Ocorreu um erro neste gadget

Sobre o Sábado




Muito bom dia, meus amigos e irmãos em Cristo!

É interessante como certos temas são sempre muito polêmicos, né? Sabemos bem que existem cristãos divididos, ao redor do mundo, defendendo suas ideologias a respeito de que dia devemos guardar para dedicarmos ao Senhor.

Nosso objetivo de hoje não é ficar alimentando a fogueira de discussões. Quero testemunhar sobre um diálogo que um dia tive com uma companheira de serviço e que, alguns dias depois, acabei partilhando com aquela que o Senhor me presenteou como esposa...

O Senhor me deu a oportunidade de trabalhar por um certo tempo com uma serva muito dedicada, uma líder da Igreja Adventista do Sétimo Dia. Durante muito tempo fiquei alimentando em meu interior a vontade de iniciar um diálogo sobre o tema que, provavelmente, é o mais debatido entre eles e aqueles que guardam o domingo, como dia de adoração ao Senhor.

Um dia acabei tendo coragem e descobri que às vezes deixamos de aprender coisas preciosíssimas em decorrência de certos "pré-conceitos" que trazemos dentro de nós mesmos.

Os servos de tal igreja costumam tirar o sábado para fazer coisas que estejam, diretamente, ligadas ao Senhor. Assim, se vão assistir algum filme, escolhem apenas filmes religiosos, que tragam edificação espiritual; Se escolhem ler alguma coisa, algum livro, sempre escolhem algo que também traga edificação; se tem alguém que não visitam há algum tempo, é no dia de sábado que procuram fazer essa visita, buscando edificar também a outra pessoa; etc.

Por um instante me pus a pensar sobre o nosso cultuado domingo...

Confesso que fiquei com vergonha. Há algum tempo fico incomodado, pois o dia que era para ser do Senhor, passou a ser o dia do futebol, o dia da cerveja, o dia do churrasco, o dia da ressaca da balada do dia anterior (isso mesmo, dia... antigamente era só a noite, né?).

Até mesmo muitos dos que se dizem católicos praticantes têm "desfigurado" aquele que era para ser um dia de prestar honras ao Senhor, que se entregou completamente de amor por nós.

Não quero aqui ficar apontando dedo para ninguém, muito menos condenar. Na realidade o objetivo mesmo é apenas de fazer com que reflitamos sobre isso. Eu mesmo preciso dar a mão à palmatória, pois reconheço que, muitas vezes, o domingo é, para mim, "dia do cochilo depois do almoço"!

Estou começando minha vida matrimonial e já há algum tempo, pouco depois que tive esse diálogo, falei com a Anaíle sobre minha vontade de realmente fazermos do dia do Senhor um dia de busca de aproximação do Senhor e aprofundamento de nossa espiritualidade.

Que o Espírito Santo possa incomodar todos os corações que lerem esse artigo a ponto de repensarem seus atos. Escrevendo ele já estou refletindo sobre os meus.

Não importa, em meu modo de ver, se determinada religião opte pelo sábado e outra pelo domingo. Tenho certeza de que o que realmente agrada a Deus é possuirmos um coração que se volte, sinceramente, a Ele e busque cultuá-lo acima de todas as coisas e, principalmente, dos prazeres e caprichos da carne.

Grande abraço fraternal,

  

  

Márcio Gomes Pacheco

0 Comentário(s). Clique aqui!:

Postagens mais visitadas

Ouça a Rádio Canção Nova



Seguidores

 

Sobre A Boa Semente!

A Boa Semente foi fundada em 2007. É uma criação do Grupo de Oração Semeador, da Renovação Carismática Católica da cidade de Inhumas GO. É um instrumento de evangelização sem fins lucrativos.

Sua principal missão é semear a Boa Semente através de reflexões diárias do evangelho. Você também pode fazer parte dessa família, entre em contato conosco e saiba como!

Os artigos são de responsabilidade de seus respectivos autores.

Deus te abençoe sempre!

Visite Meu Canto Secreto e descubra mais sobre o autor desse instrumento de evangelização. Mais uma criação Vocenanet.com VCN