Ocorreu um erro neste gadget

Renunciar-se




Muito bom dia, meus amigos!

Acabei de chegar da missa de cinzas, abertura da quaresma, e mais uma vez estou aqui para juntos refletirmos o que o Senhor nos propõe através de sua boa nova.

...de que adianta a um homem ganhar o mundo inteiro, se se perde e se destrói a si mesmo?”
(Lc 9,25)

O convite que o Senhor vem fazer a cada um de nós é um tanto audacioso: nos anularmos em detrimento do outro, daquele que é mais necessitado e que, muitas vezes, nem mesmo enxergamos como seres humanos.

É necessário esquecermos nossos caprichos individualistas, aceitamos o desafio do evangelho de cada um de nós pegarmos nossa própria cruz e seguirmos o mestre.

Existe uma música do Louvor e Glória que diz que foi o próprio Senhor quem nos ensinou que é pelo calvário que se chega à glória e não adianta pensarmos que será diferente: é preciso, antes, trilharmos o caminho da via crucis para, então, vermos a glória de Deus.

Não adianta querermos nos iludir: o reino de Deus está entre nós e só é descoberto quando deixamos de olhar para o nosso próprio umbigo, para nossas próprias necessidades, e passamos a lutar pela vida plena, em abundância, daqueles que são os excluídos de nossa sociedade.

Quaresma é tempo de conversão. De nada adianta ficarmos sem comer carne, beber refrigerante ou qualquer outro tipo de sacrifício que envolva o que vá entrar em nós pela boca se continuarmos nos portando como pessoas que desconhecem a palavra e os ensinamentos de auto-renúncia, deixados por Jesus. De nada adianta se continuamos alimentando a cultura da fofoca, tão difundidos nos reality shows, como o Big Brother. Se nossa língua continua afiada e se nossa fé não é traduzida em obras, somos falsos, hipócritas, verdadeiros sepulcros caiados, muito bem cuidados por fora, nas aparências, mas cheios de podridão, de fedor, de ossos ressequidos.
 
Você já fez uma análise de consciência no início desse tempo favorável à conversão? Se não, a hora é agora!

O que você tem feito, praticado e que necessita ser mudado? Será que é aquele hábito feio de se ocupar falando mal dos outros? Será que é aquela decisão de parar de uma vez por todas de beber? Será que é o vício do cigarro, auto-suicídio em slow motion? Será que é o vício da pornografia, cultivada em revistas, filmes, chats e surfadas na internet? Será que é parar de ficar respondendo e desobedecendo pais? Será que é tomar atitude para ser uma pessoa melhor em casa, no namoro, no trabalho e em todos os outros lugares que você estiver inserido?

Bem... escrevendo isso já estou começando minha análise e espero, verdadeiramente, que você analise seus atos e se decida em ser uma pessoa melhor.

O papel do profeta é denunciar. Porém, o ato de decisão de mudança deve ser individual. Decida-se em ser uma pessoa melhor do que você tem sido.

Que o Espírito Santo faça dessa quaresma um verdadeiro momento de conversão do seu coração.

Grande abraço fraternal,


Márcio Gomes Pacheco

0 Comentário(s). Clique aqui!:

Postagens mais visitadas

Ouça a Rádio Canção Nova



Seguidores

 

Sobre A Boa Semente!

A Boa Semente foi fundada em 2007. É uma criação do Grupo de Oração Semeador, da Renovação Carismática Católica da cidade de Inhumas GO. É um instrumento de evangelização sem fins lucrativos.

Sua principal missão é semear a Boa Semente através de reflexões diárias do evangelho. Você também pode fazer parte dessa família, entre em contato conosco e saiba como!

Os artigos são de responsabilidade de seus respectivos autores.

Deus te abençoe sempre!

Visite Meu Canto Secreto e descubra mais sobre o autor desse instrumento de evangelização. Mais uma criação Vocenanet.com VCN