Ocorreu um erro neste gadget

Tive Fome e me Deste de Comer



Bom dia, irmãos!


O Evangelho de hoje nos traz algo sobre o qual geralmente não gostamos muito de falar ou pensar: o julgamento final. Muitos têm medo, talvez por ser algo desconhecido, outros preferem ignorar, não dando importância a esta passagem bíblica.

No entanto, não podemos simplesmente ignorar o assunto. O julgamento final não deve ser visto como algo aterrorizante; não devemos fazer as coisas por medo do julgamento de Deus, por medo de não ir para o céu. Devemos sim agir sempre impulsionados pelo AMOR! E é isso que Jesus nos ensina em todos os momentos no Novo Testamento.

Na passagem de hoje não é diferente. Jesus ensina que aqueles que amam sem medidas, matando a fome e a sede das pessoas, partilhando roupas com quem não as tem, acolhendo irmãos que necessitam de apoio... certamente herdarão o reino dos céus e serão salvos. Tudo isso nada mais é que expressão de amor. E não se está falando apenas de amar aqueles que estão bem próximo, como os amigos, os pais, o(a) namorado(a), os familiares... mas sim de amar indistintamente e sem medidas, enxergando em cada ser humano a presença de Jesus!

Cada gesto de amor, cada atitude que tomamos de fazer o bem a uma pessoa, é a Jesus que estamos fazendo. E quantas são as oportunidades que Deus nos dá de fazer o bem (eu já até falei isso em outra oportunidade aqui no blog). Se você ainda não as enxerga, você precisa pedir ao Espírito Santo para que cure a sua cegueira espiritual! Só não enxerga quem não vê com os olhos espirituais, os olhos do coração...

Assim, a salvação é a consequência. É a grande graça que Deus nos concede diante de tanto amor que dispensamos aos irmãos e, portanto, a Ele próprio.

Agora, se enxergamos nossas oportunidades de amar e mesmo assim decidimos não fazer nada, ficar de braços cruzados ou até prejudicar ao invés de ajudar, então devemos saber que isso também gerará uma consequência, que é a morte eterna. Pois se fazemos o mal, se deixamos de ajudar e amar, é a Deus que negamos!

Portanto, irmãos, o Evangelho de hoje nos fala de escolha. Nós escolhemos amar as pessoas e agradar a Deus ou não, e então colhemos os frutos e consequências dessa escolha... Mas o mais bonito de tudo isso é que, se erramos, o Senhor ainda nos dá a chance de nos arrepender e receber a graça do perdão de Deus, através do sacramento da Confissão, mergulhando na Sua misericórdia infinita.

Desejo de coração que Jesus nos ajude a enxergar todas as nossas oportunidades de amar e fazer sempre a escolha certa! O nosso lugar é o CÉU e o Rei Jesus deseja ardentemente que nos encontremos lá e participemos eternamente do Seu reino de amor! Só depende de nós!!!

Anaíle Flôres de Paula

0 Comentário(s). Clique aqui!:

Postagens mais visitadas

Ouça a Rádio Canção Nova



Seguidores

 

Sobre A Boa Semente!

A Boa Semente foi fundada em 2007. É uma criação do Grupo de Oração Semeador, da Renovação Carismática Católica da cidade de Inhumas GO. É um instrumento de evangelização sem fins lucrativos.

Sua principal missão é semear a Boa Semente através de reflexões diárias do evangelho. Você também pode fazer parte dessa família, entre em contato conosco e saiba como!

Os artigos são de responsabilidade de seus respectivos autores.

Deus te abençoe sempre!

Visite Meu Canto Secreto e descubra mais sobre o autor desse instrumento de evangelização. Mais uma criação Vocenanet.com VCN