles que nascem uma vida nova em Jesus, repletos do Espírito Santo.

Finalizando nossa reflexão, exorto para que fiquem com o pé atrás de tudo aquilo que vierem prometer uma vida econômica fácil e milagrosa. No caso da teologia da prosperidade, todo o discurso "salvador" acaba se centralizando em aspectos econômicos, principalmente quando dizem que quanto maior for a fé da pessoa, maior é a doação que ela faz para os cofres das igrejas e, proporcional, será o retorno que terão em suas vidas. Parece uma espécie de investimento em uma bolsa econômica celestial, né?

  
 Como diz o ditado, "quando a esmola é grande, até o santo desconfia".


Grande abraço fraternal,

Márcio Gomes Pacheco
Leia Mais

Permanecer Firme Para Ganhar a Vida



Muito bom dia, meus amigos!

Jesus nos ensina a enfrentar os poderes deste mundo dando um testemunho concreto com a nossa fé. Portanto, quando passamos por tribulações, temos a oportunidade de pôr em prática os ensinamentos evangélicos. Porque Jesus nos diz que não precisamos nos preocupar nem nos atemorizar diante dos fatos que exigem de nós uma reação, porque Ele próprio nos aconselha: “Fazei o firme propósito de não planejar com antecedência a própria defesa.” Se dizemos que temos fé, mas perdemos noites de sono fazendo cálculos de como iremos nos defender nas situações difíceis da nossa vida, nós estamos sendo infiéis à Palavra de Deus que nos exorta à confiança e ao abandono total em suas mãos. A nossa fé não nos impedirá de que sejamos perseguidos ou até mesmo de sermos vistos como loucos, mas nos garante a defesa nos momentos de aflição e de dúvida. Não podemos desistir diante das perseguições. Permanecendo firmes é que iremos ganhar a vida mesmo que os perseguidores sejam os da nossa própria casa. E podemos ver que estamos sendo perseguidos a todo o momento. Até mesmo pela própria igreja que nem sempre reconhece a renovação carismática com todos os seu dons. E ao invés de ajudar com criticas construtivas causam uma divisão entre pastorais e movimentos com seus julgamentos “particulares” esquecendo-se das orientação da CNBB no documento 53.

Bom, não podemos nos esquecer das palavras de Jesus nos versículos 12, 13 e 16 quando nos diz que seremos perseguidos. “O servo não é maior que seu senhor” Jo 15,20 nos resta apenas ter fé. Sabe irmãos, a alguns dias estou lendo o livro Por suas Chagas de Neil Velez e estou impressionado com as maravilhas que Deus realiza e realizou na vida deste servo e na vida dos que realmente dão passos na fé. Quando leio os seus testemunhos, fico pensando que não conheço este Deus que ressuscita os mortos que tira pessoas da UTI que dá a vida onde os médicos não conseguem mais chegar. E questiono a fé que eu tenho ou que grau de conhecimento de Deus todos nós temos pois na bíblia nos fala : “Respondeu-lhes Jesus: Em verdade vos declaro que, se tiverdes fé e não hesitardes, não só fareis o que foi feito a esta figueira, mas ainda se disserdes a esta montanha: Levanta-te daí e atira-te ao mar, isso se fará...” (Mt 21,21)

Onde está, pois esta fé dentro da nossa igreja ou nas nossas famílias ou em nossa vida particular? O que estamos fazendo com o ensinamento de Jesus, principalmente neste trecho que nos diz que seremos perseguido e caluniado, totalmente desacreditado e que Deus será nosso advogado. Como acreditar e viver estas palavras se não for pela fé? Na pratica, desistiremos da caminha e cairemos na tentação de ceder a astúcia do encardido. Quero hoje dizer: não conheço este Deus que faz tantos milagres através da fé, mas é somente conhecendo este Deus é que podemos viver esta passagem de hoje. Não conheço, mas estou à procura!

Paz e Bem!


Renato e Eloneide
Leia Mais

Evangelho do dia - Lucas 21, 5-11

— O Senhor esteja conosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Lucas.
— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 5algumas pessoas comentavam a respeito do Templo que era enfeitado com belas pedras e com ofertas votivas. Jesus disse: 6“Vós admirais estas coisas? Dias virão em que não ficará pedra sobre pedra. Tudo será destruído”. 7Mas eles perguntaram: “Mestre, quando acontecerá isto? E qual vai ser o sinal de que estas coisas estão para acontecer?” 8Jesus respondeu: “Cuidado para não serdes enganados, porque muitos virão em meu nome, dizendo: ‘Sou eu!’ E ainda: ‘O tempo está próximo’. Não sigais essa gente! 9Quando ouvirdes falar de guerras e revoluções, não fiqueis apavorados. É preciso que estas coisas aconteçam primeiro, mas não será logo o fim”. 10E Jesus continuou: “Um povo se levantará contra outro povo, um país atacará outro país. 11Haverá grandes terremotos, fomes e pestes em muitos lugares; acontecerão coisas pavorosas e grandes sinais serão vistos no céu”.


- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.
Leia Mais

Sobre o Fim dos Tempos




Muito bom dia, meus amigos...

Quanto tempo, hein? Já se passou uma semana desde que refletimos juntos as palavras do Senhor, alimento para nossa alma, na terça-feira passada.

O evangelho de hoje é realmente muuuuito interessante. Quem já tinha um pouquinho mais de idade, digo, não era criança, na virada do século/milênio passado, provavelmente se lembra bem do período de dizeres apocalípticos que experimentamos naquela época. Muita gente até inventava e vivia repetindo passagens da bíblia que nunca existiram, como o "mil passará, mas dois mil não chegará..." e outras coisas do gênero...

As pessoas, de uma maneira geral, sempre foram muito seduzidas em saber, prever, o que está para acontecer, seja algo próximo ou distante. Infelizmente, não tenho medo em afirmar que mais de 90% dessas pessoas seduzidas não vivem uma vida espiritual aos moldes do que o Senhor espera que vivamos.

Recentemente, com o lançamento de um novo filme que, pelo que se parece, será sucesso de bilheterias, novamente tem-se "esquentado os neurônios" procurando saber quando se dará o fim dos tempos. Várias especulações estão sendo lançadas na mídia de que tal dia se daria no solstício de verão de 2012, como afirmam especulações acerca, principalmente, de culturas pré-colombianas, que foram o pano de fundo principal para tal filme.

Meus amigos, como bons cristãos que somos, não devemos ficar nos preocupando em quando se dará o dia final. Na realidade, nossa principal preocupação deve ser em sempre estarmos preparados para o grande dia, pois, como diz o padre José, da paróquia de Sant'Ana de Inhumas - GO, pode ser que a gente acabe indo encontrar Jesus antes que Ele venha, como o fazem várias pessoas diariamente.

Minha preocupação deve ser, sempre, se estou cumprindo os principais "conselhos" de Jesus, quando Ele nos deu a pista de que se amarmos Deus acima de todas as coisas e o próximo como a nós mesmos seremos verdadeiramente felizes e garantiremos a vida eterna, na Nova Jerusalém celeste.

Sendo assim, a busca tem que ser de lutarmos contra nossa ociosidade, contra nosso orgulho, contra nosso egoísmo, contra todo comodismo de corpo, de mente e de espírito.

Meu "sim" a Jesus deve ser refletido em atitudes constantes. A cada dia uma nova batalha deve ser travada e, no final do dia, preciso ter minha consciência tranquila, por ter combatido o bom combate do amor e da fé e ter vencido. Uma boa revisão de vida, de consciência deve ser feita diariamente, antes de dormir. Isso nos previne de ficar alimentando sentimentos e ações que não se originam no coração do Senhor, que não são frutos do Espírito Santo em nós e nos capacita a recomeçarmos, depois de um momento de arrependimento, pedido de perdão e clamor da luz que vem do alto, para guiar nossos passos pelo caminho estreito.

É preciso estarmos atentos. É preciso orar e vigiar. O próprio Senhor nos pede para ficarmos alertas, pois muuuitas pessoas surgiriam se autodenominando como o próprio Senhor ou algum enviado dele, dizendo ser um bom profeta, um bom pastor e, na realidade, acabam deixando transparecer o que se encontra além das máscaras.

Concluindo, principalmente para aqueles que têm tendência de ficarem impressionados com filmes, não precisamos nos preocupar com o que será o amanhã. Pode até ser que ele nem chegue, né?
 

Vivamos, então, o hoje como se fosse nosso último dia! Amemos mais àqueles que estão à nossa volta. Doemo-nos mais àqueles que têm perdido a fé e a esperança de dias melhores. Precisamos, mesmo, é buscarmos sempre termos atitude, buscando fazer o bem para todos que surgirem em nosso caminho. Buscando a máxima da regra de ouro, que nos pede que devemos tratar as pessoas da mesma maneira que gostaríamos que fôssemos tratados.

Grande abraço fraternal,




Márcio Gomes Pacheco
Leia Mais

Evangelho do dia - Lucas 21, 1-4

— O Senhor esteja conosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Lucas.
— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 1Jesus ergueu os olhos e viu pessoas ricas depositando ofertas no tesouro do Templo. 2Viu também uma pobre viúva que depositou duas pequenas moedas. 3Diante disso, ele disse: “Em verdade vos digo que essa pobre viúva ofertou mais do que todos. 4Pois todos eles depositaram, como oferta feita a Deus, aquilo que lhes sobrava. Mas a viúva, na sua pobreza, ofertou tudo quanto tinha para viver”.


- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.
Leia Mais

Saber Partilhar





Bom dia, amados irmãos!

Que a paz de Jesus Cristo nosso Senhor possa estar no meio de nós.

Desejamos a todos um dia maravilhoso. Cheio de bençãos e graças vindas do coração redentor de Jesus. Que Nossa Senhora possa acolher-nos em seu majestoso colinho e nos dar o afago necessário para o dia de hoje. Consagremos nossas vidas à Ela: "Ave Maria cheia de Graça, o Senhor é convosco, Bendita sóis Vós entre as mulheres e Bendito é o Fruto do Vosso Ventre, Jesus. Santa Maria Mãe de Deus, rogai por nós pecadores, agora e na hora de nossa morte, Amém".

As palavras divinas do evangelho hoje são tão singelas, mas de uma riqueza imensurável, que podemos hoje, com carinho, refletirmos junto à mesa do Pai, como filhos amados que somos. Sermos gratos a Deus por este  momento que podemos dispor de seus ensinamentos através do evangelho. O ato de ofertar, como o daquela senhora, revela a nossa grandeza. Por isso quando ela doou tudo que tinha naquele momento, revelou-se o seu  coração nobre e grande, de quem ama, de quem não se preocupa em dar, mas que simplesmente confia nas  graças providentes vindas do alto.

Nós sabemos partilhar? Será que essa ação faz parte de nossa vida? Temos sido falhos, para com Deus e com nossos irmãos? Reflitamos e depositemos no nosso coração as verdades sobre nossos atos, já que o evangelho hoje nos conduz às ações que demonstram nossas verdades escondidas no coração.

Muitas vezes, não é o dinheiro que o próximo precisa, mas pode ser uma palavra amiga, uma atenção, um favor, um sorriso, um afeto, um simples exemplo de que somos pessoas iluminadas e abençoadas por Nosso Deus, e cheias do Espírito Santo.

Sendo assim, precisamos aprender com essa senhora do evangelho, a nos abandonarmos nas mãos de Deus, confiando, sobretudo, mesmo em nossa desconfiança, que Ele tem o melhor. E o que o Senhor tem de melhor para nosso próximo poderá ser feito por nosso intermédio, pois ele pode nos usar para curar, libertar e amar os irmãos.

Não nos surpreendamos ver que neste mundo tão cruel, tão individualista, tão moderno, existam almas amorosas, cheias da presença Divina. Acordemos irmãos, se estamos dormindo! O Senhor pode estar nos chamando a fazer de nossos atos, atitudes de caridade. O Senhor pode estar querendo nos usar como instrumentos para a salvação das almas para o Reino.

E é o que precisamos aprender. A sermos a diferença no meio do cinza deste mundo. A levar a cor da vida com Cristo para todos quanto pudermos. Se o seu irmão está a porta e bate, atenda-o, pois pode ser você o canal que Deus quer usar pra livra-lo de todo mal.

Tudo quanto fizermos, façamos como aquela mulher do evangelho, doando o que de melhor temos, não as nossas sobras, mas aquilo que reservamos pra nós mesmos.

Klênia e Marcos.
Leia Mais

Evangelho do dia - João 18, 33b-37

— O Senhor esteja conosco!
— Ele está no meio de nós!
— PROCLAMAÇÃO do Evangelho de Jesus Cristo, + segundo João.
— Glória a vós, Senhor!

Naquele tempo, 33bPilatos chamou Jesus e perguntou-lhe: “Tu és o rei dos judeus?” 34Jesus respondeu: “Estás dizendo isto por ti mesmo ou outros te disseram isto de mim?” 35Pilatos falou: “Por acaso sou judeu? O teu povo e os sumos sacerdotes te entregaram a mim. Que fizeste?”
36Jesus respondeu: “O meu reino não é deste mundo. Se o meu reino fosse deste mundo, os meus guardas lutariam para que eu não fosse entregue aos judeus. Mas o meu reino não é daqui”.
37Pilatos disse a Jesus: “Então tu és rei?”
Jesus respondeu: “Tu o dizes: eu sou rei. Eu nasci e vim ao mundo para isto: para dar testemunho da verdade. Todo aquele que é da verdade escuta a minha voz”.


- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.
Leia Mais

Rei do Reino dos Céus


Bom dia queridos amigos!

O evangelho de hoje vem nos falar do reino de Jesus .Vem nos mostrar como este gostaria de conduzir as pessoas.Expõe o quanto era diferente dos demais reinados, a sua liderança.

Jesus estando no tribunal para ser julgado,fora indagado por Pilatos se acaso era o rei dos Judeus. Pilatos ainda afirmou que havia sido um destes que entregara Jesus. Pilatos não entendera como que Jesus havia sido entregue por um dos que o próprio filho de Deus dizia ser sua nação.

Jesus explica a Pilatos esta aparente contradição afirmando que o seu reinado não pertence a este mundo,porque para testemunhar a verdade é que nascera.

Mediante isto percebemos que Cristo assim como os médicos, não foi criado para os saudáveis, corretos ou santos. O filho do Criador veio em busca daqueles que necessitam Dele, em busca dos excluídos, dos deficientes, das prostitutas ou de qualquer outro que precisasse Dele mesmo que o negasse várias vezes.

Deus enviara seu único filho para testemunhar seu amor por nós, para que pudéssemos segui-lo; deixando o caminho de pecado e sendo luz não só em nossas vidas ,mas na de todos que nos circundam.Dessa forma edificando uma história sobre a rocha,mesmo que para isso as vezes tenhamos que seguir um caminho que pareça estar muito estreito.

Hoje em nosso dia a dia, será que a exemplo de Jesus ,viemos para servir todos aqueles que de nós necessitam? Ou somos vencidos pelo comodismo? Será que somos preconceituosos e preferimos e preferimos olhar com discriminação para todos aqueles que de nós necessitam?

Nossas atitudes testemunham que somos a nação de Cristo? Ou estamos sendo mais um Judas que é capaz de beijar a face de Jesus para logo em seguida traí-lo? Quais são as moedas que o mundo tem oferecido pela nossa fidelidade? Qual tem sido nosso preço?


Maria Tereza Bosco

Leia Mais

Evangelho do dia - Mateus 12, 46-50

— O Senhor esteja conosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Mateus.
— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 46enquanto Jesus estava falando às multidões, sua mãe e seus irmãos ficaram do lado de fora, procurando falar com ele. 47Alguém disse a Jesus: “Olha! Tua mãe e teus irmãos estão aí fora, e querem falar contigo”. 48Jesus perguntou àquele que tinha falado: “Quem é minha mãe, e quem são meus irmãos?” 49E, estendendo a mão para os discípulos, Jesus disse: “Eis minha mãe e meus irmãos. 50Pois todo aquele que faz a vontade de meu Pai, que está nos céus, esse é meu irmão, minha irmã e minha mãe”.


- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.
Leia Mais

Deixar Jesus Conduzir Nossas Vidas


 

Bom dia, queridos amigos!

Como é bom estar mais uma vez com vocês, partilhando a palavra de Jesus. Nesse sábado, Jesus nos mostra o quanto é importante deixarmos Deus conduzir nossas vidas. Pois Ele nos fala claramente: “ todo aquele que faz a vontade de meu Pai, que está nos céus, esse é meu irmão, minha irmã
Deus promete dar sabedoria e discernimento a todos que pedem. Precisamos pedir a Deus. Precisamos pedir com fé. Não podemos orar somente quando precisamos de uma resposta ou ajuda de Deus. Precisamos nos habituar a orar constantemente a Deus, para conhecê-Lo melhor. Quanto mais nós O conhecemos, melhor entenderemos a Sua vontade. Parte da maneira como Ele se revela para nós não é apenas através de respostas momentâneas, mas, através de um contato prolongado e profundo. Procure melhorar seu relacionamento com Deus em oração e, surpreendentemente, você verá que as respostas dEle às suas dúvidas virão de forma cada vez mais tranqüila e natural.

O Cristão tem o Espírito Santo como guia. Precisamos pedir a ajuda dEle. Ele provavelmente não falará em nosso ouvido. Mas Ele tocará em nosso coração e operará em nossa mente para nos ajudar a conhecer a vontade de Deus.E, lembre-se, é mais fácil saber o que uma outra pessoa realmente quer quando você conhece bem aquela pessoa. Certamente Deus irá revelar a vontade dEle para nós. Mas, quanto mais O conhecermos, mais claramente entenderemos e ouviremos Sua vontade. Por isso é bom desde já buscar conhecer cada vez mais a Deus, estudar sua Santa palavra, respeitar os sacramentos...

Fazer a vontade de Deus é muito importante para nós que somos seus filhos, porque quando fazemos a vontade de Deus agradamos a Ele, Deus se alegra quando fazemos a Sua vontade, e, se alegra mais ainda quando fazemos por obediência mesmo que não seja a nossa vontade, mesmo que seja algo que não queremos que não gostamos. É bom salientar que nem tudo que gostamos é o melhor para nós. Deus quer o melhor para nós .E por querer o melhor para nós, Jesus veio como homem para sofrer e morrer por nós.

Jesus espera que façamos, ou melhor, que deixemos Deus fazer sua vontade nas nossas vidas. E será que realmente estamos deixando nosso pai celestial ser o guia de nossa vida? Jesus pede para amarmos nosso irmão... será que estamos amando ? Pede que vivamos em união ... e isso de fato acontece? Pede que calemos a nossa boca... mas preferimos abri-la para falar muitas vezes o que não devemos. Geralmente, quando fazer a vontade de Deus está difícil, pensamos vou dar um jeito procurar o melhor para mim! Aí pioramos tudo. Você já pensou se Jesus tivesse procurado o melhor para ele? Ainda bem que Ele procurou fazer o melhor para O pai e para nossas almas! Precisamos seguir o conselho de Pedro quando diz:

"Para que no tempo que nos resta na carne, não vivais mais segundo as concupiscências dos homens, mas segundo a vontade de Deus".

Pois quem faz a vontade do mundo, passa, mas quem faz a vontade de Deus permanece para sempre.

Que a paz de Jesus pemaneça no coração de todos!

Abraços.


Sueleide Assis.
Leia Mais

Evangelho do dia - Lucas 19, 45-48

— O Senhor esteja conosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Lucas.
— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 45Jesus entrou no Templo e começou a expulsar os vendedores. 46E disse: “Está escrito: ‘Minha casa será casa de oração’. No entanto, vós fizestes dela um antro de ladrões”. 47Jesus ensinava todos os dias no Templo. Os sumos sacerdotes, os mestres da Lei e os notáveis do povo procuravam modo de matá-lo. 48Mas não sabiam o que fazer, porque o povo todo ficava fascinado quando ouvia Jesus falar.


- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.
Leia Mais

A minha casa será uma Casa de oração


Bom dia, queridos irmãos!

Uma ótima sexta-feira a todos vocês e que a paz de Jesus esteja com cada um.

No Evangelho de hoje, Jesus diz a todos que a Casa de Deus não é um lugar para comércios, e sim um local de oração. A Igreja é um local que devemos ter respeito; é a Casa de nosso Pai. Jesus se preocupa muito com a Casa de Deus, e hoje Ele vem nos alertar em relação a isso.


A igreja não é lugar para as elites ficarem mais ricas e excluir as pessoas mais pobres, como acontecia antigamente. Hoje nós temos igrejas diferentes, onde existe mais igualdade entre as pessoas, mas nós sabemos que ainda há um pouco de preconceito entre as classes sociais.

Só que nós não vamos à igreja para observar a roupa que o outro está usando, ou o carro que ela está chegando. Jesus disse que é um lugar para oração, para adoração a Deus. E não podemos esquecer disso jamais. Pois às vezes esquecemos o sentido, o porquê de estarmos lá. Por isso a importância de os grupos de oração sempre levarem as pessoas refletirem o que realmente as levaram à reunião.

A resposta deveria ser: "Para me encontrar com Deus", "Para adorar a Deus". Mas sabemos que nem sempre é. Nós também temos nossos problemas. Mas o que Jesus quer é que não esqueçamos o verdadeiro sentido de ir à igreja. Por que você vai à missa?

Por que é obrigado?

Deus não nos obriga a nada. Ele nos dá livre escolha. Mas quando tomamos a decisão de seguir Jesus, temos que fazer da forma como Ele nos pede. E hoje Cristo está nos pedindo que cuidemos bem de sua igreja; que tenhamos respeito.

Nas Escrituras Sagradas está escrito que Deus disse o seguinte: "A minha casa será uma Casa de oração."


Um grande abraço a todos vocês!

Fiquem com Deus!



Cinthya Cardoso de Araújo
Leia Mais

Evangelho do Dia - Lucas 19,41-44

— O Senhor esteja conosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Lucas.
— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 41quando Jesus se aproximou de Jerusalém e viu a cidade, começou a chorar. E disse: 42“Se tu também compreendesses hoje o que te pode trazer a paz! Agora, porém, isso está escondido aos teus olhos! 43Dias virão em que os inimigos farão trincheiras contra ti e te cercarão de todos os lados. 44Eles esmagarão a ti e a teus filhos. E não deixarão em ti pedra sobre pedra. Porque tu não reconheceste o tempo em que foste visitada”.


- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.
Leia Mais

Se Compreendesses Como Te Amo




Muito bom dia, meus amados amigos!
 
Que alegria estar partilhando esta reflexão com vocês, que de alguma forma ou de outra são muito especiais para mim. Percebo claramente que nas quintas-feiras meu coração fica mais alegre, pois me sinto mais pertinho de vocês.
 
Jesus, hoje, nos traz uma mensagem muito linda, profunda e emocionante. O Evangelho relata que Jesus se aproximou da cidade de Jerusalém e logo se pôs a chorar, pois percebera que o povo daquela cidade não acolhia Seus ensinamentos, não compreendia Seu amor.
 
Quando nos deparamos com alguém que está chorando, facilmente começamos a chorar também, não é verdade?! Até mesmo sem saber o motivo, lágrimas começam a rolar em nossa face. Agora, imaginemos Jesus chorando pelo desprezo e insensibilidade daquelas pessoas. Façamos um esforço para imaginarmos esta cena. Com toda certeza, quando Jesus olhava para aquela cidade, o filme de sua vida Ele fez,  relembrando sua juventude, seus milagres, os pecados perdoados, os amigos conquistados, seu amadurecimento físico e espiritual. Depois, aceitar que seria ali, sua morte.

Engraçado, nem sempre paramos para pensar nos sentimentos e nas emoções de Jesus. “Se também você compreendesse hoje o caminho da paz!” Jesus continua hoje, a nos propor dias de paz. Porém, muitas vezes rejeitamos o Seu amor, por isso Ele chora por nós, como chorou olhando para Jerusalém. Nem fazemos ideia de como podemos magoar o coração de Jesus com a nossa recusa, porque nos achamos sem importância, e não percebemos que o valor que temos para Deus é muito maior do que o que damos a nós mesmos.

Meu irmão e minha irmã, se compreendesses o amor de Jesus... O que você está esperando para permitir que Jesus entre no seu coração!? Deixa Jesus te visitar. Ele quer contar com você. Jesus está olhando para você neste momento. Será que Ele chora ao te olhar?? O que precisas fazer para agradar o coração de Jesus? Não perca tempo para reconhecer o tempo de Deus na sua vida. Dê mais atenção a Jesus. Ele te ama muito e quer ter o seu amor. Faça O sorrir!

Louvado seja nosso Senhor Jesus Cristo!

Deus o abençoe!


Monike Stival Martins
Leia Mais

Evangelho do Dia - Lucas 19,11-28

— O Senhor esteja conosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Lucas.
— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 11Jesus acrescentou uma parábola, porque estava perto de Jerusalém e eles pensavam que o Reino de Deus ia chegar logo. 12Então Jesus disse:
“Um homem nobre partiu para um país distante, a fim de ser coroado rei e depois voltar.13Chamou então dez dos seus empregados, entregou cem moedas de prata a cada um e disse: ‘Procurai negociar até que eu volte’.
14Seus concidadãos, porém, o odiavam, e enviaram uma embaixada atrás dele, dizendo: ‘Nós não queremos que esse homem reine sobre nós’. 15Mas o homem foi coroado rei e voltou. Mandou chamar os empregados, aos quais havia dado o dinheiro, a fim de saber quanto cada um havia lucrado. 16O primeiro chegou e disse: ‘Senhor, as cem moedas renderam dez vezes mais’. 17O homem disse: ‘Muito bem, servo bom. Como foste fiel em coisas pequenas, recebe o governo de dez cidades’.
18O segundo chegou e disse: ‘Senhor, as cem moedas renderam cinco vezes mais’. 19O homem disse também a este: ‘Recebe tu também o governo de cinco cidades’. 20Chegou o outro empregado e disse: ‘Senhor, aqui estão as tuas cem moedas que guardei num lenço, 21pois eu tinha medo de ti, porque és um homem severo. Recebes o que não deste e colhes o que não semeaste’. 22O homem disse: ‘Servo mau, eu te julgo pela tua própria boca. Tu sabias que eu sou um homem severo, que recebo o que não dei e colho o que não semeei. 23Então, por que tu não depositaste meu dinheiro no banco? Ao chegar, eu o retiraria com juros’. 24Depois disse aos que estavam aí presentes: ‘Tirai dele as cem moedas e dai-as àquele que tem mil’. 25Os presentes disseram: ‘Senhor, esse já tem mil moedas!’ 26Ele respondeu: ‘Eu vos digo: a todo aquele que já possui, será dado mais ainda; mas àquele que nada tem, será tirado até mesmo o que tem. 27E quanto a esses inimigos, que não queriam que eu reinasse sobre eles, trazei-os aqui e matai-os na minha frente’”. 28Jesus caminhava à frente dos discípulos, subindo para Jerusalém.


- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.
Leia Mais

Buscai Sem Cessar as Coisas do Alto




“Buscai sem cessar as coisas do alto para que assim consiga ouvir de Deus: servo bom e fiel.”

Esta parábola nos apresenta ao mesmo tempo a rejeição do Senhor Jesus como Rei (v. 14) e a responsabilidade dos seus durante o tempo de Sua ausência. Mostra-nos que todas as nossas ações falam por elas próprias, ou seja: se eu trabalhar de verdade para Deus os talentos se multiplicarão e a recompensa pela fidelidade é a mesma para todos. A cada servo de Deus é dada a mesma salvação, a mesma Palavra, o mesmo Espírito, sem falar dos variados dons dispensados a cada um.

Contudo, nem todos têm o mesmo zelo em aplicar no serviço para glória de seu Mestre ausente. Pois o segredo do serviço é o amor por Aquele a quem servimos. Quanto maior o amor, maior será a doação. O terceiro servo considerava seu senhor rigoroso e severo, pois tinha medo e não trabalhou para ele. Este servo representa todos nós que achamos que estamos dando frutos quando na verdade estamos engavetando nosso talento, e estes nos será tirado, pois não os exercitamos.

Pode infelizmente ocorrer que até mesmo os verdadeiros filhos de Deus aceitem os dons e se neguem a se dedicar ao serviço. Frustram assim os desejos do Senhor e, por fim, privam a si mesmos do fruto que Ele gostaria de ter gozado junto.

E quando pedimos ao senhor para trabalharmos com ele, ou melhor, quando o senhor nos escolhe para trabalhar com ele, nos capacita através de seu Espírito Santo. É na aquisição do Espírito Santo que consiste o verdadeiro objetivo da nossa vida cristã. Para muita gente, o objetivo da vida consiste na aquisição de dinheiro, no ganho. Além disso, os nobres desejam adquirir honras e outras recompensas concedidas por serviços prestados

A aquisição do Espírito Santo é também um capital, mas um capital eterno, fonte de graças. Nosso Senhor Jesus Cristo, compara a nossa vida a um mercado e a nossa atividade na terra a um comércio.

Ele recomenda a todos: "Façam render até que eu volte" Por outras palavras: apressai-vos para obterdes bens celestes, buscai sem cessar as coisas do alto para que assim consiga ouvir de Deus: servo bom e fiel.

Paz e bem!


Renato e Eloneide
Leia Mais

Evangelho do Dia - Lucas 19,1-10


— O Senhor esteja conosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Lucas.
— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 1Jesus tinha entrado em Jericó e estava atravessando a cidade. 2Havia ali um homem chamado Zaqueu, que era chefe dos cobradores de impostos e muito rico.3Zaqueu procurava ver quem era Jesus, mas não conseguia, por causa da multidão, pois era muito baixo. 4Então ele correu à frente e subiu numa figueira para ver Jesus, que devia passar por ali. 5Quando Jesus chegou ao lugar, olhou para cima e disse: “Zaqueu, desce depressa! Hoje eu devo ficar na tua casa”. 6Ele desceu depressa, e recebeu Jesus com alegria. 7Ao ver isso, todos começaram a murmurar, dizendo: “Ele foi hospedar-se na casa de um pecador!” 8Zaqueu ficou de pé, e disse ao Senhor: “Senhor, eu dou a metade dos meus bens aos pobres, e se defraudei alguém, vou devolver quatro vezes mais”.
9Jesus lhe disse: “Hoje a salvação entrou nesta casa, porque também este homem é um filho de Abraão. 10Com efeito, o Filho do Homem veio procurar e salvar o que estava perdido”.


- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.


Leia Mais

Como Zaqueu


 

"Como Zaqueu, quero subir o mais alto que eu puder"

O Brasil inteiro tem cantado essa música que, inspirada pelo Espírito Santo, tem sido instrumento de Deus para transformação de muitas pessoas.

Em muitos casos, pessoas que nunca deram tanta atenção para o Senhor. Pessoas que passaram a vida inteira duvidando da ação reveladora e curadora do Paráclito. Pessoas que muitas vezes já até blasfemaram contra a ação divina, imaginando e julgando que momentos íntimos de oração, em que curas físicas e espirituais acontecem, assim como revelações e curas de doenças da alma (como a falta de perdão) fossem apenas ações de charlatões, para atrair pessoas simples para as igrejas...

Falo isso, como uma dessas pessoas, pois eu mesmo não acreditava que, de fato, Deus poderia mostrar segredos que eram só meus para outras pessoas, que eu nunca havia tido contato algum.
Foi num retiro espiritual de jovens, em janeiro de 1996, que vivi minha primeira experiência com o Espírito Santo. E tive essa graça através de uma pregação extremamente ungida, sobre a passagem de hoje.


É motivo de muita alegria para mim poder relembrar aquele final de semana em tão poucas linhas...

Naquele tempo o Regis Danese nem sonhava em ser servo de Jesus, tenho certeza disso. Provavelmente estava em algum serviço do SPC. Eu, desiludido de muitas coisas da minha vida, em um lugar estranho, com muita gente estranha, ouvindo pregações e momentos de oração que falavam de um Jesus bem diferente do que o que até então eu conhecia... Ele estava e permanecia ao meu lado, para me ajudar sempre que precisasse.
 
Porém, era necessário eu passar por cima de muitos obstáculos que me impediam de experimentar momentos de intimidade com o Senhor. Pareciam que esses obstáculos se tratavam de coisas normais, que todas as pessoas viviam... e, de fato, para quem seguia metodicamente tudo o que as pessoas, as comunidades ao redor, as novelas, os filmes e as músicas ditavam, tratavam-se, sim, de coisas muito corriqueiras na vida de qualquer pessoa.
 
Esse era o problema... poderiam até parecerem coisas normais, porém, não eram de maneira alguma naturais de quem quisesse viver como filho de Deus e ser um verdadeiro cristão...

Era necessário romper com a falta de perdão, com o orgulho, o individualismo, com toda espécie de mentira, tirar a malícia do olhar e do coração, e procurar viver uma vida em que o principal fosse proporcionar alegria aos outros.
 
Sim, "como Zaqueu", era necessário subir o mais alto que pudesse para conseguir avistar o Senhor, para conseguir trazê-lo para dentro da casa do meu coração...

E esse é também o convite para você hoje... é necessário analisarmos e pedir que o Espírito Santo nos faça enxergar o que realmente é necessário que passemos por cima e que deixemos para trás, como ações de uma vida que não conhecia verdadeiramente Jesus.

Infelizmente, muitas das coisas que nos são empurradas garganta abaixo pela televisão e mídia em geral não servem para quem busca intimidade com Deus. É necessário colocarmos peneiras em nossos olhos, em nossos ouvidos e, até mesmo, em nossa boca para evitar que vivemos de escorregão em escorregão e isso diz respeito, também, àqueles sites, chats e filmes impróprios para menores de 18 anos que, de vez em quando, muitos dos que se dizem cristãos acabam se envolvendo.
 
Que o Espírito Santo possa revelar em seu coração o que é necessário mudar, nesse dia de hoje, para que Jesus possa entrar definitivamente em sua casa e levar a salvação para dentro dela.
 
Grande abraço fraternal,


Márcio Gomes Pacheco
Leia Mais

Evangelho do Dia - Lucas 18,35-43

— O Senhor esteja conosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Lucas.
— Glória a vós, Senhor.

35Quando Jesus se aproximava de Jericó, um cego estava sentado à beira do caminho, pedindo esmolas. 36Ouvindo a multidão passar, ele perguntou o que estava acontecendo.37Disseram-lhe que Jesus Nazareno estava passando por ali. 38Então o cego gritou: “Jesus, filho de Davi, tem piedade de mim!” 39As pessoas que iam na frente mandavam que ele ficasse calado. Mas ele gritava mais ainda: “Filho de Davi, tem piedade de mim!”40Jesus parou e mandou que levassem o cego até ele. Quando o cego chegou perto, Jesus perguntou: 41“Que queres que eu faça por ti?” O cego respondeu: “Senhor, eu quero enxergar de novo”. 42Jesus disse: “Enxerga, pois, de novo. A tua fé te salvou”. 43No mesmo instante, o cego começou a ver de novo e seguia Jesus, glorificando a Deus. Vendo isso, todo o povo deu louvores a Deus.


- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.
Leia Mais

Não Deixe que o Pecado te Cegue


Irmãos, imaginemos o tamanho da solidão daquele cego. O vazio que perturbava sua alma, por não poder perceber o mundo pelos olhos e também não ter ninguém que olhasse por ele. Somente a partir do olhar de Jesus, que parou a mutidão para atendê-lo, ele pôde notar que o no mundo sofremos aflições, mas existe um amor supremo e maior, que nos alimenta, nos consola.

E o cego percebendo que a luz radiante de bençãos passava por ele, não se conteve e se pôs a gritar por Jesus. Acreditamos que o grito de desespero que o cego deu, veio junto com a dor de não ter tido até então alegria maior que aquela que ele sentiu. O grito do cego de Jericó foi, com certeza, a demonstração de alívio que este sentiu por ter por perto o Senhor Deus.

Jesus, mais uma vez queridos, nos dá o exemplo de amor, de compaixão, de atenção para com aqueles que precisam. Ele simplesmente podia ter seguido seu caminho, já que é o Rei dos Reis, mas não o fez. Preferiu escutar o que tinha a dizer aquele pobre cego.

E você, tem gritado para Jesus o que precisa? Quantos de nós irmãos, sentindo o vazio, a solidão que nos dói, não abrimos nossa boca e não chamamos a atenção daquele que vem pra nos salvar?

Irmãos, somos hoje convidados a abraçar esse nosso Senhor que nos ama. Somente Ele, queridos, pode nos dar o que precisamos. Somente Ele pode curar nossas maiores doenças.

Por isso irmãos não deixemos a oportunidade de sentir Jesus passar por nós e não chamarmos sua atenção pra viver conosco. Se precisar gritar, então grite, mas não deixe a graça passar, não deixe o Senhor Deus ficar afastado de ti, por conta de seus pecados que te cegam. Qual é a cegueira que hoje lhe perturba?

Falemos com o Senhor e esperemos Ele alegremente, porque Ele virá e nos fará os milagres que precisamos para que tenhamos uma vida, como Ele mesmo prometeu, em abundância.


Klênia e Marcos.
Leia Mais

Evangelho do Dia -

— O Senhor esteja conosco!
— Ele está no meio de nós!
— PROCLAMAÇÃO do Evangelho de Jesus Cristo, + segundo Marcos.
— Glória a vós, Senhor!

Naquele tempo, Jesus disse a seus discípulos:
24“Naqueles dias, depois da grande tribulação, o sol vai se escurecer, e a lua não brilhará mais, 25as estrelas começarão a cair do céu e as forças do céu serão abaladas.
26Então vereis o Filho do Homem vindo nas nuvens com grande poder e glória. 27Ele enviará os anjos aos quatro cantos da terra e reunirá os eleitos de Deus, de uma extremidade à outra da terra.
28Aprendei, pois, da figueira esta parábola: quando seus ramos ficam verdes e as folhas começam a brotar, sabeis que o verão está perto. 29Assim também, quando virdes acontecer essas coisas, ficai sabendo que o Filho do Homem está próximo, às portas.
30Em verdade vos digo, esta geração não passará até que tudo isto aconteça. 31O céu e a terra passarão, mas as minhas palavras não passarão. 32Quanto àquele dia e hora, ninguém sabe, nem os anjos do céu, nem o Filho, mas somente o Pai”.

- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.

Leia Mais

Evangelho do Dia - Lucas 18,1-8

— O Senhor esteja conosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Lucas.
— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 1Jesus contou aos discípulos uma parábola, para mostrar-lhes a necessidade de rezar sempre, e nunca desistir, dizendo: 2“Numa cidade havia um juiz que não temia a Deus, e não respeitava homem algum. 3Na mesma cidade havia uma viúva, que vinha à procura do juiz, pedindo: ‘Faze-me justiça contra o meu adversário!’ 4Durante muito tempo, o juiz se recusou. Por fim, ele pensou: ‘Eu não temo a Deus, e não respeito homem algum. 5Mas esta viúva já me está aborrecendo. Vou fazer-lhe justiça, para que ela não venha agredir-me!’” 6E o Senhor acrescentou: “Escutai o que diz este juiz injusto. 7E Deus, não fará justiça aos seus escolhidos, que dia e noite gritam por ele? Será que vai fazê-los esperar? 8Eu vos digo que Deus lhes fará justiça bem depressa. Mas o Filho do homem, quando vier, será que ainda vai encontrar fé sobre a terra?”


- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.

Leia Mais

Faça da Sua Vida uma Vida de Oração e Adoração a Deus




Bom dia amigos!

Nesse sábado Jesus nos fala do poder da oração em nossas vidas. A oração deve ser a atividade mais natural do mundo, o mesmo que conversar com um amigo no qual se confia .Orar é conversar com Deus e dizer-lhe que O amamos. É colocar Deus, conscientemente , em tudo o que fazemos, em todos os problemas, em todas as alegrias de nossas vidas . Não é só quando estamos em aflição que devemos orar. Orar é agradecer a Deus e dando-Lhe graças por tudo quanto Ele permite que nos aconteça. Nós sabemos que todas as coisas contribuirão para o nosso bem. Quer nas situações difíceis, quer nas coisas fáceis, devemos sempre buscar ao Senhor em oração.

Jesus ensina aos discípulos que se “deve rezar sempre e nunca desistir de rezar”. Ele toma esse ensinamento de sua própria vida. A oração Lhe brotava dos lábios como uma fonte. Para explicar esse ensinamento, Jesus conta a parábola da viúva que ia continuamente ao juiz pedindo justiça. Consegue mais pela insistência do que pelo argumento. Com essa parábola Jesus assegura que Deus vai ouvir sempre, muito mais do que um juiz que se sente importunado, pois Ele está falando com seus filhos.

Jesus dá uma lição clara - se até um juiz injusto atende aos pedidos insistentes da viúva, quanto mais Deus vai atender os pedidos daqueles que ele ama! Se a persistência da viúva alcança o seu objetivo, quanto mais a oração persistente de um filho, diante dum Deus gracioso? “E Deus não fará justiça aos seus escolhidos, que dia e noite gritam por ele? Será que vai fazê-los esperar? Eu lhes digo que Deus fará justiça para eles, e bem depressa.”

O Filho do Homem, quando vier, será que vai encontrar a fé sobre a terra?” O problema não é Deus, mas nós. Será que os discípulos de Jesus ficarão fiéis a ele durante a longa espera até a sua segunda vinda? Para que tenhamos forças para vencer, então é necessário que rezemos constantemente e com fé. Essa mesma idéia se faz presente no fim da Oração do Senhor: “Não nos deixes cair em Tentação” (Lc 11,4). Lá também, Jesus ensinou que a comunidade deve pedir o dom da fé e da perseverança, para não desanimar diante dos problemas da vida.

Que Deus inunde nosso coração com seu Santo Espírito


Sueleide Assis

Leia Mais

Evangelho do Dia - Lucas 17,26-37

— O Senhor esteja conosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Lucas.
— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos: 26“Como aconteceu nos dias de Noé, assim também acontecerá nos dias do Filho do Homem. 27Eles comiam, bebiam, casavam-se e se davam em casamento, até o dia em que Noé entrou na arca. Então chegou o dilúvio e fez morrer todos eles. 28Acontecerá como nos dias de Ló: comiam e bebiam, compravam e vendiam, plantavam e construíam. 29Mas no dia em que Ló saiu de Sodoma, Deus fez chover fogo e enxofre do céu e fez morrer todos. 30O mesmo acontecerá no dia em que o Filho do Homem for revelado. 31Nesse dia, quem estiver no terraço, não desça para apanhar os bens que estão em sua casa. E quem estiver nos campos não volte para trás. 32Lembrai-vos da mulher de Ló. 33Quem procura ganhar a sua vida vai perdê-la; e quem a perde vai conservá-la. 34Eu vos digo: nesta noite, dois estarão numa cama; um será tomado e o outro será deixado. 35Duas mulheres estarão moendo juntas; uma será tomada e a outra será deixada. 36Dois homens estarão no campo; um será levado e o outro será deixado”. 37Os discípulos perguntaram: “Senhor, onde acontecerá isso?” Jesus respondeu: “Onde estiver o cadáver, aí se reunirão os abutres”.


- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.

Leia Mais

O caminho certo


Bom dia, queridos irmãos!

Excelente sexta-feira a todos vocês... e que a paz de Jesus esteja com cada um de nós.

Jesus vem, no Evangelho de hoje, mais uma vez, avisar-nos que Sua vinda está próxima. Quer que nos preparemos para Sua vinda gloriosa. Deus quer que aproveitemos melhor a nossa vida. Mas talvez o "melhor" que nós acreditamos aproveitar, não seja o mesmo que Deus quer que aconteça. Por isso que temos a bíblia; por isso que foi criado este site que graças à Deus tem crescido a cada dia mais.

Quais seriam os bons frutos que apresentaríamos a Jesus, se Ele voltasse amanhã? Qual seria o julgamento que Ele faria de nós? Temos pensado nisso no decorrer de nossas vidas? Acho que não. E é por isso que o Evangelho vem trazer esta mensagem. Para que possamos escolher o caminho certo, que é o caminho de Deus.

"Quem procura ganhar a sua vida vai perdê-la; e quem a perde vai conservá-la"

Nesse trecho se resume um conselho que Jesus nos dá, em como devemos viver. No mundo de hoje, para muitos, ganhar a vida é ter muito dinheiro e aproveitar os prazeres mundanos. E aqueles que dedicam suas vidas a Deus, aos olhos do mundo, está perdendo sua vida. Pois Deus disse que quem perde sua vida para buscá-lo vai conservá-la. Ganhar a vida de verdade é seguir Jesus.

Que a partir de hoje possamos aproveitar melhor nossas vidas, fazendo a coisa certa; talvez para alguns, perdendo o lado bom da vida, mas para Deus, fazendo a coisa certa. Não podemos dar ouvidos pra quem vai criticar nossa opção de ser um cristão atuante que se entrega a Deus. Nosso Pai Celestial sabe o que faz, e nós também temos que fazer nossa parte seguindo-O. Ele é o caminho certo.

Um grande abraço a todos vocês!

E que Deus abençoe a todos nós!

Cinthya Cardoso de Araújo
Leia Mais

Evangelho do Dia - Lucas 17,20-25

— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Lucas.
— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 20os fariseus perguntaram a Jesus sobre o momento em que chegaria o Reino de Deus. Jesus respondeu: “O Reino de Deus não vem ostensivamente. 21Nem se poderá dizer: ‘Está aqui’ ou ‘Está ali’, porque o Reino de Deus está entre vós”.
22E Jesus disse aos discípulos: “Dias virão em que desejareis ver um só dia do Filho do Homem e não podereis ver. 23As pessoas vos dirão: ‘Ele está ali’ ou ‘Ele está aqui’. Não deveis ir, nem correr atrás. 24Pois, como o relâmpago brilha de um lado até o outro do céu, assim também será o Filho do Homem, no seu dia. 25Antes, porém, ele deverá sofrer muito e ser rejeitado por esta geração”.


- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.
Leia Mais

Onde está o Reino de Deus?




Muito bom dia, meus amigos!

Novamente, é com grande alegria que estou aqui para refletir com vocês o Evangelho de quinta-feira. Espero muito, de coração, que todos vocês se entreguem cada vez mais às mensagens do Senhor, refletindo e orando.

A mensagem de Jesus para nós hoje é muuuito linda e profunda. Jesus, na sua bondade infinita, vem nos dizer que o Reino de Deus está dentro de nós. É isso mesmo, o Reino de Deus está em mim, está em você, na sua família, nos seus amigos. Jesus nos mostra claramente que o Reino de Deus está dentro de cada homem e mulher que ouve e atende as vontades do Pai com humildade e sabedoria.

Jesus diz: “O Reino de Deus não vem ostensivamente.” O que seria isso? Vir ostensivamente seria um ato feito com exibição, com luxúria, com soberba. Muito ao contrário, o Reino de Deus está naquilo que é simples, brando, sensível. Todos nós sabemos que Jesus deseja de nós um coração manso e humilde e que seja a sua imagem e semelhança. Sendo assim, basta que tenhamos o próprio Jesus em nós que o Reino de Deus estará acontecendo aqui na Terra.

O Reino do Céu consiste na alegria, na paz e no amor, que são características provenientes do Espírito Santo. Uma vez que clamo o Espírito com autoridade de filho de Deus, me encho d’Ele e realizo os projetos Divinos na minha vida e na vida dos meus irmãos. Assim, estarei colaborando para a obra do Reino do Amor aqui na Terra.

Infelizmente, muitas vezes nos prendemos em grandes milagres, grandes curas, grandes libertações, fazendo com que nossos olhos fiquem néscios diante da grandeza e da sutileza do Senhor. Para que eu encontre a presença de Jesus, as manifestações de Jesus, basta apenas olhar para dentro de mim mesmo e encontrar amor, e a partir deste encontro, permitir que esse amor aja por mim.

Se não conseguirmos ver Jesus dentro de nós, fora é que nunca O encontraremos. Nós somos moradas do Senhor, por isso temos que buscar cada vez mais sermos seres espirituais, que ajam conforme o Espírito, e não conforme a carne. Assim, a presença do outro na minha vida, as diversas manifestações serão apenas confirmações da presença e do amor pleno de Deus por mim. O Reino de Deus é um estado de Espírito que se encontra em nosso interior, pois somos batizados e dotados desse lindo Espírito. Portanto, deve ser vivenciado por nós a todo o momento, desde já, em todos os lugares.

Que tenhamos, então, a humildade e o desejo de clamarmos o Espírito Santo, para que sejamos conduzidos por Ele, realizando o Reino de Deus aqui na Terra. Que nossos atos sejam fundamentados no amor e na sensibilidade do Espírito. Que nossos corações se inflamem da presença de Jesus, que já se encontra em nós, independentemente das nossas percepções. Amém.

Paz de Jesus a todos.



Monike Stival Martins
Leia Mais

Evangelho do dia - Lucas 17, 11-19

— O Senhor esteja conosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Lucas.
— Glória a vós, Senhor.

11Aconteceu que, caminhando para Jerusalém, Jesus passava entre a Samaria e a Galiléia. 12Quando estava para entrar num povoado, dez leprosos vieram a seu encontro. Pararam à distância, 13e gritaram: “Jesus, Mestre, tem compaixão de nós!” 14Ao vê-los, Jesus disse: “Ide apresentar-vos aos sacerdotes”.
Enquanto caminhavam, aconteceu que ficaram curados. 15Um deles, ao perceber que estava curado, voltou glorificando a Deus em alta voz; 16atirou-se aos pés de Jesus, com o rosto por terra, e lhe agradeceu. E este era um sama­ritano.
17Então Jesus lhe perguntou: “Não foram dez os curados? E os outros nove, onde estão? 18Não houve quem voltasse para dar glória a Deus, a não ser este estrangeiro?” 19E disse-lhe: “Levanta-te e vai! Tua fé te salvou”.


- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.
Leia Mais

Saber Agradecer a Deus!


 
Paz e fogo a todos!

Fico imaginando onde ou como se deu a cura dos dez leprosos, pois Jesus disse: “Ide apresentar-vos aos sacerdotes”.

E quando um percebeu que estava curado voltou logo pra agradecer. Será que só ele percebeu que tinha sido curado? Não, tenho certeza que foi a maior festa entre os dez. E porque é que só um veio agradecer a Jesus? E ainda observamos que foi um samaritano ou, como disse Jesus, um estrangeiro. Há algo de muito intrigante nesta passagem...

Amados, é uma questão difícil de responder, pois só Deus é capaz de sondar nossos corações e saber realmente da nossa essência, do que somos feitos ou quais os sentimentos são verdadeiros em nós.

Penso que somente aquele samaritano foi curado realmente, por dentro e por fora. Podemos ver que Jesus disse para ele: tua fé te salvou, pois ele já tinha sido curado junto com os outros nove, agora ele foi salvo por saber agradecer e, realmente, viver uma experiência íntima e profunda com Jesus.

Aqui entramos no verdadeiro sentido de nossa vida: Saber agradecer a Deus. Devemos saber louvar ao Senhor, não só quando somos curados, mas agradecer, dar graça em todas as circunstâncias.

É fácil agradecer quando acontece algo de bom, mas nem todos sabem agradecer. Isso se vê claramente neste trecho do evangelho. Queria então fazer outra pergunta: Quantas vezes Jesus passeou na sua história de vida te curando e ajudando e você sequer percebeu a sua presença?

Quantas e quantas vezes falamos que Jesus nos abandonou... Posso falar por mim, pois já o fiz várias vezes, apontando o dedo no nariz de Deus e o acusando de ter me abandonado nas horas difíceis, nos momentos de solidão.

Fico pensando como Jesus é paciente e misericordioso, pois nunca nos abandona. Pelo contrário, fica cada vez mais perto. E é tão perto que pensamos estar sozinhos, quando na verdade estamos sendo carregados por ele.

Uma das passagens que mais tenho rezado e tentado entender é Rom 8,28.

”Aliás, sabemos que todas as coisas concorrem para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são os eleitos, segundo os seus desígnios”.

Pois não sabemos discernir o que realmente é bom para nós. Temos uma visão embaçada da verdade e se não pedirmos a ajuda de Deus e não soubermos agradecer mesmo por aquelas situações que parecem ser ruins, não teremos forças para sermos curados pela nossa fé em Jesus.

Vejo hoje tanta gente sair da igreja porque não foi visitada, por não concordar com o que pede a santa igreja ou porque está passando adversidades e pensa que em outro lugar vão encontrar todas as respostas para seus problemas.

Sabemos que o dom de Deus é gratuito por isso temos que saber agradecer.

“Mesmo na tempestade, mesmo que se agite o mar. Te louvo em verdade...”

Eugenio Jorge canta essa música e nos faz agradecer a Deus em todas as circunstâncias de nossa vida. Sejamos como o samaritano que sabe agradecer e que sabe amar o seu semelhante. Aliás, não é intrigante quando vemos em Lc 10,33 um samaritano sendo canal de graça para um homem que foi assaltado e nesta passagem novamente o samaritano mostra ser um homem de fé.

Então, podemos, no mínimo, querer ser como esses samaritanos apresentados hoje,que apesar de serem descriminados por serem estrangeiros e inimigos dos Judeus, vivem a fé.

Paz e Bem!



Renato e Eloneide.
Leia Mais

Evangelho do Dia - Lucas 17,7-10

— O Senhor esteja conosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Lucas.
— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, disse Jesus: 7“Se algum de vós tem um empregado que trabalha a terra ou cuida dos animais, por acaso vai dizer-lhe, quando ele volta do campo: ‘Vem depressa para a mesa?’ 8Pelo contrário, não vai dizer ao empregado: ‘Prepara-me o jantar, cinge-te e serve-me, enquanto eu como e bebo; depois disso poderás comer e beber?’ 9Será que vai agradecer ao empregado, porque fez o que lhe havia mandado? 10Assim também vós: quando tiverdes feito tudo o que vos mandaram, dizei: ‘Somos servos inúteis; fizemos o que devíamos fazer’”.


- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.
Leia Mais

Servos Inúteis



Muito bom dia, meus amigos!

Acredito que já tenham lido o evangelho de hoje antes de terem vindo a esse post, ler a reflexão. Se não o fizeram ainda, por favor, não continuem, pois a leitura prévia da passagem de hoje é imprescindível!

A passagem de hoje parece ser um pouco pesada, né, pessoal? Porém, o leitor mais atento e que possui vida de oração pessoal mais ativa, certamente conseguiu entender a mensagem de Jesus, para aqueles que pretendem ou que já experimentam uma vida de servidão, em busca da edificação do reino de Deus no meio de nós.

Em outros diálogos nossos, aqui na Boa Semente, falamos sobre as diferenças entre ser discípulo e ser apóstolo e, em outro artigo, refletimos sobre o chamado de Deus para nós.

Hoje, queremos aprofundar mais nesse tema de sermos servos do Senhor, falando sobre algo muito sério: ser servo não é possuir título de nobreza ou coisa parecida!

Infelizmente, existe entre os chamados servos de grupos de oração, de comunidades e de vários outros segmentos da igreja, pessoas que se infiltram na equipe de trabalho muito mais para aparecer do que para qualquer outro motivo. São pessoas que querem, a todo custo, serem reconhecidas pelos trabalhos que desenvolvem e, dificilmente, separam algum tempo de seu dia para se prostrar aos pés de Jesus.

O perigo mora aí, meus amigos, pois tais pessoas dificilmente tem alguma coisa a oferecer além da vaidade, do orgulho e do vazio que trazem em seus interiores!

Quando uma pessoa vive seu encontro pessoal com Jesus é impossível que sua vida continue a mesma! É impossível encontrar Jesus e não ser curado, não ter suas cicatrizes restauradas! A gratidão da pessoa é tão grande, tão transbordande que a única coisa que se pensa em fazer é transmitir ao mundo inteiro tamanha graça que recebera.

O que mostra tal sinceridade e gratidão é que pessoas assim se dão, gratuitamente, pela edificação do reindo de Deus. Não esperam nada em troca e, muito menos, esperam ser colocadas em pedestais para serem reconhecidas por suas ações, a exemplo do que São Paulo nos fala em sua carta aos coríntios, ao dizer que o amor nunca busca seus próprios interesses.

Portanto, meus amigos, o que venho exortar hoje é para que olhem para dentro de seus próprios corações: existe algum interesse particular seu quando você se coloca a serviço de seu grupo de oração, de sua comunidade? Você realmente experimentou um encontro pessoal, íntimo e profundo com Jesus? Você se doa sem querer nada em troca, sem querer a satisfação de sua vaidade ou de seu orgulho?

Ser servo é se doar gratuitamente. Sendo assim, quando Jesus fala que somos apenas servos inúteis, que nós simplesmente fazemos o que devemos fazer


Márcio Gomes Pacheco
Leia Mais

Evangelho do Dia - João 2,13-22

— O Senhor esteja conosco!
— Ele está no meio de nós!
— PROCLAMAÇÃO do Evangelho de Jesus Cristo, + segundo João.
— Glória a vós, Senhor!

13Estava próxima a Páscoa dos judeus e Jesus subiu a Jerusalém. 14No Templo, encontrou os vendedores de bois, ovelhas e pombas e os cambistas que estavam aí sentados. 15Fez então um chicote de cordas e expulsou todos do Templo, junto com as ovelhas e os bois; espalhou as moedas e derrubou as mesas dos cambistas. 16E disse aos que vendiam pombas: “Tirai isto daqui! Não façais da casa de meu Pai uma casa de comércio!” 17Seus discípulos lembraram-se, mais tarde, que a Escritura diz: “O zelo por tua casa me consumirá”. 18Então os judeus perguntaram a Jesus: “Que sinal nos mostras para agir assim?” 19Ele respondeu: “Destruí este Templo, e em três dias o levantarei”. 20Os Judeus disseram: “Quarenta e seis anos foram precisos para a construção deste santuário e tu o levantarás em três dias?” 21Mas Jesus estava falando do Templo do seu corpo. 22Quando Jesus ressuscitou, os discípulos lembraram-se do que ele tinha dito e acreditaram na Escritura e na palavra dele.


- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.
Leia Mais

Ter Zelo Pelo Que é do Pai!



Bom dia, irmãos em Cristo Jesus!

Primeiramente, invoquemos a graça e a paz, a sabedoria e o discernimento do Espírito Santo de Deus sobre todos nós para que juntos saibamos acolher o que Deus nos fala através de seu evangelho hoje.

Jesus se colocou no meio de nós, igual a nós, menos no pecado. Ele, nessa palavra, se fez gente como nós, explosivo, que se descarrega com alguma situação, pra ficar claro que o que ofende ao Pai, o que está contra as bençãos do Senhor, deve ser banido, deve ser abolido em nossa vida.

Quando Jesus diz que "o zelo o consumirá", ele está querendo nos dizer que devemos nós também, como Ele, nos consumir de zelo por Deus, pela obra divina, pelo amor que ele nos propõe, pelo dom da vida que dá todos os dias para nós, seus filhos. O zelo, irmãos queridos, é o cuidar daquilo que Deus nos confia, e, sobretudo as coisas do alto, e aí envolve o Espírito Santo Dele, que Ele mesmo nos dá. Devemos ter zelo com nosso corpo, zelo com nossa alma, zelo com todos os nossos, para que com amor saibamos cuidar daquilo que nos é dado, para com carinho, cuidar e fazer retidão divina sobre tudo que foi a nós confiado.

Peçamos, então, ao Senhor que consigamos seguir seus passos, seus exemplos e suas atitudes concretas de vida no Espírito Santo, porque se nós não conservamos e cultivarmos da melhor maneira, com a graça do Espírito Santo de Deus tudo que o Senhor nos dispõe, não poderemos junto com Ele gozarmos da ressurreição. Se com Ele vivemos, se com Ele morremos, com Ele também ressuscitaremos.

O próprio Senhor prometeu que em três dias construiria o templo de Deus, assim também acontecerá conosco se conseguirmos ter esse Zelo que consome pelo Deus Vivo e Verdadeiro, ressuscitaremos no dia do juízo final para a vida eterna...

Paz e bem...



Klênia e Marcos
Leia Mais

Evangelho do dia - Marcos 12, 28-44

— O Senhor esteja conosco!
— Ele está no meio de nós.
— PROCLAMAÇÃO do Evangelho de Jesus Cristo, + segundo Marcos.
— Glória a vós, Senhor!

Naquele tempo, 38Jesus dizia, no seu ensinamento a uma grande multidão: “Tomai cuidado com os doutores da Lei! Eles gostam de andar com roupas vistosas, de ser cumprimentados nas praças públicas; 39gostam das primeiras cadeiras nas sinagogas e dos melhores lugares nos banquetes. 40Eles devoram as casas das viúvas, fingindo fazer longas orações. Por isso eles receberão a pior condenação”.
41Jesus estava sentado no Templo, diante do cofre das esmolas, e observava como a multidão depositava suas moedas no cofre. Muitos ricos depositavam grandes quantias.
42Então chegou uma pobre viúva que deu duas pequenas moedas, que não valiam quase nada.
43Jesus chamou os discípulos e disse: “Em verdade vos digo, esta pobre viúva deu mais do que todos os outros que ofereceram esmolas. 44Todos deram do que tinham de sobra, enquanto ela, na sua pobreza, ofereceu tudo aquilo que possuía para viver”.
Leia Mais

Postagens mais visitadas

Ouça a Rádio Canção Nova



Seguidores

 

Sobre A Boa Semente!

A Boa Semente foi fundada em 2007. É uma criação do Grupo de Oração Semeador, da Renovação Carismática Católica da cidade de Inhumas GO. É um instrumento de evangelização sem fins lucrativos.

Sua principal missão é semear a Boa Semente através de reflexões diárias do evangelho. Você também pode fazer parte dessa família, entre em contato conosco e saiba como!

Os artigos são de responsabilidade de seus respectivos autores.

Deus te abençoe sempre!

Visite Meu Canto Secreto e descubra mais sobre o autor desse instrumento de evangelização. Mais uma criação Vocenanet.com VCN