Ocorreu um erro neste gadget

Voltarmos aos Primeiros Passos





Muito bom dia, meus amigos!

Muito bom estar com vocês aqui novamente.

Essa passagem de hoje sempre foi muito significativa em minha vida. Sabe, quando a gente experimenta o primeiro amor, parece que queremos ficar o máximo de tempo ao lado de Jesus. Assim a gente começa a ter mais contato com a bíblia, começa a ter frequência maior no grupo de oração, participa mais da missa. Comigo aconteceu assim e imagino que o processo seja semelhante com todo mundo. É mais ou menos igual quando a gente se apaixona, na pré-adolescência, e começa a experimentar novas sensações.

Lembro-me bem que eu chegava da escola, sentava no tapete da sala, pegava uma bíblia velha que a gente tinha de enfeite na estante, colocava uma música bem suave e ficava lendo por muito tempo a palavra do Senhor. Na primeira vez que me deparei com essa passagem de  hoje, fiquei completamente admirado do que estava lendo. Em meu orgulho desenfreado eu sempre havia buscado estar entre os melhores, seja na escola, em festivais ou seja praticando algum esporte. Eu não conseguia compreender a lógica de Deus, que era completamente diferente de tudo o que eu havia aprendido durante minha vida inteira. Sempre me haviam ensinado que éramos para estar nos primeiros lugares,  no topo (como muita gente hoje luta nos depoimentos do orkut).

Quando encontrei Jesus exultando de alegria, louvando o Senhor por Ele ter revelado os grandes mistérios celestes aos mais humildes, aos pequeninos. Foi como um choque! Eu até tinha participado de encontro de pessoas que buscavam ter controle mental, a famosa filosofia do pensamento positivo, do pensar grande. Era necessário ser pequeno, ser o último, nos doarmos para os mais necessitados...

Eu não entendia aquilo, mas sabia que se Jesus havia falado é porque era realmente o melhor que poderia acontecer para minha vida. E assim busquei viver.

Quantas coisas maravilhosas comecei a experimentar, desde então. Foi lindo ver as pessoas sendo curadas, vidas libertas e transformadas, ver a ação do Espírito Santo na vida de todos aqueles que abriam o coração para o amor maior.

Veio a faculdade e, com ela, o racionalismo que buscava explicação para tudo. E, buscando sabedoria terrena, acabei me distanciando das graças celestes. Sofri três anos uma crise espiritual profunda, buscando explicações para muuuitas coisas. Até que um dia, não aguentando mais, ajoelhei-me aos pés da minha cama, na república de estudantes onde morava, e chorei de saudade de Deus, rasgando com toda sinceridade meu coração.

Eu renascia ali... naquele 2004 cheio de transformações e ressurreições.

É triste ver que muitas pessoas vivem constantemente buscando explicações e mais explicações para os mistérios celestes. O que experimentei, em três anos, foi que quando mais buscava explicações para as coisas de Deus, mais eu me aprofundava no meu ceticismo, mais se agravava minha falta de fé. Foi somente quando abri meu coração para o amor, que pude voltar a experimentar o segurar nas mãos do Pai e continuar, dando novamente os primeiros passos.

Meu convite para você é retomar seus primeiros passos.

Não conheço você que está lendo esse artigo e até sinto em meu coração que num tempo bem distante desse 26 de novembro em que estou escrevendo uma reflexão para o dia 01 de dezembro de 2009 o Senhor irá falar para você que o mais belo está nas coisas simples. E não há porque buscar explicação, se a resposta é o amor que você mesmo já experimentou profundamente.

Voltemos aos primeiros passos. Às orações transparentes, às longas conversas com Jesus, ao apaixonado olhar para as pessoas buscando enxergar em cada uma a presença do Senhor; à vontade de se entregar cada vez mais àquilo que fez da sua vida uma vida bem melhor de se viver.

Que o Espírito Santo possa transbordar a todo momento e fazer de cada um de nós verdadeiros instrumentos do amor de Deus.

Termino lembrando de uma música do, hoje, Pe Cleidimar, que ainda não foi lançada em CD algum. Ele a gravou em uma daquelas fitinhas K7, quando era o animador oficial do Encontrão de Goiânia:

"O Senhor colocou, confiou sua palavra em nossas mãos
Muitos desejaram ver o que nós vemos
e não viram...

Bem-aventurada essa geração
Deus nos escolheu como servos seus
Bem-aventurada essa geração
Ele nos deixou palavras de salvação

Aleluia, glória ao Pai
Aleluia, salvação
Pois o amor de Deus por nós não é em vão!"



Grande abraço virtual,

Márcio Gomes Pacheco



ps.: resolvemos republicar essa postagem feita em 2009, por dizer profundamente experiências vividas durante extremos de coração duro e de coração sensível à voz de Deus, vividos pela mesma pessoa, o que ilustra muito bem o evangelho de hoje.

1 Comentário(s). Clique aqui!:

Heitor Amaral disse...

"(...)Em meu orgulho desenfreado eu sempre havia buscado estar entre os melhores, seja na escola, em festivais ou seja praticando algum esporte."
Assim como você, eu e meu perfeccionismo sempre buscamos o topo, mas com uma diferença: não me contentava com o fato de estar entre os melhores, a não ser que eu fosso o melhor... Uma das maiores graças que o Senhor tem feito crescer em mim é a humildade. Sim! Ser um pequenino diante do senhor...

Postagens mais visitadas

Ouça a Rádio Canção Nova



Seguidores

 

Sobre A Boa Semente!

A Boa Semente foi fundada em 2007. É uma criação do Grupo de Oração Semeador, da Renovação Carismática Católica da cidade de Inhumas GO. É um instrumento de evangelização sem fins lucrativos.

Sua principal missão é semear a Boa Semente através de reflexões diárias do evangelho. Você também pode fazer parte dessa família, entre em contato conosco e saiba como!

Os artigos são de responsabilidade de seus respectivos autores.

Deus te abençoe sempre!

Visite Meu Canto Secreto e descubra mais sobre o autor desse instrumento de evangelização. Mais uma criação Vocenanet.com VCN