Ocorreu um erro neste gadget

Amor Misericordioso: Uma Contradição!


Muito bom dia, meus amigos!

Que a paz do nosso Senhor Jesus esteja no coração de cada um de vocês.

Nesse dia de hoje, o Evangelho nos traz palavras bastante intencionadas, ensinamentos que exigem muito esforço e confiança em Deus. Esse conjunto de ensinamentos é bastante fundamental em nossas vidas, pois refere-se às nossas condutas, aos nossos valores, a nossa ética e ao amor que habita em nossos corações.

Vivendo nesse mundo cheio de desigualdade, de egoísmo, de individualismo, de relações por interesses próprios, de prazeres, poderes, etc, torna-se um tanto difícil assimilar essa mensagem de Jesus através do Evangelho em nossas vidas. Exatamente por isso encontramos uma contradição, que é a incoerência entre palavras e ações. Infelizmente o que está escrito no Evangelho contradiz com as ações praticadas por nós aqui na terra. É até possível se assustar com esse Evangelho, pois Jesus chega a dizer: “Se alguém lhe dá um tapa numa face, ofereça também a outra.” Então, nos perguntamos: Por que eu deveria agir assim?

Porque somos filhos amados de Deus, filhos criados a sua imagem e semelhança. Esse amor radical e desmedido de Jesus é um sinal para nós que somos verdadeiros cristãos. Ele nos coloca à prova, para que reflitamos acerca do nosso modo de amar, pois Jesus quer isso, que amemos do mesmo modo que Ele nos ama. Uma doação que exige esforço, porque amar os nossos inimigos é uma completa doação.

Procurando força para amarmos generosamente, nos atentemos para um ponto: “O que vocês desejam que os outros lhes façam, também vocês devem fazer a eles.” Todos nós desejamos ser amados, compreendidos, respeitados. Procuremos então, nos colocar no lugar do outro, sermos sensíveis aos seus desejos, seus pensamentos. Não podemos viver a reciprocidade, mas sim a gratuidade e a misericórdia. Nosso critério para agir de determinada forma com o outro não deve se dar pelas ações dele conosco, mas sim pelas graças de Deus em nossas vidas, pelo Seu amor misericordioso que muitas vezes não merecemos.

“Sejam misericordiosos, como também o Pai de vocês é misericordioso.” Isso quer dizer que devemos nos espelhar nesse Deus que é pai, que é bondade, que é amor. Fazermos d’Ele nosso maior exemplo. Deus nos ama com gratuidade, sem cobrar nada em troca, não julga, não condena, ama com amor misericordioso.

Por fim, rezemos com sinceridade e amor a oração do Pai Nosso, que resume perfeitamente esse desejo de Deus Pai e peçamos também que Ele nos dê a sabedoria, o discernimento, para que compreendamos o Seu amor incondicional e façamos dele o nosso amor.


“Pai Nosso, que estais no céu, santificado seja o vosso nome, venha a nós o vosso reino, seja feita a vossa vontade assim na terra como no céu. O pão nosso de cada dia nos dai hoje. E perdoai- nos as nossas ofensas, assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido. E não nos deixeis cair em tentação, mas livrai-nos do mal. Amém.”

Monike Stival Martins

0 Comentário(s). Clique aqui!:

Postagens mais visitadas

Ouça a Rádio Canção Nova



Seguidores

 

Sobre A Boa Semente!

A Boa Semente foi fundada em 2007. É uma criação do Grupo de Oração Semeador, da Renovação Carismática Católica da cidade de Inhumas GO. É um instrumento de evangelização sem fins lucrativos.

Sua principal missão é semear a Boa Semente através de reflexões diárias do evangelho. Você também pode fazer parte dessa família, entre em contato conosco e saiba como!

Os artigos são de responsabilidade de seus respectivos autores.

Deus te abençoe sempre!

Visite Meu Canto Secreto e descubra mais sobre o autor desse instrumento de evangelização. Mais uma criação Vocenanet.com VCN