Ocorreu um erro neste gadget

Evangelho do dia - Lucas 9, 57-62

— O Senhor esteja conosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Lucas.
— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 57enquanto Jesus e seus discípulos caminhavam, alguém na estrada disse a Jesus: “Eu te seguirei para onde quer que fores”. 58Jesus lhe respondeu: “As raposas têm tocas e os pássaros têm ninhos; mas o Filho do Homem não tem onde repousar a cabeça”. 59Jesus disse a outro: “Segue-me”. Este respondeu: “Deixa-me primeiro ir enterrar meu pai”. 60Jesus respondeu: “Deixa que os mortos enterrem os seus mortos; mas tu, vai anunciar o Reino de Deus”. 61Um outro ainda lhe disse: “Eu te seguirei, Senhor, mas deixa-me primeiro despedir-me dos meus familiares”. 62Jesus, porém, respondeu-lhes: “Quem põe a mão no arado e olha para trás não está apto para o Reino de Deus”.


- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.
Leia Mais

Deus nos chama, escutemo-nos!


Deus chama todos de uma só forma, mas nós entendemos de outras formas, ou, muitas vezes queremos adaptar segundo a nossa conveniência. Às vezes queremos voltar por falta de segurança, por que tenho um parente doente ou preciso me despedir de alguém.

Bom, Jesus quando nos chama Ele pede simplesmente para segui-lo. Tenho que estar disponível e isto é muito difícil, pois nem sempre entendemos o chamado do Senhor ou fugimos deste chamado. Ser missionário não é somente falar de Deus, mas viver a vida de Deus, nos tornamos evangelhos vivos em atitudes e não somente em palavras, isso nos faz discípulos autênticos e verdadeiros pois, quem conhece a Deus ama e quem ama, vive os mandamentos. Não porque é Lei, mas porque quer se parecer com aquele que ama.

Lembro-me de uma conversa com uma criança que disse: “Quero ser igualzinho ao meu pai.” E porque esta criança quer ser igual ao pai? Simplesmente por que o ama e o pai por sua vez é recíproco neste amor. Um pai mais amoroso do que Deus não existe, pois, deu seu único filho para morrer na cruz simplesmente para dizer que nos ama. E em resposta deste amor, temos que deixar as conveniências e os atropelos do dia a dia para realmente respondermos ao chamado.

Amados irmãos, você é chamado por Deus para ser missionário, seja qual for sua situação, lembre-se que Deus é amor e misericórdia e que você só precisa dizer sim. A partir daí, Deus cuida dos seus e toda sua preocupação passa ser a de Deus. Se você confia e segue sem olhar para traz, só Deus sabe o que você pode fazer na graça que Ele lhe concedeu

Paz e bem!

Renato e Eloneide

Leia Mais

Evangelho do Dia - João 1,47-51

— O Senhor esteja conosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo João.
— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 47Jesus viu Natanael que vinha para ele e comentou: “Aí vem um israelita de verdade, um homem sem falsidade”. 48Natanael perguntou: “De onde me conheces?” Jesus respondeu: “Antes que Filipe te chamasse, enquanto estavas debaixo da figueira, eu te vi”. 49Natanael respondeu: “Rabi, tu és o Filho de Deus, tu és o Rei de Israel”. 50Jesus disse: “Tu crês porque te disse: Eu te vi debaixo da figueira? Coisas maiores que esta verás!” 51E Jesus continuou: “Em verdade, em verdade eu vos digo: Vereis o céu aberto e os anjos de Deus subindo e descendo sobre o Filho do Homem”.


- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.
Leia Mais



Muito bom dia, meus amigos!

Sempre me vi atraído por certas passagens na bíblia em que Jesus demonstrava entrar no mais íntimo das pessoas, revelando seus pensamentos e mostrando que, mesmo em momentos em que a pessoa pensava estar sozinha, lá estava ele a ponto de descrever as coisas...

Existem pessoas que aproveitam seus momentos de solidão para liberar o "lobo da pele de cordeiro" e existem aqueles outros que sempre se imaginam sozinhos, abandonados...

Eu não sei se você já passou por alguma dessas duas situações. A maioria de nós, no entanto, já pode ter vivido os dois extremos apresentados aí. Tais momentos apenas acontecem, quando nossa vida espiritual não está em dia. 

  
Quando dialogamos diariamente com o Senhor, sabemos que, independentemente do que possa acontecer, Ele sempre está conosco, sempre pronto a nos proteger e nos apontar os melhores caminhos a seguir.
  
Existem vários exemplos na bíblia em que Jesus até mesmo rebate os pensamentos das pessoas ou demonstra sua onisciência. Na passagem de hoje, Ele conversa a respeito de Natanael, que para Ele era uma pessoa irrepreensível, "um israelita de verdade". Jesus o conhecia profundamente em seus atos e pensamentos a ponto de chegar elogiá-lo em conversa com terceiros.

  
O mesmo acontece conosco. Jesus sabe de tudo o que pensamos e fazemos. Mesmo em nossos momentos mais íntimos, naqueles em que estamos sozinhos e que imaginamos que ninguém está nos vendo e que, geralmente, as pessoas de má índole aproveitam para liberarem o seu eu que vive escondido dos outros, é de conhecimento do Mestre tudo o que se passa em nosso interior.
  
Por isso, é hora de pararmos um pouco e analisarmos nossos pensamentos e nossas atitudes. Será que Jesus tem feito elogios a seu respeito no céu ou será que tem ficado triste ou vermelho de vergonha?
  
Se a boca fala do que o coração está cheio, bom é ocuparmos nosso tempo com coisas que só venham a edificar o nosso interior. Assim como escovamos os dentes todos os dias quando nos levantamos e após as refeições, é necessário criarmos o hábito de nos recolhermos espiritualmente para conversar com Jesus e revisar nossos atos, nossa vida.
  
Só Ele é capaz de preencher nosso interior com a força necessária para vencermos todas as tentações, todos os obstáculos que aparecem diariamente, tentando nos afastar dos planos e sonhos de Deus para nós.
  
Convido você a conversar com Jesus nesse momento, pedindo a sabedoria necessária para sermos santos e irreprensíveis a ponto de ele comentar no céu "lá vai um filho de Deus de verdade, um(a) homem (mulher) de verdade".
  
Grande abraço fraternal,



Márcio Gomes Pacheco
Leia Mais

Evangelho do dia - Lucas 9, 46-50

— O Senhor esteja conosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Lucas
— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 46houve entre os discípulos uma discussão, para saber qual deles seria o maior. 47Jesus sabia o que estavam pensando, pegou então uma criança, colocou-a junto de si 48e disse-lhes: “Quem receber esta criança em meu nome, estará recebendo a mim. E quem me receber, estará recebendo aquele que me enviou. Pois aquele que entre todos vós for o menor, esse é o maior”.
49João disse a Jesus: “Mestre, vimos um homem que expulsa demônios em teu nome. Mas nós lho proibimos, porque não anda conosco”. 50Jesus disse-lhe: “Não o proibais, pois quem não está contra vós, está a vosso favor”.


- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.
Leia Mais

Humildade e Tolerância!


Bom dia a todos irmãos,

Que a paz de Nosso Senhor Jesus Cristo inunde os nossos corações nesta semana.

No evangelho de hoje, o Senhor nos traz duas importantes lições: a da humildade e a da tolerância.

A humildade deve estar presente de uma forma constante na vida de qualquer cristão e sobretudo, dos que se dispõem a servir o Senhor. Não podemos nos deixar ser dominados pelo orgulho, ou pela presunção acreditando que porque estamos à serviço do reino de Deus somos melhores que os outros, até mesmo nos comparando a outros servos. O Senhor nos adverte: ‘...quem dentre vós for o menor este será grande.’

Isto porque para Deus, não importa riqueza, ou atributos externos, mas somente um coração sincero e totalmente entregue para servi-lO, através dos nossos irmãos.

O Senhor nos fala também neste evangelho, que é importante não discriminarmos aqueles que não pertencem à nossa religião, ou ao nosso grupo. Quantas vezes nós recriminamos outras pessoas por não pertencerem à Renovação Carismática, ou até mesmo ao nosso grupo de oração, porque julgamos ser melhores que os demais, e nos esquecemos que estas pessoas também falam e vivem o que Jesus nos ensinou. Como o Senhor ensina não devemos recriminar e sim, sermos mais tolerantes, entendermos que todos que buscamos viver a palavra e falamos de Jesus estamos ajudando a construir o reino Dele.

Amados, busquemos acima de tudo, amar sem distinção, pois assim estaremos servindo e vivendo como nos pede Jesus!

Klênia e Marcos.
Leia Mais

Evangelho do dia - Marcos 9, 38-43.45.47-48

— O Senhor esteja conosco!
— Ele está no meio de nós.
— PROCLAMAÇÃO do Evangelho de Jesus Cristo, + segundo Marcos.
— Glória a vós, Senhor!

Naquele tempo, 38João disse a Jesus: “Mestre, vimos um homem expulsar demônios em teu nome. Mas nós o proibimos, porque ele não nos segue”.
39Jesus disse: “Não o proíbais, pois ninguém faz milagres em meu nome para depois falar mal de mim. 40Quem não é contra nós é a nosso favor.
41Em verdade eu vos digo: quem vos der a beber um copo de água, porque sois de Cristo, não ficará sem receber a sua recompensa.
42E, se alguém escandalizar um destes pequeninos que creem, melhor seria que fosse jogado no mar com uma pedra de moinho amarrada ao pescoço.
43Se tua mão te leva a pecar, corta-a! É melhor entrar na Vida sem uma das mãos, do que, tendo as duas, ir para o inferno, para o fogo que nunca se apaga.
45Se teu pé te leva a pecar, corta-o! É melhor entrar na Vida sem um dos pés, do que, tendo os dois, ser jogado no inferno.
47Se teu olho te leva a pecar, arranca-o! É melhor entrar no Reino de Deus com um olho só, do que, tendo os dois, ser jogado no inferno, 48‘onde o verme deles não morre, e o fogo não se apaga’”.

- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.
Leia Mais

O Reino do Céus Pertence aos Puros de Coração!



Bom dia queridas irmãs!

A nossa reflexão de hoje é sobre quem de fato segue a Jesus, quem faz a vontade do Pai, quem é um dos teus.

A palavra nos mostra que João se apresenta indignado ao perceber que um homem não sendo um dos discípulos estava expulsando demônios em nome de Jesus e por isso João o proíbe. Contudo esta atitude do apóstolo, ao contrário do que este pudesse imaginar, não agrada Jesus.

Para este o importante não é que mostraremos publicamente que o seguimos. O fundamental não é simplesmente estarmos na igreja, seguirmos os teus preceitos. Primeiramente temos que aceitar Deus em nossos corações e permitir que ai Ele faça morada. Caso contrário não agradaremos ao Pai. “Este povo me honra com os lábios, mas de coração estão distantes de mim” (Marcos: 7)

Temos que nos desfazer de tudo que nos desagrada a Deus, de tudo que nos retira de Sua presença, mesmo que aos olhos humanos possa parecer de imprescindível importância. “Se o teu olho for para te ocasião de queda, arranca-o; melhor te é entrares com um olho de menos no Reino de Deus do que tendo dois olhos a serem lançados à gema do fogo, onde o seu verme não morre e o fogo não se apaga”.

Só depois de temos um coração puro é que poderemos agir na vida do irmão e o que alegra o coração do Pai é o que temos feito pelo nosso próximo, porque para Deus nós não somos responsáveis apenas pelo nosso caminho, mas pela trajetória que as outras pessoas também estão seguindo. “É quem vos der de beber um copo de água porque sois de Cristo, digo-vos em verdade: não perderá sua recompensa. Mas tudo o que fizer cair no pecado a um deste pequeno que crêem em mim, melhor lhe fora que uma pedra de moinho lhe fosse posta do pescoço e o lançassem ao mar.”

Dessa forma verificamos que só seremos parte dos discípulos de Deus, que só faremos parte dos Deus, somente quando conseguiremos ser luz em nossa vida e na vida de nossos irmãos.

Um grande abraço a todos.


Maria Tereza

Leia Mais

Evangelho do dia - Lucas 9, 143b-45

— O Senhor esteja conosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Lucas.
— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 43todos estavam admirados com todas as coisas que Jesus fazia. Então Jesus disse a seus discípulos: 44“Prestai bem atenção às palavras que vou dizer: O Filho do Homem vai ser entregue nas mãos dos homens”. 45Mas os discípulos não compreenderam o que Jesus dizia. O sentido lhes ficava escondido, de modo que não podiam entender; e eles tinham medo de fazer perguntas sobre o assunto.


- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.
Leia Mais

Jesus , Envia Teu Santo Espírito para que Possamos Compreender Tua Palavra Sempre!



Percebe-se, na passagem do Evangelho de hoje, que o anúncio da paixão de Cristo soou, aos ouvidos dos discípulos de Jesus, como palavras obscuras. Jesus tentava mostrar aos discípulos que seu destino não seria “glorioso”, como imaginavam, mas que ele seria entregue nas mãos dos homens. Passaria pela humilhação, pelo fracasso e pela cruz, despindo-se de toda Sua soberania,por obediência ao Pai. Porém, os discípulos não estavam em sintonia com o mestre e não conseguiram entender a grandeza de suas palavras.

Estejamos atentos, para que diferentemente dos discípulos possamos sempre compreender a palavra de Cristo. Peçamos sempre em nossas orações, que não sejamos surdos à palavra e aos ensinamentos de Deus.

Mas como conseguiremos isso queridos irmãos?

Estando com Jesus em oração, aprendendo a contemplá-Lo no Evangelho, alimentando Dele durante o dia, Sua lembrança bendita, procurando a Sua graça nos sacramentos, sobretudo na Eucaristia, lutando pacientemente para vencer os vícios e colocar a vida, os sentimentos, os instintos e a vontade em sintonia com a vontade do Senhor Jesus...

Cultivemos sempre um coração puro, eliminando as impurezas: o ódio, o rancor, a ociosidade, a preguiça, o orgulho,a inveja, o desamor. A pureza de coração é sem dúvida uma das qualificações mais importantes para que possamos vivenciar os ensinamentos de Jesus. Peçamos ainda, que o Espírito Santo inunde nossos corações, vindo nos libertar de todos os enganos do mundo preparando-nos para sempre germinar a boa semente divina.

Que a paz de Jesus esteja nos lares de vocês!

Sueleide Assis

Leia Mais

Evangelho do dia - Lucas 9, 18-22

— O Senhor esteja conosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Lucas.
— Glória a vós, Senhor.

Aconteceu que Jesus 18estava rezando num lugar retirado, e os discípulos estavam com ele. Então Jesus perguntou-lhes: “Quem diz o povo que eu sou?” 19Eles responderam: “Uns dizem que és João Batista; outros, que és Elias; mas outros acham que és algum dos antigos profetas que ressuscitou”.
20Mas Jesus perguntou: “E vós, quem dizeis que eu sou?” Pedro respondeu: “O Cristo de Deus”. 21Mas Jesus proibiu-lhes severamente que contassem isso a alguém. 22E acrescentou: “O Filho do Homem deve sofrer muito, ser rejeitado pelos anciãos, pelos sumos sacerdotes e doutores da Lei, deve ser morto e ressuscitar no terceiro dia”.


- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.
Leia Mais

Quem é Jesus para Nós?


Bom dia queridos irmãos!

Excelente sexta-feira a todos vocês.

O Evangelho de hoje traz uma pergunta muito importante para nós. Jesus pergunta aos discípulos: “Quem diz o povo que eu sou?” . O povo a que Ele se refere hoje somos nós. E quem é Jesus para você?

Jesus é o nosso Senhor, Aquele que deu a vida por nós. Saber disso, todos nós sabemos; se alguém nos perguntar, com certeza saberemos responder. Mas essa pergunta vai bem além disso. Não basta que saibamos responder. Precisamos agir e refletir: “O que Jesus significa em nossa vida?”.

Nós sabemos que Jesus é o Filho de Deus e Senhor, mas será que Ele está sendo realmente o Senhor de nossas vidas? Muitas vezes valorizamos coisas do mundo, tornando-as “as senhoras” de nossas vidas, mesmo sabendo que Jesus é o Senhor. Por isso não basta saber, nossos atos valem mais que nossas palavras.

De que adianta querermos sair de nossas casas pregando, dizendo que Jesus é o Cristo, o Filho de Deus, se não seguimos os seus mandamentos? Nossas atitudes é que vão mostrar às pessoas que Deus reina em nossa vida. Não precisamos falar; amando,respeitando e ajudando nosso próximo nós estamos seguindo os ensinamentos de Cristo.

Que nós saibamos realmente quem é Deus. Ele não é a nossa “fada madrinha” que realiza nossos desejos quando queremos. Ele é nosso Pai, que educa e dá aquilo de melhor, aquilo que realmente precisamos. Tenhamos, pois, discernimento de saber saber o que Jesus significa para nós, e saber também viver isso, como cristãos.

Não esqueçamos: seguir Jesus não é somente admirar o grande Homem que Ele foi ou saber que Ele é o Filho de Deus, mas sim pensar e agir como Ele, viver a sua Palavra; e tê-lO como Senhor de nossas vidas. Porque Jesus realmente é!

Que a paz de nosso Senhor Jesus Cristo esteja conosco sempre!

Um abraço!

Cinthya Cardoso de Araújo

Leia Mais

Evangelho do dia - Lucas 9, 7-9

— O Senhor esteja conosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Lucas.
— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 7o tetrarca Herodes ouviu falar de tudo o que estava acontecendo, e ficou perplexo, porque alguns diziam que João Batista tinha ressuscitado dos mortos. 8Outros diziam que Elias tinha aparecido; outros ainda, que um dos antigos profetas tinha ressuscitado. 9Então Herodes disse: “Eu mandei degolar João. Quem é esse homem, sobre quem ouço falar essas coisas?” E procurava ver Jesus.


- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.
Leia Mais

Buscar Jesus Incessantemente!


Bom dia, meus irmãos!

Nesse dia de hoje, Jesus nos traz um importante convite. Ele quer que busquemos conhecer mais o Seu coração, os Seus mandamentos, a Sua Palavra. Nota-se nesse Evangelho que é preciso lê-Lo nas entrelinhas, para que entendamos o que nos falta e para termos resposta a essa pergunta de Herodes: “Quem é esse homem, sobre quem ouço falar essas coisas?”

Sabemos que o encontro de Jesus com Herodes aconteceu na Sua Paixão. Este, por sua vez, queria ver Jesus fazer os milagres que ouvira falar, mas Jesus não fez ou disse nada para Herodes, pois ele não era digno de ouvir Jesus, porque seu coração não tinha amor e humildade, e sim, arrogância e inveja.

A partir desse entendimento, percebe-se que Jesus quer de nós uma busca constante do Teu amor e da Tua Palavra, para que assim, Ele habite em nossos corações e possa falar conosco. Jesus nos ama com infinito amor, porém, Ele não nos invade, ao contrário, Ele abre os braços, estende as mãos e espera a nossa procura.

Quando conhecemos Jesus através da Palavra, quando adquirimos intimidade com Ele na oração, na adoração, na Eucaristia, perdão vindo do Seu amor misericordioso, graças recebidas do Céu, ficamos dotados de uma convicção maior sobre quem é Jesus, temos a oportunidade de segui-Lo como único exemplo para sermos reconhecidos por Deus e ganhamos também uma missão. Sabem qual é esta? É levar Jesus às pessoas que ainda não O conhecem. Somos discípulos de Jesus e é nosso dever levar estas a um encontro pessoal com Ele, para que recebam Seu amor misericordioso e comecem a segui-Lo. Precisamos ser testemunhas do amor de Deus.

Por isso, nós que já conhecemos Jesus, que já recebemos o Seu perdão, Suas Graças, devemos estar em constante busca de amadurecimento da nossa fé. Precisamos tê-la como um processo de transformação que se eleva sempre positivamente. Uma fé madura é uma fé viva! Assim, estaremos a cada dia mais próximos do Céu e mais confiantes para levar Jesus a quem precisa e para dar resposta à pergunta de Herodes.

Reflita:

Quem é Jesus para você?

Seu conceito sobre Jesus é convincente?

Você tem sido instrumento de Deus na vida das pessoas?

Que Deus nos abençoe sempre mais!

Monike Stival Martins

Leia Mais

MOVIMENTO CULTURAL COMUNITÁRIO

Haverá festival de Música, concorrendo a prêmios para os três primeiros lugares, além de apresentações de dança e teatro..

Haverá, também, uma lanchonete e um barzinho no local..
Leia Mais

Evangelho do dia - Lucas 9, 1-6

— O Senhor esteja conosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Lucas.
— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 1Jesus convocou os Doze, deu-lhes poder e autoridade sobre todos os demônios e para curar doenças, 2e enviou-os a proclamar o Reino de Deus e a curar os enfermos. 3E disse-lhes: “Não leveis nada para o caminho: nem cajado nem sacola nem pão nem dinheiro nem mesmo duas túnicas. 4Em qualquer casa onde entrardes, ficai aí; e daí é que partireis de novo. 5Todos aqueles que não vos acolherem, ao sairdes daquela cidade, sacudi a poeira dos vossos pés, como protesto contra eles”. 6Os discípulos partiram e percorriam os povoados, anunciando a Boa Nova e fazendo curas em todos os lugares.


- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.
Leia Mais

A nossa missão é o que importa!



Jesus nos envia em missão assim como enviou seus apóstolos, com a mesma autoridade e responsabilidade de levar a boa nova a toda a criatura. Isso aconteceu para mim e para você no dia do nosso batismo (I Cor. 12,13ss). Fomos batizados todos no mesmo Espírito, por isso temos o mesmo envio dos apóstolos, com a mesma unção, pois o Espírito Santo é o mesmo ontem, hoje e sempre.
Mas ai você pode se questionar: Mas porque o João é mais ungido do queo José? Acontece que uns se lançam mais, acreditam que Deus realmente pode fazer maravilhas em sua vida, que realmente podem nascer de novo, enquanto muitos de nós ficamos nos achando pequenos demais para que Deus faça algo em mim. Irmão, esta é a missão de todos nós que fomos batizados.
Tem mais um aspecto importante que vem no versículo 3, pois Jesus nos pede: “ não leveis coisa alguma...” Ai ele nos ensina o espírito de pobreza, de confiança em Deus, despojar-se das coisas materiais que nos aprisionam, que nos escravizam, coisas transitórias, que só nos fazem melhores para este mundo. Devemos nos preocupar com aquilo que realmente merece preocupação, que é a missão que Deus nos confiou: Levar a Boa Nova de Jesus a todo lugar e cantos da terra, para que assim, todos conheçam o Salvador.
A palavra de Deus nos diz: Buscai em primeiro lugar o reino de Deus e tudo mais lhes será acrescentado, então, as coisas que achamos importantes nesta terra, nos será dado em acréscimo se em nossa vida colocarmos a missão que Ele nos confiou em primeiro lugar. Um detalhe muito importante: temos a mesma unção dos apóstolos, pois fomos batizados no mesmo Espírito. Só nos resta confiar em Deus e fazer o que Ele nos pede. Tudo o que fazer, faça em nome de Deus que nos envia. Os apóstolos embora não fossem doutores da lei e tivessem pouco estudo, partiram e cumpriram a missão (Lc 9,10ss), porque acreditaram na palavra do Mestre, no envio e não tiveram medo de ir ao encontro dos necessitados. Amados, que hoje possamos ouvir a Palavra de Deus e tenhamos coragem de realmente assumir a nosso envio. Paz e bem!

Renato e Eloneide
Leia Mais

Evangelho do dia - Lucas 8, 19-21

— O Senhor esteja conosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Lucas.
— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 19a mãe e os irmãos de Jesus aproximaram-se, mas não podiam chegar perto dele, por causa da multidão. 20Então anunciaram a Jesus: “Tua mãe e teus irmãos estão aí fora e querem te ver”. 21Jesus respondeu: “Minha mãe e meus irmãos são aqueles que ouvem a Palavra de Deus, e a põem em prática”.


- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.
Leia Mais

Sobre os Irmãos de Jesus



Muito bom dia, meus amigos!

Muito já se escutou sobre a polêmica que existe em torno dos irmãos e irmãs de Jesus, né? Nosso objetivo de hoje é analisarmos, etimologicamente, a utilização dessa expressão de parentesco pelo povo israelita, ao longo do livro sagrado.

Meu objetivo não é te "enfiar guela abaixo" certas afirmações que aqui farei. Tenho o intuito apenas de fazer você refletir um pouco mais acerca do assunto.

Nosso primeiro passo é pegar nossa bíblia. Vamos fazer um certo passeio por ela. Comecemos abrindo ela no primeiro livro, em Gn 12, 4-5:

"Abrão partiu como o Senhor lhe tinha dito, e Lot foi com ele. Abrão tinha setenta e cinco anos, quando partiu de Harã. Tomou Sarai, sua mulher, e Lot, filho de seu irmão, assim como todos os bens ue possuíam e os escravos que tinham adquirido em Harã, e partiram para a terra de Canaã."

Que tal lermos também o que está escrito em Gn 13, 7-8?

"Por isso houve uma contenda entre os pastores dos ebanhos de Abrão e os dos rebanhos de Lot. Os cananeus e os ferezeus habitavam então naquela terra. Abrão disse a Lot: 'Rogo-te que não haja discórdia entre mim e ti, nem entre nossos pastores, pois somos irmãos."
 
Acho que não precisa dizer nada a respeito, né?
 
Que tal agora analisarmos algumas afirmações do novo testamento?

Nessa parte da escritura, fica claríssimo que os "irmãos de Jesus" não eram filhos de Nossa Senhora. Os supostos "irmãos de Jesus" são indicados por S. Marcos: “Não é este o carpinteiro, filho de Maria e irmão de Tiago, e de José, e de Judas e de Simão e não estão aqui conosco suas irmãs?” Tiago e Judas, conforme afirma S. Lucas, eram filhos de Alfeu e Cleófas: ‘Chamou Tiago, filho de Alfeu… e Judas, irmão de Tiago” (Lc 6, 15-16). E ainda: “Chamou Judas, irmão de Tiago” ( Lc 6, 16). Quanto a ‘José’, S. Mateus diz que é irmão de Tiago: “Entre os quais estava… Maria, mãe de Tiago e de José (Mt 27, 56). Em S. Mateus se lê: “Estavam ali (no calvário), a observar de longe…., Maria Mágdala, Maria, mãe de Tiago e de José, e a mãe dos filhos de Zebedeu”. Essa Maria, mãe de Tiago e José, não é a esposa de S. José, mas de Cleofas, conforme S. João (19, 25). Era também a irmã de Nossa Senhora, como se lê em S. João (19, 25): “Estavam junto à Cruz de Jesus sua mãe, a irmã de sua mãe, Maria (esposa) de Cleofas, e Maria de Mágadala”. Simão, irmão dos três outros, ‘Tiago, José e Judas’ são verdadeiramente irmãos entre si, filhos do mesmo pai e da mesma mãe. Alfeu ou Cleophas é o pai deles.
 
Para finalizar nossa análise, pensemos em um pequeno detalhe:
 
Se Nossa Senhora tivesse esse tanto de filhos, como se costuma ser afirmado por nossos irmãos evangélicos, você acha que Jesus, em sua dor extrema no alto da cruz, teria se preocupado em não deixar sua mãe sozinha, entregando-a aos cuidados de João?

Percebe-se, claramente, que entre o povo israelista, entre os hebreus, era algo muito comum chamar parente próximo de irmão, pelo fato de estarem ligadas consanguineamente. Reflitemos a respeito para que não caiamos na tentação de sair fazendo afirmações sem fundamento ou corrermos o risco de entrarmos em conflitos religiosos por causa de tal tema.
 
Que o Espírito Santo sempre nos guie pelos verdadeiros caminhos da fé.
 
Grande abraço fraternal,


Márcio Gomes Pacheco
Leia Mais

Evangelho do dia - Mateus 9, 9-13

— O Senhor esteja conosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Mateus.
— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 9Jesus viu um homem chamado Mateus, sentado na coletoria de impostos, e disse-lhe: “Segue-me!” Ele se levantou e seguiu Jesus.
10Enquanto Jesus estava à mesa, em casa de Mateus, vieram muitos cobradores de impostos e pecadores e sentaram-se à mesa com Jesus e seus discípulos. 11Alguns fariseus viram isso e perguntaram aos discípulos: “Por que vosso mestre come com os cobradores de impostos e pecadores?”
12Jesus ouviu a pergunta e respondeu: “Aqueles que têm saúde não precisam de médico, mas sim os doentes. 13Aprendei, pois, o que significa: ‘Quero misericórdia e não sacrifício’. De fato, eu não vim para chamar os justos, mas os pecadores”.


- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.
Leia Mais

Somos escolhidos!



Desejamos a todos vocês amados irmãos, um dia abençoado e cheio das graças de Deus na vida de todos!

O Senhor hoje nos ensina que Ele é um Deus próximo de nós pecadores. Um Deus que se deixa alcançar e não um poderoso que fica no pedestal e seleciona os que podem ou não se aproximar.

Lembremos as santas palavras de Santa Tereza D'ávila que dizia que a fé e a divindade das coisas do alto não são somente para as elites espirituais ou para os poderosos, mas para todos nós sem distinção.

As bençãos estão ao alcance de quem se dispõe e, com o coração humilde, segue ao Senhor Deus e o deixa permanecer na vida dele. Foi isso que Mateus fez quando aceitou ao chamado de Jesus.

E quantas vezes ele nos chama e nós, em meio ao nosso apego, ao nosso egoísmo e correria, preferimos o vazio e nem percebemos que o Senhor chama.

Será que muitas vezes também não temos feito como os fariseus, questionando e até mesmo julgando como o Senhor vai ao encontro daqueles que nós, como humanos não ousaríamos buscar, pois, nos esquecemos muitas vezes que o Nosso Senhor é o Deus da misericórdia e não do sacrifício.

Jesus deixa claro que não veio para os justos e sim para nós, que somos pecadores e por isso mesmo, necessitamos tanto de sua graça.

É nisto de fato, que se revela a grandeza e a beleza do projeto de Deus: preferir aqueles que muitas vezes nós teimamos em rejeitar. E o Senhor nos convida, como a Mateus a segui-lo e ser um discipulo fiel. Prestemos atenção a cada novo amanhecer, ao chamado que Ele tem para nós e ousemos dar os passos na fé e veremos maravilhas acontecerem.

Klênia e Marcos.

Leia Mais

Evangelho do dia - Marcos 9, 30-37

— O Senhor esteja conosco!
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo, + segundo Marcos.
— Glória a vós, Senhor!

Naquele tempo, 30Jesus e seus discípulos atravessavam a Galileia. Ele não queria que ninguém soubesse disso, 31pois estava ensinando a seus discípulos. E dizia-lhes: “O Filho do Homem vai ser entregue nas mãos dos homens, e eles o matarão. Mas, três dias após sua morte, ele ressuscitará”.
32Os discípulos, porém, não compreendiam estas palavras e tinham medo de perguntar. 33Eles chegaram a Cafarnaum. Estando em casa, Jesus perguntou-lhes: “O que discutíeis pelo caminho?”
34Eles, porém, ficaram calados, pois pelo caminho tinham discutido quem era o maior.
35Jesus sentou-se, chamou os doze e lhes disse: “Se alguém quiser ser o primeiro, que seja o último de todos e aquele que serve a todos!”
36Em seguida, pegou uma criança, colocou-a no meio deles e, abraçando-a, disse: 37“Quem acolher em meu nome uma destas crianças, é a mim que estará acolhendo. E quem me acolher, está acolhendo, não a mim, mas àquele que me enviou”.


- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.
Leia Mais

Sejamos humildes!


Bom dia queridos irmãos!

Que a humildade de Jesus esteja no coração de todos.

No evangelho de hoje, Jesus nos orienta a servir a Deus com humildade. Jesus estava falando aos seus discípulos como Ele serviria ao Pai em humildade, dando a Sua vida à morte a cruz para resgatar toda a humildade. Porém, os discípulos não entenderam a grandeza da atitude de Jesus. Pois, estavam com o coração cheio de soberba, preocupados unicamente com seu engrandecimento pessoal. Disputavam entre si e se indagavam qual deles era o maior, o mais importante. Jesus percebendo isso, disse: Se alguém quer ser o primeiro, deve ficar em último lugar e servir a todos.

Precisamos ter em nossas mentes que Deus não utiliza critérios nem padrões humanos para nos julgar e amar. Enquanto os homens olham para títulos e propriedades, Deus olha unicamente para o coração de seu servo. Daí a importância de cultivarmos o fruto da humildade. Uma pessoa soberba jamais conseguirá servir outra pessoa, pois, em sua mente ela se encontra em um patamar superior, onde não existe a servidão e sim a necessidade de ser servido.

Espelhamos em Jesus, que se despiu de toda Sua soberania desceu dos céus e tornou-se um simples homem. Ele enfrentou o sofrimento e a morte e quando seu sangue era derramado pedia ao Pai que perdoasse os que O injuriavam. Jesus não perseguiu os Seus próprios interesses, mas se doou em favor dos homens. Logo, Jesus é a máxima expressão da humildade de Deus, o Senhor que se fez servo, que veio não para ser servido, mas para servir, para dar a sua vida em resgate de muitos.

Deixemos também que a humildade de Santa Maria, mãe de nosso Senhor, oriente nossas vidas. Quando o anjo lhe apareceu anunciando o nascimento de Jesus através Dela, Maria jamais duvidou, não impôs barreiras, mesmo sabendo de tudo que teria de suportar, Ela apenas diz: “Eis aqui a serva do Senhor. Faça em mim segundo a Tua palavra.” Ainda que fosse a mãe de Deus, fez-se a menor de todas, fez-se serva por amor e humildade a Deus.

Peçamos sempre em nossas orações que o Espírito Santo nos inunde com o dom da humildade. Pois, somente assim, conheceremos nosso valor e reconheceremos o verdadeiro valor do outro. O humilde ama o irmão como Deus nos ama, enquanto que o orgulhoso ama somente a si mesmo. Todo bom servo tem humildade em seu coração, e esta humildade faz com que a graça de Deus seja abundante sobre a sua vida

Sueleide Assis

Leia Mais

Evangelho do dia - Lucas 8, 4-15

— O Senhor esteja conosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Lucas.
— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 4reuniu-se uma grande multidão, e de todas as cidades iam ter com Jesus. Então ele contou esta parábola: 5“O semeador saiu para semear a sua semente. Enquanto semea­va, uma parte caiu a beira do caminho; foi pisada e os pássaros do céu a comeram.
6Outra parte caiu sobre pedras; brotou e secou, porque não havia umidade. 7Outra parte caiu no meio de espinhos; os espinhos cresceram juntos, e a sufocaram. 8Outra parte caiu em terra boa; brotou e deu fruto, cem por um”. Dizendo isso, Jesus exclamou: “Quem tem ouvidos para ouvir ouça”.
9Os discípulos lhe perguntaram o significado dessa parábola. Jesus respondeu: 10“A vós foi dado conhecer os mistérios do Reino de Deus. Mas aos outros, só por meio de parábolas, para que olhando não vejam, e ouvindo não compreendam”.
11A parábola quer dizer o seguinte: A semente é a Palavra de Deus. 12Os que estão à beira do caminho são aqueles que ouviram, mas, depois, vem o diabo e tira a Palavra do coração deles, para que não acreditem e não se salvem.
13Os que estão sobre a pedra são aqueles que, ouvindo, acolhem a Palavra com alegria. Mas eles não têm raiz: por um momento acreditam; mas na hora da tentação voltam atrás. 14Aquilo que caiu entre os espinhos são os que ouvem, mas, com o passar do tempo são sufocados pelas preocupações, pela riqueza e pelos prazeres da vida, e não chegam a amadurecer. 15E o que caiu em terra boa são aqueles que, ouvindo com um coração bom e generoso, conservam a Palavra, e dão fruto na perseverança.


- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.
Leia Mais

O Semeador!



BOM DIA QUERIDOS AMIGOS


A nossa reflexão de hoje é sobre a parábola do semeador.

Sabemos que toda semente necessita de uma terra fértil, para que só assim possa germinar e dar bons frutos.

Nós somos o terreno em que o Pai, o grande semeador, deseja lançar suas sementes. Contudo o desenvolvimento destas dependerá de como serão recebidas, uma vez que o próprio Pai em sua palavra afirma que tem permanecido à porta, tem batido incessantemente e somente com aquele que a abrir poderá ceiar junto, porque Deus não entrará em nossas vidas de maneira intrusa como um ladrão.

Diante disso sabemos que nossos corações não poderão se tornar uma mera terra da beira do caminho; colocando a palavra de Deus apenas à margem de nossas trajetórias que poderá ser facilmente sufocada pelos desafios dos “pisões” da vida ou ser eliminada por qualquer pássaro.

Nosso coração não deverá, tão pouco, ser um pedregulho que embora receba os mandamentos de Deus os sufoquem em sua dureza e os deixem morrer secos por não alimentá-los com a oração, com a leitura bíblica, com a eucaristia e com o perdão. Não podemos permitir, ainda, que nossos corações se tornem a terra espinhosa, a terra que encontrando obstáculos impedirá que a palavra do Senhor não se desenvolva.

Necessitamos sim, sermos a terra boa, que não só possibilita a germinação da semente, que lembra os ensinamentos de Deus, mas que os vivencia no dia a dia; fazendo com que se multipliquem os dons do CRIADOR.

Só desse modo, Deus se tornará um “SEMEADOR” em nossas vidas, por fazermos de sua palavra “A BOA SEMENTE”.

“Tchau, um grande abraço e muita paz de Deus!

Maria Tereza Bosco

Leia Mais

Evangelho do dia - Lucas 8, 1-3

— O Senhor esteja conosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Lucas.
— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 1Jesus andava por cidades e povoados, pregando e anunciando a Boa Nova do Reino de Deus. Os doze iam com ele; 2e também algumas mulheres que haviam sido curadas de maus espíritos e doenças: Maria, chamada Madalena, da qual tinham saído sete demônios; 3Joana, mulher de Cuza, alto funcionário de Herodes; Susana, e várias outras mulheres que ajudavam a Jesus e aos discípulos com os bens que possuíam.


- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.
Leia Mais

Mulheres Seguindo Jesus!




Bom dia, meus queridos irmãos!

O Evangelho de hoje faz referência às mulheres que seguiam Jesus. É uma das poucas passagens em que se fala desse “discipulado” de mulheres, que seguiam o Senhor. Naquela época havia uma certa dominância masculina, tanto é que todos os discípulos eram homens; não que eles fossem melhores, mas tinham mais “liberdade”.

Essa passagem nos apresenta algumas mulheres, inclusive uma que chama a nossa atenção, Joana, esposa de um alto funcionário de Herodes. Ela também seguia Jesus, e seguia por gratidão, ela era uma mulher rica. É um exemplo também para nós. Deus faz tantas coisas por nós e mesmo assim só O clamamos quando estamos precisando.

E já aproveitando essa passagem que mostra as “discípulas”, eu convido todas as mulheres a serem seguidoras de Cristo. Hoje vivemos num mundo onde há mais igualdade entre homem e mulher, mas Deus nunca fez distinção alguma, pois todos nós somos discípulos dEle.

Outra questão é a fé: se aquelas mulheres estavam seguindo Jesus é porque elas tinham fé. Nos versículos anteriores a esta passagem diz que Jesus perdoou, pois a mulher mostrou amor, e em seguida Ele disse a mulher: “Teus pecados estão perdoados”, e disse também: “Tua fé te salvou, vai em paz”. Depois disso as mulheres tiveram fé e O seguiram.

Deus ainda hoje está nos curando para que possamos segui-lO, homens e mulheres. O Evangelho de hoje fala das mulheres porque antigamente havia uma certa discriminação, mas Jesus veio nos mostrar que a Palavra de Deus é para todos! Deus não faz distinção de pessoas. Todos nós somos iguais aos olhos do Pai.

Hoje todos nós somos chamados a ter fé, você mulher ou homem, negro ou branco, nós somos chamados a sermos discípulos e discípulas de Cristo.

Que a paz de Jesus Cristo esteja sempre com todos nós!

Um grande abraço!


Cinthya Cardoso de Araújo
Leia Mais

Evangelho do dia - Lucas 7, 36-50

— O Senhor esteja covosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Lucas.
— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 36um fariseu convidou Jesus para uma refeição em sua casa. Jesus entrou na casa do fariseu e pôs-se à mesa.
37Certa mulher, conhecida na cidade como pecadora, soube que Jesus estava à mesa, na casa do fariseu. Ela trouxe um frasco de alabastro com perfume, 38e, ficando por detrás, chorava aos pés de Jesus; com as lágrimas começou a banhar-lhe os pés, enxugava-os com os cabelos, cobria-os de beijos e os ungia com o perfume.
39Vendo isso, o fariseu que o havia convidado ficou pensando: “Se este homem fosse um profeta, saberia que 40tipo de mulher está tocando nele, pois é uma pecadora”.
Jesus disse então ao fariseu: “Simão, tenho uma coisa para te dizer”. Simão respondeu: “Fala, mestre”! 41“Certo credor tinha dois devedores; um lhe devia quinhentas moedas de prata, o outro cinquenta. 42Como não tivessem com que pagar, o homem perdoou os dois. Qual deles o amará mais?” 43Simão respondeu: “Acho que é aquele ao qual perdoou mais”. Jesus lhe disse: “Tu julgaste corretamente”.
44Então Jesus virou-se para a mulher e disse a Simão: “Estás vendo esta mulher? Quando entrei em tua casa, tu não me ofereceste água para lavar os pés; ela, porém, banhou meus pés com lágrimas e enxugou-os com os cabelos. 45Tu não me deste o beijo de saudação; ela, porém, desde que entrei, não parou de beijar meus pés. 46Tu não derramaste óleo na minha cabeça; ela, porém, ungiu meus pés com perfume. 47Por esta razão, eu te declaro: os muitos pecados que ela cometeu estão perdoados porque ela mostrou muito amor. Aquele a quem se perdoa pouco mostra pouco amor”. 48E Jesus disse à mulher: “Teus pecados estão perdoados”. 49Então, os convidados começaram a pensar: “Quem é este que até perdoa pecados?” 50Mas Jesus disse à mulher: “Tua fé te salvou. Vai em paz”.

- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.
Leia Mais

Jesus Perdoa a Quem Sabe Amar!


Bom dia, meus queridos amigos!

Hoje, Jesus nos ensina algo que é a Sua essência, algo que transborda em Seu coração... Sua lição para nós é sobre o amor, sobre o perdão e sobre um coração humano verdadeiramente arrependido.

Percebemos no Evangelho que o fariseu não se considerava um pecador, por isso se sentiu no direito de julgar aquela mulher que era pecadora. Porém, ele sendo um homem frio, insensível, que não tinha amor, não consegue enxergar o coração daquela mulher. Ao contrário de Jesus, que imediatamente percebe um coração cheio de amor, embora cheio de pecado, que estava também cheio de arrependimento, de fé e perseverança.

Vejam! Jesus perdoa a quem sabe amar. “Por essa razão, eu declaro a você: os muitos pecados que ela cometeu estão perdoados, porque ela demonstrou muito amor.” Entendamos. Jesus não quer que O exaltemos com ouro, com coisas caras, com luxúria, Ele quer apenas um coração sincero, humilde, que esteja acessível a Ele e cheio de amor. As nossas palavras, as nossas ações refletem aquilo que o coração está cheio.

Agora, para que amemos os outros como Jesus nos ama e para que tenhamos o perdão de Jesus, precisamos antes de qualquer coisa, de um coração humilde. Percebam, aquela mulher tinha um coração humilde, pois ela sabia dos seus pecados, sabia que seria discriminada pelos outros por causa da sua atitude com Jesus, mas, mesmo assim ela não desistiu, teve fé e humildade, e amou Jesus na simplicidade de um coração arrependido.

Portanto, percebendo que Jesus nos ama com amor misericordioso e que deseja de nós um coração arrependido e que esteja disposto a seguir o Teu caminho, procuremos fazer a vontade do nosso Senhor. Peçamos a Ele um coração novo, restaurado. Que Ele derrame sobre nós Sua água viva e nos ensine a semear o amor em todos os lugares. O amor é expressão e sinal do perdão recebido, ou seja, nós já fomos perdoados por Jesus, não é mesmo?! Quem nunca pecou? Então, mostremos esse amor e esse perdão recebido de Deus através das nossas atitudes. Não sejamos egoístas, hipócritas. Tomemos postura de verdadeiros Filhos do Céu!

Amém.

Que Deus nos abençoe cada vez mais!

Monike Stival Martins

Leia Mais

Evangelho do dia - Lucas 4, 31-35

— O Senhor esteja conosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Lucas.
— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, disse Jesus: 31“Com quem hei de comparar os homens desta geração? Com quem eles se parecem? 32São como crianças que se sentam nas praças, e se dirigem aos colegas, dizendo: ‘Tocamos flauta para vós e não dançastes; fizemos lamentações e não chorastes!’
33Pois veio João Batista, que não comia pão nem bebia vinho, e vós dissestes: ‘Ele está com um demônio!’ 34Veio o Filho do Homem, que come e bebe, e vós dizeis: ‘Ele é um comilão e beberrão, amigo dos publicanos e dos pecadores!’ 35Mas a sabedoria foi justificada por todos os seus filhos”.


- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.
Leia Mais

Jesus é Contradição!


“Os que seguem a Jesus são sinais de contradição. Mas os que o seguem verdadeiramente, seus frutos os justificam”.

Porque seguir à Jesus é sinal de contradição? Por que ser de Deus é ser radical?

Desde os tempos passados, o povo que segue a Deus não sabe o que realmente quer dizer “ser de Deus” e por isso tudo o que se refere ao reino dos céus se torna difícil demais, pesado. E aqui está o erro de muitos de nós, achamos que já somos bons suficientes para ir para o céu, pois já sou coordenador disso ou daquilo, rezo o terço, me confesso freqüentemente, etc. e enquanto eu tiver este pensamento, estarei julgando os que andam na contra mão, pois acho que não posso me misturar com estes irmãos, pois tenho que ser santo vivendo no mundo que eu criei para mim.

Nós nos esquecemos que Jesus veio para buscar os doentes, os fracos, os pecadores. Isso é difícil de compreender. Porque ser radical é vier como Jesus viveu, dentro da lei mas não por obrigação não cumprir a lei, mas porque ele sabia exatamente o que fazer e a lei ser tornou para ele uma aliada na sua caminhada e não peso. Para Jesus, seguir a vontade do Pai não era difícil, pois o Pai estava dentro do seu coração e tudo o que ele fazia era feito com muito amor. Por isso ele não estava aprisionado pela lei mas sabia como interpretá-la sem descumpri-la. E por que sendo assim, Ele se tornou sinal de contradição? Porque fazia tudo o que era permitido pela lei sem ser contra ela pois era misericordioso com os que sofriam, enquanto a lei mandava isolá-los, ele os acolhia, amava e curava para que também eles fossem acolhidos no reino dos céus.

Amados, Deus é amor e misericórdia e é por isso que todos que seguem a lei do amor são contradição pois o mundo diz: “ Se você foi traído, pague na mesma moeda. E Jesus diz: “ se foi traído, perdoe, ame, reze por estes.” Contradição para o mundo é toda sabedoria de Deus, pois ele é amor e o amor supera tudo e sobrevive a tudo. Ame a Deus e viva por amor a Deus e verás o quanto sua vida vai ser melhor.


Renato e Eloneide

Leia Mais

Evangelho do dia - João 19, 25-27

— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo João.
— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 25perto da cruz de Jesus, estavam de pé a sua mãe, a irmã da sua mãe, Maria de Cléofas, e Maria Madalena. 26Jesus, ao ver sua mãe e, ao lado dela, o discípulo que ele amava, disse à mãe: “Mulher, este é o teu filho”. 27Depois disse ao discípulo: “Esta é a tua mãe”. Daquela hora em diante, o discípulo a acolheu consigo.

— Palavra da Salvação.
— Glória a vós, Senhor.
Leia Mais

Tudo está consumado




São João nos apresenta o texto da crucificação do Mestre. E nele duas figuras se destacam: Maria, a Mãe de Jesus e João, o discípulo amado. Como ontem, continuamos hoje refletindo sobre a realidade da Cruz. (Padre Bantu Mendonça K. Sayla)

Antes de Jesus, a cruz era vista como um instrumento de castigo, de humilhação, de condenação dos criminosos. Porém, o fato de Jesus, o Filho de Deus ter sido crucificado deu à cruz um sentido novo: deixou de evocar a condenação e a morte, para significar exaltação da vida. E esta mudança radical da maneira de se ver a cruz foi por causa da vida de Jesus. Jesus, pela sua existência impecável só fazendo o bem e anunciando a Boa Notícia para a nossa salvação, aceitou a morte de cruz, e isto demonstrou a sua fidelidade ao plano do Pai em relação ao Filho, Cordeiro imolado pelos nossos pecados e para a nossa salvação. Nela ficou patente que Deus era o Senhor único e exclusivo da vida de Jesus, e que nenhum fariseu ou escriba foi suficientemente forte para desviá-lo do caminho traçado pelo Pai.

Jesus, apesar de ter pedido ao Pai no Horto das Oliveiras que o livrasse daquele cálice amargo, deixou, contudo, que se realizasse a vontade desse mesmo Pai. Por isso Jesus não vacilou e enfrentou o martírio de cruz com cabeça erguida, até o final em que disse: “Pai tudo está consumado, a Ti entrego o meu espírito”. Por outras palavras, diríamos que tinhachegado a hora d’Aquele que se fez contar entre os ladrões para salvar a todos. Ele não teve outra sina senão a Cruz. Assim Jesus Cristo, tido como um criminoso, carregou a sua cruz e tendo chegado ao cimo da montanha foi pregado nela.

Uma característica importante do seguidor de Jesus é a perseverança, ou seja, o compromisso de vida que se prolonga no tempo, vencendo as crises. Quando Jesus pede para: “permanecer em mim e eu nele” (Jo 6,56; 15,4) ou “permanecer no meu amor” (Jo 15,9) expressa uma sintonia profunda, uma comunhão de mente e de coração. Este é o sentido da imagem da videira e dos ramos (15,1-11). Como também: “Se vocês permanecerem na minha palavra, serão verdadeiramente meus discípulos. Vocês conhecerão a verdade, e a verdade fará de vocês pessoas livres” (cf. Jo 8,31s). Jesus promete: “Se vocês permanecerem em mim e as minhas palavras permanecerem em vocês, peçam o que quiserem, e o Pai lhes concederá” (Jo 15,7). Na primeira epístola de João também se diz desta atitude de vida: “Quem pretende permanecer nele, deve também andar no caminho que Jesus andou” (1 Jo 2,6).

Manter-se junto à cruz expressa a atitude de estar em sintonia com Jesus, exercitando a fé no momento de crise da morte e de sua passagem para o Pai. Maria, as mulheres e o discípulo amado são os que perseveram neste momento crucial. Permanecem com Jesus e em Jesus. É certo que este momento significou um grande sofrimento para Maria. Mas, parece que perseverar assume mais importância do que sofrer.

Qual é o sentido do encontro de Maria com o discípulo amado, ao pé da cruz? Não é resolver um problema de família, ou seja, quem iria tomar conta da mãe de Jesus depois da morte dele. Nesse momento tão importante da cruz, João quer nos dizer algo mais. Ele deixa impresso na memória de todos os cristãos que Maria não é somente a mãe, que concebeu, gestou, deu à luz, nutriu e educou Jesus. Novamente, ela é chamada de “mulher”, como em Caná (Jo 2,4 e 19,25). Seu lugar está além dos laços de sangue e das relações familiares. Por vontade de Jesus, Maria é adotada como mãe pela comunidade cristã de todos os tempos. O discípulo amado, que representa a comunidade, recebe-a como mãe. E Maria é investida nessa nova missão. Acolhe os membros da comunidade cristã como seus filhos.

Que Maria me acolha como filho bem amado do seu Filho afim de que, olhando para a glória que me está reservada no Céu, carregue a minha cruz todos os dias. E quando chegar a minha hora eu diga como Jesus: Pai tudo está consumado, a Ti entrego o meu espírito.

Autor: Padre Bantu Mendonça K. Sayla

Fonte: Canção Nova

Leia Mais

Evangelho do dia - João 3, 13-17

— O Senhor esteja conosco!
— Ele está no meio de nós!
— PROCLAMAÇÃO do Evangelho de Jesus Cristo + segundo João.
— Glória a vós, Senhor!

Naquele tempo, disse Jesus a Nicodemos: 13“Ninguém subiu ao céu, a não ser aquele que desceu do céu, o Filho do Homem. 14Do mesmo modo como Moisés levantou a serpente no deserto, assim é necessário que o Filho do Homem seja levantado, 15para que todos os que nele crerem tenham a vida eterna.
16Pois Deus amou tanto o mundo, que deu o seu Filho unigênito, para que não morra todo o que nele crer, mas tenha a vida eterna. 17De fato, Deus não enviou o seu Filho ao mundo para condenar o mundo, mas para que o mundo seja salvo por ele”.


- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.
Leia Mais

Ele Traz a Salvação!



Bom dia Irmãos em Cristo Jesus!

Peçamos ao Senhor a graça de compreendermos as palavras destinadas a nós
hoje no Santo Evangelho; que saibamos refletir o verdadeiro sentido das
divinas palavras.

Hoje o Senhor vem nos falar da boa nova que foi a vinda de Jesus neste
mundo, pela qual recebemos a Salvação e a promessa de Vida Eterna.

Jesus utilizou uma comparação, com a Glória de Deus manifestada através de
Moisés, quando liberou o povo de Deus da escravidão, mostrando o poder do
Deus Vivo e Verdadeiro, com a Glória revelada no envio do seu Filho
Primogênito e amado Jesus.

Valorizemos queridos, esse Deus que tanto nos ama a ponto de entregar seu
filho único para que pudéssemos ser salvos e entregues à Vida Eterna.

Somos hoje convidados a adorar, exaltar e bendizer ao Nosso Deus Poderoso
que derramou seu sangue puríssimo para nos lavar e libertar da escravidão
do pecado.

Que tenhamos o coração agradecido para com o querido Senhor que permanece
ao nosso lado por puro sentimento de amor.

Então venha irmão, vamos louvar ao Deus Onipotente que maravilhas faz por
nós.

"Senhor queremos te louvar, te adorar, te bendizer, te render graças, de
todo nosso coração, pois, o Senhor não olhou pra nossa pequenez, pra nossa
miséria quando nos amou, simplesmente amou-nos. Somos gratos querido Deus
porque este amor é o que nos impulsiona a vivermos neste mundo cheio de
maldades. Queremos Senhor lhe dizer o quanto nosso amor também é grande
para contigo Deus, sobretudo, porque sentimos tua mão poderosa a operar em
nós os milagres, o milagre do dom da vida, da comunhão fraterna, da graça
de vivermos com solicitude diante de tudo que nos acontece. Obrigado ó
Deus por fazer parte da Nossa vida. Deus Poderoso e digno de louvores,
adorações, exaltações... Amém."

Klênia e Marcos
Leia Mais

Evangelho do dia - Mateus 8, 27-35

— O Senhor esteja conosco!
— Ele está no meio de nós.
— PROCLAMAÇÃO do Evangelho de Jesus Cristo, + segundo São Marcos.
— Glória a vós, Senhor!

Naquele tempo, 27Jesus partiu com seus discípulos para os povoados de Cesareia de Filipe. No caminho perguntou aos discípulos: “Quem dizem os homens que eu sou?”
28Eles responderam: “Alguns dizem que tu és João Batista; outros que és Elias; outros, ainda, que és um dos profetas”. 29Então ele perguntou: “E vós, quem dizeis que eu sou?” Pedro respondeu: “Tu és o Messias”.
30Jesus proibiu-lhes severamente de falar a alguém a respeito. 31Em seguida, começou a ensiná-los, dizendo que o Filho do Homem devia sofrer muito, ser rejeitado pelos anciãos, pelos sumos sacerdotes e doutores da Lei; devia ser morto, e ressuscitar depois de três dias.
32Ele dizia isso abertamente. Então Pedro tomou Jesus à parte e começou a repreendê-lo. 33Jesus voltou-se, olhou para os discípulos e repreendeu a Pedro, dizendo: “Vai para longe de mim, Satanás! Tu não pensas como Deus, e sim como os homens”.
34Então chamou a multidão com seus discípulos e disse: “Se alguém me quer seguir, renuncie a si mesmo, tome a sua cruz e me siga. 35Pois, quem quiser salvar a sua vida, vai perdê-la; mas, quem perder a sua vida por causa de mim e do Evangelho, vai salvá-la”.

- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.

Leia Mais

Evangelho do Dia - Lucas 6,43-49

— O Senhor esteja conosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo † segundo Lucas.
— Glória a vós, Senhor.
 

Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos: 43"Não existe árvore boa que dê frutos ruins, nem árvore ruim que dê frutos bons. 44Toda árvore é reconhecida pelos seus frutos. Não se colhem figos de espinheiros, nem uvas de plantas espinhosas.
 
45O homem bom tira coisas boas do bom tesouro do seu coração. Mas o homem mau tira coisas más do seu mau tesouro, pois sua boca fala do que o coração está cheio. 46Por que me chamais: 'Senhor! Senhor!', mas não fazeis o que eu digo?
 
47Vou mostrar-vos com quem se parece todo aquele que vem a mim, ouve as minhas palavras e as põe em prática. 48É semelhante a um homem que construiu uma casa: cavou fundo e colocou o alicerce sobre a rocha. Veio a enchente, a torrente deu contra a casa, mas não conseguiu derrubá-la, porque estava bem construída.
 
49Aquele, porém, que ouve e não põe em prática, é semelhante a um homem que construiu uma casa no chão, sem alicerce. A torrente deu contra a casa, e ela imediatamente desabou; e foi grande a ruína dessa casa".
 
- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.
Leia Mais

Evangelho do dia - Lucas 4, 39-42

— O Senhor esteja conosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Lucas.
— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 39Jesus contou uma parábola aos discípulos: “Pode um cego guiar outro cego? Não cairão os dois num buraco? 40Um discípulo não é maior do que o mestre; todo discípulo bem formado será como o mestre. 41Por que vês tu o cisco no olho do teu irmão, e não percebes a trave que há no teu próprio olho?
42Como podes dizer a teu irmão: Irmão, deixa-me tirar o cisco do teu olho, quando tu não vês a trave no teu próprio olho? Hipócrita! Tira primeiro a trave do teu olho, e então poderás enxergar bem para tirar o cisco do olho do teu irmão”.


- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.
Leia Mais

Cegos Guiando Cegos!

Bom dia queridos irmãos !

Que a paz de Jesus esteja com todos nós nesta sexta-feira.

No Evangelho de hoje, Jesus conta uma parábola aos seus discípulos. Quantas vezes não estamos enxergando nem mesmo por nós, e queremos enxergar pelas outras pessoas também? Sabemos que isso acontece, mas Jesus vem abrir nossos olhos realmente nesta sexta-feira.

É fácil ver os erros dos outros. É muito fácil mesmo julgar. Mas quão difícil é reconhecer nossos próprios erros. Enquanto tentamos ver os erros dos outros, esquecemos de ver nossos próprios erros. Deus pede muitas vezes para que não julguemos uns aos outros. Se nós estamos num cargo acima de nosso irmão, não temos o direito de ser melhor e muito menos julgá-lo.

“O discípulo não está acima do mestre; todo discípulo bem formado será como o mestre”

Assim como o mestre não está acima do discípulo, o discípulo também não está acima do mestre. Todos cometem erros, e somente Deus pode julgar-nos. É isso que Jesus quer nos mostrar.

Nós podemos ajudar as pessoas em seus erros; mas depois que ajudarmos a nós mesmos. Como podemos solucionar um problema na vida de uma pessoa, se não conseguimos enxergar esse mesmo problema na nossa própria vida? Temos que deixar de ser cegos. Como fala no Evangelho, temos que tirar a trave que está em nossos olhos.

Jesus pode nos ajudar a enxergar tudo isso. É nEle que devemos buscar ajuda, Ele deve ser nossos olhos. Se queremos ajudar o irmão, temos que estar em condições, para não prejudicar o irmão e a nós mesmos; para não cairmos todos no buraco como um cego guiando outro cego. Deus pode nos guiar, basta querer.

Que essa Palavra de hoje possa abrir os nossos olhos, para que deixemos Jesus curar nossa cegueira. Só Ele tem esse poder, e Ele quer nos curar hoje.

Um grande abraço!

Que Deus nos abençoe!

Cinthya Cardoso de Araújo

Leia Mais

Postagens mais visitadas

Ouça a Rádio Canção Nova



Seguidores

 

Sobre A Boa Semente!

A Boa Semente foi fundada em 2007. É uma criação do Grupo de Oração Semeador, da Renovação Carismática Católica da cidade de Inhumas GO. É um instrumento de evangelização sem fins lucrativos.

Sua principal missão é semear a Boa Semente através de reflexões diárias do evangelho. Você também pode fazer parte dessa família, entre em contato conosco e saiba como!

Os artigos são de responsabilidade de seus respectivos autores.

Deus te abençoe sempre!

Visite Meu Canto Secreto e descubra mais sobre o autor desse instrumento de evangelização. Mais uma criação Vocenanet.com VCN