Ocorreu um erro neste gadget

Refletindo o Evangelho do dia: Correção fraterna


Bom dia meus amigos!
Que a paz do Senhor esteja conosco!
Antes de iniciarmos a reflexão de hoje e aproveitando o belíssimo artigo da nossa amiga Cinthya, vamos agradecer a Deus por mais um dia de vida?!

Então, onde quer que você esteja agora, lembre de todas as coisas que você acha que precisa agradecer ao Senhor e apenas cante baixinho esta música:

"É justo que eu te louve,
Pois para mim é cura e salvação!
É justo que eu te louve,
Pois para Ti é prova do meu amor!

Posso louvar ao Senhor,
Posso adorar ao meu Criador,
Posso cantar ao Senhor,
Pois estou entregue ao Seu amor."

Ah, como é bom...

Agora, pegue a sua Bíblia e leia o Evangelho de hoje para prosseguirmos em nossa reflexão (Mateus 18, 15-20).

Como é densa a leitura de hoje! Como você pôde perceber, esse pequeno trecho do Evangelho de São Mateus tem conteúdo para fazermos várias reflexões! Vamos por partes então...

Primeiramente, Jesus vem nos ensinar a maneira de como corrigir o nosso irmão quando este pecar contra nós. Ele diz que a primeira coisa a fazer é chamá-lo em particular e falar com ele a sós. Se ele não der ouvidos, a segunda coisa a fazer é chamar uma ou duas pessoas para conversarem todos juntos, afim de que o irmão ofensor reconheça o erro que cometeu e aceite a correção. Se ainda assim ele continuar persistindo no erro, deve-se procurar a Igreja, na pessoa do padre e pedir que ele intervenha. Neste último caso, se de nada resolver, não tenha receio em considerar esse irmão como um pecador público, uma pessoa que não aceita a verdade em sua vida...

Pois bem, Jesus vem nos falar de correção! Quero me atentar a algo que me tocou muito durante a leitura: a necessidade de corrigirmos as pessoas que amamos, os nossos irmãos, quando estes cometerem erros.

Quantas vezes você já viu alguma pessoa que você ama fazendo algo errado? Principalmente aqueles que são mais próximos, com os quais você possui uma intimidade maior, um convívio maior? Tenho certeza que não foi nem uma, nem duas, mas várias vezes, não é mesmo?!

Todos somos humanos, imperfeitos e pecadores... E todos nós temos o direito de errar...

Agora, quantas vezes você corrigiu essa pessoa que você ama, para que ela não voltasse a cometer aquele erro novamente? Pense um pouquinho nas pessoas da sua família, nos seus amigos, naqueles que convivem diariamente com você, para responder essa questão anterior...

Gente, Jesus está dizendo para nós hoje que é muito importante corrigirmos aqueles que amamos! Muitas vezes as pessoas quando erram, não têm consciência do erro, ou então não dimensionam a gravidade daquilo que fizeram. Então é necessário que alguém fale com a pessoa que errou para que ela "enxergue" o seu erro e procure mudar! E a pessoa mais adequada para fazer isso é justamente aquela que está mais próxima, aquela que ama de verdade...

Quem me conhece e convive diariamente comigo sabe o quanto eu sou enjoado com isso... Não consigo ver um amigo meu fazendo algo que não seja certo e ficar calado! Me sinto como se estivesse concordando com aquilo de errado que ele está fazendo... Mais ainda, me sinto como se estivesse o traindo, em não tentar lhe abrir os olhos para o erro em que está se envolvendo.

Mas também gosto de ser corrigido! E já até falei para aqueles que são mais próximos a mim que quando virem eu fazendo algo errado, por favor cheguem até a mim e me corrijam! Pois como eu disse, tem coisas que não percebemos que estamos fazendo errado...

Porém, não é de qualquer forma que fazemos essa correção. Deve-se estar em muita oração para saber o momento certo e a forma certa de falar com a pessoa. A correção não deve ser feita de qualquer jeito, mas sim com muito amor! Afinal, é o erro que a pessoa cometeu que estará sendo evidenciado e ninguém gosta de errar, de ter o seu erro reconhecido pelos outros...

É assim também, meus amigos, que nos colocamos à disposição de Deus para sermos instrumentos nas mãos d'Ele... Muitas vezes a pessoa, para mudar de vida, só precisa que alguém fale com ela e lhe mostre o caminho certo, a direção certa a seguir, abandonando o que era errado, o pecado que cometia e que talvez nem imaginasse que fosse tão ruim assim...

Lembre que sozinhos não somos nada e que todos nós precisamos da ajuda um do outro... Por isso a importância de se viver em comunidade, em participar de uma comunidade, e mais ainda, de ser comunidade, pois o próprio Cristo disse: "se dois de vós estiverem de acordo na terra sobre qualquer coisa que quiserem pedir, isto vos será concedido por meu Pai que está nos céus. Pois onde dois ou três estiverem reunidos em meu nome eu estou ali, no meio deles".

Pense um pouquinho em tudo isso que foi dito, depois me diga o que achou.

Que Jesus te abençoe muito irmão e que o Espírito Santo te ilunine nessa caminhada!

Deus conta com você!

Grande abraço!



Danilo Lopes

3 Comentário(s). Clique aqui!:

Klêni@ disse...

É realmente difícil muitas vezes ter que corrigir as pessoas, sobretudo aquelas que mais amamos, mas como o Danilo disse é algo necessário e até dito pelo próprio Senhor. Devemos sim corrigir quando percebemos o erro, pois muitas vezes erramos e nem sabemos que estamos errando, falta apenas que alguém nos alerte sobre a conduta inadequada.... que possamos estar atentos à voz de Deus para reconhecermos isto!

Marcio Pacheco disse...

Uai... acho que tô ficando doido... jurava que já tinha comentado esse artigo...

eu acho que eu levo muito a sério esse negócio de correção fraterna... às vezes sou até chato nisso... mas, não tem como, quando Deus te mostra coisas que devem ser corrigidas, o coração da gente fica inquieto...

O detalhe é que devemos pedir discernimento sobre como, onde e quando fazermos a correção, senão pode se transformar em motivo de queda maior, ao invés de corrigir o que está errado...

Que o Espírito Santo possa nos iluminar nesses momentos!

Grande abraço a todos vocês!!

Anaíle Flores disse...

Olá, pessoal! Li a reflexão de hoje já nos "48 do segundo tempo", mas ainda dá tempo de deixar meu comentário...
Bom, a correção fraterna é realmente de fundamental importância e ao mesmo tempo algo muito delicado... Aliás, se houvesse mais correção fraterna entre as pessoas talvez muitos erros seriam evitados...
E não digo apenas a respeito da correção de amigos, membros da mesma comunidade... estou falando também da correção entre família, que para mim é a mais difícil.
Quantas vezes vemos nossos pais, irmãos, avós, tios etc., fazendo coisas que não são legais e corretas, mas acabamos por não ter coragem de corrigi-los. O respeito principalmente é o maior empecilho, não é? É muito difícil dizer a alguém que ele está errado; por mais que se diga com cuidado, poucos são aqueles que acatam a correção fraterna...
Acho que podemos pensar então na importância de aprendermos a ser corrigidos! Concordam?
A reflexão de hoje é realmente para ser analisada por todos os ângulos...
Abração a todos e que o Espírito Santo nos ensine cada dia a ter discernimento para corrigir e aceitação para sermos corrigidos!

Postagens mais visitadas

Ouça a Rádio Canção Nova



Seguidores

 

Sobre A Boa Semente!

A Boa Semente foi fundada em 2007. É uma criação do Grupo de Oração Semeador, da Renovação Carismática Católica da cidade de Inhumas GO. É um instrumento de evangelização sem fins lucrativos.

Sua principal missão é semear a Boa Semente através de reflexões diárias do evangelho. Você também pode fazer parte dessa família, entre em contato conosco e saiba como!

Os artigos são de responsabilidade de seus respectivos autores.

Deus te abençoe sempre!

Visite Meu Canto Secreto e descubra mais sobre o autor desse instrumento de evangelização. Mais uma criação Vocenanet.com VCN