Ocorreu um erro neste gadget

Quando Negamos Jesus




Muito bom dia, meus amigos!

À primeira leitura, parece ser um pouco complicado refletir essa passagem de hoje, não acham?

A impressão que temos é de que temos apenas relatos soltos em torno do episódio da última ceia de Jesus com seus discípulos, antes de viver sua paixão e morte.

Porém, gostaria de nos apegarmos no finalzinho desse evangelho, quando Pedro afirma que daria a vida pelo Mestre, se assim fosse preciso e que o seguiria aonde Ele fosse. Entretanto, Jesus dá uma "cortada" bem sutil, dizendo que naquele mesmo dia ele o negaria por três vezes, antes mesmo de o galo cantar.

Temos sempre a impressão de que os discípulos eram super-heróis, pessoas seletas e escolhidas a dedo, quando fazemos nossas primeiras leituras dos evangelhos. Aos poucos vamos descobrindo que, na verdade, as pessoas que o Senhor escolheu para caminhar ao lado dele eram da pior espécie daquela sociedade, sendo a grande maioria pessoas excluídas e marginalizadas.

Assim como cada um de nós, que agora lê essa reflexão, eram todos cheios de falhas e de limitações. A grande vontade de Pedro, com toda certeza, era realmente de seguir Jesus, de o defendê-lo sempre que possível. Contudo, bem sabemos o desfecho daquela noite fatídica: quando perguntado sobre sua identidade, se não era um dos seguidores do nazareno, do galileu, Ele chega mesmo a dizer que nunca o havia visto antes.

E se trazermos para o nosso dia a dia? Será que nós mesmos não andamos negando Jesus com nossos próprios atos?

Reflitamos, meus irmãos...

O verbo de Deus se fez carne e habitou entre nós na pessoa de Jesus Cristo. Nós nos dizemos seus seguidores, não é verdade? Colocamos a estampa de cristãos no peito e muitas vezes esquecemos que ser cristão é, antes de qualquer coisa, buscar ser um imitador de Cristo em todas as situações que nos encontrarmos.

E, tentando ser um imitador de Cristo, não há como mantermos certas coisas em nossas atitudes. Coisas como ser arrogante; tirar proveito das situações e passar os outros para trás; não assumir seus próprios erros, mentindo sempre em qualquer tipo de aperto; fazendo do corpo de seu parceiro de relacionamento (seja namoro ou casamento... nem me refiro ao "ficar", porque bem sabemos o quanto isso desagrada a Deus); sermos impacientes e tratamos os outros com brutalidade, com cinismo, com humilhações; nos tornarmos beberrões, usuários de drogas ou até mesmo "comerciantes" dela; quando os olhos se perdem, desejando o homem ou a mulher alheios, sendo que nós também já temos nossos parceiros sentimentais; quando acreditamos que nosso destino já está traçado, escrito nas estrelas, nos signos, na palma da mão; quando acreditamos que o simples fato de colocarmos fitinhas vermelhas ou usarmos galhinhos de arruda e outras plantas nos livrarão de males...

Será que estamos sendo imitadores de Cristo assim?

Assim como Pedro, todas as vezes que nos colocamos a agir dessa maneira acabamos negando que Cristo é o nosso Senhor e que, realmente, somos seus seguidores.

Sabemos bem que Deus é amor e que Jesus é o rosto humano de Deus, como disse tão sabiamente o Papa João Paulo II.

Que nós, então, possamos buscar sempre ser a face do amor de Cristo para todos os nossos irmãos, através de nosso olhar, de nossas palavras e de nossos gestos concretos de fé!

Que o Senhor nos abençoe nessa busca diária!

Grande abraço fraternal,




Márcio Gomes Pacheco

0 Comentário(s). Clique aqui!:

Postagens mais visitadas

Ouça a Rádio Canção Nova



Seguidores

 

Sobre A Boa Semente!

A Boa Semente foi fundada em 2007. É uma criação do Grupo de Oração Semeador, da Renovação Carismática Católica da cidade de Inhumas GO. É um instrumento de evangelização sem fins lucrativos.

Sua principal missão é semear a Boa Semente através de reflexões diárias do evangelho. Você também pode fazer parte dessa família, entre em contato conosco e saiba como!

Os artigos são de responsabilidade de seus respectivos autores.

Deus te abençoe sempre!

Visite Meu Canto Secreto e descubra mais sobre o autor desse instrumento de evangelização. Mais uma criação Vocenanet.com VCN