Ocorreu um erro neste gadget

Evangelho do Dia - Mateus 8,23-27

— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Mateus.
— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 23Jesus entrou na barca, e seus discípulos o acompanharam. 24E eis que houve uma grande tempestade no mar, de modo que a barca estava sendo coberta pelas ondas. Jesus, porém, dormia.
25Os discípulos aproximaram-se e o acordaram, dizendo: “Senhor, salva-nos, pois estamos perecendo!” 26Jesus respondeu: “Por que tendes tanto medo, homens fracos na fé?” Então, levantando-se, ameaçou os ventos e o mar, e fez-se uma grande calmaria.27Os homens ficaram admirados e diziam: “Quem é este homem, que até os ventos e o mar lhe obedecem?”

- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.

Leia Mais

Jesus tem poder sobre a natureza


O evangelho de hoje (Mateus 8, 23-27) mostra um episódio muito conhecido: Jesus revela seu poder sobre a natureza. Apesar de causar assombro ou mesmo parecer uma alegoria não podemos negar este episódio. Há poucos dias escutei um padre em sua homilia utilizar os seguintes termos: "se realmente aconteceu assim [...] se não aconteceu o que importa é que [...]". Fiquei um pouco decepcionado com isto... Não quero dizer que este padre estivesse errado em dizer isto, inclusive acredito que este tenha sido um esforço (equivocado) para tornar "aceitáveis" algumas realidades extraordinárias ao nosso entendimento, ou fruto de estudos de teologia não muito boa (bem esta é minha opinião de leigo), ou ainda (o mais provável) ele não tenha se dado conta das conseqüências de sua afirmação. O que quero partilhar com todos leitores é que Jesus é Deus e como tal tem poder sobre a criação.

Esta cena é um prefácio do plano de amor de Deus por nós: primeiro Jesus revela seu poder divino - somente Deus pode criar algo do nada - ao multiplicar pães e peixes. Mostra seu poder divino ao transformar água em vinho, ao ordenar que os ventos e o mar se acalmem. Depois, ele institui sua presença contínua e salvífica em nosso mundo por meio do sacramento da Eucaristia.

Quando anda sobre as águas, quando ordena sobre o mar e os ventos e estes obedecem Jesus nos mostra claramente que Ele tem poder sobre seu corpo e sobre a natureza. Ao transformar água em vinho, ao multiplicar pães, o Senhor já dá indícios da importância destes elementos.

Tudo isso faz constar que Jesus sendo Deus pode tudo, e mais, que Ele ao instituir a Eucaristia tem o poder de transformar o pão e o vinho no seu corpo e sangue.

Não podemos nos dar ao luxo de ficar duvidando da bíblia somente porque não compreendemos, é preciso estudá-la, compreender seu contexto, seu ensinamento moral, mas não é admissível considerar tudo alegoria e querer ficar apenas com a mensagem moral sob pena de cairmos em erros como tornar a mensagem subjetiva, intimista, sem efeito prático ou pior: negar a verdade que Deus revelou!

Assim o caminho mais seguro é procurar conhecer o que nossa mãe Igreja ensina... Para nós leigos, principalmente por meio do catecismo da igreja católica (um livro que contem um resumo da herança da nossa fé) e por meio do clero. É importante fundamentar nossa fé, sob pena de não termos conhecimento e sermos enganados, envolvidos, ludibriados por outras doutrinas e filosofias espalhadas em nossa sociedade. Temos "que construir a casa sobre a rocha" e não "sobre a areia", ou seja, temos que aprender sobre a fé. E isso só é possível com o auxílio do Espírito Santo e da Santa mãe Igreja Católica.

Por fim, temos um aspecto prático a observar neste evangelho: o Senhor não nos abandona e nada é impossível a Ele. Sendo assim, sejam quais forem nossas dificuldades Ele tem o poder de nos salvar. Precisamos confiar e pedir auxílio a Jesus, é necessário orar...

Louvado seja nosso Senhor Jesus Cristo!

Rafael Simões
Leia Mais

Evangelho do Dia - Mateus 8,18-22

— O Senhor esteja conosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Mateus.
— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 18vendo uma multidão ao seu redor, Jesus mandou passar para a outra margem do lago. 19Então um mestre da Lei aproximou-se e disse: “Mestre, eu te seguirei aonde quer que tu vás”.
20Jesus lhe respondeu: “As raposas têm suas tocas e as aves dos céus têm seus ninhos; mas o Filho do Homem não tem onde reclinar a cabeça”. 21Um outro dos discípulos disse a Jesus: “Senhor, permite-me que primeiro eu vá sepultar meu pai”. 22Mas Jesus lhe respondeu: “Segue-me, e deixa que os mortos sepultem os seus mortos”.

- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.
Leia Mais

Seguir o Mestre


 

O Senhor hoje vem nos exortar a respeito da prontidão e da renúncia, isto cabe lembrarmos a respeito das próprias palavras do Mestre: “buscai primeiro o Reino de Deus.”

Bom dia, amados! Louvemos ao Senhor por mais esta semana de bênçãos que Ele nos proporciona viver.
 
A prontidão diante do chamado do Senhor é feita de coração e sem a intenção de receber algo em troca, como recompensa. Se entramos para a obra do Pai, que possamos nos sentir comprometidos com a missão. Isto significa, queridos irmãos, que quando Deus nos chama devemos estar preparados, devemos estar com o coração aberto para a obra Dele. Somos humanos, imperfeitos, frágeis, miseráveis, mas devemos entender que o nosso Deus é misericórdia e nos capacita para que, prontos pra servi-Lo, possamos ser canal da graça divina.
  
Por outro lado, se não sabemos com sabedoria discernir a vontade de Deus e renunciarmos aquilo que nos atrapalha de estarmos na presença do Pai, não conseguimos estar a postos ao chamado do Senhor. A renúncia nada mais é do que a abertura do nosso coração à graça maravilhosa de Deus em nós.
  
O Senhor quer precisar de nós na Sua obra, agindo em nosso ser, modificando-nos, purificando-nos através do trabalho de servos. Jesus nos ensina o exemplo da disposição em segui-lo como o citado na passagem do evangelho de hoje: ‘Segue-me e deixa que os mortos enterrem seus mortos’, para nos mostrar que não há tempo propício, ocasião escolhida, mas que todo tempo é tempo de semear, tempo de servir, tempo de ser canal da graça.
   
Que o Senhor nos abençoe e ensine a sempre estarmos prontos ao Seu chamado e a renunciarmos tudo aquilo que nos afasta da Sua graça!!!
  
   

Klênia e Marcos
Leia Mais

Evangelho do Dia - Mateus 16,13-19

— O Senhor esteja convosco!
— Ele está no meio de nós!
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Mateus.
— Glória a vós, Senhor!

Naquele tempo,
13Jesus foi à região de Cesareia de Filipe e ali perguntou aos seus discípulos: “Quem dizem os homens ser o Filho do Homem?”
14Eles responderam: “Alguns dizem que é João Batista; outros que é Elias; outros ainda, que é Jeremias ou algum dos profetas”.
15Então Jesus lhes perguntou: “E vós, quem dizeis que eu sou?”
16Simão Pedro respondeu: “Tu és o Messias, o Filho do Deus vivo”.
17Respondendo, Jesus lhe disse: “Feliz és tu, Simão, filho de Jonas, porque não foi um ser humano que te revelou isso, mas o meu Pai que está no céu. 18Por isso eu te digo que tu és Pedro, e sobre esta pedra construirei a minha Igreja, e o poder do inferno nunca poderá vencê-la.
19Eu te darei as chaves do Reino dos Céus: tudo o que tu ligares na terra será ligado nos céus; tudo o que tu desligares na terra será desligado nos céus”.
 
- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.
Leia Mais

A Profissão de Fé de Pedro



  
O evangelho de hoje mostra o episódio em que Pedro diz a Jesus, quem ele acha que Jesus é. E nós, quem dizemos que é Jesus? Se, como Pedro, acreditamos que Jesus é o Messias, o filho de Deus, temos também o dever de cuidar de nossa igreja.

Bom dia, queridos irmãos!

A paz de Jesus esteja com cada um de nós.

Jesus concede a Pedro o exercício da autoridade sobre a comunidade, autoridade de ensinar e de excluir ou introduzir todas as coisas nela. Para que Pedro possa exercer tal função, a condição fundamental é ele admitir que Jesus não é messias triunfalista e nacionalista, mas o Messias que sofrerá e morrerá na mão das autoridades do seu tempo. E nós também devemos reconhecer tudo isso.

Pedro foi um verdadeiro chefe, porque seguiu os princípios de Cristo; e não o das comunidades que haviam naquela época. Muitos de nós estamos exercendo funções em nossa comunidade; mas estamos seguindo os princípios de Deus, ou os princípios que o mundo prega?

Nós temos “a faca e o queijo” nas mãos. Precisamos seguir os mandamentos de Deus. Mas não só seguir, precisamos acreditar. Não basta seguirmos algo porque é bonito, ou porque os outros também seguem. A fé é essencial. E essa é outra questão a refletir.

Nessa passagem Pedro reconhece em Jesus o Messias, ele não diz isso porque os outros também diziam; ele disse porque acreditava nisso. Nós também dizemos e pregamos que Jesus é o Filho de Deus, é o Messias; mas temos fé nisso? Falar é fácil... Mas Jesus quer que tenhamos a convicção que Pedro tinha.

É muito importante que nós cresçamos em nossa fé. A fé em Deus é a base de tudo. Se acreditarmos Jesus vai nos proporcionar maravilhas e também tarefas, como proporcionou a Pedro.

Bem, vamos então refletir sobre esse Evangelho e seguir o exemplo de Pedro. Vamos agir com seriedade quando se trata das coisas de Deus e ter fé naquilo que fazemos e naquilo que dizemos. Se falarmos que Jesus é o Filho de Deus, precisamos acreditar também pregar.

Um grande abraço a todos.


Cinthya Cardoso de Araújo

Leia Mais

Evangelho do Dia - Mateus 8,5-17

— O Senhor esteja conosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Mateus.
— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 5quando Jesus entrou em Cafarnaum, um oficial romano aproximou-se dele, suplicando: 6“Senhor, o meu empregado está de cama, lá em casa, sofrendo terrivelmente com uma paralisia”.
7Jesus respondeu: “Vou curá-lo”. 8O oficial disse: “Senhor, eu não sou digno de que entres em minha casa. Dize uma só palavra e o meu empregado ficará curado. 9Pois eu também sou subordinado e tenho soldados sob minhas ordens. E digo a um: ‘Vai!’, e ele vai; e a outro: ‘Vem!’, e ele vem; e digo a meu escravo: ‘Faze isto!’, e ele faz”.
10Quando ouviu isso, Jesus ficou admirado, e disse aos que o seguiam: “Em verdade, vos digo: nunca encontrei em Israel alguém que tivesse tanta fé. 11Eu vos digo: muitos virão do Oriente e do Ocidente, se sentarão à mesa no Reino dos Céus, junto com Abraão, Isaac e Jacó, 12enquanto os herdeiros do Reino serão jogados para fora, nas trevas, onde haverá choro e ranger de dentes”.
13Então, Jesus disse ao oficial: “Vai! E seja feito como tu creste”. E, naquela mesma hora, o empregado ficou curado. 14Entrando Jesus na casa de Pedro, viu a sogra dele deitada e com febre. 15Tocou-lhe a mão, e a febre a deixou. Ela se levantou, e pôs-se a servi-lo. 16Quando caiu a tarde, levaram a Jesus muitas pessoas possuídas pelo demônio. Ele expulsou os espíritos, com sua palavra, e curou todos os doentes, 17para que se cumprisse o que foi dito pelo profeta Isaías: “Ele tomou as nossas dores e carregou as nossas enfermidades”.

- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.
Leia Mais

A Fé Que Devolve a Vida



Jesus nessa passagem nos mostra claramente a grandeza da fé de acreditarmos verdadeiramente no seu poder de cura.


Muito bom dia meus irmãos, é com muita alegria que venho nesta manhã partilhar com vocês a palavra de DEUS.

Como diz na palavra, havia um oficial romano que tinha um empregado que estava sofrendo terrivelmente com uma paralisia, ele estava deitado na cama em sua casa, mas o oficial quando chegou perto suplicou fervorosamente a Jesus que curasse aquele homem, que devolvesse a ele a saúde fisica, e vendo sua fé Ele falou:   “Vou curá-lo”. 8O oficial disse: “Senhor, eu não sou digno de que entres em minha casa. Dize uma só palavra e o meu empregado ficará curado. 9Pois eu também sou subordinado e tenho soldados sob minhas ordens. E digo a um: ‘Vai!’, e ele vai; e a outro: ‘Vem!’, e ele vem; e digo a meu escravo: ‘Faze isto!’, e ele faz”.”
Jesus ficou impressionado com tamanha fé desse homem e disse: “Vai! E seja feito como tu creste”. E, naquela mesma hora, o empregado ficou curado. Mais à frente o Senhor entrando na casa de Pedro viu a sogra dele com muita febre, Jesus simplesmente a tocou e ela ficou totalmente curada. À tarde levaram a Ele pessoas doentes, possuídas por demônios e Jesus então com a palavra curou todos eles.

Meus irmãos, o que vocês têm apresentado ao Senhor hoje? Qual é a dificuldade, o problema, a situação em que você se encontra e que para você é impossivel? é uma doença, falta de emprego, de paz? 

  

Seja qual for a sua necessidade apresente-a a Jesus e assim como aquele oficial, como a sogra de Pedro e todas as pessoas que foram até Jesus e foram curadas: tenha FÉ de que Jesus pode tudo na sua vida!

Ontem recebi uma noticia muito triste, um tio muito querido meu descobriu que está com câncer em quase todas as partes do corpo, e para mim e minha familia foi um choque muito grande. Na nossa visão humana é dificil acreditar que no estado em que ele está tenha cura. O desespero bate, e a nossa fraqueza vem à tona. Mas é nessa hora que a Fé, essa fé em DEUS que nos faz acreditar que o Senhor cuida pessoalmente dele, cuida de nós, alivia toda dor, sofrimento, angústia, ansiedade, medo.

Meu tio agora está nas mãos dos médicos, mas o médico maior é quem cuidada verdadeiramente dele, cuida do corpo, da alma, e com certeza o sustenta agora nesse momento de tratamento e de dificuldade. Nós acreditamos fielmente que DEUS o cura e que está fazendo o melhor por todos nós.

Meus irmãos, os problemas virão, as dificuldades com certeza aparecerão, mas não tenha medo de depender de Jesus, de recorrer a Ele. Tenham FÉ, e por maior que seja a dificuldade ela jamais será maior que Jesus. E diante de tudo isso Ele nos restaura. “para que se cumprisse o que foi dito pelo profeta Isaías: “Ele tomou as nossas dores e carregou as nossas enfermidades”.
  
JESUS eu confio em vós!
  

Rogério Lima Cordeiro
Leia Mais

Evangelho do Dia - Mateus 8,1-4

— O Senhor esteja conosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Mateus.
— Glória a vós, Senhor.

1Tendo Jesus descido do monte, numerosas multidões o seguiam. 2Eis que um leproso se aproximou e se ajoelhou diante dele, dizendo: “Senhor, se queres, tu tens o poder de me purificar”. 3Jesus estendeu a mão, tocou nele e disse: “Eu quero, fica limpo”. No mesmo instante, o homem ficou curado da lepra.
4Então Jesus lhe disse: “Olha, não digas nada a ninguém, mas vai mostrar-te ao sacerdote, e faze a oferta que Moisés ordenou, para servir de testemunho para eles”.

- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.
Leia Mais

Depende de Nós!




Nesse Evangelho de hoje, Jesus nos traz uma mensagem muito, mas muito linda! Na reflexão anterior, o Márcio nos mostrou a importância de construirmos nossa casa em cima da rocha, ou seja, de termos nossa fé inabalável!Quando li esse Evangelho de hoje, confesso ter ficado emocionada, com a reflexão do Márcio também, e não consegui me conter as lágrimas enquanto escrevia essa reflexão, porque às vezes não me dou conta do poder que está em mim.

Muito Bom Dia, Meus Irmãos!


Sabem meus irmãos, é tão valiosa a mensagem de Jesus para nós hoje. Quer nos mostrar o imenso poder da oração! Está aí a solução para a nossa fé abalável: ORAÇÃO! Ter fé é graça de Deus, e toda graça nos é dada por meio da nossa relação íntima com Ele, através da Oração!

É muito importante termos sempre a consciência de que precisamos mudar, nos tornarmos pessoas melhores, nunca acharmos que estamos prontos, finalizados, muito pelo contrário, estamos sempre em construção e a nossa fé também, por isso devemos orar, orar, orar... A oração é o som que agrada o Senhor! A oração é uma arma poderosíssima. Quem ora toma o poder de Deus para si. No livro do Márcio Mendes, “Quando só Deus é a resposta”, ele nos diz claramente isso: “O homem que reza é um homem poderoso, pois faz seu, o poder que é de Deus.”

Aquele leproso do Evangelho é um exemplo de coragem, de fé, de crer no Senhor. “Senhor, se queres, tu tens o poder de me purificar.” Jesus responde: “Eu quero, fique purificado.” Será que precisamos de uma representação maior para entender que só basta querermos, mas querermos verdadeiramente? Sabemos que um leproso naquela época era excluído, um ser anti-social. Mas, mesmo assim, ele confiou na bondade do Senhor e acreditou fielmente no Seu poder. Jesus não olha a nossa cor, a nossa condição financeira, a nossa beleza, mas sim o nosso coração, somente um coração que deseje ser tomado pelo senhor!

Precisamos ter sensibilidade espiritual, estar de corações sempre, sempre abertos e mais, esse coração precisa ser humilde. As pessoas de coração humilde têm um lugar especial no coração de Deus! O próprio Senhor nos diz isso: “Felizes os pobres em espírito, porque deles é o Reino do Céu.” (Mateus 5, 3)

Quantas vezes esquecemos que o nosso corpo é templo do Espírito Santo e que precisamos sustentá-Lo com a oração para sermos guiados por Ele. A nossa oração é o alimento do Espírito Santo! Percebam como isso é lindo! Está em nossas “mãos” o alimento que sustenta o Espírito Santo de Deus!Está em nós o poder de Deus!

Tão importante é o poder de Jesus quanto o seu desejo em nos ajudar. Para todos que querem ser ajudados por Ele, inclusive eu, e para todos que ainda não acreditam ser transformados por Ele, saibam: A RESPOSTA É SEMPRE "SIM, SIM EU QUERO"!

Que Deus nos abençoe!



Monike Stival Martins


Leia Mais

Evangelho do Dia - Mateus 7,21-29

— O Senhor esteja conosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Mateus.
— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos: 21“Nem todo aquele que me diz: ‘Senhor, Senhor’, entrará no Reino dos Céus, mas o que põe em prática a vontade de meu Pai que está nos céus. 22Naquele dia, muitos vão me dizer: ‘Senhor, Senhor, não foi em teu nome que profetizamos? Não foi em teu nome que expulsamos demônios? E não foi em teu nome que fizemos muitos milagres? 23Então eu lhes direi publicamente: Jamais vos conheci. Afastai-vos de mim, vós que praticais o mal.
24Portanto, quem ouve estas minhas palavras e as põe em prática, é como um homem prudente, que construiu sua casa sobre a rocha. 25Caiu a chuva, vieram as enchentes, os ventos deram contra a casa, mas a casa não caiu, porque estava construída sobre a rocha. 26Por outro lado, quem ouve estas minhas palavras e não as põe em prática, é como um homem sem juízo, que construiu sua casa sobre a areia. 27Caiu a chuva, vieram as enchentes, os ventos sopraram e deram contra a casa, e a casa caiu, e sua ruína foi completa!”
28Quando Jesus acabou de dizer estas palavras, as multidões ficaram admiradas com seu ensinamento. 29De fato, ele as ensinava como quem tem autoridade e não como os mestres da lei.

- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.
Leia Mais

Construir a Casa Sobre a Rocha














Não vou debater aqui todas essas facetas do nosso Evangelho de hoje. Quero apenas falar de algo que, de certa maneira, é essencial para a vida espiritual de qualquer cristão que se preze: construir a casa sobre a rocha.

Muito bom dia, meus amigos!

Quando li o evangelho para começar a refletir sobre ele, tenho que confessar que fiquei meio com medo de não conseguir me expressar da maneira correta, pelo fato de tantas passagens importantes em um único e pequeno trecho do evangelho. Então fui tomar banho e conversar com Deus... e senti Ele, mais uma vez, agindo em minha vida.

No decorrer desses últimos dias Jesus vem trabalhando em nós a grande necessidade de buscarmos alimentar e fortalecer o ser espiritual que existe em nós. Infelizmente, a grande maioria das pessoas esquece que somos muito mais do que a matéria que carregamos e desprezam o lado que faz parte de nossa essência.

Não acredito de maneira alguma que somos obra do acaso. Creio em um Deus que sonhou conosco, fez lindos projetos de amor e deseja que somos muuuuito felizes mesmo. Também não acredito de maneira alguma que "tudo já está escrito" e que somos meros fantoches nas mãos de uma força maior.

Deus fez todo uma planejamento de amor, de vitória e de felicidade. Entretanto, Ele nos dá a liberdade de vivermos do modo como bem queremos e desejamos. Mesmo sendo perigoso isso, Sua bondade é tão grande que Ele deixa darmos nossos próprios passos.

É aí que entra a importância de decidirmos por coisas que possam atrair coisas boas para nossas vidas. Se nos aproximarmos de Deus, só alcançaremos frutos de vida eterna! Se buscamos nos aprofundarmos na vivência do Espírito Santo; se praticarmos sempre boas ações; se pararmos de nos importarmos com nossos próprios umbigos, deixando de sermos tão egoístas; se nos deixamos ser sensibilizados pelas necessidades alheias sem nenhum interesse em ajudar... Dessa maneira estamos fazendo o que Jesus fala de "construirmos a casa sobre a rocha". Verdadeiramente nos tornamos pessoas de fé inabaláveis!

Já repararam tantas pessoas que começaram firmes na caminhada e, na primeira decepção com pessoas, desistiram da caminhada e nunca mais voltaram? Infelizmente, meus irmãos, a casa da fé dessas pessoas ainda não tinham alicerce formado sobre a rocha.

É hora de acordarmos de vez para que tenhamos uma fé madura! É hora de assumirmos definitivamente que nossa alma grita por alimento espiritual, que é nossa necessidade primária estarmos mais próximos de Deus e que Ele tem inúmeros projetos de amor para nós, que Ele quer nos usar como verdadeiros instrumentos de amor e paz.

Porém, Deus não vai violentar ninguém, nem obrigar-nos a fazer coisas contra nossa vontade. É preciso partir de nós.

Nesse dia de hoje, que convidar você a somar forças comigo e com todos os outros leitores que querem mesmo viver vida de oração. O que podemos fazer para termos cada vez mais nossa base estrutural sólida?

Que o Espírito Santo nos inspire ações concretas de compromisso com o Senhor!

Grande abraço fraternal,



Márcio Gomes Pacheco
Leia Mais

Carta do Padre Raimundo

A Arquidiocese de Goiânia se prepara para o seu primeiro Sínodo

Triênio de preparação: 2009, 2010 e 2011
Sínodo: de 09 a 12 de fevereiro de 2012



Em 2008 nosso Arcebispo Dom Washington Cruz, através de uma Carta Pastoral, fez uma convocação do 1° Sínodo Arquidiocesano. Na primeira parte da carta o Arcebispo iniciou com o seguinte argumento:  “desde que recebi a missão de pastorear esta porção do Povo de Deus, ouvindo e conversando com uns e com outros, fui percebendo a necessidade de convocar uma assembléia especial, tempo que fosse, para nós, um ano da graça do Senhor (Is 61,2)... Convoco o 1° Sínodo da Arquidiocese de Goiânia, frisa Dom Washington, como evento e caminho pastoral que envolverá, na unidade, todos os vicariatos, todas as Paróquias e comunidades, todas as instituições arquidiocesanas, todos os fiéis católicos, com validade para o triênio de 2009 a 2011.” Continua o Arcebispo afirmando que “a convocação para celebrar um Sínodo Arquidiocesano tem por objetivo colocar-nos, junto com toda a Igreja, à escuta da Palavra de Deus e de sua vontade, deixando-nos conduzir por Ele nesta hora de nossa história. Fundamentado no Direito Canônico Dom Washington define o Sínodo como uma assembléia de sacerdotes e de outros fiéis escolhidos da Igreja particular, que auxiliam o Bispo diocesano para o bem de toda comunidade diocesana” (CDC, Cân.460).
 
A palavra “Sínodo” vem do grego sun+hodos e aponta para uma caminhada em conjunto, ou seja, todos vão na mesma direção e com a mesma motivação, respeitando as diferenças e a diversidade de pastorais, movimentos e ministérios.
 
Na 2ª parte da carta o Arcebispo destaca os objetivos específicos do Sínodo que são: a) mergulhar no mistério da Igreja, ou seja, conhecer com clareza o mistério da Igreja e sua missão essencial; b) Formar discípulos missionários, em consonância com a Conferência de Aparecida, comprometer-nos com a reanimação e intensificação da nossa vocação de discípulos missionários; c) Viver a comunhão, como expressão de vida em comunidade e de unidade de nossa Igreja.
 
 
 Recordaremos, também, como o ensino social da Igreja interpelou a consciência de tantos goianos como ordem para reconhecimento e cumprimento dos deveres da justiça e da caridade da vida social e como os cristãos incorporaram, em suas existências, a Luz da verdade moral.” Consta da programação de 2009 uma consulta aos padres, a partir da elaboração de um instrumento de trabalho, pedindo suas impressões e suas idéias a respeito do tema central “mergulhar no mistério da Igreja” na perspectiva do eixo da Palavra (entre 30 e abril e 31 de maio). No dia 24 de maio, às 10h foi realizada uma solene celebração na Catedral, com representações de todas as Paróquias, dando caráter oficial aos preparativos do Sínodo. Em junho o Arcebispo receberá os padres por vicariato para audiências de partilha de idéias e Dom Washington vai expressar, mais uma vez, o que espera da parte de todos nesse processo de caminhada. Em setembro será feito um tríduo ou três encontros, nas comunidades da Arquidiocese proporcionando momentos de reflexão e oração a partir do tema do Sínodo na perspectiva dos desafios do anuncio da Palavra. Para isto será feito um livreto onde constará um roteiro para cada encontro e, na última página, seguirá uma pequena ficha para contribuições individuais e de grupos que poderá ser destacada e entregue no último dia na Paróquia, que será encaminhada à Equipe central do Sínodo. Em novembro haverá uma grande reunião dos conselhos dos Vicariatos. Nessa ocasião serão apresentados ao Arcebispo os grandes apelos recolhidos durante o ano, tanto do clero quanto do povo. E depois de sua apreciação e da palavra dada por Dom Washington, será elaborada a primeira versão do Instrumento de trabalho do primeiro ano de preparação, que será o ponto de partida para o reinício dos trabalhos em 2010.
 
Finalizo com um pedido de Dom Washington: “no processo sinodal são importantes e, até mesmo indispensáveis alguns elementos, tais como a informação, o estudo, a oração, a conversão, o diálogo, o respeito mútuo, o amor, a disponibilidade para acolher os desejos do Senhor.”
 
Com carinho
 

Pe. Raimundo Lopes Salgado
Paróquia N. Sra. Aparecida
Passos a serem dados
 
Nesse ano de 2009 nós começamos os preparativos do Sínodo. Durante o triênio nós vamos estudar e rezar a partir de três eixos fundamentais: em 2009 será o ano da Palavra; em 2010 o ano da Liturgia e em 2011 o ano da Caridade. Nessa caminhada diz Dom Washington, “faremos memória dos diversos planos pastorais até aqui, e da força participativa que todos os cristãos manifestaram no anúncio de Jesus Cristo.
Leia Mais

Evangelho do Dia - Mateus 7, 6.12-14

— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Mateus.
— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos: 6“Não deis aos cães as coisas santas, nem atireis vossas pérolas aos porcos; para que eles não as pisem com os pés e, voltando-se contra vós, vos despedacem.
12Tudo quanto quereis que os outros vos façam, fazei também a eles. Nisto consiste a Lei e os Profetas. 13Entrai pela porta estreita, porque larga é a porta e espaçoso é o caminho que leva à perdição, e muitos são os que entram por ele! 14Como é estreita a porta e apertado o caminho que leva à vida! E são poucos os que o encontram”!

- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.
Leia Mais

Não atireis vossas pérolas aos porcos

No evangelho de hoje (Mateus 7, 6. 12-14) Jesus vem nos falar sobre o caminho que leva à vida (eterna). Jesus sendo Deus vem revelar aos homens os desígneos de Deus para humanidade. Neste evangelho nos são apresentados alguns princípios:

"12Tudo quanto quereis que os outros vos façam, fazei também a eles. Nisto consiste a Lei e os Profetas. "

É preciso fazer o bem aos outros, independentemente de haver reciprocidade ou recompensa.
Os mandamentos que Jesus nos propõe são radicais e profundamente transformadores; são princípios que transformam a mentalidade humana levando-nos a uma compreensão nova da vida e de nós mesmos. Se os homens seguissem as propostas de Jesus, nossas vidas seriam profundamente transformadas, principalmente pelas mudanças gerada nas estruturas e instituições sociais.


No entanto, Jesus que conhece o coração humano e as mazelas causadas por nossos pecados vem nos alertar:

13Entrai pela porta estreita, porque larga é a porta e espaçoso é o caminho que leva à perdição, e muitos são os que entram por ele!14Como é estreita a porta e apertado o caminho que leva à vida! E são poucos os que o encontram!

Esta é outra realidade que Jesus nos revela: muitos rejeitarão a graça de Deus. Nem todos seremos salvos, inclusive o Senhor nos mostra que poucos encontram o caminho da verdade. Esta é uma realidade muito importante e deve nos servir de alerta: Deus é misericordioso sim, mas Ele é justo!

Deus apesar de nós amar (mesmo sendo pecadores) não aceita o pecado, não há um "equilíbrio" entre o bem e o mal como algumas doutrinas orientais apregoam. Nem mesmo há uma necessidade do mal para existência (ou reconhecimento) do bem como na doutrina maniqueísta.

Por fim, vale meditar este trecho que muitas vezes parece misterioso:

6“Não deis aos cães as coisas santas, nem atireis vossas pérolas aos porcos; para que eles não as pisem com os pés e, voltando-se contra vós, vos despedacem.

Jesus nos fala que temos que dar testemunho de vida! Não podemos ser falsos e nem mesmo utilizar da religião ou da boa fé das pessoas para obter vantagens, para o nosso próprio interesse! Pelo contrário, seguir Jesus não é seguir uma filosofia, mas antes é ter um encontro pessoal, verdadeiro, com Jesus Cristo. Viver Suas palavras! Muito mais do que dizer coisas bonitas, moralmente aceitáveis, é preciso ter atitudes cristãs. E isso traz consigo perseguições, dificuldades, desafios!

Caso contrário estaremos servindo como inimigos de Cristo, como pedras de tropeço, que ao invés de levar os outros a conhecê-Lo criamos mais barreiras que as atrapalham a conhecer a verdadeira face dEle.

Quando não damos testemunho de Jesus; quando colocamos "as coisas santas" à nosso próprio serviço; quando somos egoístas preocupados apenas com nossos problemas; preocupados apenas com a nossa vida, nossas necessidades; quando nos passamos por pessoas religiosas, justas, mas que diante dos pobres, dos doentes, dos presos, de pessoas que não nos são convenientes ou de situações difíceis nos esquivamos e não agimos como imitadores de Jesus Cristo!

Isto é algo muito sério: vê-se por toda parte usar o nome de Jesus, surgirem novas "igrejas", novos "pastores", cantores, escritores... No entanto, o que se vê das atitudes que Jesus tinha? Vemos "pastores" se enriquecendo com o dinheiro de dízimos de "igrejas" que se dizem Cristãs - é verdade que o missionário tem o direito à um salário - no entanto, se enriquecer usando da missão é algo no mínimo duvidoso e que serve como impecilho à fé de muitos! Vemos muito mercado das "coisas santas" - e não há nada de errado em se utilizar do mercado se o objetivo maior for levar a mensagem de Jesus até os confins da terra - no entanto, para onde vão os lucros dessas vendas? Isto também serve como impecilho à fé de muitos!

Colocar em risco a credibilidade do evangelho é "dar aos cães as coisas santas", porque faz com que "voltando-se contra vós, vos despedacem" ou seja, compromete a missão principal que é levar as pessoas a conhecer Jesus e conhecendo-o crêr nEle. Peçamos a Deus a graça de sermos fiéis e viver suas palavras a qualquer custo.

Louvado seja nosso senhor Jesus Cristo!

Rafael Simões


Leia Mais

Evangelho do Dia - Mateus 7,1-5

— O Senhor esteja conosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Mateus.
— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo disse Jesus aos seus discípulos: 1“Não julgueis e não sereis julgados. 2Pois, vós sereis julgados com o mesmo julgamento com que julgardes; e sereis medidos, com a mesma medida com que medirdes.
3Por que observas o cisco no olho do teu irmão, e não prestas atenção à trave que está no teu próprio olho? 4Ou, como podes dizer a teu irmão: ‘Deixa-me tirar o cisco do teu olho’, quando tu mesmo tens uma trave no teu? 5Hipócrita, tira primeiro a trave do teu próprio olho e então enxergarás bem para tirar o cisco do olho do teu irmão”.

- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.
Leia Mais

Uma Nova Lente




Bom dia, queridos e abençoados irmãos em Cristo. É uma alegria para nós podermos estar aqui e juntos nos envolver nas abençoadas palavras de Jesus!
  
Não encaremos o evangelho de hoje como palavras duras para nós, mas observemos as advertências que o Senhor nos traz, com o coração alegre! Jesus nos quer muito bem e por isso nos aconselha a vigiar nossas atitudes para com nosso próximo, de modo que, não o julguemos, não o condenemos, não levantemos pré-conceitos.



Irmãos, nem o Senhor nos julga, nem o Senhor condena e aponta nossos erros e faltas. Por isso Ele nos adverte, que como imagem e semelhança que dEle somos, nós façamos igual e tenhamos a força e a fé que alimenta-nos em direção da prática perfeita dos conselhos do Senhor Jesus.
  
Queridos, não sejamos hipócritas em dizer 'Senhor, Senhor', em fazer e demonstrarmos bons na igreja, no grupo de oração, nas comunidades e esquecermos de ser coerentes e agirmos com a mesma forma por todos os lugares que convivamos.
  
Olhemos para o Senhor e peçamos que Ele comece a renovação dos seus filhos, primeiramente conosco. Voltemos para o nosso interior e aliviados por termos um Deus misericórdia, reconheçamos que precisamos de mudanças todos os dias.

'Senhor, queremos te louvar pois nos mostra que muitas vezes apontamos o dedo para nossos irmãos, e julgamos, esquecendo-nos que também erramos. Obrigada porque mesmo no erro o Senhor nos acolhe e nos ensina onde devemos mudar. Ajuda-nos Senhor a sermos servos humildes, que aceitam sua correção amorosa e nos faz servos mais humanos, acolhendo a todos, mesmo nas diferenças e nos erros. Pedimos Senhor que nos envie o Teu Espírito Santo para nos fortalecer e retira a partir de hoje a 'trave' que cobre nossos olhos e nos faz olhar o irmãos com uma 'lente' errada e nos impede de enxergar os nossos próprios erros. Assim seja!!!'


Klênia e Marcos.

Leia Mais

BOM DIA

Hoje gostaria de compartilhar com vocês um email que recebi a respeito de 3 frases:

01) 'Para obter algo que você nunca teve, precisa fazer algo que nunca fez'..

02) 'Quando Deus tira algo de você, Ele não está punindo-o, mas apenas abrindo suas mãos para receber algo melhor'.

03) 'A Vontade de Deus nunca irá levá-lo aonde a Graça de Deus não possa protegê-lo'.

Gostaria que refletissem a respeito dessas frases.
Que mensagem elas vos passam?

Que Deus vos abençoe sempre.
Leia Mais

Evangelho do Dia - Marcos 4,35-41

— O Senhor esteja convosco!
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Marcos.
— Glória a vós, Senhor!

35Naquele dia, ao cair da tarde, Jesus disse a seus discípulos: “Vamos para a outra margem!”
36Eles despediram a multidão e levaram Jesus consigo, assim como estava, na barca. Havia ainda outras barcas com ele.
37Começou a soprar uma ventania muito forte e as ondas se lançavam dentro da barca, de modo que a barca já começava a se encher.
38Jesus estava na parte de trás, dormindo sobre um travesseiro. Os discípulos o acordaram e disseram: “Mestre, estamos perecendo e tu não te importas?”
39Ele se levantou e ordenou ao vento e ao mar: “Silêncio! Cala-te!” O vento cessou e houve uma grande calmaria.
40Então Jesus perguntou aos discípulos: “Por que sois tão medrosos? Ainda não tendes fé?”
41Eles sentiram um grande medo e diziam uns aos outros: “Quem é este, a quem até o vento e o mar obedecem?”
Leia Mais

Segurança em Jesus




O evangelho de hoje vem nos falar de nossa fé. A pergunta que Jesus fez aos discípulos é a mesma que Ele faz pra nós ainda hoje: “Por que sois tão medrosos? Ainda não tendes fé?”. Jesus é capaz de fazer tudo por nós, por que, mesmo sabendo disso, temos medo do que possa vir a acontecer?

Bom dia a todos!

Que possamos começar esse domingo com muita paz, do nosso Senhor Jesus Cristo.

Deus sempre está conosco em nosso barco, mas quando vem a tempestade, nós nos desesperamos e esquecemos aquela fé fervorosa que temos quando tudo está “perfeito”. Não podemos nos esquecer que na presença de Jesus estamos seguros. Isso é uma lição para nossa fé, e também uma promessa de Deus a todos nós.

Quando Jesus nos chama a segui-lo, Ele nos promete segurança, não precisamos temer com Ele. Essa passagem no evangelho de hoje nos mostra isso; a tempestade acalmada significa que ao segui-lo, devemos também ter confiança.

No Evangelho de Mateus, no capítulo 14, podemos encontrar a passagem em que Jesus anda sobre as águas. É também parecido com o evangelho de hoje. Os discípulos vêem Jesus caminhar sobre as águas e ficam assustados, então Pedro pede uma prova, pede para que Jesus o deixe caminhar também sobre as águas. Mas com um vento, Pedro fica com medo e começa a afundar. Se fosse nos dias de hoje, também aconteceria o mesmo.

Se formos analisar, vamos perceber que acontece conosco o mesmo que aconteceu no evangelho com os discípulos. É certo que nos momentos de desespero nós esquecemos de quase tudo, mas Deus jamais pode ser esquecido. Quando temos algum enfermo, ou até mesmo nós estamos doentes, temos medo de morrer. Não queremos saber o propósito ou a vontade de Deus, somente clamamos que Ele nos salve.

Em muitas situações, Deus pode estar testando nossa fé. Não só no exemplo que citei da doença, mas em vários casos. São muitas as tempestades em nossa vida. Mas precisamos ter consciência de que Jesus sempre permanece em nosso barco, Ele sempre está conosco.

A ordem de Deus pra nós hoje é que se acreditamos mesmo nEle, precisamos confiar, precisamos ter fé. Se até o mar obedeceu as palavras de Jesus, por que nós, também não iremos obedecer a essa Palavra?

Vamos pensar bem nisso. Haverá muitas tempestades em nossa vida. Mas Jesus sempre está presente no barco; SEMPRE! Vai ser sempre assim, mesmo que nós não acreditemos. Mas se nós acreditamos, vamos então, ter fé nesse Deus que sempre está conosco.

Um grande abraço!
A paz de Jesus...


Cinthya Cardoso de Araújo
Leia Mais

Evangelho do Dia - João 19,31-37

— O Senhor esteja conosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo João.
— Glória a vós, Senhor.

31Era o dia da preparação para a Páscoa. Os judeus queriam evitar que os corpos ficassem na cruz durante o sábado, porque aquele sábado era dia de festa solene. Então pediram a Pilatos que mandasse quebrar as pernas aos crucificados e os tirasse da cruz.
32Os soldados foram e quebraram as pernas de um e depois do outro que foram crucificados com Jesus. 33Ao se aproximarem de Jesus, e vendo que já estava morto, não lhe quebraram as pernas; 34mas um soldado abriu-lhe o lado com uma lança, e logo saiu sangue e água.
35Aquele que viu, dá testemunho e seu testemunho é verdadeiro; e ele sabe que fala a verdade, para que vós também acrediteis. 36Isso aconteceu para que se cumprisse a Escritura, que diz: “Não quebrarão nenhum de seus ossos”. 37E outra Escritura ainda diz: Olharão para aquele que transpassaram”.

- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.
Leia Mais

Evangelho do Dia - Mateus 6,7-15

— O Senhor esteja conosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo João.
— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos: 7"Quando orardes, não useis muitas palavras, como fazem os pagãos. Eles pensam que serão ouvidos por força das muitas palavras. 8Não sejais como eles, pois vosso Pai sabe do que precisais, muito antes que vós o peçais. 9Vós deveis rezar assim: Pai nosso que estás nos céus, santificado seja o teu nome; 10venha o teu Reino; seja feita a tua vontade, assim na terra como nos céus. 11O pão nosso de cada dia dá-nos hoje. 12Perdoa as nossas ofensas, assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido. 13E não nos deixes cair em tentação, mas livra-nos do mal.
14De fato, se vós perdoardes aos homens as faltas que eles cometeram, vosso Pai que está nos céus também vos perdoará. 15Mas, se vós não perdoardes aos homens, vosso Pai também não perdoará as faltas que vós cometestes".

- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.
Leia Mais

Perdoai-nos Como Nós Perdoamos




Muito bom dia, pessoal...



No evangelho de hoje, Jesus vem nos ensinar como falar com nosso Pai Celeste. É uma passagem de significado profundo, e poderíamos elencar inúmeros estudos a partir desses oito versículos apresentados. Porém, nossa reflexão se deterá em apenas em três desses. Aqueles em que o Senhor insiste em nos ensinar sobre o dom do perdão:

"Perdoa as nossas ofensas, assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido."
(Mt 6,12)

Nos versículos estudados no decorrer dessa semana, Jesus direcionou seu discurso de amor e perdão às pessoas que nos maltratam à essa conclusão da oração do Pai Nosso: perdoai-nos como perdoamos.

Muitas pessoas fazem essa oração todos os dias. Infelizmente, a forma mecânica em que geralmente é feita não levam tais pessoas a meditar sobre o que estão dizendo.

Ai daqueles que são rancorosos, que vivem alimentado o orgulho ferido no coração, que vivem pensando em vinganças e maneiras possíveis de se fazer alguém "pagar" por algum mal feito. Tais pessoas não percebem que estão dando permissão a Deus de ser tão "impiedoso" e implacável como elas próprias têm sido.

Jesus apresenta uma condição para ganharmos o perdão de Deus: a medida que usarmos para perdoar aqueles que nos magoam será a mesma medida usada por Deus para nos perdoar.


"De fato, se vós perdoardes aos homens as faltas que eles cometeram, vosso Pai que está nos céus também vos perdoará. Mas, se vós não perdoardes aos homens, vosso Pai também não perdoará as faltas que vós cometestes".
(Mt 6, 14-15)


É necessário, então, que reflitamos nossa conduta. Infelizmente há muitas pessoas que vivem dentro da igreja, que estão de reunião em reunião, de encontro em encontro e que, porém, insistem em alimentar sentimentos negativos em seus interiores.

É hora de acordar, irmãos! É hora de darmos o primeiro passo rumo à reconciliação. Deus espera um posicionamento de quem ama, pois Deus é amor...

E o que não é amor...

Bem... acho que você sabe o que é...


Grande abraço fraternal,




Márcio G. Pacheco
Leia Mais

Pai Nosso


  

Se em minha vida não ajo como filho de Deus, fechando o meu coração ao amor, será inútil dizer: Pai nosso.

Se os meus valores são representados pelos bens da terra, Será inútil dizer: Que estais no céu.

Se penso em ser cristão apenas por medo, supertição e comodismo, será inútil dizer: Santificado seja o vosso nome.

Se acho tão sedutora a vida aqui, cheia de supérfluos e futilidade, Será inútil dizer: Venha a nós o vosso reino.

Se no fundo o que eu quero mesmo é que todos os meus desejos se realizem, será inútil dizer: Seja feita a Vossa vontade, assim na terra como no céu.

Se prefiro acumular riquezas, desprezando meus irmãos, que passam fome, será inútil dizer: O pão nosso de cada dia nos dai hoje.

Se não me importo em ferir, injustiças, oprimir e magoar aos que atravessam os meus caminhos, será inútil dizer: Perdoai as nossas ofensas, assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido.

Se escolho sempre o caminho mais fácil que nem sempre é o caminho de Cristo, será inútil dizer: E não nos deixeis cair em tentação.

Se por minha vontade, procuro os prazeres materiais e tudo o que é proibido me seduz, será inútil dizer: Livrai – nos do mal...

Se sei que sou assim, continuo me omitindo e nada faço para me modificar, será inútil dizer: AMÉM.
Leia Mais

Pai Nosso Meditado




CRISTÃO: Pai nosso que estais no céu...


DEUS: Sim? Estou aqui.


CRISTÃO: Por favor, não me interrompa, estou rezando!

DEUS: Mas você me chamou!


CRISTÃO: Chamei? Eu não chamei ninguém. Estou rezando. Pai nosso que estais no céu...

DEUS: Aí, você chamou de novo.


CRISTÃO: Fiz o que?


DEUS: Me chamou. Você disse: Pai nosso que estais no céu. Estou aqui. Como é que Posso ajudá-lo?


CRISTÃO: Mas eu não quis dizer isso. É que estou rezando. Rezo o Pai Nosso todos os dias, me sinto bem rezando assim. É como se fosse um dever. E não me sinto bem até cumpri-lo...

DEUS: Mas como podes dizer Pai Nosso, sem lembrar que todos são seus irmãos, como podes dizer que estais no céu, se você não sabe que o céu é a paz, que o céu é amor a todos?


CRISTÃO: É, realmente ainda não havia pensado nisso.

DEUS: Mas, prossiga sua oração.

CRISTÃO: Santificado seja o Vosso nome...

DEUS: Espere aí! O que você quer dizer com isso?


CRISTÃO: Quero dizer... quer dizer, é... sei lá o que significa. Como é que vou saber? Faz parte da oração, só isso!

DEUS: Santificado significa digno de respeito, Santo, Sagrado.


CRISTÃO: Agora entendi. Mas nunca havia pensado no sentido dessa palavra SANTIFICADO ... "Venha a nós o vosso reino, seja feita a vossa vontade, assim na terra como no céu..."

DEUS: Está falando sério?


CRISTÃO: Claro! Porque não?


DEUS: E o que você faz para que isso aconteça?


CRISTÃO: O que faço? Nada! É que faz parte da oração, além disso seria bom que o Senhor tivesse um controle de tudo o que acontecesse no céu e na terra também.

DEUS: Tenho controle sobre você?


CRISTÃO: Bem, eu freqüento a igreja!

DEUS: Não foi isso que Eu perguntei. Que tal o jeito que você trata os seus irmãos, a maneira com que você gasta o seu dinheiro, o muito tempo que você dá à televisão, as propagandas que você corre atrás, e o pouco tempo que você dedica à Mim?


CRISTÃO: Por favor. Pare de criticar!


DEUS: Desculpe. Pensei que você estava pedindo para que fosse feita a minha vontade. Se isso for acontecer tem que ser com aqueles que rezam, mas que aceitam a minha vontade, o frio, o sol, a chuva, a natureza, a comunidade.


CRISTÃO: Está certo, tens razão. Acho que nunca aceito a sua vontade, pois reclamo de tudo: se manda chuva, peço sol, se manda o sol reclamo do calor, se manda frio, continuo reclamando, se estou doente peço saúde, não cuido dela, deixo de me alimentar ou como muito...


DEUS: Ótimo reconhecer tudo isso. Vamos trabalhar juntos Eu e você, mas olha, vamos ter vitórias e derrotas. Eu estou gostando dessa nova atitude sua.


CRISTÃO: Olha Senhor, preciso terminar agora. Esta oração esta demorando muito mais do que costuma ser. Vou continuar: "o pão nosso de cada dia nos daí hoje..."


DEUS: Pare aí! Você está me pedindo pão material? Não só de pão vive o homem, mas também da minha palavra. Quando me pedires o pão, lembre-se daqueles que nem conhecem pão. Pode pedir-me o que quiser, desde que me veja como um Pai amoroso! Eu estou interessado na próxima parte de sua oração. Continue!


CRISTÃO: "Perdoai as nossas ofensas, assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido" DEUS: E o seu irmão desprezado?


CRISTÃO: Está vendo? Olhe Senhor, ele já criticou várias vezes e não era verdade o que dizia. Agora não consigo perdoar. Preciso me vingar.


DEUS: Mas, e sua oração? O que quer dizer sua oração? Você me chamou, e eu estou aqui, quero que saias daqui transfigurado, estou gostando de você ser honesto. Mas não é bom carregar o peso da ira dentro de você, não acha?


CRISTÃO: Acho que iria me sentir melhor se me vingasse!


DEUS: Não vai não! Vai se sentir pior. A vingança não é tão doce quanto parece. Pense na tristeza que me causaria, pense na sua tristeza agora. Eu posso mudar tudo para você. Basta você querer.


CRISTÃO: Pode? Mas como?


DEUS: Perdoe seu irmão, Eu perdoarei você e te aliviarei


CRISTÃO: Mas Senhor, eu não posso perdoá-lo.


DEUS: Então não me peças perdão também!

CRISTÃO: Mais uma vez está certo! Mais do que quero vingar-me, quero a paz com o Senhor. Esta bem, esta bem; eu perdôo a todos, mas ajude-me Senhor. Mostre-me o caminho certo para mim e meus inimigos.


DEUS: Isto que você pede é maravilhoso, estou muito feliz com você. E você como está se sentindo?


CRISTÃO: Bem, muito bem mesmo! Para falar a verdade, nunca havia me sentido assim! É tão bom falar com Deus.

DEUS: Ainda não terminamos a oração. Prossiga...


CRISTÃO: "E não nos deixeis cair em tentações, mas livrai-nos do mal..."


DEUS: Ótimo, vou fazer justamente isso, mas não se ponha em situações onde possa ser tentado.


CRISTÃO: O que quer dizer com isso?


DEUS: Deixe de andar na companhia de pessoas que o levam a participar de coisas sujas, intrigas, fofocas... tem que deixar, inclusive, de ficar vendo "aquelas cenas" que de vez em quando passam na tv e que você fica procurando na internet. Abandone a maldade, o ódio. Isso tudo vai levá-lo para o caminho errado. Não use tudo isso como saída de emergência!


CRISTÃO: Não estou entendendo!


DEUS: Claro que entende! Você já fez isso comigo várias vezes. Entra no erro, depois corre me pedir socorro.

CRISTÃO: Puxa, como estou envergonhado!

DEUS: Você me pede ajuda, mas logo em seguida volta a errar de novo, para mais uma vez vir fazer negócios comigo!

CRISTÃO: Estou com muita vergonha, perdoe-me Senhor!

DEUS: Claro que perdôo! Sempre perdôo a quem está disposto a perdoar também, mas não esqueça, quando me chamar, lembre-se de nossa conversa, medite cada palavra que fala! Termine sua oração.

CRISTÃO: Terminar? Há, sim, "Amém!"

DEUS: O que quer dizer amém?


CRISTÃO: Não sei. É o final da oração.


DEUS: Você só deve dizer amém quando aceita dizer tudo o que eu quero, quando concorda com minha vontade, quando segue os meus mandamentos, porque AMÉM! Quer dizer: assim seja, concordo com tudo que orei.


CRISTÃO: Senhor, obrigado por ensinar-me esta oração e agora obrigado por fazer-me entendê-la.


DEUS: Eu amo cada um dos meus filhos, amo mais ainda aqueles que querem sair do erro, quer ser livre do pecado. Abençôo-te e fica com minha paz!


CRISTÃO: Obrigado, Senhor! Estou muito feliz em saber que és meu amigo.


 
- Autor Desconhecido-
Leia Mais

Evangelho do Dia - Mateus 6,1-6.16-18

— O Senhor esteja conosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Mateus.
— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos: 1“Ficai atentos para não praticar a vossa justiça na frente dos homens, só para serdes vistos por eles. Caso contrário, não recebereis a recompensa do vosso Pai que está nos céus.
2Por isso, quando deres esmola, não toques a trombeta diante de ti, como fazem os hipócritas nas sinagogas e nas ruas, para serem elogiados pelos homens. Em verdade vos digo: eles já receberam a sua recompensa.
3Ao contrário, quando deres esmola, que a tua mão esquerda não saiba o que faz a tua mão direita, 4de modo que a tua esmola fique oculta. E o teu Pai, que vê o que está oculto, te dará recompensa.
5Quando orardes, não sejais como os hipócritas, que gostam de rezar em pé, nas sinagogas e nas esquinas das praças, para serem vistos pelos homens. Em verdade, vos digo: eles já receberam a sua recompensa.
6Ao contrário, quando tu orares, entra no teu quarto, fecha a porta, e reza ao teu Pai que está oculto. E o teu Pai, que vê o que está escondido, te dará a recompensa.
16Quando jejuardes, não fiqueis com o rosto triste como os hipócritas. Eles desfiguram o rosto, para que os homens vejam que estão jejuando. Em verdade, vos digo: Eles já receberam a sua recompensa.
17Tu, porém, quando jejuares, perfuma a cabeça e lava o rosto, 18para que os homens não vejam que estás jejuando, mas somente teu Pai, que está oculto. E o teu Pai, que vê o que está escondido, te dará a recompensa”.

- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.
Leia Mais

Fazer o Bem


  



Muito bom dia, meus amigos!

  
Quantas vezes temos presenciado jogos de interesses ao nosso redor. Cuidado com os lobos vestidos em peles de cordeiro: eles gostam de promover a auto-imagem através de boas ações e caridades, que trazem em si vários jogos de interesses particulares...

O evangelho de hoje nos ajuda a identificarmos esses lobos em peles de cordeiro. Quem realmente tem interesse em praticar o bem, não toca a trombeta diante de si quando está envolvido em alguma ação de promoção social. Na realidade, geralmente preferem o anonimato ou, quando muito, dá os créditos a alguma instituição conhecida sem fins lucrativos.

Assim presenciamos as campanhas de grupos de oração e de outras vertentes da igreja e de ONGs sérias, espalhadas por aí.

Em contrapartida, também não foram poucas as vezes em que fomos testemunhas de politicagens, de planejamentos sujos que buscam aproveitar da miséria, da falta de condições mínimas de sobrevivência das pessoas, para tirarem proveito de tudo! No mínimo para ganharem dinheiro sujo através de obras superfaturadas ou, promoverem um nome visando as próximas eleições.

O evangelho é bem claro! Não podemos nem devemos tocar a trombeta à frente de nossas boas ações, muito menos nossa mão direita deve saber o que nossa esquerda faz. Isso significa que nosso interesse em ajudar o próximo deve ser pura em sua concepção. Somente assim estaremos cumprindo o mandamento que Jesus nos apresentou como resumo de nove deles presentes no decálogo: Amar o próximo como a si mesmo!

É necessário sempre buscarmos viver a lei de ouro: o que queremos que seja feito a  nós mesmos, isso é o que devemos fazer às outras pessoas!

Será que temos realmente vivido isso?

Reflitamos isso no decorrer de nosso dia e, muito mais que isso, que essa reflexão seja refletida em nossos atos.


Grande abraço fraternal,


Márcio Gomes Pacheco
Leia Mais

Evangelho do Dia - Mateus 5,43-48

— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Mateus.
— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos: 43“Vós ouvistes o que foi dito: ‘Amarás o teu próximo e odiarás o teu inimigo!’ 44Eu, porém, vos digo: ‘Amai os vossos inimigos e rezai por aqueles que vos perseguem!’ 45Assim, vos tornareis filhos do vosso Pai que está nos céus, porque ele faz nascer o sol sobre maus e bons, e faz cair a chuva sobre os justos e injustos.
46Porque, se amais somente aqueles que vos amam, que recompensa tereis? Os cobradores de impostos não fazem a mesma coisa? 47E se saudais somente os vossos irmãos, que fazeis de extraordinário? Os pagãos não fazem a mesma coisa? 48Portanto, sede perfeitos como o vosso Pai celeste é perfeito”.

- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.

Leia Mais

Amar a quem não merece



  
A paz do Senhor a todos!
    
Antes de mais nada, façamos a leitura do evangelho desta terça-feira, tirado do Livro de São Mateus (5, 43-48).
 
Na reflexão do evangelho de ontem, o Senhor nos convidou à humildade e a sermos pessoas boas, amorosas, independente de qualquer mal praticado contra nós, chamando-nos a pagar todo o tipo de mal com o Supremo bem que vem d’Ele.
 
Hoje o Senhor vem nos pedir para irmos mais além... Hoje Jesus vem dizer que além de darmos a outra face da cara a tapa, devemos amar a todos os nossos inimigos, todos aqueles que nos perseguem...
  
Sim! É exatamente isso que você entendeu! “Amai os vossos inimigos e rezai por aqueles que vos perseguem!” Ao nos depararmos com este mandamento do Senhor chegamos a pensar que tal palavra está fora de nossa realidade ou não se enquadra nas relações humanas que vivemos nos dias de hoje, principalmente pelo fato de vermos a todo tempo o mundo pregando a vingança, a disputa, o pagar na mesma moeda, o revidar na mesma proporção...
 
Porém não é isso que Jesus espera de nós. E Ele deixa muito claro que quer ver a cada um de nós cada dia mais semelhante a Ele. Quando Jesus diz “ele faz nascer o sol sobre maus e bons, e faz cair a chuva sobre os justos e injustos”, é o mesmo que dizer que Ele ama a todos sem distinção e não é o que a pessoa faz ou deixa de fazer que vai mudar o amor que Deus tem por cada um de seus filhos. Deus não escolhe os seus preferidos para amá-los, pelo contrário ama a todos da mesma forma.
 
É aí que está o segredo: se Ele sendo Deus, o todo poderoso, ama a todos da mesma forma, porque nós, criaturas humanas, criados à sua imagem e semelhança não faremos questão de amar aqueles que  não nos amam, que não querem o nosso bem, que nos perseguem, que nos odeiam?
 
É este o desafio lançado em nossas mãos no dia de hoje! É fácil? Não, não é... Por isso mesmo que é um desafio. Porque amar aqueles que gostam da gente é muito fácil e não exige esforço algum. Até os “maus” gostam daqueles que lhes são semelhantes.
 
Que diante a clareza dessa palavra nós possamos refletir sobre quem ainda não amamos e precisamos passar a amar. Lembrando que o amor não é um sentimento bonito, mas sim atitude, decisão! A decisão quando ela é bem tomada, nada pode derrubá-la. Decida-se hoje, que é o dia que você tem, para amar aqueles que são tão difíceis de suportar e conviver...

Que Jesus abençoe a sua decisão!
 
“Portanto, sede perfeitos como o vosso Pai celeste é perfeito”.

 
Grande abraço a todos!
 
Louvado seja o Nosso Senhor Jesus Cristo.
 
 
Danilo Lopes
Leia Mais

Evangelho do Dia - Mateus 5,38-42

— O Senhor esteja conosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Mateus.
— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos: 38“Ouvistes o que foi dito: ‘Olho por olho e dente por dente!’ 39Eu, porém, vos digo: Não enfrenteis quem é malvado! Pelo contrário, se alguém te dá um tapa na face direita, oferece-lhe também a esquerda! 40Se alguém quiser abrir um processo para tomar a tua túnica, dá-lhe também o manto! 41Se alguém te forçar a andar um quilômetro, caminha dois com ele! 42Dá a quem te pedir e não vires as costas a quem te pede emprestado”.

- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.
Leia Mais

Pagar o bem com o bem...




Bom dia, irmãos em Cristo! Que o Senhor nesta semana nos dê sabedoria e muita paz!!!
 
O evangelho de hoje nos fala sobre algo muito importante e muitas vezes difícil de vivermos. Estamos acostumados a ver no mundo de hoje as pessoas continuarem agindo como de costume no Antigo Testamento: pagar na mesma moeda, isto é, se são maltratadas e humilhadas sempre revidam. E viver assim na verdade não é nada difícil, já que pagar o mal com o mal é algo que fazemos muitas vezes, devido ao nosso orgulho ferido e a incapacidade de perdoar.
  
Contudo amados, o que o Senhor nos pede é que não resistamos ao mal. E isto significa que devemos sempre e sob quaisquer condições perdoar aqueles que nos ofendem, nos maltratam, nos humilham e até os que desejam o nosso mal.
  
Esta não é uma tarefa fácil de vivermos, e só conseguimos isto quando estamos verdadeiramente sob a ação do Espírito Santo,sendo conduzidos por Ele e humilhados em Sua presença. Devemos nos quebrantar diante do Senhor e pedir a Ele a graça do amor, pois o amor supera tudo e é capaz de nos fazer perdoar até mesmo as pessoas com as quais temos mais dificuldades.
   
Muitas vezes seremos testados, desafiados até, diante de inúmeras situações que nos serão apresentadas pela vida, e devemos sempre nos lembrar que para caminhar junto com o Senhor é preciso humildade, confiança e perseverança.
  
Que possamos confiar na misericórdia e amor do Senhor por nós, para que possamos também manifestá-los em nossas vidas com os nossos irmãos.
 
'Senhor Jesus, queremos lhe agradecer pelas Tuas bençãos e amor sem medidas que são derramados sobre nós. Queremos também te pedir neste momento que venha ao nosso encontro, que olhe para nós e nos ajude a enxergar aos nossos irmãos com os Teus olhos, de misericórdia e amor, para que possamos sempre perdoar e assim também sermos perdoados e vivermos em plenitude os Seus propósitos em nossas vidas.'

Klênia e Marcos
Leia Mais

Evangelho do Dia - Marcos 4,26-34

— O Senhor esteja conosco!
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Marcos.
— Glória a vós, Senhor!

Naquele tempo,
26Jesus disse à multidão: “O Reino de Deus é como quando alguém espalha a semente na terra.
27Ele vai dormir e acorda, noite e dia, e a semente vai germinando e crescendo, mas ele não sabe como isso acontece.
28A terra, por si mesma, produz o fruto: primeiro aparecem as folhas, depois vem a espiga e, por fim, os grãos que enchem a espiga.
29Quando as espigas estão maduras, o homem mete logo a foice, porque o tempo da colheita chegou”.
30E Jesus continuou: “Com que mais poderemos comparar o Reino de Deus? Que parábola usaremos para representá-lo?
31O Reino de Deus é como um grão de mostarda que, ao ser semeado na terra, é a menor de todas as sementes da terra.
32Quando é semeado, cresce e se torna maior do que todas as hortaliças, e estende ramos tão grandes, que os pássaros do céu podem abrigar-se à sua sombra”.
33Jesus anunciava a Palavra usando muitas parábolas como estas, conforme eles podiam com­preender. 34E só lhes falava por meio de parábolas, mas, quando estava sozinho com os discípulos, explicava tudo.
- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.
Leia Mais

O Reino de Deus em Nós




No Evangelho de hoje, Jesus nos ensina por meio de parábolas. Ele relaciona o Reino de Deus à “semeadura”; ou seja, o anúncio da Palavra.
  
Na primeira parábola, podemos observar que o Reino de Deus cresce de certa forma escondida se nós não o propagarmos; de qualquer forma o Reino de Deus vai se expandir. Ele não deve evoluir de forma abafada e escondida. Mas o tempo final (tempo da colheita) está próximo.
  
O que diz essa parábola é que sem que o semeador veja, ou saiba como, a semente vai germinar e crescer. Quem acolhe a Boa Notícia, aprende a ver e agir de acordo com a visão e a ação de Jesus. Quem não age, perde até a pouca compreensão que já tem.
  
Existem várias formas para interpretar tudo isso, mas vejamos da seguinte forma: nós somos a terra. Na parábola fala das etapas do crescimento; será que a terra se mantém fértil em todas as etapas? Que planta essa terra poderá ter? Dará bons frutos? Em Joel 4,13 diz o seguinte:
 
“Lançai a foice, que a roça está madura!
Vinde pisoar, que o lagar está cheio,
Os barris transbordam!
A maldade dessa gente passa da conta!”
 
Bom, o tempo da colheita está próximo. O homem (Reino de Deus) só vai ficar com os bons frutos, as terras férteis.
 
Na segunda parábola também fala da expansão do Reino de Deus. Podemos comparar esse grão de mostarda com o próprio Reino de Deus, ou mesmo com a Palavra. Ela precisa ser semeada; por mais que pareça pequena ou simples esse “grão de mostarda” se transforma numa grande árvore.
 
O Reino de Deus precisa de discípulos para expandi-lo. Nós somos esses discípulos! Não podemos cruzar os braços e deixar que o Reino de nosso Pai seja pequeno como um grão de mostarda, se nós temos forças para torná-lo grande, como uma bela árvore.
 
Que nós possamos refletir sobre isso. Que possamos ser terras férteis e gerar somente bons frutos. E que acima de tudo, tenhamos fé, pois diante das estruturas e ações desse mundo, a atividade de Jesus e daqueles que o seguem parece ridícula. Mas ela crescerá até atingir o mundo inteiro.
 
 
Grande abraço a todos!
 
Cinthya Cardoso de Araújo
Leia Mais

Evangelho do Dia - Mateus 5,33-37

— O Senhor esteja conosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Mateus.
— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos: 33“Vós ouvistes o que foi dito aos antigos: ‘Não jurarás falso, mas cumprirás os teus juramentos feitos ao Senhor’. 34Eu, porém, vos digo: Não jureis de modo algum: nem pelo céu, porque é o trono de Deus; 35nem pela terra, porque é o suporte onde apoia os seus pés; nem por Jerusalém, porque é a cidade do Grande Rei.
36Não jures tampouco pela tua cabeça, porque tu não podes tornar branco ou preto um só fio de cabelo. 37Seja o vosso ‘sim’: ‘sim’, e o vosso ‘não’: ‘não’. Tudo o que for além disso vem do Maligno”.

- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.
Leia Mais

Não Jurarás!





Muito bom dia, meus amigos...


Cá estamos nós novamente para refletirmos a palavra do Senhor para nós. E que interessante e instrutiva a passagem de hoje, não acham?

Apesar de curtinho, muito rico esse trecho em que Jesus nos aconselha a sermos pessoas de palavra! Isso me faz lembrar em certas pessoas que conheci ao longo dessa minha vida, pessoas que tinham a honra de dizer que eram pessoas de palavra!  
  
Talvez aquelas pessoas nunca nem chegaram a pegar um bíblia para darem uma folheada, mas é certo que sempre carregaram dentro delas os princípios básicos ensinados de Jesus, principalmente essa questão de serem pessoas com crédito na palavra ou no nome.

E para que sejamos pessoas cheias de crédito naquilo que dizemos, o primeiro passo é entendermos o significado de que Jesus é a VERDADE e a vida. Analisando isso por analogia, se Jesus é a verdade, o que será que é a mentira? Se Jesus é um só com o Espírito Santo e com Deus, que é amor... então entendemos que a mentira é DESamor ou tudo o que é oposto a ele, sendo também oposta a Deus e a seus projetos de vida plena para nós... concordam?

É por isso que Jesus nos fala para não jurarmos em hipótese alguma! Que o nosso "sim" seja realmente "sim" e o nosso "não", "não". E isso basta!

É preciso, então, rompermos com tudo o que não é verdadeiro em nossas vidas. Tudo aquilo que é feito escondido e que não pode ser apresentado ao mundo. Todas as situações de mentirinhas e de enganações, mesmo que sejam brincadeiras. É necessário que sejamos verdadeiros sempre! Pessoas confiáveis e que não perdem tempo em ficar, também, falando da vida alheia, alimentando fofoquinhas.

Que o Espírito Santo nos ensine a sermos verdadeiros e vencer as tentações em torno de toda espécie de falsidade.

Grande abraço fraternal,


Márcio Gomes Pacheco
Leia Mais

Evangelho do Dia - Mateus 5,27-32

— O Senhor esteja conosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Mateus.
— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos: 27“Ouvistes o que foi dito: ‘Não cometerás adultério’. 28Eu, porém, vos digo: Todo aquele que olhar para uma mulher, com o desejo de possuí-la, já cometeu adultério com ela no seu coração. 29Se o teu olho direito é para ti ocasião de pecado, arranca-o e joga-o para longe de ti! De fato, é melhor perder um de teus membros do que todo o teu corpo ser jogado no inferno. 30Se tua mão direita é para ti ocasião de pecado, corta-a e joga-a para longe de ti! De fato, é melhor perder um dos teus membros, do que todo o teu corpo ir para o inferno.
31Foi dito também: ‘Quem se divorciar de sua mulher, dê-lhe uma certidão de divórcio’. 32Eu, porém, vos digo: Todo aquele que se divorcia de sua mulher, a não ser por motivo de união irregular, faz com que ela se torne adúltera; e quem se casa com a mulher divorciada comete adultério”.

- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.
Leia Mais

Postagens mais visitadas

Ouça a Rádio Canção Nova



Seguidores

 

Sobre A Boa Semente!

A Boa Semente foi fundada em 2007. É uma criação do Grupo de Oração Semeador, da Renovação Carismática Católica da cidade de Inhumas GO. É um instrumento de evangelização sem fins lucrativos.

Sua principal missão é semear a Boa Semente através de reflexões diárias do evangelho. Você também pode fazer parte dessa família, entre em contato conosco e saiba como!

Os artigos são de responsabilidade de seus respectivos autores.

Deus te abençoe sempre!

Visite Meu Canto Secreto e descubra mais sobre o autor desse instrumento de evangelização. Mais uma criação Vocenanet.com VCN