Ocorreu um erro neste gadget

Evangelho do dia: Marcos 4,1-20

— O Senhor esteja conosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Marcos.
— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 1Jesus começou a ensinar de novo às margens do mar da Galiléia. Uma multidão muito grande se reuniu em volta dele, de modo que Jesus entrou numa barca e se sentou, enquanto a multidão permanecia junto às margens, na praia.
2Jesus ensinava-lhes muitas coisas em parábolas. E, em seu ensinamento, dizia-lhes: 3"Escu­tai! O semeador saiu a semear. 4Enquanto semeava, uma parte da semente caiu à beira do caminho; vieram os pássaros e a comeram. 5Outra parte caiu em terreno pedregoso, onde não havia muita terra; brotou logo, porque a terra não era profunda, 6mas, quando saiu o sol, ela foi queimada; e, como não tinha raiz, secou. 7Outra parte caiu no meio dos espinhos; os espinhos cresceram, a sufocaram, e ela não deu fruto.
8Outra parte caiu em terra boa e deu fruto, que foi crescendo e aumentando, chegando a render trinta, sessenta e até cem por um”. 9E Jesus dizia: "Quem tem ouvidos para ouvir, ouça". 10Quando ficou sozinho, os que estavam com ele, junto com os Doze, perguntaram sobre as parábolas. 11Jesus lhes disse: "A vós, foi dado o mistério do Reino de Deus; para os que estão fora, tudo acontece em parábolas, 12para que olhem mas não enxerguem, escutem mas não compreendam, para que não se convertam e não sejam perdoados".
13E lhes disse: "Vós não com­preendeis esta parábola? Então, como compreendereis todas as outras parábolas? 14O semeador semeia a Palavra. 15Os que estão na beira do caminho são aqueles nos quais a Palavra foi semeada; logo que a escutam, chega Satanás e tira a Palavra que neles foi semeada. 16Do mesmo modo, os que receberam a semente em terreno pedregoso, são aqueles que ouvem a Palavra e logo a recebem com alegria, 17mas não têm raiz em si mesmos, são inconstantes; quando chega uma tribulação ou perseguição, por causa da Palavra, logo desistem.
18Outros recebem a semente entre os espinhos: são aqueles que ouvem a Palavra; 19mas quando surgem as preocupações do mundo, a ilusão da riqueza e todos os outros desejos, sufocam a Palavra, e ela não produz fruto. 20Por fim, aqueles que recebem a semente em terreno bom são os que ouvem a Palavra, a recebem e dão fruto; um dá trinta, outro sessenta e outro cem por um."


- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.
Leia Mais

Nós somos o fruto de nossas escolhas!


Bom dia, meus amigos!

Temos no Evangelho de hoje a parábola do Semeador. A explicação de Jesus é fácil de entender:

"O semeador semeia a Palavra. Os que estão na beira do caminho são aqueles nos quais a Palavra foi semeada; logo que a escutam, chega Satanás e tira a Palavra que neles foi semeada. Do mesmo modo, os que receberam a semente em terreno pedregoso, são aqueles que ouvem a Palavra e logo a recebem com alegria, mas não têm raiz em si mesmos, são inconstantes; quando chega uma tribulação ou perseguição, por causa da Palavra, logo desistem.
Outros recebem a semente entre os espinhos: são aqueles que ouvem a Palavra; mas quando surgem as preocupações do mundo, a ilusão da riqueza e todos os outros desejos, sufocam a Palavra, e ela não produz fruto. Por fim, aqueles que recebem a semente em terreno bom são os que ouvem a Palavra, a recebem e dão fruto; um dá trinta, outro sessenta e outro cem por um." (Mc 4 ; 14-20).

Existem várias formas de interpretarmos. A semente é a Palavra de Deus; como será que estamos como semeadores? Existem muitas pessoas que escolhem para quem falar de Deus. Mas isso não pode acontecer, o semeador deve semear em todos os terrenos.

Mas existe também o Semeador divino que é Deus; onde nós somos o solo. Nós estamos sendo solo fértil? É importante refletirmos isso todos os dias. Porque em cada dia de nossa vida, passamos por vários momentos, e muitas vezes somos um solo pedregoso, acolhemos a Palavra de Deus, mas quando surge um problema em nossa casa ou no trabalho, nós desistimos.

Muitas vezes também somos aquele solo com espinhos, ouvimos a Palavra mas estamos ligados ao mundo. E por fim há o solo fértil, o qual devemos ser sempre; quando ouvimos a Palavra e sabemos semeá-la, dar bons frutos.

Jesus ensina por meio de parábolas para fazer-nos pensar, refletir, e com isso, pedir sabedoria de como agir. Deus nos quer convencidos do Amor dEle por nós, que sai a semear sem distinção, sem escolher.

Devemos tomar cuidado, para não estar sendo solo pedregoso, que não se aprofunda na Palavra, não tem raízes. Precisamos criar raízes, nos aprofundando na Palavra de Deus e também a levando pra todos ao nosso redor.

Façamos, então, essa experiência de nos aprofundarmos na Palavra de Deus e ser, por fim, solo fértil, para darmos fruto trinta, sessenta e cem por um!

Um grande abraço a todos.
A paz de Jesus...

Cinthya Cardoso de Araújo
Leia Mais

Evangelho do dia: Marcos 3,31-35

— O Senhor esteja conosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Marcos.
— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 31chegaram a mãe de Jesus e seus irmãos. Eles ficaram do lado de fora e mandaram chamá-lo. 32Havia uma multidão sentada ao redor dele. Então lhe disseram: "Tua mãe e teus irmãos estão lá fora à tua procura".
33Ele respondeu: "Quem é minha mãe, e quem são meus irmãos?" 34E olhando para os que estavam sentados ao seu redor, disse: "Aqui estão minha mãe e meus irmãos. 35Quem faz a vontade de Deus, esse é meu irmão, minha irmã e minha mãe".

- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.
Leia Mais

Ser irmão de Jesus...


Bom dia irmãos e irmãs, que a paz de Jesus esteja conosco.

A passagem de hoje, apesar de ser muito usada por protestantes para falar mal de Maria, vem mostrar a grande importância de Maria para Jesus.

Vamos analisar a situação... Primeiramente, só para esclarecer, naquele tempo, naquela região, a denominação de “irmão” era usada tanto para irmão como para primo. Sobre a parte que Jesus fala que “Quem faz a vontade de Deus, esse é meu irmão, minha irmã e minha mãe”, Jesus se referia que todo aquele que faz a vontade de Deus chega ao nível de proximidade que sua mãe e seus irmãos tinham, se tornam a família de Jesus.

Ele então, diferente do que muitos falam, não rebaixa sua mãe, e sim dá grande importância a ela. Basta analisarmos: Jesus sendo Deus não honraria sua mãe? Sua família? Claro que honra, segue o próprio mandamento de Deus: honrar pai e mãe! Isso no sentido de dar importância à família. Se seguirmos a vontade de Deus teremos o presente de fazer parte da família de Jesus.

Então que sempre busquemos seguir a vontade de Deus, para que possamos estar bem próximos de Jesus, ser família d’Ele e, consequentemente, ser feliz.


Fernando Reis Gomes
Leia Mais

Evangelho do dia: Marcos 4, 26-34

— O Senhor esteja conosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Marcos.
— Glória a vós, Senhor.

Dizia também: "O Reino de Deus é como um homem que lança a semente à terra. Dorme, levanta-se, de noite e de dia, e a semente brota e cresce, sem ele o perceber. Pois a terra por si mesma produz, primeiro a planta, depois a espiga e, por último, o grão abundante na espiga. Quando o fruto amadurece, ele mete-lhe a foice, porque é chegada a colheita".
Dizia ele: "A quem compararemos o Reino de Deus? Ou com que parábola o representaremos? É como o grão de mostarda que, quando é semeado, é a menor de todas as sementes. Mas, depois de semeado, cresce, torna-se maior que todas as hortaliças e estende de tal modo os seus ramos, que as aves do céu podem abrigar-se à sua sombra".
Era por meio de numerosas parábolas desse gênero que ele lhes anunciava a palavra, conforme eram capazes de compreender. E não lhes falava, a não ser em parábolas; a sós, porém, explicava tudo a seus discípulos.

- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.
Leia Mais

A colheita do Senhor....


O evangelho de hoje nos faz refletir quão grande é nossa vocação para com o Reino de Deus.

Somos chamados a, fielmente, 'cultivar' as coisas do Alto em nossa vida, de modo que façamos a produção dos frutos em prática constante no dia-a-dia.

Diante de todo o nosso viver, Deus nos convida a exercitar o ato de Fé, espalhando a bênção e acreditando no poder infinito da graça de Nosso Senhor Jesus. Precisamos acordar para a servidão que Jesus nos propõe. Somo servos de Deus e só mostramos que o somos a partir do gesto concreto.

É necessário deixarmos ser usados como "instrumentos" nas mãos do Senhor, ser canal da graça d'Ele na vida de outras pessoas.

E claro, para que isso aconteça, devemos estar abertos à palavra do Senhor, para que ela brote em nossos corações. Basta um gesto nosso de humildade e servidão a Deus para que Ele entre em nossas vidas e provoque uma profunda transformação.

É importante deixar que o nosso coração também seja solo fértil pronto a fecundar o amor de Deus. E assim, como na parábola do Grão de Mostarda, os frutos da ação de Deus serão abundantes e constantes.

Se nós, irmãos, tivermos a Fé comparada ao tamanho do grão de mostarda, que maravilha temos em nossas vidas! Pois, conforme na palavra, a abundância de graças serão imensamente benéficas para nós e para quem esteja ao nosso redor. Assim, precisamos cultivar nossa fé como uma plantinha, que todos os dias precisa de cuidados especiais para que seja manifestado graças e mais graças da ação de Deus em nós.

Deixemos o Senhor plantar as sementes do "Reino" em nossos corações para colhermos todos os frutos prometidos: paz, alegria, amor, bondade, temperança, paciência.... e sobretudo a Fé!!!!!


Klênia Pereira e Marcos Piter
Leia Mais

Evangelho desse Domingo - Marcos 16,15-18

— O Senhor esteja conosco!
— Ele está no meio de nós.
— PROCLAMAÇÃO do Evangelho de Jesus Cristo, segundo Marcos.
— Glória a vós, Senhor!

Naquele tempo, Jesus se manifestou aos onze discípulos,  15e disse-lhes: "Ide pelo mundo inteiro e anunciai o Evangelho a toda criatura! 16Quem crer e for batizado será salvo. Quem não crer será condenado. 17Os sinais que acompanharão aqueles que crerem serão estes: expulsarão demônios em meu nome, falarão novas línguas;   18se pegarem em serpentes ou beberem algum veneno mortal não lhes fará mal algum; quando impuserem as mãos sobre os doentes, eles ficarão curados".

- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.
Leia Mais

Deus te Chama a Ser Profeta!

Muito bom dia, meus amigos!
Quanto tempo, hein? Três semanas depois, estou eu aqui novamente para refletirmos juntos a Palavra de Deus para nós...
  
Essa passagem de hoje é uma daquelas que tenho como marcantes e definitivas em minha vida espiritual. Foi através dela que veio o chamado a fazer parte do ministério de cura e libertação. Foi por meio dela que compreendi que tudo aquilo que acontecia na época de Jesus e que achamos extraordinário, também somos chamados a fazermos: impor as mãos aos doentes para orar por eles e os mesmos ficarem curados; submeter demônios em nome de Jesus; passarmos pelas mais variadas provações (venenos) e sairmos ilesos e tantas outras promessas que o Senhor constantemente cumpre na vida daqueles que são perseverantes na fé.
  
O convite do Mestre para hoje é para não ficarmos calados diante de tantas graças, bênçãos, que temos testemunhado. É necessário testemunharmos Sua ação salvadora em nossa vida para as outras pessoas! Necessário se faz levar a todas as pessoas, todas mesmo, que Jesus está vivo e continua realizando milagres e que basta darmos nosso sinal verde para que ele comece a se manifestar em nossas vidas.
  
Porém, na maioria das vezes, as pessoas não compreendem que isso requer renúncia dos caprichos da carne, da busca desenfreada em satisfazermos nossos apetites carnais.
  
Precisamos identificar as situações que nos afastam de Deus e, de uma vez por todas, retirá-las do nosso dia a dia.
  
Um instrumento enferrujado, sujo, não será tão eficaz quando usado. Reflita consigo mesmo: O que há dentro de você hoje? Pureza em seu coração ou só podridão?
O Senhor quer usar a todos nós. Porém, se estamos sujos por dentro, atrapalhamos bem mais que ajudamos.
  
A confissão pode nos livrar dessa sujeira toda! Há quanto tempo você não se confessa?
  
Fica o convite: Deus quer que sejamos seus profetas, porém, antes de assumirmos nosso chamado, que possamos ser alvejados no sangue do cordeiro em um momento profundo de confissão e arrependimento.
  
Deus nos abençoe cada vez mais!
Grande abraço fraternal,

Márcio Gomes Pacheco
Leia Mais

Evangelho do dia: Marcos 3,20-21

— O Senhor esteja conosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Marcos.
— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 20Jesus voltou para casa com os discípulos. E de novo se reuniu tanta gente que eles nem sequer podiam comer. 21Quando souberam disso, os parentes de Jesus saíram para agarrá-lo, porque diziam que estava fora de si.

- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.
Leia Mais

Louco por Jesus!


Queridos irmãos, confesso que me senti incapaz diante de dois versículos que em um primeiro momento não me diziam “nada”.

Me atentei então ao que considerei a palavra chave do Evangelho: “Enlouqueceu”!

Jesus foi considerado nesse momento por seus familiares, um louco. Qual seria a loucura de nosso Deus feito homem?

Ele incomodava extremamente os poderosos de sua época, pelo seu comportamento inovador que desprezava a luxúria, o apego, as coisas terrenas, denunciava sem pudor a injustiça e acolhia os pecadores... Ele contradiz em seu tempo com os costumes e cultura daquela sociedade ameaçando os mais favorecidos e dominadores. Sua loucura arrastava multidões ao ponto de não possuir alimentação para todos, mas o seu alimento, sabemos, era simplesmente a cura da alma e do coração de todos os que Ele acolhia com tanta dedicação.

No evangelho de ontem, nosso pequeno comentarista diz com sabedoria que “o discípulo imita o Mestre”. Consciente disso, convido você a fechar seus olhos e pedir a Jesus a graça de ser um bom discípulo e de abraçar a “loucura” de Deus, amando a missão que Ele nos dá, arrastando multidões de pessoas para perto de seu filho que deseja a restauração de todos nós.

Jesus arrastava multidões, com pessoas de todo tipo. Ele não excluía ninguém e disse certa vez: “não vim para os curados e sim para os doentes e pecadores”. Ele não veio para um pouco de gente, veio para todos.

Vamos espalhar nossa boa semente que é o amor de Jesus e transformar mais e mais corações. Todo o nosso esforço é pouco, queiramos fazer mais e mais, cada vez mais! Essa é a missão do “louco” por Jesus! Deus abençoe você nessa bonita loucura.

Um abraço a todos!


Ângela Abadia de Jesus
Leia Mais

Evangelho do dia: Marcos 3,13-19

— O Senhor esteja conosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Marcos.
— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 13Jesus subiu ao monte e chamou os que ele quis. E foram até ele. 14Então Jesus designou Doze, para que ficassem com ele e para enviá-los a pregar, 15com autoridade para expulsar os demônios. 16Designou, pois, os Doze: Simão, a quem deu o nome de Pedro; 17Tiago e João, filhos de Ze­bedeu, aos quais deu o nome de Boanerges, que quer dizer "Filhos do trovão"; 18André, Filipe, Bartolo­meu, Mateus, To­mé, Tiago, filho de Alfeu, Tadeu, Simão, o cananeu, 19e Judas Isca­riotes, aquele que depois o traiu.

- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.
Leia Mais

Jesus nos chama!


Muito bom dia, queridos amigos e leitores!

No Evangelho de hoje Jesus escolhe seus discípulos. E ainda cita no final: "... e Judas, aquele que depois o traiu". Jesus está chamando seus discípulos ainda hoje. Nós somos chamados, mas muitas vezes fazemos o papel daquele que o traiu.

Como na Palavra mesmo fala, Jesus chama aqueles que Ele quer. E se nós somos chamados, é porque é a vontade de Deus. Não é nenhuma pessoa que está te chamando, é Deus! E Deus nos chama todos os dias. Muitas vezes nós não vemos, mas Ele chama.

Desde quando aquela pessoa está te chamando a ir ao grupo de oração, ou mesmo ir à missa. Eu te digo, meu irmão, quem te chamava era Deus. Ele quer nos levar a conhecê-Lo, mas muitas vezes recusamos ao chamado.

Jesus quer nos dar autoridade como deu aos Doze Apóstolos naquela época, mas temos que tomar posse desse chamado, dessa Graça que Ele nos concede. Porque muitas vezes preferimos ouvir o chamado do mundo, do que ouvir o chamado de Deus.

Prestemos, pois, mais atenção. Porque Deus sempre fala. Talvez ele tenha nos escolhido, mas a cegueira do mundo tem tampado nossos olhos. Não ignoremos ao chamado do Pai, Ele quer que sejamos discípulos e tenhamos autoridade, como os Apóstolos.

Um grande abraço a todos vocês!
A paz de Jesus...


Cinthya Cardoso de Araújo
Leia Mais

O discípulo imita o Mestre!


Olá amigos, é muito bom falar de Jesus pra vocês. Meu nome é Diogo Raphael, tenho nove anos e é a primeira vez que estou escrevendo para o nosso blog. Espero que Jesus possa me ajudar a falar coisas importantes e bonitas para tocar o coração de cada um.

Naquele tempo Jesus escolheu os doze discípulos; ele os chamou para expulsar demônios e pregar. E hoje ele continua chamando a nós que cremos n'Ele para ajudar as pessoas que estão tristes, que deixaram os “demônios” entrar em seus corações. Minha mãe me explicou que esses “demônios” são coisas ruins que deixamos entrar em nosso coração: tristeza, vaidade, orgulho, inveja, ódio, falta de perdão e muitas outras coisas.

Ser discípulo hoje é levar Jesus para essas pessoas, para que Ele possa derramar seu amor sobre elas.

Também aprendemos com essa passagem que ser discípulo é imitar seu Mestre. A mamãe contou uma música que fala sobre isso, ela é assim:

“Amar como Jesus amou, Sonhar como Jesus sonhou, Viver como Jesus viveu Sentir o que Jesus sentia, Sorrir como Jesus sorria, E ao chegar o fim do dia, Eu sei que eu dormiria, Muito mais feliz.”

Se todo mundo for capaz de imitar Jesus vai ser um discípulo nota dez e fará muitas pessoas felizes e será muito mais feliz.

Eu vou ser um discípulo feliz, e você?



Rapha
Leia Mais
Hoje comemoramos o aniversário do nosso querido Coordenador do Ministério Jovem - Marcio Pacheco... É bendito o dia em que o Senhor nos concedeu a graça de termos esse homem de Deus tão abençoado no nosso meio!

Mas eu particularmente quero hoje parabenizá-lo não só pelo lindo trabalho que vem fazendo, mas pelo filho de Deus maravilhoso que ele é, pela imensa dedicação à obra de Deus, pelo amor que dedica às pessoas e, principalmente, por ser o noivo mais lindo, amoroso e dedicado do mundo!!!

Meu amor, você é o meu maior presente de Deus... Você é uma demonstração de que o Senhor me ama muito! Que Ele te conserve sempre assim: único!

"A vida tem sabor tão diferente
desde quando a gente se encontrou
Quanta espera e esperança! Dores, distância
Não impediram nosso amor.
Nosso encontro no olhar,
nosso encontro no falar,
em cada oração.
Acredito nesse amor!
Somos bênçãos do Senhor, e a cada dia mais é verdadeiro nosso amor."


Leia Mais

Evangelho do dia: Marcos 2,18-22

— O Senhor esteja conosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Marcos.
— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 18os discípulos de João Batista e os fariseus estavam jejuando. Então, vieram dizer a Jesus: "Por que os discípulos de João e os discípulos dos fariseus jejuam, e os teus discípulos não jejuam?"
19Jesus respondeu: "Os convidados de um casamento poderiam, por acaso, fazer jejum, enquanto o noivo está com eles? Enquanto o noivo está com eles, os convidados não podem jejuar. 20Mas vai chegar o tempo em que o noivo será tirado do meio deles; aí, então, eles vão jejuar.
21Ninguém põe um remendo de pano novo numa roupa velha; porque o remendo novo repuxa o pano velho e o rasgão fica maior ainda. 22Ninguém põe vinho novo em odres velhos; porque o vinho novo arrebenta os odres velhos e o vinho e os odres se perdem. Por isso, vinho novo em odres novos".


- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.
Leia Mais

Vida nova em Cristo


Bom dia amados irmãos, que esta semana possa ser de muitas bênçãos nas nossas vidas. Vamos agora refletir um pouco sobre o evangelho do dia...

Precisamos ter em mente, sobretudo, que o jejum é um ato de misericórdia infinita de Deus Pai para com o seu povo pecador. Estar jejuando significa estar se entregando ao Senhor e reconhecendo que precisamos nos santificar, pois, miseráveis somos!

Não podemos jejuar como os fariseus, que anunciavam a todos, com suas aparências tristes, que jejuavam. Devemos cobrir nosso rosto de brilho e dizer fortes e alegres que o Senhor é o Noivo presente em nossa vida.

Jesus diz através de uma parábola que enquanto o ‘Noivo’ está presente não se pode jejuar e os adverte que chegará o tempo em que Ele não mais estará entre eles e desta forma será necessário encontrá-lo através do jejum e da oração.

Quantas vezes somos como fariseus? Enchemos nossa cara de ‘carranca’ e não importamos com o Noivo presente em nossa vida! O jejum nos fortalece para os dias maus e nos mantém saudáveis diante do mundo doente.

Através da mensagem do dia do Santo Evangelho de Jesus, ainda refletimos o quão importante é para nós agirmos de modo a lavarmos nossa alma todos os dias. Somos convidados a não mais tentar ‘remendar’ nossos erros, que um dia virão à tona a nos perturbar novamente. Ele usa de uma parábola e nos alerta que, para recebermos da Sua graça, devemos ‘destituir’ do ‘homem velho’, deixar para trás a vida de pecado e nos voltarmos inteiramente para Ele, pois somente assim conseguiremos estar verdadeiramente na Sua presença.

Os odres são aqueles sacos próprios para o transporte de líquidos. Isto significa que se tentarmos colocar vinho novo: a doutrina, os ensinamentos de Jesus na nossa vida antiga, pecaminosa, sem uma mudança verdadeira de postura, correremos o risco de que nossa vida se desestruture ainda mais, pois não estamos preparados para esta graça. Assim, odres novos, nova postura, novo amor e vida para receber a verdadeira vida que é Jesus. Ele nos convida a uma conversão real para estarmos na Sua presença.

Precisamos nos revestir do novo que Deus nos concede, pela graça do Espírito Santo. Somos agraciados irmãos, e é nesse sentido que precisamos clamar esse Espírito de Deus que nos transforma em ‘vasos’ novos para receber Dele a benção necessária.

‘Oremos, vigiemos e jejuemos!’


Klênia Pereira e Marcos Piter
Leia Mais

Evangelho de hoje: JOÃO 1, 35-42

— O Senhor esteja conosco!
— Ele está no meio de nós.
— PROCLAMAÇÃO do Evangelho de Jesus Cristo, segundo João.
— Glória a vós, Senhor!

Naquele tempo, 35João estava de novo com dois de seus discípulos 36e, vendo Jesus passar, disse: "Eis o Cordeiro de Deus!"37Ouvindo essas palavras, os dois discípulos seguiram Jesus. 38Voltando-se para eles e vendo que o estavam seguindo, Jesus perguntou: "O que estais procurando?" Eles disseram: "Rabi (que quer dizer: Mestre), onde moras?"
39Jesus respondeu: "Vinde ver". Foram pois ver onde ele morava e, nesse dia, permaneceram com ele. Era por volta das quatro da tarde.
40André, irmão de Simão Pedro, era um dos dois que ouviram a palavra de João e seguiram Jesus.
41Ele foi encontrar primeiro seu irmão Simão e lhe disse: "Encontramos o Messias" (que quer dizer: Cristo).
42Então André conduziu Simão a Jesus. Jesus olhou bem para ele e disse: "Tu és Simão, filho de João; tu serás chamado Cefas" (que quer dizer: Pedra).

- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.
Leia Mais

O CHAMADO


Muito bom dia, amados!

Neste domingo, a passagem do Evangelho nos fala sobre os primeiros discípulos de Jesus, os primeiros chamados que Ele fez. Vemos que João Batista estava com dois de seus discípulos e, ao passar Jesus, ele disse "Eis o Cordeiro de Deus", ou seja, aquele que veio para se entregar, para remir os pecados.

Ao ouvirem o que João Batista falou, os dois discípulos que antes seguiam a ele, foram seguir Jesus, aceitando-O como o Messias. Um desses discípulos era André, irmão de Simão, que posteriormente foi chamado também para seguir Jesus, recebendo o nome de Cefas (que significa "pedra") ou Simão Pedro.

Portanto, meus irmãos, o tema do Evangelho de hoje é o chamado. Jesus chamou a cada um dos doze discípulos pelo nome e disse para segui-Lo. Assim também Ele faz com cada um de nós: Ele nos chama pelo nome e nos confia uma missão. Cabe a cada um decidir se quer segui-Lo ou não.

Eu me lembro muito bem quando eu senti que estava sendo chamada por Jesus. Essa primeira experiência foi com a missão da música. Depois vieram outras missões: pregação, dança, oração, animação de grupo de oração. É muito importante ressaltar que nós não devemos ficar desesperados procurando qual é o nosso dom, em que devemos servir; devemos silenciar, orar, escutar a Deus e então saberemos o que Ele quer de cada um de nós.

Mas o mais importante é que TODOS NÓS SOMOS CHAMADOS a seguir Jesus! Independentemente da missão em que vamos servi-Lo, todos nós somos chamados a andar com Jesus, aprender Seus ensinamentos, nos tornar íntimos dEle, ouvi-Lo e realizar Sua vontade nas nossas vidas. É para isso que Ele nos chama pelo nome e diz "Segue-me". E como é lindo dizer SIM a Ele e experimentar as maravilhas que Ele faz em nós quando decidimos aceitá-Lo como Senhor de nossas vidas...

E se você já sentiu Jesus te chamando pelo nome, não perca mais tempo, simplesmente diga sim a Ele e comece a seguir os Seus ensinamentos! Se você já disse o seu sim, seja perseverante! Persevere na oração, na intimidade com Deus, na visita ao Santíssimo (onde Jesus está todos os dias esperando pela nossa visita, mesmo que rápida...), no terço, na leitura da Palavra de Deus... Eu tenho certeza absoluta de que a nossa vida muda completamente (para melhor!), quando perseveramos.

Que Deus nos abençoe nesse "dia do Senhor" e nos conceda a graça de sermos guiados pelo Espírito Santo!

Anaíle Flores
Leia Mais

Evangelho do dia: Marcos 2,13-17

— O Senhor esteja conosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Marcos.
— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 13Jesus saiu de novo para a beira mar. Toda a multidão ia a seu encontro, e Jesus os ensinava. 14Enquanto passava, Jesus viu Levi, o filho de Alfeu, sentado na coletoria de impostos, e disse-lhe: "Segue-me!" Levi se levantou e o seguiu.
15E aconteceu que, estando à mesa na casa de Levi, muitos cobradores de impostos e pecadores também estavam à mesa com Jesus e seus discípulos. Com efeito, eram muitos os que o seguiam.
16Alguns doutores da Lei, que eram fariseus, viram que Jesus estava comendo com pecadores e cobradores de impostos. Então eles perguntaram aos discípulos: "Por que ele come com cobradores de impostos e pecadores?"
17Tendo ouvido, Jesus respondeu-lhes: "Não são as pessoas sadias que precisam de médico, mas as doentes. Eu não vim para chamar justos, mas sim pecadores".

- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.
Leia Mais

Jesus chama os pecadores


Querido irmão (ã), que a graça de Deus esteja com você. É muito bom saber que você hoje veio ouvir o que Jesus tem pra te falar. Ele fala sempre, não é mesmo? Mas às vezes estamos muito ocupados para ouvi-lo. Tenho pensado muito nisso ultimamente: “OUVIR JESUS! Prestar mais atenção aos sinais que Ele me dá! Calar meu coração!”.

Te convido hoje a vivenciar também essa experiência e ouvir o que Ele tem pra te dizer.

Hoje a palavra de Deus é clara: “Jesus veio para os pecadores, para os doentes”. Isso nos faz compreender que em primeiro lugar não devo me considerar indigno do chamado de Deus por mim, porque Ele bem sabe de minhas fraquezas, de minha miséria e pequenês, mais do que ninguém; mas Ele me ama e quer contar comigo.

Muitos de nós e muitos de muitos irmãos em nosso grupo de oração às vezes se sentem assim, tão pequenos que se calam, se escondem e não conseguem servir na obra de Deus dentro da comunidade. Então é preciso colocar em nosso coração a convicção de que Deus não chama a servir e evangelizar somente aquele irmão que possui o dom de cantar ou falar muito bem, Deus me chama também na minha humildade recepcionando o amigo que chega, visitando um doente, buscando visitantes para o grupo de oração e até mesmo fazendo biscoitinhos para uma confraternização, ao final da reunião. Deus te chama amando, sorrindo e apertando a mão do irmão.

Em Segundo lugar, devemos deixar brotar em nosso coração o desejo de evangelizar segundo o que Jesus nos ordena: Buscar os pecadores e os doentes. Deus quer que busquemos para perto d’Ele quem mais precisa ser curado, restaurado e transformado, como Ele fez a Mateus. Quem está conosco todos os sábados no grupo de oração precisa do nosso amor, confiança e amizade, mas devemos nos lembrar que o grupo ultrapassa as paredes da Capela, que ele deve ir até a comunidade onde há “doentes”, para serem curados. Nisso, consisti nossa missão.

Pensemos nisso e deixemos Deus nos mover a uma missão de evangelização realmente restauradora.


Ângela Abadia de Jesus

Leia Mais

Evangelho do dia: Marcos 2,1-12

— O Senhor esteja conosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Marcos.
— Glória a vós, Senhor.

1Alguns dias depois, Jesus entrou de novo em Cafarnaum. Logo se espalhou a notícia de que ele estava em casa. 2E reuniram-se ali tantas pessoas, que já não havia lugar, nem mesmo diante da porta. E Jesus anunciava-lhes a Palavra. 3Trouxeram-lhe, então, um paralítico, carregado por quatro homens. 4Mas não conseguindo chegar até Jesus, por causa da multidão, abriram então o teto, bem em cima do lugar onde ele se encontrava. Por essa abertura desceram a cama em que o paralítico estava deitado. 5Quando viu a fé daqueles homens, Jesus disse ao paralítico: "Filho, os teus pecados estão perdoados". 6Ora, alguns mestres da Lei, que estavam ali sentados, refletiam em seus corações: 7"Como este homem pode falar assim? Ele está blasfemando: ninguém pode perdoar pecados, a não ser Deus". 8Jesus percebeu logo o que eles estavam pensando no seu íntimo, e disse: "Por que pensais assim em vossos corações? 9O que é mais fácil: dizer ao paralítico: 'os teus pecados estão perdoados', ou dizer: 'Levanta-te, pega a tua cama e anda'? 10Pois bem, para que saibais que o Filho do Homem tem, na terra, poder de perdoar pecados disse ele ao paralítico: 11eu te ordeno: levanta-te, pega tua cama, e vai para tua casa!" 12O paralítico então se levantou e, carregando a sua cama, saiu diante de todos. E ficaram todos admirados e louvavam a Deus, dizendo: "Nunca vimos uma coisa assim".

- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.
Leia Mais

A tua fé pode curar!

Muito bom dia, queridos amigos! Que a paz de Jesus esteja em cada um de nós!

E como é bom estarmos juntos, mais uma vez, para lermos e refletirmos o Evangelho do Senhor! Que o Espírito Santo seja derramado sobre você e abra seu coração para receber a graça que Deus quer te dar hoje...

A palavra do Senhor de hoje é muito bonita... Ela nos fala de amizade, de quatro homens que amavam um paralítico e decidiram apresentá-lo a Jesus, acreditando que o mesmo seria curado. Feliz aquele paralítico por ter pessoas que o ajudavam, que estavam do lado dele, que queriam o seu bem... Quantas vezes não somos como aquele paralítico que precisa ser carregado até a presença de Jesus para ser curado... Ou ainda, quantas vezes nos aproximamos de Jesus por causa de nossos amigos, que também são amigos d'Ele... Bem aventurados aqueles que tem amigos que também são amigos de Jesus!

Porém, mais admirável que a amizade e o amor daqueles homens que carregaram o amigo paralítico, quem sabe por um longo caminho, é a fé que traziam no coração... Ao perceberem a multidão ao redor de Jesus e concluir que seria praticamente impossível se aproximar d'Ele naquele instante, eles sobem até o teto do local e abrem um buraco para que o paralítico descesse bem diante dos olhos de Jesus... O que motivou aqueles homens a agirem de forma tão audaciosa e criativa foi a fé de que Jesus pudesse curá-lo.

E foi exatamente essa fé que sensibilizou o coração de Jesus... Não foi o acontecimento inusitado de simplismente descer pelo teto, tampouco a situação em que se encontrava o paralítico e sua enfermidade... Foi a fé de quatro homens que não mediram esforços para apresentar o amigo diante de Jesus, acreditando em suas palavras e no seu poder de curar...

Quantos amigos nossos precisam, no dia de hoje, de serem carregados até a presença de Jesus? Pare um pouquinho agora e pense em todos os seus amigos, naqueles que estão afastados de você, que um dia você o conheceu no Grupo de Oração e hoje ele não está mais lá... Naquele que você nem sabe como vai, se ainda vai à missa, se ainda segue os passos de Jesus... Talvez o que falta para que ele volte, para que ele seja curado, para que tenha seus pecados perdoados, é um pouquinho de oração, de fé em acreditar que a sua oração pode resgatar o seu amigo...

Talvez você nem saiba o que fazer para resgatar a sua amizade com ele ou trazê-lo de volta para Jesus... Mas tenha certeza, meu irmão, que tudo é possível para aquele que tem fé, que crê de verdade! Se você acreditar que através da sua intercessão aquele que foi concebido por Deus e confiado à sua amizade poderá ser perdoado e tocado por Jesus, então pode ter certeza que, no tempo devido, ele alcançará essa graça...

Que no dia de hoje coloquemos todos aqueles que consideramos nossos amigos, tenham eles já conhecido Jesus ou não, nos braços de Deus através de nossas orações...

Para ajudá-lo, assista um vídeo logo acima com a música "Onde está o teu irmão" do Walmir Alencar...

Que Jesus te abençoe nessa missão...

Grande Abraço!


Danilo Lopes Ribeiro
Leia Mais

Evangelho do dia: Marcos 1,40-45

— O Senhor esteja conosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Marcos.
— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 40um leproso chegou perto de Jesus, e de joelhos pediu: "Se queres tens o poder de curar-me". 41Jesus, cheio de compaixão, estendeu a mão, tocou nele, e disse: "Eu quero: fica curado!" 42No mesmo instante, a lepra desapareceu, e ele ficou curado.
43Então Jesus o mandou logo embora, 44falando com firmeza: "Não contes nada disso a ninguém! Vai, mostra-te ao sacerdote e oferece, pela tua purificação, o que Moisés ordenou, como prova para eles!" 45Ele foi e começou a contar e a divulgar muito o fato. Por isso Jesus não podia mais entrar publicamente numa cidade: ficava fora, em lugares desertos. E de toda parte vinham procurá-lo.

- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.
Leia Mais

Um olhar que cura...


Bom dia, amados de Deus!

Que a força do Alto seja derramada sobre você neste dia...

Há alguns dias atrás refletimos essa mesma passagem de hoje, porém no livro de São Lucas. Mais uma vez o Senhor vem nos falar de cura... Aliás, se nos atentarmos bem e prestarmos atenção, perceberemos que todo o Evangelho fala de cura e mostra Jesus realizando curas...

Jesus, além de nos trazer a salvação, veio curar o seu povo! O povo sofrido, amargurado, desfigurado pelo pecado, pelas armadilhas do inimigo de Deus... Um povo que até então se via tão distante do Senhor, imaginando um Deus lá no Céu, pronto para condenar aquele que caisse no pecado... E de repente se encontram com um Deus humano, amoroso, que prega a misericórdia, a conversão, a mudança de vida... Um Deus que eleva a pessoa humana ao mais alto grau de dignidade que ela pudesse alcançar... Um Deus que desperta nas pessoas a fé de que podem dar certo, de que podem se tornar, cada vez mais, pessoas melhores, pessoas boas...

Jesus não curava apenas as doenças e enfermidades físicas das pessoas... Jesus curava também as doenças espirituais e principalmente a alma... Curava as carências daqueles que não foram amados, que foram abandonados, que foram rejeitados e excluídos, como aquele leproso... Muitas vezes, meus irmãos, uma ferida na alma, no coração, é mais dolorida que uma enfermidade física. E Jesus, na sua pedagogia de amor, na sua divindade humana, utilizava apenas de um olhar para curar as pessoas e, naquele instante, amá-las de forma única e inigualável...

Não sei como está a sua vida nesta quinta-feira, mas talvez você necessite ser olhado de uma forma diferente... Talvez você precisa ser olhado com um olhar amoroso, misericordioso, carinhoso... Pois você não é uma pessoa qualquer... Você não é um filho de chocadeira! Você é um filho amado de Deus... E é esse amor de Deus que pode te curar hoje, meu irmão... Deixe-se ser olhado por Jesus... Mesmo que seja através de um irmão, de uma pessoa conhecida, de uma pessoa desconhecida... Não importa o que você fez ou deixou de fazer pois Deus te ama da mesma forma! O amor d'Ele é o mesmo de quando Ele te criou... Portanto, não tenha medo de se abrir ao Amor de Deus e ser tocado por Ele...

Que o Espírito Santo inflama o teu coração com o Amor do Pai e cure todas as suas enfermidades...

Bendito e louvado seja Deus, por tão grande amor...

Um grande e carinhoso abraço!


Danilo Lopes Ribeiro
Leia Mais

Evangelho do dia: Marcos 1,29-39

— O Senhor esteja conosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Marcos.
— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 29Jesus saiu da sinagoga e foi, com Tiago e João, para a casa de Simão e André. 30A sogra de Simão estava de cama, com febre, e eles logo contaram a Jesus. 31E ele se aproximou, segurou sua mão e ajudou-a a levantar-se. Então, a febre desapareceu; e ela começou a servi-los.
32À tarde, depois do pôr-do-sol, levaram a Jesus todos os doentes e os possuídos pelo demônio. 33A cidade inteira se reuniu em frente da casa. 34Jesus curou muitas pessoas de diversas doenças e expulsou muitos demônios. E não deixava que os demônios falassem, pois sabiam quem ele era.
35De madrugada, quando ainda estava escuro, Jesus se levantou e foi rezar num lugar deserto. 36Simão e seus companheiros foram à procura de Jesus. 37Quando o encontraram, disseram: "Todos estão te procurando". 38Jesus respondeu: "Vamos a outros lugares, às aldeias da redondeza! Devo pregar também ali, pois foi para isso que eu vim". 39E andava por toda a Galiléia, pregando em suas sinagogas e expulsando os demônios.

- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.
Leia Mais

A cura de Jesus é para todos nós!


Muito bom dia, queridos amigos e leitores!

A mensagem que a Palavra nos traz hoje é muito importante pra todos nós.

Fala de muitas curas que Jesus fez; de muitos demônios que Ele expulsou. Jesus, como entrou na casa de Simão e André, e curou sua sogra; quer entrar também em nossas casas e curar a todos nós, nossas famílias.

Afinal de contas, Jesus veio para os doentes e não para os sãos. E não falo somente de doenças físicas, mas também espirituais. Devemos saber entregar todas essa doenças a Jesus, para que Ele possa nos curar. Deixemos que Jesus entre em nossa casa física e espiritual (que é nosso coração).

Uma outra coisa importante, além de deixar que Jesus nos cure, é passar para as outras pessoas quem é esse Deus que cura, que salva, liberta. Pregar esse Deus maravilhoso para todas as pessoas.

Jesus, depois de curar a sogra de Simão realizou ali outras curas. E quando Ele estava descansando, teve consciência de sua missão e levantou de madrugada para orar (ou seja, não existe hora certa pra orar) e "abastecer-se" para que Ele pudesse ter o que "dar" aos outros. E nós, o que estamos "dando" aos nossos irmãos? Muitas vezes damos migalhas aos outros porque não paramos para orar e para pedir que o Espírito Santo nos abasteça.

Portanto, deixemos então que Jesus entre em nossa vida, e nos cure verdadeiramente. É necessário que Cristo viva em nós. Deixemos que Ele nos console, nos cure e cuide sempre de todos nós!

Um grande abraço a todos vocês!

A paz de Jesus...
Cinthya Cardoso de Araújo
Leia Mais

Evangelho do dia: Marcos 1,21b-28

— O Senhor esteja conosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Marcos.
— Glória a vós, Senhor.

21bEstando com seus discípulos em Cafarnaum, Jesus, num dia de sábado, entrou na sinagoga e começou a ensinar. 22Todos ficavam admirados com o seu ensinamento, pois ensinava como quem tem autoridade, não como os mestres da Lei.
23Estava então na sinagoga um homem possuído por um espírito mau. Ele gritou: 24"Que queres de nós, Jesus Nazareno? Vieste para nos destruir? Eu sei quem tu és: tu és o Santo de Deus". 25Jesus o intimou: "Cala-te e sai dele"!
26Então o espírito mau sacudiu o homem com violência, deu um grande grito e saiu. 27E todos ficaram muito espantados e perguntavam uns aos outros: "Que é isso? Um ensinamento novo dado com autoridade: Ele manda até nos espíritos maus, e eles obedecem!" 28E a fama de Jesus logo se espalhou por toda parte, em toda a região da Galiléia.

- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.
Leia Mais

Ter autoridade como Jesus

Bom dia irmãos e irmãs, que a paz de Jesus esteja em nossos corações!!!

Em nossa reflexão de hoje podemos perceber como era a atitude de Jesus, o poderio de Jesus, sua autoridade, sua compaixão. A palavra vem nos mostrar que Jesus impressionava o povo, porque Ele ensinava com amor e compaixão, e mostrava autoridade, enquanto os mestres da lei ensinavam com arrogância, sem deixar vir do coração, sem deixar ser inspirados por Deus.

Jesus e o Pai são um, a autoridade de Jesus acontecia naturalmente, pois Jesus é Santo, e nós também somos chamados a ser como Jesus, ser instrumentos do amor, ter autoridade, e até expulsar demônios, mas para que isso aconteça precisamos buscar essa santidade. Se buscamos essa santidade estaremos unidos a Deus, ligados a Àrvore da Vida, recebendo força e proteção, nossa autoridade e sabedoria virá naturalmente, pois estaremos dando liberdade a ação de Deus em nossa vida e fechando a porta para o pecado. Assim ensinaremos com nossa própria vida, com nosso próprio testemunho como Jesus ensinou, com autoridade, compaixão, com amor...

Que Deus possa nos dar sabedoria de como buscar estar sempre em sintonia com Ele, para que possamos ser sinais da graça, instrumentos de autoridade nesse mundo em que vivemos.


Fernando Reis Gomes

Leia Mais

Evangelho do dia: Marcos 1,14-20

— O Senhor esteja conosco.
Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Marcos.
Glória a vós, Senhor.

14Depois que João Batista foi preso, Jesus foi para a Galiléia, pregando o Evangelho de Deus e dizendo: 15"O tempo já se completou e o Reino de Deus está próximo. Convertei-vos, e crede no Evangelho!"
16E, passando à beira do mar da Galiléia, viu Simão e André, seu irmão, que lançavam a rede ao mar, pois eram pescadores. 17Jesus lhes disse: "Segui-me e eu farei de vós pescadores de homens". 18E eles, deixando imediatamente as redes, seguiram a Jesus.
19Caminhando mais um pouco, viu também Tiago e João, filhos de Zebedeu. Estavam na barca, consertando as redes; 20e logo os chamou. Eles deixaram seu pai Zebedeu na barca com os empregados, e partiram, seguindo Jesus.

- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.
Leia Mais

Aceitar o convite de Jesus


Bom dia queridos amigos!

Que a paz de Jesus esteja no coração de cada um de nós!

O Evangelho de hoje nos mostra Jesus pregando a Boa-Nova de Deus e convidando a todos a se converter e crer naquilo que Ele vinha anunciando... Ele diz que o tempo já se completou e o Reino de Deus está próximo, portanto, não há mais tempo para ser desperdiçado... É necessário, urgentemente, uma verdadeira mudança de rumo, de caminho, de vida...

Se no tempo de Jesus esse tempo já estava se esgotando, imagine nos dias de hoje? Você já parou pra pensar em como anda a sua vida e o que você ainda pode fazer para mudá-la, para estar mais próximo do Senhor, para, de fato, viver a conversão à qual Jesus nos chama?! Você realmente crê e coloca em prática na sua vida o Evangelho, o verdadeiro Jesus presente na Palavra?

Às vezes é até fácil para nós participarmos das Missas, das reuniões do Grupo de Oração e ouvir a Palavra de Deus que é pregada e anunciada... Muitas vezes, e na maioria delas, somos tocados pela Palavra do Senhor e aquilo gera algo bom em nosso coração... Mas, será que no dia-a-dia a Palavra de Deus nos acompanha e nos orienta em nosso proceder, em nosso agir, em nosso pensar, em nosso trabalhar, em nosso relacionar com as outras pessoas, em nossa família?

Crer no Evangelho, meus irmãos, não é apenas dar credibilidade àquilo que está sendo proclamado, mas sim, fazer daquilo um verdadeiro projeto de vida, aplicando diretamente em nosso coração... É como fazer um bolo que, para dar certo, deve se seguir cada passo da receita e fazer do mesmo jeito que está descrito nela! Pelo contrário, sai tudo errado...

E isso só é possível se nos DECIDIRMOS em seguir os passos de Jesus! Ele nos chama a todo instante, da mesma forma que fez com seus primeiros discípulos, que logo depois se tornaram apóstolos... Tenho certeza que o que levou aqueles homens a aceitarem o convite de Jesus de forma tão espontânea e imediata foi o Amor que eles receberam ao serem olhados de forma tão terna e carinhosa por Jesus...

Deixe-se Amar e ser olhado por Jesus no dia de hoje! Abra-se ao grande, imenso e infinito Amor que Deus tem por você e quer manifestar, concretamente, em sua vida... Basta um simples "sim, eu quero", que você verá as maravilhas que Deus tem para te oferecer...

Depois me conte como foi! Estarei intercedendo por você!

Grande abraço!
Tenha fé!

Danilo Lopes Ribeiro
Leia Mais

Passagem bíblica de hoje: Marcos 1, 7-11

— O Senhor esteja conosco!
— Ele está no meio de nós.
— PROCLAMAÇÃO do Evangelho de Jesus Cristo, segundo Marcos.
— Glória a vós, Senhor!

Naquele tempo, 7João Batista pregava, dizendo: "Depois de mim virá alguém mais forte do que eu. Eu nem sou digno de me abaixar para desamarrar suas sandálias. 8Eu vos batizei com água, mas ele vos batizará com o Espírito Santo".
9Naqueles dias, Jesus veio de Nazaré da Galiléia, e foi batizado por João no rio Jordão.
10E logo, ao sair da água, viu o céu se abrindo, e o Espírito, como pomba, descer sobre ele.
11E do céu veio uma voz: "Tu és o meu Filho amado, em ti ponho meu bem-querer".

- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.
Leia Mais

O BATISMO


Olá, queridos irmãos!

Domingo, dia do Senhor. Você já perguntou ao Espírito Santo o que vocês vão fazer juntos hoje?

A passagem do Evangelho nos fala sobre o Batismo de Jesus e nos convida a refletir sobre o Sacramento do Batismo.

Primeiramente, vamos analisar o batismo de Jesus. A Palavra nos fala que "ao sair da água, viu o céu se abrindo, e o Espírito, como pomba, descer sobre ele". Que visão mais linda, não é? Deus enviou o Seu Espírito para pousar sobre seu Filho amado no momento de seu batismo. Vemos nesse momento a presença de Deus Pai, do Filho Jesus e do Espírito Santo.

Na passagem de hoje temos a essência do Sacramento do Batismo, realizado em nome da Santíssima Trindade. Mostra o derramamento do amor do Pai sobre o Seu Filho amado, através do Espírito Santo.

Assim Deus também o faz com todos os seus filhos! Por isso, hoje, o Batismo é um Sacramento entre os cristãos católicos, porque é o derramamento do amor de Deus através do Espírito Santo, transformando a criatura em Filho Amado de Deus e integrando-o na comunidade que professa fé em Jesus Cristo!

Muitas igrejas protestantes continuam atualmente realizando batismos com submersão em rios, considerando que as pessoas devem ser batizadas da mesma forma como Jesus foi batizado. Eu respeito muito as doutrinas de cada religião, mas devo dizer que foi o próprio Jesus que nos disse em Mateus 28, 19-20: "Ide, pois, e ensinai a todas as nações; batizai-as em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo."

Ora, Jesus nos ensinou uma nova forma de batismo: em nome da Trindade Santa! Se as pessoas continuam a batizar em águas de rios, estão perpetuando o batismo de João e desconsiderando os ensinamentos de Jesus, estão preferindo seguir o batismo antigo a seguir o que Jesus instituiu.

Portanto, devemos batizar da forma como Jesus nos ensinou, pois é a Ele que devemos seguir, como o próprio João Batista já falava ("Depois de mim virá alguém mais forte do que eu. Eu vos batizei com água, mas ele vos batizará com o Espírito Santo").

Percebeu como é importante este Sacramento? E nós, infelizmente, não damos a importância necessária a ele. Sabemos tantas datas, comemoramos tantas coisas, mas a maioria de nós não sabe o dia em que foi batizado, em que recebeu o Espírito Santo de Deus pela primeira vez.

Que possamos refletir sobre isso neste dia...

Anaíle Flôres de Paula
Leia Mais

Evangelho do dia: Lucas 5, 12-16

— O Senhor esteja conosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Lucas.
— Glória a vós, Senhor.

12Aconteceu que Jesus estava numa cidade, e havia aí um homem leproso. Vendo Jesus, o homem caiu a seus pés, e pediu: "Senhor, se queres, tu tens o poder de me purificar". 13Jesus estendeu a mão, tocou nele, e disse: "Eu quero, fica purificado". E imediatamente, a lepra o deixou. 14E Jesus recomendou-lhe: "Não digas nada a ninguém. Vai mostrar-te ao sacerdote e oferece pela purificação o prescrito por Moisés como prova de tua cura".
15Não obstante, sua fama ia crescendo, e numerosas multidões acorriam para ouvi-lo e serem curadas de suas enfermidades. 16Ele, porém, se retirava para lugares solitários e se entregava à oração.

- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.
Leia Mais

A fé do leproso no encontro com a vontade de Deus


Bom dia meus amigos!

Louvado seja o Nosso Senhor Jesus Cristo!

A palavra de Deus hoje nos mostra um homem leproso que se encontra com Jesus e lhe suplica a cura de sua enfermidade. Jesus se volta para aquele homem, estende-lhe a mão e atende o seu pedido.

Ao se prostrar diante de Jesus suplicando a cura de sua lepra, aquele homem demonstrava, primeiramente, um grande ato de fé: ele havia acreditado nas palavras e nas obras de Jesus, que já vinha proclamando a Boa-Nova e realizando curas, milagres e prodígios na vida daqueles que Ele encontrava pelo caminho. Se aquele homem não acreditasse, não tivesse fé de que Jesus pudesse curá-lo, nada iria acontecer e ele continuaria com sua enfermidade. Ele veria Jesus mas seria como ver uma pessoa qualquer...

Após cair aos pés de Jesus, aquele homem faz o seguinte pedido:
"Senhor, se queres, tu tens o poder de me purificar".
Esse pedido, meus irmãos, não foi um pedido qualquer... Observe que aquele homem não queria ser curado de sua enfermidade apenas, mas sim, queria que fosse feita a vontade de Deus! Ele condiciona a sua cura à vontade do Senhor, pois, se fosse da vontade de Deus, com certeza ele seria curado e isso seria bom para ele. Dessa forma, ele demonstra um desejo que tinha em seu coração, o de ser curado, porém quer que seja feita, acima de tudo, a vontade de Jesus.

Voltando para nós, quantas vezes não rezamos e pedimos algo a Deus visando satisfazer somente a nossa vontade, o nosso desejo? Quantas vezes renunciamos à nossa própria e egoísta vontade para que seja realizada a vontade de Deus?

Outro dia estava conversando com um amigo e ele me disse que sua vida de oração havia se esfriado um pouco e que, ao refletir sobre os possíveis motivos, percebeu que de certa forma, após ter uma de suas intenções atendidas, foi como se não houvesse mais motivos para estar em oração, já que um grande desejo seu já havia sido realizado... Ele se envergonhou muito disso e pediu perdão a Deus por ter agido assim, mesmo que de forma involuntária...

Portanto meus irmãos, creiamos firmemente no Senhor e nunca deixemos de ter fé, de acreditar que Ele tudo pode e sempre quer o nosso bem... Coloquemos nossa vontade nas mãos do Senhor e peçamos sempre que seja feita a vontade D'Ele, pois Ele tem sempre o melhor para nós e a vontade de Deus nunca irá nos prejudicar, nos decepcionar... O amor de Deus é muito grande para não querer o melhor para seus filhos...

Que o Espírito Santo desperte em seu coração o desejo de ser inteiramente de Deus e de querer sempre que seja feita a vontade do Senhor... Que a nossa vontade seja sempre querer fazer a vontade de Deus...

Um grande abraço!


Danilo Lopes Ribeiro
Leia Mais

Evangelho do dia: Lucas 4,14-22a

— O Senhor esteja conosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Lucas.
— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 14Jesus voltou para a Galiléia, com a força do Espírito, e sua fama espalhou-se por toda a redondeza. 15Ele ensinava nas suas sinagogas e todos o elogiavam. 16E veio à cidade de Nazaré onde se tinha criado. Conforme seu costume, entrou na sinagoga no sábado, e levantou-se para fazer a leitura.
17Deram-lhe o livro do profeta Isaías. Abrindo o livro, Jesus achou a passagem em que está escrito: 18"O Espírito do Senhor está sobre mim, porque ele me consagrou com a unção para anunciar a Boa Nova aos pobres; enviou-me para proclamar a libertação aos cativos e aos cegos a recuperação da vista; para libertar os oprimidos 19e para proclamar um ano da graça do Senhor".
20Depois fechou o livro, entregou-o ao ajudante, e sentou-se. Todos os que estavam na sinagoga tinham os olhos fixos nele. 21Então começou a dizer-lhes: "Hoje se cumpriu esta passagem da Escritura que acabastes de ouvir".
22aTodos davam testemunho a seu respeito, admirados com as palavras cheias de encanto que saíam da sua boca.

- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.
Leia Mais

A missão de Jesus: Salvar a humanidade...


Bom dia meus queridos irmãos!

Depois de muito tempo sem escrever para o blog, aqui estou, mais uma vez, para refletirmos juntos a palavra de Jesus! Que no dia de hoje a força do Espírito Santo e alegria do Senhor esteja no coração de cada um de nós! Abra teu coração para a graça que Deus quer te dar nesse dia tão abençoado!

A palavra de Deus é sempre linda! E a passagem do Evangelho de hoje não poderia ser diferente... Jesus, após receber o Espírito Santo e passar por um tempo no deserto, volta para a Galiléia e inicia a sua vida pública, falando da Boa Nova do Reino de Deus, chamando Deus de Pai, proclamando o amor e o verdadeiro sentido da vida, e realizando curas, prodígios e milagres na vida daqueles que O encontravam...

Jesus é e sempre será um grande modelo para nós... Ele cumpre com os preceitos e as obrigações religiosas do seu tempo, quando percebemos a sua ida à sinagoga no dia de sábado para orar e meditar a palavra de Deus. Mesmo sendo Deus, Jesus não fugiu e não deixou de praticar a sua vida religiosa dentro dos costumes da época. E nós, muitas vezes, ficamos sem vontade ou até mesmo com preguiça de ir à missa, aos domingos... Ou então, somos convidados a fazer alguma leitura mas, por comodidade, não aceitamos...

Contudo, o ponto alto da palavra de hoje é quando Jesus toma o Livro do Profeta Isaías e faz a leitura da profecia, salientando que a mesma havia se cumprido naquele dia... Ao mesmo tempo que a profecia se cumpre, é como se Jesus nos fizesse a promessa de que, a partir de então, os cativos e os oprimidos seriam libertos, os cegos voltariam a enxergar e o ano da Graça de Deus seria proclamado. Um novo tempo havia chegado e nada seria como antes...

De fato foi o que aconteceu com a vinda de Nosso Senhor Jesus Cristo... A verdadeira salvação havia chegado e Deus, que antes era aquele que castigava o povo, agora era um Deus de Amor! A vida ganhara um novo sentido pois as pessoas, em sua humanidade espelhada na de Cristo, encontrariam a verdadeira felicidade e o verdadeiro sentido de viver, no seguimento a Jesus.

E a partir de então, a mesma profecia cumprida em Jesus também se cumpriria através do sim de cada um, que se tornaria um anunciador da Boa-Nova e do tempo de graça por meio do encontro com Jesus... Deixe-se encontrar e se apaixonar por aquele que nos deu a Salvação... Jesus tem muito a fazer na tua vida e Ele quer te conhecer, na intimidade, no profundo e verdadeiro encontro com o teu amor!

Que o Espírito Santo de Deus incomode o teu coração a querer, cada vez mais, conhecer e aprofundar o conhecimento a Jesus! Você vai experimentar sentimentos, emoções e mudanças de vida jamais imaginadas pela razão...

Um grande abraço!
Tenha fé!


Danilo Lopes Ribeiro
Leia Mais

Evangelho de hoje: Marcos 6,45-52

— O Senhor esteja conosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Marcos.
— Glória a vós, Senhor.

Depois de saciar os cinco mil homens, 45Jesus obrigou os discípulos a entrarem na barca e irem na frente para Betsaida, na outra margem, enquanto ele despedia a multidão. 46Logo depois de se despedir deles, subiu ao monte para rezar.
47Ao anoitecer, a barca estava no meio do mar e Jesus sozinho em terra. 48Ele viu os discípulos cansados de remar, porque o vento era contrário. Então, pelas três da madrugada, Jesus foi até eles andando sobre as águas, e queria passar na frente deles.
49Quando os discípulos o viram andando sobre o mar, pensaram que era um fantasma e começaram a gritar. 50Com efeito, todos o tinham visto e ficaram assustados. Mas Jesus logo falou: "Coragem, sou eu! Não tenhais medo!" 51Então subiu com eles na barca, e o vento cessou. Mas os discípulos ficaram ainda mais espantados, 52porque não tinham compreendido nada a respeito dos pães. O coração deles estava endurecido.

- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.
Leia Mais

Não tenhamos medo!


Bom dia, meus amigos!


A Palavra de hoje fala para não termos medo. Jesus, na passagem, ordena que seus discípulos vão para Betsaida num barco; então os discípulos encontram dificuldades no mar, devido ao vento, e Jesus que estava orando, andou sobre o mar até eles para ajudá-los. Os discípulos vendo aquilo pensaram que era um fantasma e então Jesus ordena que eles não tenham medo.

Isso acontece muito conosco. Apesar de estarmos no barco com Jesus, quando o vento bate, nós ficamos com medo. E quando Ele vem para nos ajudar, ainda assim ficamos “com o pé atrás”, com uma certa dúvida.

Qual será o tamanho de nossa fé, fazendo isso? Temos Deus do nosso lado, mas mesmo assim tememos. Tomemos, pois hoje, o compromisso de crescer na fé, acreditando na presença de Deus em nossas vidas, “sem cessar, sem parar, sem vacilar...sem temer, sem chorar!”.

Nós devemos ter mais confiança e conforto em Deus, que cuida e olha por nós. “Se Deus é por nós, quem será contra?”. Não tenhamos, pois, medo. Se temos mesmo fé em Deus, não tem porque termos medo.

"Coragem, sou eu! Não tenhais medo!"

Jesus falou isso aos discípulos e continua falando, hoje, pra todos nós. Que possamos então, ouvir o que Deus fala, que possamos ouvir suas Palavras e encorajamento, para que não tenhamos medo.

Um grande abraço a todos vocês, a paz de Jesus...


Cinthya Cardoso de Araújo

Leia Mais

Evangelho de hoje: Marcos 6, 45-52

— O Senhor esteja conosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo; segundo Marcos.
— Glória a vós, Senhor.

Depois de saciar os cinco mil homens, 45Jesus obrigou os discípulos a entrarem na barca e irem na frente para Betsaida, na outra margem, enquanto ele despedia a multidão. 46Logo depois de se despedir deles, subiu ao monte para rezar.
47Ao anoitecer, a barca estava no meio do mar e Jesus sozinho em terra. 48Ele viu os discípulos cansados de remar, porque o vento era contrário. Então, pelas três da madrugada, Jesus foi até eles andando sobre as águas, e queria passar na frente deles.
49Quando os discípulos o viram andando sobre o mar, pensaram que era um fantasma e começaram a gritar. 50Com efeito, todos o tinham visto e ficaram assustados. Mas Jesus logo falou: "Coragem, sou eu! Não tenhais medo!" 51Então subiu com eles na barca, e o vento cessou. Mas os discípulos ficaram ainda mais espantados, 52porque não tinham compreendido nada a respeito dos pães. O coração deles estava endurecido.

- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.
Leia Mais

Compaixão...

Bom dia, caros leitores, a paz de Jesus a todos!

Hoje a Palavra vem mostrar mais uma vez a imensa compaixão que Jesus tem. Ele sente com o sofrer das pessoas, compreende toda a situação, analisa bem os acontecimentos para tratar dos problemas de todos nós. Jesus tem compaixão, isso é se colocar no lugar do outro pra poder entender o sofrimento, age sempre com amor. Deus olha o coração, ensina a todos que O buscam a lidarem com os problemas, fortalece, guia, para conseguirmos crescer no seu amor.

Muitas vezes, em nossas vidas, passamos por momentos que parecemos estar como ovelhas sem pastor, e Jesus, da mesma forma que Ele agiu no dia do milagre da multiplicação, age hoje em nossa vida. Ele está pronto para nos acolher, cuidar de nós, nos alimentar, fazer milagres... Mas, para que isso aconteça, precisamos ir ao Seu encontro, estar na Sua presença, estar em contanto com Ele, deixar Jesus agir em nosso ser, confiar no Seu poder.

Jesus mostra também que gosta que participemos com Ele, como instrumentos para levar “alimentos” a outras pessoas, que podemos sim participar de milagres que Jesus faz na vida dos outros e, para isso, apenas é necessário termos fé, acreditar, confiar, conhecer Jesus, ter contato com Ele. E Jesus mostra a todos, que estão dispostos a ser instrumentos D’ele, que Ele sempre está à frente de tudo, Ele é que faz tudo, basta que confiemos no seu poder, basta escutar sua voz e fazer o que Ele pede.

Que Deus dê a todos nós essa oportunidade de além de experimentar dessa compaixão, desse amor de Jesus, que Ele também nos ajude a levar “alimento”, ser instrumento de Deus na vida de outras pessoas.

Fernando Reis Gomes

Leia Mais

Vamos ler? Mateus 4, 12-17.23-25

— O Senhor esteja conosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo, segundo Mateus.
— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 12Ao saber que João tinha sido preso, Jesus voltou para a Galiléia. 13Deixou Na­zaré e foi morar em Cafarnaum, que fica às margens do mar da Galiléia, 14no território de Zabulon e Neftali, para se cumprir o que foi dito pelo profeta Isaías: 15"Terra de Zabulon, terra de Neftali, caminho do mar, região do outro lado do rio Jordão, Galiléia dos pagãos! 16O povo que vivia nas trevas viu uma grande luz; e para os que viviam na região escura da morte brilhou uma luz".
17Daí em diante, Jesus começou a pregar, dizendo: "Convertei-vos, porque o Reino dos Céus está próximo". 23Jesus andava por toda a Galiléia, ensinando em suas sinagogas, pregando o Evangelho do Reino e curando todo tipo de doença e enfermidade do povo. 24E sua fama espalhou-se por toda a Síria. Levaram-lhe todos os doentes, que sofriam diversas enfermidades e tormentos: ende­mo­ni­nhados, epilépticos e paralíticos. E Jesus os curava. 25Numerosas multidões o seguiam, vindas da Galiléia, da Decápole, de Jerusalém, da Judéia, e da região além do Jordão.

- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.
Leia Mais

Início da missão de Jesus: curas e milagres


Bom dia, filhos do céu!

Infelizmente o nosso blog ficou desatualizado por alguns dias, mas estamos de volta!

O Evangelho de hoje nos fala sobre o início da missão de Jesus. Cumprindo a profecia de Isaías, Ele deixou Nazaré, sua cidade natal, e foi para Cafarnaum, na Galiléia. E como já dizia a profecia, Ele foi para lá para levar luz ao povo, iniciando sua missão.

Jesus, então, começou a pregar a conversão, a mudança de vida. Ensinou nas sinagogas (templos dos judeus) e começou a curar todo tipo de doenças e enfermidades, físicas e espirituais. E, a partir disso, sua fama foi se espalhando; muitas pessoas de diferentes lugares começaram a vir ao encontro de Jesus, buscando a cura.

Percebamos, irmãos, que a maioria daqueles judeus não acreditava que Jesus era o Messias. Então Jesus começou a realizar curas e milagres; estes foram sinais da divindade de Jesus. Muitos só acreditaram nEle depois de verem tais sinais. Outros não acreditaram nem mesmo depois desses sinais.

E isso é o que acontece até hoje entre os cristãos. Muita gente vai à Igreja, escuta pregações, participa das missas, mas não acredita verdadeiramente que Jesus é o Salvador, aquele que pode curar todo tipo de enfermidade. Só passam a acreditar quando presenciam Jesus curando alguém ou quando experimentam pessoalmente o toque de Jesus.

Você já se perguntou por que as Missas de cura e libertação estão sempre lotadas, por que os Encontros de cura e libertação são sempre muito procurados? As pessoas estão cada dia mais necessitadas de cura interior, de serem amadas, de serem libertas de tantas opressões. E, por outro lado, a maioria das pessoas precisam "ver para crer" que Jesus realmente realiza milagres, como São Tomé.

O que importa, diante de tudo isso, é perceber que Deus conhece as fraquezas de cada um de nós. E por causa do seu infinto amor e da sua infinita misericórdia Ele nos dá sinais da Sua presença, do Seu poderio. Ele nos cura e liberta não porque merecemos, mas porque Ele nos ama, porque quer o melhor para nós. E através disso percebemos a cada momento o quanto Ele é grande, fiel, poderoso, misericordioso.

O problema é que muita gente, mesmo conhecendo tantos milagres, tantos sinais da presença de Deus, mesmo vendo pessoas serem transformadas por Ele, infelizmente não acreditam e não O procuram, preferem continuar na vida pagã, cultuando o próprio "eu". Esse é o pior dos cegos, o que não quer ver...

E você: acredita sem ter visto, precisou ver para acreditar ou não acredita mesmo sabendo de tantos sinais do amor de Deus?

Que possamos testemunhar a ação de Deus em nossas vidas e ajudar outras pessoas a também experimentarem esse amor infinito que Ele tem por nós, transformando vidas sob a luz de Cristo.

Tenhamos todos uma ótima semana! Feliz 2009!

Anaíle Flôres de Paula
Leia Mais

Postagens mais visitadas

Ouça a Rádio Canção Nova



Seguidores

 

Sobre A Boa Semente!

A Boa Semente foi fundada em 2007. É uma criação do Grupo de Oração Semeador, da Renovação Carismática Católica da cidade de Inhumas GO. É um instrumento de evangelização sem fins lucrativos.

Sua principal missão é semear a Boa Semente através de reflexões diárias do evangelho. Você também pode fazer parte dessa família, entre em contato conosco e saiba como!

Os artigos são de responsabilidade de seus respectivos autores.

Deus te abençoe sempre!

Visite Meu Canto Secreto e descubra mais sobre o autor desse instrumento de evangelização. Mais uma criação Vocenanet.com VCN