Ocorreu um erro neste gadget

Refletindo o Evangelho do Dia - Combatendo na Fé

Muito bom dia, meus amigos!
                                                
Quanta felicidade em termos chegado a mais um sábado! Espero reencontrar todos vocês à noite. Aproveitando o assunto, mais uma vez gostaria de reforçar o chamado para TODOS irem à missa. Se tiverem que escolher entre a reunião do grupo e ela, não tem nem o que pensar, pois a missa é o momento mais importante da fé católica!
                                           
Nosso evangelho de hoje está em Mt 17, 14-20. Clique aqui ou pegue sua Bíblia e mais uma vez saboreie o alimento que vem da própria mão de Deus.
                                                  
Na passagem de hoje, temos um fato bastante interessante. Um pai não aguenta mais ver o sofrimento de seu filho e procura ajuda espiritual. Primeiro ele vai aos discípulos de Jesus, porém estes não têm êxito e então quem é procurado é Jesus. Aí, não precisa nem dizer nada, né? Ele é o Senhor do impossível!
                                                
Nossa reflexão começa a se aprofundar quando nos deparamos com a curiosidade dos discípulos em relação ao insucesso que tiveram no caso, não conseguindo expulsar o espírito malígno. Jesus, então, fala que o fracasso deu-se por causa da falta de fé. Em outra versão da mesma passagem, Ele também afirma que certos tipos de seres espirituais malígnos não podem ser expulsos a não ser através de muito jejum e oração.
                                            
Pessoal, hoje quero partilhar uma coisa que vivi e experimentei. Não quero que imaginem que estou fazendo sensacionalismo. Essa passagem de hoje me faz lembrar de um fato muito importante em minha vida espiritual.
                                                  
Certa vez estava fazendo vigília na Igreja São Judas Tadeu com alguns companheiros e no meio da oração começou uma manifestação demoníaca, daquelas de até mudar o timbre de voz da pessoa. Ela ria escandalosamente e soltava gritos irônicos que rasgavam a noite. O coordenador do grupo daquela época tentou dominar a situação e foi repreendido. O coordenador da secretaria de oração tentou e não adiantou. Daí eu tentei também, sem muito êxito. Nenhum de nós estava fazendo jejum e o danado ainda curtia com a nossa cara, mostrando que quase nada do que estávamos fazendo causava algum efeito esperado.
                                                  
Pois bem, um dos nossos resolveu ir até a  coordenadora da Renovação Carismática de Inhumas na época. O Espírito Santo mostrou a ela que seria necessário mandar alguém que estava com vida de jejum e oração em dia e, através de oração, mostrou um grande amigo nosso. Pessoa sempre muito humilde, de oração e com ouvidos e olhos espirituais sempre muito aguçados.
                                                
Nosso amigo foi atrás da indicação dada por nossa coordenadora e, surpreendentemente, tal pessoa já estava esperando! Nosso amigo falou o que tinha feito ele ir à sua casa e ele, em seu jeito humilde, disse que já sabia. Deus havia falado pra ele através de oração que Ele precisaria dele com urgência naquela noite. Ele já estava com roupa pronta para vestir, sapatos arrumados em prontidão. Só esperando a confirmação do que o Senhor já havia falado em seu coração.
                                                 
Quando ele chegou à igreja, orou em línguas e Deus mostrou o que deveria ser feito e a libertação aconteceu, sem nenhuma dificuldade.
                                                  
Pessoal, é necessário observarmos e vermos que fé está intimamente ligado à vida de oração e jejum. Se aquele meu amigo não tivesse vida de oração, ele não teria acreditado na voz que falou em seu interior que ele tinha um chamado sério para aquela noite. E se ele não estivesse em jejum e com sua vida de oração em dia, ele provavelmente não iria ter autoridade alguma contra aquele ser espiritual, o que de fato aconteceu comigo e com meus amigos.
                                                         
A primeira coisa que devemos nos alertar contra é que, de fato, o demônio existe. A sua grande jogada do momento é querer difundir a idéia de que ele não existe. Isso dá, de certa maneira, liberdade para as pessoas fazerem tudo aquilo que desagrada e entristece a Deus. Daí vem as bebedeiras, as orgias, os adúlterios, as trapaças, as mentiras e todo resto do leque de situações pecaminosas.
                                                 
Consequentemente, as pessoas começam a se sentir presas em algo que não conseguem identificar. Vem a depressão, vem a tristeza, vem a amargura e tudo parece não ter graça. A pessoa mergulha mais ainda nas coisas erradas pensando que encontrará gozo de vida e só fazem afundar ainda mais no lamaçal. Entendem como o "encardido" começa a dominar? Ele vai chegando de mansinho, sem a pessoa se dar conta. Vai ocupando o vazio causado pela ausência de Deus e daí você pode imaginar o resto.
                                        
A Boa Nova é que, Jesus é luz. Não é apenas uma riminha de música! Onde há luz, não pode haver trevas! São duas coisas que são impossíveis de coabitar no mesmo lugar! Se tem luz, não tem escuridão... porém, se há ausência de luz...
                                              
Meu convite a vocês é começar, para aqueles que estão acomodados, uma vida de compromisso com oração. Por dois motivos básicos:
  1. Se jogamos luz para nosso interior, nos fortalecemos e nos fortalecemos contra todas situações de pecado e de trevas;
  2. Passamos a ser como farol, como lanterna, que incide luz para onde é direcionada, ou seja, passamos a ser instrumentos eficazes para a utilização do Senhor.
Vale lembrar a tecla que venho batendo nos últimos dias. A nossa vida de oração não pode, e nem deve, ser direcionada única e exclusivamente às nossas necessidades pessoais. O próximo deve sempre ser nosso foco principal. Porém, se nós mesmo não estamos em condições, nosso grau de auxílio fica reduzido.
                                                   
Que possamos nos preparar adequadamente a cada dia que passa.
                                                 
Deus abençoe vocês nessa busca diária de oração!
                                              
Grande abraço fraternal,
                                            
                                          
Márcio Gomes Pacheco
                                                     
P.s.: para quem curte um bom filme, aconselho a assistir O Exorcismo de Emilly Rose. Trata do tema sem sensacionalismo e, quando estou fraco na fé e na vida espiritual, gosto de assisti-lo para me fazer lembrar dos momentos em que encarei o danado de frente. Ah... não há razão para ter medo. A vitória já está ganha! Ele nada pode contra nós que temos Jesus entronizado em nosso coração.

2 Comentário(s). Clique aqui!:

Nathálya Mizzy disse...

OLÁ pessoal!!!A liturgia de hoje me fez lembrar do que senti ontem atarde quando mostrava uma música do ROSA DE SARON para uma colega minha.Eu escutando a música fiquei todinha arrepiada,coisa que não era normal por que eu escuto a música deles direto.Minha colega comentou que podia ser o Espirito Santo eu fiquei muito feliz!!!

Cinthya Cardoso disse...

A reflexão do Evangelho de hj, me fez pensar bastante na minha vida espeiritual.Pois a fé é muito importante. Meus parabéns mais uma vez,Márcio.

Quanto ao filme, eu já o assisti, e ralmente é bom assistirmos e também refletir sobre isso...Não há pq ter medo, temos que ter fé.

Grande abraço pra todos!!

Postagens mais visitadas

Ouça a Rádio Canção Nova



Seguidores

 

Sobre A Boa Semente!

A Boa Semente foi fundada em 2007. É uma criação do Grupo de Oração Semeador, da Renovação Carismática Católica da cidade de Inhumas GO. É um instrumento de evangelização sem fins lucrativos.

Sua principal missão é semear a Boa Semente através de reflexões diárias do evangelho. Você também pode fazer parte dessa família, entre em contato conosco e saiba como!

Os artigos são de responsabilidade de seus respectivos autores.

Deus te abençoe sempre!

Visite Meu Canto Secreto e descubra mais sobre o autor desse instrumento de evangelização. Mais uma criação Vocenanet.com VCN